Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Novo aplicativo revoluciona ao pagar para clientes visitarem restaurante

Publicado

em

Que tal ganhar dinheiro visitando restaurantes, consumindo os produtos que mais gosta e indicando para amigos? Como diz o ditado, não tem melhor propaganda que o boca a boca. E por incrível que pareça, muitos a fazem sem nem perceber e sem ganhar nada em troca, além da satisfação de compartilhar algo que gostou. Pensando nisso, surgiu o aplicativo chamado Magpi, que paga em dinheiro aos usuários pela propaganda que, na maioria das vezes, as pessoas já fazem gratuitamente.

O aplicativo, que já funciona como um canal de relacionamento entre o usuário e o restaurante, está disponível para download na versão beta e já conta com vários estabelecimentos participantes, como os restaurantes Tejo, Bartolomeu, Pizza Hut, entre outros. A meta é chegar a 100 restaurantes até o final do semestre, só em Brasília. Até o final do ano, já existe um planejamento de expansão para Goiânia e São Paulo, afirma Eduardo Ferrari, Head de negócios.

Quando o usuário clicar no aplicativo aparecerá uma plataforma de restaurantes e logo ao lado o valor que cada um oferece por uma visita. E se isso ainda não for o suficiente, o aplicativo ainda dá a opção de ganhar consumindo e indicando amigos.No caso da visita, cada estabelecimento conta com um sensor localizado estrategicamente de forma a permitir o check in apenas dentro do estabelecimento.

No Magpi, sempre que o usuário indicar o restaurante para um amigo e eles validarem a visita, ganha quem fez a indicação. No consumo, basta pedir a nota fiscal com CPF e enviá-la pelo aplicativo para ganhar um percentual do valor total. Os valores são definidos por cada restaurante, de acordo com o ticket médio, que pode por exemplo, definir R$ 2 por visita, R$ 3 por indicação e 10% da conta para consumo.

Easy Use – Os criadores apostam na mobilidade e na capilaridade da ferramenta. “Dificilmente, nos moldes atuais, uma pessoa não tem um smartphone conectado nas redes sociais e no Whatsapp. Como isso é comum entre amigos, agora vai ser comum entre pessoas que desejam ser pagas para conhecer um restaurante ou indicar para amigos através do Magpi”, destaca Fabio Henrique, Head de Finanças. “O aplicativo ainda vai ser muito assunto para as rodas de amigos”, aposta Fábio.

Outra vantagem destacada pela equipe de desenvolvimento, é a facilidade de uso e a praticidade. O app reúne todos os estabelecimentos cadastrados em uma única plataforma. Desta forma, os usuários não precisam baixar um aplicativo para cada restaurante. Através do Magpi, é possível ver quanto cada restaurante paga para conhecê-lo com um simples clique.

Bom para os negócios -O aplicativo também tem a função de auxiliar os empresários na prospecção do seu negócio, além de estreitar o relacionamento entre os usuários do Magpi e os estabelecimentos. A proposta do app é levar clientes para dentro da loja (restaurante). “Diferente de um anúncio numa revista, por exemplo, em que a pessoa conhece o negócio folheando a publicação onde estiver, lá na casa dela, no Magpi o anúncio leva a pessoa a conhecer o negócio “in loco”, afirma o publicitário Welington Braga, CEO e idealizador do projeto.

Outra vantagem para o empresário é acompanhar com exatidão o retorno de cada real investido na ferramenta de publicidade. O aplicativo disponibiliza aos donos de restaurantes um painel de gestão, onde poderão acompanhar quantos clientes visitaram o seu restaurante, o montante por eles gastos, quantos foram os amigos indicado, entre outras informações. “No Magpi, o dono do estabelecimento só paga, quando o cliente visita o seu restaurante. Assim, com o cliente dentro do seu negócio, é mais fácil fidelizar e vender”, avalia Welington Braga

O protagonismo no cliente é a chave do sucesso da nova forma de publicidade “Ao remunerar quem indica seu estabelecimento ou o cliente que faz uma visita, as chances de que ele goste e consuma, são bem maiores”, aposta Braga. “No Magpi, o cliente que comprova o consumo no seu restaurante, ganha mais. Assim, é possível comparar o investimento realizado na divulgação, com o quanto o cliente trouxe de retorno”, conclui Narmer Abouhassan, Head de Produtos do Magpi.

