Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Novo aplicativo revoluciona ao pagar para clientes visitarem restaurante

Publicado

em

Que tal ganhar dinheiro visitando restaurantes, consumindo os produtos que mais gosta e indicando para amigos? Como diz o ditado, não tem melhor propaganda que o boca a boca. E por incrível que pareça, muitos a fazem sem nem perceber e sem ganhar nada em troca, além da satisfação de compartilhar algo que gostou. Pensando nisso, surgiu o aplicativo chamado Magpi, que paga em dinheiro aos usuários pela propaganda que, na maioria das vezes, as pessoas já fazem gratuitamente.

O aplicativo, que já funciona como um canal de relacionamento entre o usuário e o restaurante, está disponível para download na versão beta e já conta com vários estabelecimentos participantes, como os restaurantes Tejo, Bartolomeu, Pizza Hut, entre outros. A meta é chegar a 100 restaurantes até o final do semestre, só em Brasília. Até o final do ano, já existe um planejamento de expansão para Goiânia e São Paulo, afirma Eduardo Ferrari, Head de negócios.

Quando o usuário clicar no aplicativo aparecerá uma plataforma de restaurantes e logo ao lado o valor que cada um oferece por uma visita. E se isso ainda não for o suficiente, o aplicativo ainda dá a opção de ganhar consumindo e indicando amigos.No caso da visita, cada estabelecimento conta com um sensor localizado estrategicamente de forma a permitir o check in apenas dentro do estabelecimento.

No Magpi, sempre que o usuário indicar o restaurante para um amigo e eles validarem a visita, ganha quem fez a indicação. No consumo, basta pedir a nota fiscal com CPF e enviá-la pelo aplicativo para ganhar um percentual do valor total. Os valores são definidos por cada restaurante, de acordo com o ticket médio, que pode por exemplo, definir R$ 2 por visita, R$ 3 por indicação e 10% da conta para consumo.

Easy Use – Os criadores apostam na mobilidade e na capilaridade da ferramenta. “Dificilmente, nos moldes atuais, uma pessoa não tem um smartphone conectado nas redes sociais e no Whatsapp. Como isso é comum entre amigos, agora vai ser comum entre pessoas que desejam ser pagas para conhecer um restaurante ou indicar para amigos através do Magpi”, destaca Fabio Henrique, Head de Finanças. “O aplicativo ainda vai ser muito assunto para as rodas de amigos”, aposta Fábio.

Outra vantagem destacada pela equipe de desenvolvimento, é a facilidade de uso e a praticidade. O app reúne todos os estabelecimentos cadastrados em uma única plataforma. Desta forma, os usuários não precisam baixar um aplicativo para cada restaurante. Através do Magpi, é possível ver quanto cada restaurante paga para conhecê-lo com um simples clique.

Bom para os negócios -O aplicativo também tem a função de auxiliar os empresários na prospecção do seu negócio, além de estreitar o relacionamento entre os usuários do Magpi e os estabelecimentos. A proposta do app é levar clientes para dentro da loja (restaurante). “Diferente de um anúncio numa revista, por exemplo, em que a pessoa conhece o negócio folheando a publicação onde estiver, lá na casa dela, no Magpi o anúncio leva a pessoa a conhecer o negócio “in loco”, afirma o publicitário Welington Braga, CEO e idealizador do projeto.

Outra vantagem para o empresário é acompanhar com exatidão o retorno de cada real investido na ferramenta de publicidade. O aplicativo disponibiliza aos donos de restaurantes um painel de gestão, onde poderão acompanhar quantos clientes visitaram o seu restaurante, o montante por eles gastos, quantos foram os amigos indicado, entre outras informações. “No Magpi, o dono do estabelecimento só paga, quando o cliente visita o seu restaurante. Assim, com o cliente dentro do seu negócio, é mais fácil fidelizar e vender”, avalia Welington Braga

O protagonismo no cliente é a chave do sucesso da nova forma de publicidade “Ao remunerar quem indica seu estabelecimento ou o cliente que faz uma visita, as chances de que ele goste e consuma, são bem maiores”, aposta Braga. “No Magpi, o cliente que comprova o consumo no seu restaurante, ganha mais. Assim, é possível comparar o investimento realizado na divulgação, com o quanto o cliente trouxe de retorno”, conclui Narmer Abouhassan, Head de Produtos do Magpi.

