Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Pine Online chega ao mercado e convida a “pensar grande”

Publicado

em

Nova plataforma digital do banco Pine nasce após projeto de branding  e comunicação da agência Z515

“Quando foi que você deixou de pensar grande?”. É inspirado nessa transformação das grandes aspirações da nossa infância, perdidas em algum momento com a chegada da maturidade, que o banco Pine apresenta ao mercado o Pine Online, sua plataforma de investimentos 100% digital e voltada à pessoa física.

Com 20 anos de história e atendimento a mais de 650 grupos econômicos, o banco tem como foco principal o relacionamento de longo prazo com empresas de grande porte. Agora, com o novo serviço, investidores pessoais que buscam alternativas aos produtos oferecidos pelos bancos de varejo poderão adquirir títulos emitidos pelo Pine com aplicação a partir de apenas R$ 1 mil.

Após divulgar uma série de teasers desde a semana passada, o lançamento do Pine Online acontece sustentado por uma ampla campanha integrada e de abrangência nacional, presente em mídias como TV, internet, mobiliário urbano, jornais, revistas e rádio. Elaborada pela agência Z515, esta é a primeira grande estratégia publicitária do Pine e engloba não só as peças de comunicação, mas passa por todo o projeto de branding, desde a escolha do nome da operação até sua identidade visual e sonora.

De acordo com Rodrigo Cerveira, CSO (Chief Strategy Officer) da Z515, a proposta nasceu de um anseio dos próprios investidores que tinham acesso corporativo ao portfólio do Pine e gostariam de investir diretamente com o banco. “A criação do Pine Online partiu dessa premissa autêntica e típica dos nossos tempos, em que o próprio cliente mostra o que quer. Nosso papel foi sentar com o Pine para desenharmos juntos toda a visão da plataforma, da concepção ao produto final, com identidade e posicionamento que conectassem a personalidade do banco e o público que queremos atingir. Estamos lançando uma plataforma, construindo uma marca e gerando resultados, tudo ao mesmo tempo”, destaca.

A campanha mostra sonhos de personagens ainda na infância, como um garoto que pretende se tornar astronauta ou uma menina que quer voar. Na sequência, eles já aparecem crescidos e preparados para novos projetos, com o Pine Online convidando-os para voltarem a pensar grande. Em destaque, a facilidade para iniciar um investimento, com valores a partir de R$ 1 mil, e a utilização simples, intuitiva e repleta de ferramentas do app e do ambiente online, onde é possível fazer as mais diversas simulações antes de aplicar o dinheiro.

“O Pine é um banco de enorme relevância, mas de conhecimento até então restrito às grandes corporações. Então, partimos de duas verdades para transmitir sua grandiosidade e gerar identificação e confiança junto ao público geral: todo mundo passa a infância pensando grande e pensar grande custa o mesmo que pensar pequeno. Daí veio a ideia de questionar: quando foi que você parou de pensar grande? Lançar um banco é sempre um desafio, especialmente neste momento em que o mercado está cheio de novidades”, explica Marcelo Prista, sócio e CCO (Chief Creative Officer) da Z515.

Na primeira fase, o foco da campanha é institucional, apresentando o Pine Online ao grande público. Na sequência, que tem programação de mídia até o fim do ano, acrescenta-se a comunicação de varejo, focada em produtos e mostrando como é fácil, seguro e rentável investir com o Pine Online. O acesso se dá por meio do site ou aplicativo disponível para os sistemas iOS e Android.

Segundo Raquel Varela, CMO do Pine, o mercado está mais maduro e evoluiu muito nos últimos anos quando falamos de investimentos pessoais. “As pessoas estão buscando retornos maiores e processos mais simples na hora de investir”.

 

Simplicidade, segurança e rentabilidade

Ao aderir ao Pine Online, o cliente pode comprar, sem custo de intermediação (taxa zero), títulos privados emitidos pelo Pine, tais como letras de crédito imobiliário e do agronegócio (LCIs e LCAs)e Certificados de Depósito Bancário (CDBs). O cadastro é simples e rápido, solicitando apenas dados pessoais como nome, CPF e comprovante de residência. Em até 48 horas, o pedido de abertura da conta é aprovado e o cliente passa a ter acesso aos produtos.

Continue lendo

Digital

Rocky.Monks é o mais novo parceiro da JustForYou

Publicado

em

A agência digital full service Rocky.Monks, em mais uma movimentação de mercado, fecha uma nova parceria com a JustForYou, maior marca de personalização de produtos de hair care da América Latina. Com início neste ano, a parceria visa aumentar os resultados em mídias pagas, expandindo a marca  e ajudando na divulgação das novidades da empresa.

“Nosso time de Mídias Pagas já está a todo vapor. Para nós, é de suma importância parcerias com grandes empresas como é o caso da JustForYou, e tenho certeza de que, com um bom trabalho do nosso time, vamos atingir ótimos resultados para que essa parceria dure por muitos anos”, explica Daniela Gebara, sócia fundadora e diretora comercial da Rocky.Monks.

A JustForYou é mais um grande cliente como Telhanorte e Loungerie, que também compõem a carteira de mais de 80 clientes da Rocky.Monks. Além disso, em 2021, a agência foi reconhecida como uma das melhores agências de comunicação para se trabalhar pelo GPTW.

Continue lendo

Digital

Monetização de dados é componente importante da Transformação Digital que movimentará US$ 2,3 trilhões até 2032

Publicado

em

O conceito Data Driven e a consequente monetização desses dados cresce exponencialmente e cada vez mais deve fazer parte dos negócios em todos os níveis. O mercado de transformação digital vai movimentar US$ 2,3 trilhões até 2032, com crescimento médio de 14,2% ao ano, de acordo com o relatório Market Research Report da Fact.MR. Apenas este ano, a expectativa é de que o segmento atinja US$ 621 bilhões. A consultoria Forrester avalia que as empresas que são Data Driven estão crescendo 30% ao ano.

O consultor Caio Cunha, presidente da WSI Master Brasil e membro do Global WSI Internet Consultancy Advisory Board, afirma que o novo modelo significa sobrevivência no mercado. “Ser Data Driven hoje é um diferencial competitivo. Muitos dos concorrentes já adotam e os que não adotarem vão sair do mercado. Cada vez mais os clientes querem ações mais inteligentes”, sentencia o consultor.

Cunha explica que a empresa que é Data Driven usa uma base de dados estruturada, com informações concretas para a tomada de decisões, apoiada em ferramentas de Business Inteligence, inteligência de negócios na tradução. O sistema usa grande quantidade de dados de maneira rápida, segura e eficiente.

“Monetizar esses dados passou a ser interessante. Essas tecnologias podem ser usadas para reduzir custos com automação de tarefas, aumentar receitas identificando e servindo melhor os clientes, atrair mais clientes com engajamento reduzindo esforços, ser mais pessoal e melhorar qualidade dos serviços sem aumentar a equipe”, afirma o consultor.

Continue lendo