Continue lendo

Digital

NFT: Entenda a nova tecnologia que está modificando a maneira de valorizar arte, música e qualquer item compartilhável na internet

Publicado

em

Atualmente no ambiente digital é possível encontrar as mais diversas manifestações artísticas e culturais, desde obras de artes, até filmes independentes, performances em premiações e programas de televisão, clipes musicais e outros formatos. Porém, em sua grande maioria, os conteúdos compartilhados são cópias não autorizadas do produto original, que se tornam virais, e são disseminadas entre as mais diferentes plataformas. Com um olhar voltado para a autenticidade desses produtos, surge a NFT, tecnologia que por meio de uma assinatura digital baseada em um blockchain, permite a qualquer pessoa verificar e autenticar a propriedade de um ativo na internet. Atento às principais tendências que permeiam o universo digital, o empresário Gabriel Lima, diretor de operações e cofundador da MField, agência referência no segmento do marketing digital e de influência, explica como a novidade pode ser vantajosa para os negócios.

De acordo com o empresário, que acumula mais de 5 anos de experiência no segmento digital, as Non-Fungible Tokens (da tradução literal Tokens Não-Fungível), mais conhecidas pela abreviação NFT, assim como qualquer novidade que surge na internet parecem confusas e pouco funcionais, mas essa tecnologia promete grande eficácia em sua execução no mercado, principalmente para o negócio de empresários, marcas, empreendedores e artistas que têm seus trabalhos amplificados dentro do universo digital. “A NFT funciona por meio da aplicação de um código à arte/produto, que a legitima como original, com isso, o proprietário que detém dos direitos pode ter acesso a todas as reproduções realizadas digitalmente”, destaca Gabriel.

Dentre as principais vantagens que a aplicação da tecnologia tem para os produtos na internet, está a possibilidade de valor agregado para comercialização, uma vez que o autor da obra, independentemente de seu modelo, formato e segmento consegue autenticar a mesma como a única e original, processo que já existe no mundo das artes. Leonardo Vinci e Van Gogh, por exemplo, acrescentavam em suas obras assinaturas e outros tipos de inclusão que as categorizam como originais. “Mesmo sendo copiada e tendo réplicas sendo compartilhadas, a peça que possui a NFT é a única dada como original, por dispor de um código único e inalterável”, pontua Gabriel. “Ainda que seja possível autenticar também as cópias, cada peça terá sua NFT específica, sendo assim, o código não é duplicável, o que traz maior segurança contra falsificações”, completa.

Mesmo que recente, a NFT já começa a movimentar o mercado. No início de março, o presidente do Twitter, Jack Dorsey, vendeu seu primeiro tweet na plataforma como NFT, além dele grandes marcas como Gucci e artistas como King Of Leons já começam a aplicar essa tecnologia em seus negócios, que também é o caso da drag queen brasileira Pabllo Vittar, que em publicação misteriosa anunciou que estava trabalhando com NFT, mostrando assim que o formato está ganhando espaço de forma rápida, e a estimativa é que em breve vejamos ainda mais personalidades se utilizando da novidade, principalmente os influenciadores digitais.

Mesmo possuindo grandes atrativos que se dão como vantagens da aplicação da NFT, a tecnologia pode interferir em movimentos digitais que vem ganhando maior destaque dentre os usuários das plataformas, como por exemplo as páginas virais, que disseminam assuntos a todo momento, atingindo os mais distintos públicos e espaços, e que estão sendo fortemente utilizadas na produção de campanhas publicitárias. “Tudo ainda é novo, e o medo do desconhecido é normal, uma vez que os golpes virtuais têm crescido. Acredito que o assunto ainda será fortemente debatido, e se tornará uma das principais tendências nos próximos anos”, completa o empresário.
Continue lendo

Digital

Samsung se inspira em challenges do TikTok para destacar recursos do Galaxy S21 5G nas redes sociais

Publicado

em

Os desafios do TikTok movimentaram a internet nos últimos tempos. De olho nesse formato inovador, a Samsung utilizou os principais challenges da plataforma para apresentar os recursos do Galaxy S21 5G¹ de uma forma moderna e divertida. Com criação da Mutato, a campanha “Fun with Features” será veiculada no TikTok da marca e também no Facebook, Instagram e Twitter.

Em cada um dos cinco filmes de 15 segundos, que envolvem os espectadores com músicas e transições que remetem ao universo da plataforma, a empresa ressalta a bateria inteligente do Galaxy S21 5G¹, o Modo Noturno, para imagens em alta resolução mesmo em ambientes com pouca luz, a função Single Take², que permite a produção de vídeos e fotos em um só clique, além da resolução de 8K³ e Vídeo Snap, para extrair fotos em alta qualidade dos vídeos.
Continue lendo