Continue lendo

Digital

GOAT Digital e House Performance se unem e estimam faturamento de R$ 25 milhões em 2025

Publicado

em

A agência de marketing digital GOAT Digital, acaba de anunciar a aquisição de 30% da House Performance – aceleradora de marketing e vendas especializada nos mercados imobiliário e automotivo.

A união com a House representa um passo significativo na missão da GOAT Digital de se tornar a agência referência em marketing digital para PME no Brasil. O projeto “25em25” é um dos destaques desta nova fase. A nova operação digital estima alcançar um faturamento de R$ 25 milhões até 2025, se consolidando como a maior de todos os tempos.

Comandada pelos sócios Renato Hideki (CEO), Eric Agnello (CCO), Raphael Nunes (COO), e Victor Soares (CFO), atualmente a GOAT Digital atende cerca de 250 clientes recorrentes de diversos segmentos em todo o Brasil e, com a aquisição da House Performance, amplia seu portfólio de soluções de marketing digital para os mercados imobiliário e automotivo. O projeto “25em25”’ reforça o compromisso da agência com o crescimento sustentável e a inovação contínua, com a expectativa de crescer 80% nos próximos 12 meses.

“Estamos entusiasmados com a chegada da House Performance. Esta parceria fortalece nossa capacidade de oferecer soluções inovadoras e eficazes também para clientes de setores em que ainda não atuamos. Juntos estamos bem-posicionados para ganharmos em rentabilidade e escala e liderarmos a transformação digital em todos os mercados”, explica Renato Hideki, CEO da GOAT Digital.

A GOAT Digital e House Performance continuarão operando com suas marcas distintas, mas com sinergias fortalecidas que beneficiarão o portfólio de ambas as empresas com melhores práticas e inovações tecnológicas. Juntas, as empresas já geraram R$1 bilhão em vendas para seus clientes.

Steve Pereira, que atuava como Diretor de Produto e Estratégia na House Performance, agora assume como CEO da agência. “Estou honrado com a oportunidade de liderar a HP nesta nova fase. A integração com a GOAT Digital nos permitirá acelerar o desenvolvimento de tecnologias e soluções que impulsionarão ainda mais o sucesso de nossos clientes,” afirma Pereira.

Continue lendo

Digital

Brasil soma 1 milhão de influenciadores no Tiktok

Publicado

em

O TikTok, da empresa ByteDance, surgiu há 8 anos e já se consolidou como fonte de informação, em especial entre a “Geração Z”. Para 1 em cada 5 nascidos entre 1995 e 2010, o Tiktok é a única plataforma que utilizam para busca de informações, aponta relatório da Reuters Institute Digital News.

Para os criadores de conteúdo, a plataforma já é considerada a 2ª melhor para monetização do conteúdo, segundo pesquisa realizada pela Influency.me. A monetização se traduz no pagamento da plataforma ao influenciador pelas visualizações e alcance que seu conteúdo gerou, forma mais tradicional de lucrar com as redes sociais.

Para as marcas, o Tiktok já é considerado essencial, com 60% delas realizando ativações nessa rede social em 2023. Em 2022, esse índice era de 35%, de acordo com a Influency.me, que ouviu 350 profissionais do marketing de influência.

Levantamento realizado em abril de 2024 pela Influency.me aponta que o Tiktok já soma 1 milhão de influenciadores, consolidando-se como 2ª rede social com mais influenciadores no País. No Instagram, são 1 milhão e 200 mil produtores de conteúdo.

O TikTok é a rede social na qual os usuários passam, em média, mais tempo: 95 minutos por dia. Em seguida, aparece o YouTube, com 74 minutos, e o Instagram, com 51 minutos. Os dados são de pesquisa realizada pela Sensor Tower.

“Rede social comparativamente nova, o Tiktok já desbancou o Instagram quando o quesito avaliado é o tempo do usuário no aplicativo. Esse dado pode ser relevante para o influenciador iniciante, que ainda pode escolher qual rede focar seus esforços e onde terá mais retorno financeiro”, aponta Rodrigo Azevedo, CEO da Influency.me

Continue lendo