Conecte-se com a LIVE MARKETING

Agências

MAPA Comunicação incrementa gestão e confirma contratações

Publicado

em

No ano em que completa 15 anos e comemora sua consolidação como agência completa de relações públicas com atendimento à mais de 30 marcas nacionais e internacionais de, respectivamente, 20 estados da federação e 17 países, a MAPA Comunicação Integrada apresenta seu plano de ampliação de gestão e anuncia novas contratações em São Paulo e no Paraná.

Sob o comando de Maria Priscila Alves Nabozni, a agência, que possui sede em São Paulo e bases operacionais com equipe própria em Salvador (BA), Curitiba e Ponta Grossa (PR), além de parceiros em quase uma dezena de Estados, manteve sua estratégia de crescimento focada no desenvolvimento de pessoas e associada à adoção de novas ferramentas e práticas de comunicação. “Entramos em 2016 sabendo que seria um ano desafiador para a economia e, dessa forma, para nossa indústria, que sente diretamente os reflexos da redução de investimentos nos vários setores econômicos”, diz Maria Priscila. A executiva complementa que “exatamente por isso, fizemos nossa lição de casa nos sentidos administrativo e do atendimento”.

Parte importante da estratégia implementada pela agência resulta em promoção da equipe interna e contratação de novos profissionais.

Na esteira desta mobilidade, menos de dois anos na gestão do time de Atendimento, Marcia Leite, que soma 20 anos de experiência em relações públicas, assume a posição de diretora de Comunicação da MAPA, liderando o time e clientes em todas as unidades de negócio da agência. Silvia Gandolfo, com quase 15 anos em Comunicação e três de MAPA, é promovida a coordenadora de Comunicação em São Paulo, posição que assume ao lado de Gisele Gomes, profissional com 15 anos de experiência nos mercados financeiro e do varejo, que acaba de integrar o time MAPA na capital paulista. No Paraná, Loise Clemente, jornalista com experiência em relacionamento com a mídia, acaba de ser contratada para atendimento aos clientes de Ponta Grossa e se soma à equipe de Curitiba, consolidando operação da unidade paranaense, que hoje é responsável pelo atendimento de quase 10 clientes no Estado.

A equipe que está presente nas operações de São Paulo, Paraná e Bahia reúne diferentes expertises que se complementam para a entrega dos projetos de relações públicas. “Buscamos profissionais que adoram encantar clientes, que entregam resultados concretos e que gostam de desafios reais. Ter inglês ou espanhol fluentes é imprescindível”, explica a diretora geral da MAPA.

Continue lendo

Agências

Ampla conquista a conta da Margarina Primor

Publicado

em

A Ampla – agência com sede em Recife (PE) e escritórios em Vitória (ES), Aracaju (SE) e Maceió (AL) – acaba de conquistar a conta da Margarina Primor, líder no segmento de margarinas de consumo nas regiões Norte e Nordeste. A agência cuidará de toda a comunicação e campanhas on e off-line da Margarina Primor. A marca pertence à Seara, da JBS.

“A Ampla será uma parceira estratégica da Primor na região. Vamos apoiar a marca no fortalecimento de sua liderança, além de reforçar para o consumidor a inovação e a qualidade dos produtos Seara”, explica Queiroz Filho, co-presidente da Ampla.

A Seara também possui as marcas Delícia, Doriana, Delicata, Gradina, Salada, Ricca, Cremosy e Cukin, e ocupa, atualmente, a segunda posição no mercado brasileiro de margarinas, com 35,5% de participação.
Continue lendo

Agências

WWF-Brasil e Loop Brands firmam parceria para gestão de contratos de licenciamento

Publicado

em

Num mundo cada vez mais consciente, no qual as pessoas estão mais atentas ao desperdício, reciclagem, reuso e consumo sustentável, o WWF-Brasil licencia seu icônico panda  – uma das marcas mais reconhecidas e queridas no mundo – com o objetivo de comunicar suas mensagens de conservação em prol do meio ambiente para um maior público possível, com produtos sustentáveis e que expressem as causas defendidas pela organização e que são endossadas pelos consumidores.

A agência escolhida para o gerenciamento da marca é a Loop Brands, já reconhecida no segmento de causas relacionadas com saúde, meio ambiente e relações sociais. A empresa será responsável pela prospecção e gerenciamento dos contratos de licenciamento de produtos que visem um mundo mais sustentável, com maior respeito à biodiversidade e menor desperdício e pegada de carbono.

Os produtos que estamparão a marca WWF no Brasil possuirão caráter educativo e de comprometimento ativo. Eles trarão mensagens de conservação como forma de expressão daqueles que se identificam com a causa ambiental. O objetivo é proporcionar às pessoas o sentimento de pertencimento e oportunidade de externar opiniões, trazendo informações novas que as estimulem a reflexão sobre o planeta e suas responsabilidades com o meio ambiente.

Para evitar a geração excessiva de lixo, toda a produção será amigável com o meio ambiente, desde a embalagem que deve gerar o mínimo possível de resíduos, incorporando materiais reciclados ou reutilizáveis até o produto em si, que deve ser inteligente, com design consistente, durável, com função e propósito, feitos de materiais sustentáveis ou alimentados por energias renováveis.

A iniciativa ocorre num momento de expansão da consciência ambiental em que boa parte dos consumidores são totalmente favoráveis ao marketing de causa, conforme sinaliza a pesquisa Ipsos 2019. Na mesma análise, 34% das pessoas disseram ter adquirido no último ano, produtos que destinaram parte do seu valor a causas sociais, culturais ou ambientais. Para Murilo Hinojosa, sócio-fundador da Loop Brands, o anúncio de licenciamento da marca chega em boa hora. “os consumidores valorizam e estão dispostos a adquirir produtos fabricados da maneira ambientalmente correta”.

Gabriela Yamaguchi, diretora de sociedade engajada do WWF-Brasil afirma que “mais que uma parceria, a ação representa um esforço de adequação às tendências de comportamento e engajamento da sociedade. Trata-se de mais uma iniciativa do WWF-Brasil para a mudança da atual trajetória de degradação do nosso planeta. A cada ano, o mundo despeja cerca de 8 milhões de toneladas de plástico nos oceanos, as paisagens naturais têm sido alteradas e muitas espécies de plantas e animais estão em risco de extinção. Precisamos mudar a forma como consumimos e nos engajar mais com a causa ambiental”, ressalta.

Continue lendo