Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

IBM Watson permite conversa com personagens de Dom Casmurro em exposição no Itaú Cultural

Publicado

em

Obra de Machado de Assis é interpretada por aplicação tecnológica desenvolvida com inteligência artificial. Público pode fazer perguntas aos personagens do livro via texto

Quais perguntas você faria aos personagens de Dom Casmurro, uma das obras de literatura mais lidas no país? De 08 de junho a 06 de agosto, uma obra de arte computacional desenvolvida pela IBM, usando recursos de computação cognitiva, permite ao público interagir com Capitu, Bentinho e Escobar. A experiência interativa figurará entre as 10 obras que serão apresentadas na mostra Consciência Cibernética [?], realizada no Itaú Cultural, em São Paulo, até 13 de agosto.

Intitulada “Café com os Santiagos”, o projeto faz alusão ao sobrenome do protagonista Bento de Albuquerque Santiago (Bentinho) e recria, por meio de recursos de inteligência artificial, uma conversa entre o público da exposição e os três principais personagens do livro. Na prática, o visitante pode participar de ‘um café’ com Capitu, Betinho e Escobar e fazer perguntas a cada um deles através de um tablet. Cada questionamento é respondido usando trechos de diálogos da obra projetados na mesa usando recursos de animação.

A plataforma de computação cognitiva da IBM, Watson, foi utilizada para transformar os diálogos dos livros em conversas interativas com as personagens, ajudando o público a entender a obra de Machado de Assis por um ângulo totalmente novo e divertido. Exatamente por isso, o cenário da mesa de café da tarde inclui um jogo de chá, chapéus, toalhas de crochê e outros detalhes cenográficos que representam o período em que a obra foi escrita.

Machado de Assis é reconhecido pela construção de prosa e diálogos de grande sutileza, e Dom Casmurro (publicado em 1899) é considerado por muitos o melhor exemplo da literatura clássica brasileira. Em “Café com os Santiagos”, o formato de diálogo interativo, possibilitado pelos recursos de inteligência artificial, revela ao público vários elementos da complexidade Machadiana, incluindo a ambiguidade e a ironia característicos do autor, e materializa o mistério da história de Capitu.

“Este projeto explora de maneira inovadora o papel de plataformas como o Watson, que é o de ajudar seres humanos a extrair valor da enorme quantidade de informações que os cerca. A novidade desta aplicação é que uma conversa com múltiplos agentes de inteligência artificial ao mesmo tempo, o que vai ser a característica marcante da segunda onda de chatbots. Hoje, chatbots respondem perguntas e ajudam a realizar serviços simples, mas sempre de forma individual. No futuro vamos interagir com vários chatbots ao mesmo tempo, colaborando no processo de tomada de decisões como se estivéssemos em uma reunião.”, diz Claudio Pinhanez, líder de tecnologias de conversação do Laboratório de Pesquisa da IBM Brasil.

A obra interativa foi criada pelo executivo juntamente com Heloisa Candello, pesquisadora e designer do Laboratório de Pesquisa da IBM Brasil e o produtor e criador em artemídia, Paulo Costa. O projeto foi construído na plataforma de desenvolvimento de aplicações na nuvem, IBM Bluemix e utiliza os serviços de Watson Conversation, Watson Tone Analyzer e Watson Text-to-Speech. A aplicação permite a conversa entre os personagens e os visitantes, detecta a emoção nas perguntas realizadas e torna a obra acessível a portadores de deficiência visual com auxílio dos serviços de conversão de texto em fala por meio de um chatbot que roda em um tablet.

 

IBM Watson: plataforma cognitiva para negócios

O Watson representa a nova era da computação, no qual os sistemas compreendem o mundo de modo mais similar aos humanos: por meio de sentidos, aprendizagem e experiência. O Watson aprende continuamente por meio de interações prévias, ganhando em valor e conhecimento ao longo do tempo.

Como parte da estratégia da IBM para acelerar o crescimento da computação cognitiva, o Watson está aberto para o mundo, permitindo que desenvolvedores, estudantes, empresários e entusiastas técnicos possam explorar a mais avançada e diversa plataforma de computação cognitiva disponível atualmente para negócios. As soluções do Watson estão sendo construídas, utilizadas e empregadas em mais de 45 países, em 20 diferentes tipos de indústrias.

