Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Netshoes vê entregas feitas com bike crescerem mais de 400% em 2018

Publicado

em

Em parceria com a Courri, varejista já entregou 20 mil pedidos em mais de 100 mil quilômetros pedalados por ciclistas profissionais

A Netshoes atingiu mais uma marca expressiva em 2018: o número de pedidos entregues com bicicletas cresceu expressivos 400% na comparação com o ano anterior. O feito só foi possível graças à parceria com a Courri, empresa que realiza entregas com bicicletas na cidade de São Paulo. E os números significativos não param por aí. Com essa modalidade de entrega, a Netshoes deixou de emitir mais de 11 mil kg de CO2 no meio ambiente, reforçando assim o seu compromisso com a sustentabilidade.

Neste ano, foram mais de 20 mil pedidos entregues de bike em 100 mil quilômetros percorridos. Desde 2013, ano em que a parceria com a Courri se iniciou, foram entregues mais de 30 mil produtos em mais de 150 mil quilômetros pedalados. Na Black Friday, a entrega mais rápida da Zattini, e-commerce que pertence ao Grupo Netshoes, foi realizada de bicicleta, em apenas 1 hora e sete minutos.

“É uma satisfação enorme para a Netshoes registrar um crescimento tão expressivo de entregas via bicicletas, pois, além de proporcionar uma entrega mais ágil do pedido ao cliente, ainda contribui significativamente com a redução de poluentes na atmosfera e estimula a prática esportiva, algo que está em nosso DNA. Nosso objetivo é sempre oferecer a melhor experiência de compra ao nosso consumidor, independentemente do modal de transporte”, afirmou Eduardo Pereira, gerente de logística da Netshoes.

Sustentabilidade

Preocupada com a sustentabilidade, a Netshoes promove iniciativas em diversas frentes para minimizar o impacto ambiental. Além das entregas com bicicletas, a empresa também utiliza, há mais de três anos, embalagens sustentáveis. Em 2018, mais de 80% dos pedidos foram enviados em embalagens oxi-biodegradáveis.

A coleta seletiva também faz parte das iniciativas verdes da empresa. Só neste ano, 513 toneladas de papelão já foram recicladas pela Netshoes, o que seria equivalente a lotar um estádio de futebol. A companhia ainda conta com reservatórios de água para reuso, destinados à limpeza de escadas, calçadas e outras áreas comuns em suas unidades.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Guide lança campanha para reforçar marca como guia na vida do investidor

Publicado

em

A Guide Investimentos acaba de lançar uma nova campanha de marketing, chamada “Você investe na vida, a Guide faz render”, que será veiculada na TV paga, rádio, em portais e demais mídias digitais. A ideia das peças publicitárias, desenvolvidas pela agência Ana Couto, é reconhecer o esforço dos brasileiros para ganhar dinheiro e posicionar a Guide como guia na vida do investidor para que ele possa focar no que é importante para ele.

“Queremos nos colocar como a opção certa para guiar os investimentos. Sabemos que estes são meios para viver melhor e alcançar sonhos”, afirma Fernanda Giulietto, head de Marketing da corretora.

A corretora produziu três vídeos para a campanha, que mostram três profissionais com áreas diferentes de atuação desempenhando suas funções do dia a dia. A campanha destaca como investir com a Guide dá tranquilidade e segurança para as pessoas focarem no trabalho e na vida pessoal. Enquanto elas investem na própria vida, a Guide faz render. A narração será feita pelo ator Milhem Cortaz, conhecido por filmes como Tropa de Elite, enquanto a direção é de Felipe Briso. A produtora é a bigBonsai.

A empresa também vai entrar com programetes em canais pagos de TV fechada e rádio, com especialistas trazendo conteúdos de educação financeira para os telespectadores e ouvintes.

“Esta campanha está muito alinhada ao nosso propósito de guiar pessoas, ao mesmo tempo que reconhece o esforço que todos colocam na vida”, comenta Giulietto. “Investir bem e com retorno não é vender milagres, e sim oferecer conhecimento, recomendações, planejamento, produtos e serviços que simplifiquem a experiência”, acrescenta.

A ideia da corretora como guia já estava presente na campanha “Ideias que Guiam”, lançada no ano passado, quando a Guide se engajou em ações de combate à covid-19. Na ocasião, a empresa lançou um tira-dúvidas nas redes sociais, impactando milhões de pessoas através da hashtag #QueroumGuia, esclarecendo dúvidas sobre o cenário de investimentos na crise.

 

Continue lendo

Empresa

Verizon vende Yahoo e AOL por US$ 5 bilhões

Publicado

em

Nesta segunda (3), a Verizon Communications anunciou, em comunicado oficial, a venda dos portais Yahoo e AOL para a Apollo Global Management, empresa global de gestão de investimentos alternativo. A aquisição faz parte de um acordo entre as empresas e é avaliada em cerca de US$ 5 bilhões.

O acordo prevê que a Verizon ainda terá 10% de participação no Yahoo, que por sua vez, passará a se chamar AOL Yahoo e continuará sob a liderança do atual CEO, Guru Gowrappan. A expectativa é de que a operação seja concluída durante o segundo semestre de 2021.

Conforme os termos do acordo, a Verizon deve receber US$ 4,25 bilhões em dinheiro, e o restante, cerca de US$ 750 milhões, em participações. A operação envolve todos os negócios e marcas que fazem parte da Verizon Media.

“Acreditamos fortemente nas perspectivas de crescimento do Yahoo e nas tendências macro que impulsionam o crescimento em mídia digital, tecnologia de publicidade e plataformas de Internet para o consumidor”, declarou David Sambur, senior partner e co-head deprivate equity na Apollo.

Verizon e publicidade online

Verizon adquiriu a AOL em 2015 com o intuito de investir em publicidade online. A aquisição custou US$ 4,4 bilhões à empresa, no entanto, não deu o retorno esperado. Dois anos depois, mais US$ 4,5 bilhões foram desembolsados na compra do Yahoo.

O propósito da empresa de lucrar com os anúncios na internet e construir uma divisão de marcas não foi bem sucedido, já que em 2018, quando Hans Vestberg se tornou CEO da Verizon, a empresa teve uma baixa em torno de US$ 4 bilhões.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo