Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

PME: Como fazer uma campanha de marketing com até R$ 1.000

Publicado

em

Comtele mostra como empresas com orçamento reduzido podem distribuir seu budget entre diferentes ferramentas

Em momentos de aperto econômico como o atual, o marketing das empresas costuma ser jogado para segundo plano. Mas se propaganda é a alma do negócio, o que fazer quando a grana é curta? A resposta é simples: investir em opções com um custo acessível. Segundo Pâmela Ribeiro, gerente de estratégia da Comtele (www.comtele.com.br), empresa especializada na distribuição de campanhas de marketing, com um orçamento de R$ 1.000 é possível obter um resultado satisfatório na divulgação de um negócio.

“O segredo é saber com quem se quer falar, ter uma estratégia clara de divulgação e escolher as ferramentas ideais para alcançar o resultado esperado”, conta Pâmela. Abaixo, ela mostra quatro maneiras econômicas e eficientes de se comunicar com clientes em potencial:

SMS
A partir de um banco de contatos construído pelo cliente, é possível realizar uma comunicação direta, apresentando novos produtos, lançando promoções, interagindo em tempo real ou só retomando o contato por meio de uma mensagem personalizada. “É possível enviar 8 mil mensagens por R$ 640, ou seja, em menos de cinco minutos clientes são contatados de forma efetiva, personalizada e direta”, diz a gerente de estratégia da Comtele.

E-mail
Assim como no caso do SMS, uma campanha de e-mail marketing também depende de uma rede de contatos da empresa. Aqui, a vantagem é poder explorar uma quantidade maior de recursos, como textos mais longos, imagens, etc. O envio de 100 mil e-mails pela Comtele, por exemplo, sai por R$ 270.

AdWords
Mesmo com um investimento baixo, é possível comprar algumas palavras-chave e garantir a presença do site da empresa na primeira página de buscas relacionadas do Google. O preço de cada palavra varia de acordo com a demanda pelo termo, mas costuma girar entre R$ 1 e R$ 3 por clique. Neste caso, no melhor cenário o investimento de R$ 1.000 alcançaria mil pessoas.

Redes sociais
O investimento em redes sociais, por sua vez, ajuda a dar credibilidade para a marca. Nesse caso, não há necessidade de uma campanha específica, basta que exista um bom trabalho de produção de conteúdo relacionado ao ramo de atuação. No caso do Facebook, por exemplo, o custo de alcance por pessoa de um post impulsionado varia entre R$ 0,10 e R$ 1, dependendo da segmentação desejada. A mensagem, então, seria visualizada por até dez mil usuários.

Pâmela lembra que, após o investimento inicial em marketing, é necessário analisar o retorno. Enquanto SMS e e-mail são ferramentas diretas, que falam com um público específico, AdWords e redes sociais atuam com uma rede mais ampla. “O ideal é combinar as ferramentas e verificar quais canais utilizados trouxeram os melhores resultados. Então, a partir daí, planejar uma melhor distribuição do investimento no futuro”, recomenda ela.

Sobre a Comtele
Empresa especializada na distribuição de campanhas de marketing por SMS e e-mail. Fundada em 2007, a Comtele facilita o acesso de empresas de todos os portes a ferramentas de marketing capazes de alavancar seus produtos, serviços e promoções com um orçamento restrito, por meio de um modelo pré-pago sem restrição de tempo para uso. www.comtele.com.br.

Continue lendo

Digital

Digi é finalista do prêmio internacional IMA Summit Awards 2022

Publicado

em

O IMA Summit Awards 2022 anunciou os finalistas da principal premiação dos Estados Unidos no setor de marketing de incentivo e relacionamento, que avalia campanhas de agências do mundo todo. A Digi, uma das principais agências de Marketing de Incentivo e Relacionamento do país e três anos consecutivos vencedora do Circle of Excellence Awards (a premiação anual do IMA – Incentive Marketing Association), recebeu duas indicações.

Na categoria Excelência em Incentivo de Vendas, a campanha de lançamento de Coca-Cola sem Açúcar é uma das finalistas. A ação para o Halloween de Fanta entrou no shortlist da categoria Excelência em Merchandising em Programa de Incentivo.

A premiação é organizada pelo IMA (Incentive Marketing Association ou Associação de Marketing de Incentivo) desde 2015, para celebrar a excelência no setor de Incentivo, Recompensa e Reconhecimento em todo mundo.

A Digi compete com campanhas feitas para empresas como Intel, Lexus, IBM e Vodafone, por agências europeias e norte-americanas. Os vencedores do IMA Summit Awards 2022 serão conhecidos durante cerimônia de premiação em Utha, nos Estados Unidos, no dia 12 de julho.

Para a campanha de lançamento da nova Coca-Cola sem Açúcar no Brasil, a Digi criou um programa de incentivo para os times de vendas e merchandising dos produtores da marca, baseado em um novo aplicativo, similar ao Instagram. O app criado pela Digi permitia postagens de fotos e vídeos dos vendedores, os primeiros a experimentarem o novo sabor, antes mesmo dos consumidores. Foram mais de 2 mil postagens, 30 mil likes e 5 mil comentários, além de milhares de prêmios exclusivos Coca-Cola.

Já para engajar a força de vendas dos fabricantes de Fanta e garantir positivação e presença da marca em milhares de PDVs em todo Brasil, a Digi criou, em outubro de 2021, uma ação de trade marketing e ativação com o tema Halloween, que envolveu 3.500 colaboradores. Os times de merchandising “vestiram” com as cores de Fanta e a temática assustadora de Halloween as áreas de exposição de produtos, participaram com suas dancinhas no TikTok e ganharam milhares de prêmios. A campanha também recebeu mais de 5 mil fotos dos times de vendas de 470 cidades brasileiras.

“É com grande alegria e orgulho que recebemos essas duas indicações em um prêmio internacional tão importante do mercado de marketing de incentivo mundial, promovido pelo IMA, a principal associação do setor. É o quarto ano consecutivo de indicação da Digi, provando que estamos cada vez mais concentrados em desenvolver ações inovadoras e disruptivas para nossos clientes, sempre parceiros, investindo em pessoas e infraestrutura para crescer com qualidade e de maneira sustentável”, declara Pedro Bannura, presidente da Agência Digi.

Continue lendo

Digital

Orla carioca na onda das Blockchains

Publicado

em

A orla carioca vai contar com uma novidade digital: a entrada no mundo dos Fan Tokens. A Orla Rio, em parceria com a DaX, empresa de tecnologia que utiliza blockchain para gerar experiências e negócios, vai lançar, em julho, um projeto inédito e phygital (combinação do mundo digital com o físico) do primeiro quiosque no mundo financiado por fan tokens.

A iniciativa vai permitir que o público adquira tokens pela internet que renderão experiências extras e únicas no quiosque escolhido, como uma espécie de clube de benefícios exclusivos para seus sócios. O local escolhido para o piloto do projeto ainda está sendo definido pela concessionária, mas ficará nas praias de Ipanema ou Leblon e ficará pronto já para o próximo verão, garante João Marcello Barreto presidente da Orla Rio.

Continue lendo