Continue lendo

Digital

NFT: Entenda a nova tecnologia que está modificando a maneira de valorizar arte, música e qualquer item compartilhável na internet

Publicado

em

Atualmente no ambiente digital é possível encontrar as mais diversas manifestações artísticas e culturais, desde obras de artes, até filmes independentes, performances em premiações e programas de televisão, clipes musicais e outros formatos. Porém, em sua grande maioria, os conteúdos compartilhados são cópias não autorizadas do produto original, que se tornam virais, e são disseminadas entre as mais diferentes plataformas. Com um olhar voltado para a autenticidade desses produtos, surge a NFT, tecnologia que por meio de uma assinatura digital baseada em um blockchain, permite a qualquer pessoa verificar e autenticar a propriedade de um ativo na internet. Atento às principais tendências que permeiam o universo digital, o empresário Gabriel Lima, diretor de operações e cofundador da MField, agência referência no segmento do marketing digital e de influência, explica como a novidade pode ser vantajosa para os negócios.

De acordo com o empresário, que acumula mais de 5 anos de experiência no segmento digital, as Non-Fungible Tokens (da tradução literal Tokens Não-Fungível), mais conhecidas pela abreviação NFT, assim como qualquer novidade que surge na internet parecem confusas e pouco funcionais, mas essa tecnologia promete grande eficácia em sua execução no mercado, principalmente para o negócio de empresários, marcas, empreendedores e artistas que têm seus trabalhos amplificados dentro do universo digital. “A NFT funciona por meio da aplicação de um código à arte/produto, que a legitima como original, com isso, o proprietário que detém dos direitos pode ter acesso a todas as reproduções realizadas digitalmente”, destaca Gabriel.

Dentre as principais vantagens que a aplicação da tecnologia tem para os produtos na internet, está a possibilidade de valor agregado para comercialização, uma vez que o autor da obra, independentemente de seu modelo, formato e segmento consegue autenticar a mesma como a única e original, processo que já existe no mundo das artes. Leonardo Vinci e Van Gogh, por exemplo, acrescentavam em suas obras assinaturas e outros tipos de inclusão que as categorizam como originais. “Mesmo sendo copiada e tendo réplicas sendo compartilhadas, a peça que possui a NFT é a única dada como original, por dispor de um código único e inalterável”, pontua Gabriel. “Ainda que seja possível autenticar também as cópias, cada peça terá sua NFT específica, sendo assim, o código não é duplicável, o que traz maior segurança contra falsificações”, completa.

Mesmo que recente, a NFT já começa a movimentar o mercado. No início de março, o presidente do Twitter, Jack Dorsey, vendeu seu primeiro tweet na plataforma como NFT, além dele grandes marcas como Gucci e artistas como King Of Leons já começam a aplicar essa tecnologia em seus negócios, que também é o caso da drag queen brasileira Pabllo Vittar, que em publicação misteriosa anunciou que estava trabalhando com NFT, mostrando assim que o formato está ganhando espaço de forma rápida, e a estimativa é que em breve vejamos ainda mais personalidades se utilizando da novidade, principalmente os influenciadores digitais.

Mesmo possuindo grandes atrativos que se dão como vantagens da aplicação da NFT, a tecnologia pode interferir em movimentos digitais que vem ganhando maior destaque dentre os usuários das plataformas, como por exemplo as páginas virais, que disseminam assuntos a todo momento, atingindo os mais distintos públicos e espaços, e que estão sendo fortemente utilizadas na produção de campanhas publicitárias. “Tudo ainda é novo, e o medo do desconhecido é normal, uma vez que os golpes virtuais têm crescido. Acredito que o assunto ainda será fortemente debatido, e se tornará uma das principais tendências nos próximos anos”, completa o empresário.
Continue lendo

Digital

Samsung se inspira em challenges do TikTok para destacar recursos do Galaxy S21 5G nas redes sociais

Publicado

em

Os desafios do TikTok movimentaram a internet nos últimos tempos. De olho nesse formato inovador, a Samsung utilizou os principais challenges da plataforma para apresentar os recursos do Galaxy S21 5G¹ de uma forma moderna e divertida. Com criação da Mutato, a campanha “Fun with Features” será veiculada no TikTok da marca e também no Facebook, Instagram e Twitter.

Em cada um dos cinco filmes de 15 segundos, que envolvem os espectadores com músicas e transições que remetem ao universo da plataforma, a empresa ressalta a bateria inteligente do Galaxy S21 5G¹, o Modo Noturno, para imagens em alta resolução mesmo em ambientes com pouca luz, a função Single Take², que permite a produção de vídeos e fotos em um só clique, além da resolução de 8K³ e Vídeo Snap, para extrair fotos em alta qualidade dos vídeos.
Continue lendo