Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

IA, RV, IdC e Kate McKinnon São os Principais Atrativos do “Summit Sneaks” da Adobe

Publicado

em

Adobe dá ênfase à propaganda em RV, analytics na loja e um alexa mais personalizado

No Adobe Summit, a Adobe revelou suas mais recentes inovações em áreas que incluem Inteligência Artificial (IA), Realidade Virtual (RV) e Internet das Coisas (IdC) durante o “Summit Sneaks” anual. Apresentado por Kate McKinnon do Saturday Night Live, os participantes vão ter acesso a uma prévia das novas tecnologias, projetadas para melhorar drasticamente a experiência do cliente. O Adobe Sensei está por trás de todas as prévias e demonstrações do Summit Sneaks, usando inteligência artificial e machine-learning, além do enorme volume de ativos de conteúdo e dados da Adobe, para enfrentar os desafios mais complexos da experiência atualmente. O “Sneaks” é um destaque permanente do Summit e um dos favoritos do público, tendo em vista que muitas vezes se tornam parte das futuras ofertas de produtos.

Seja você um estudante, um designer, uma empresa ou um agente governamental, re-imaginar a experiência do seu cliente se tornou uma parte crítica de todas as estratégias de transformação digital. Tecnologias como RV, IA e outras vão disponibilizar novas formas de projetar e entregar ótimas experiências digitais. Todos as experiências incríveis começam com design surpreendente e uma profunda inteligência, ambos parte das competências essenciais da Adobe. O “Sneaks” faz com que os principais talentos de P&D da Adobe tenham a oportunidade de apresentar o trabalho que atravessa os limites desses domínios.

 

Veja abaixo alguns dos projetos que a Adobe vai apresentar no “Summit Sneaks”:

Realidade Virtual e Realidade Aumentada

Propaganda RV: Quando usada de forma eficaz, a RV pode ser personalizada e imersiva e, ao mesmo tempo, parecer natural. Este projeto combina todas as tecnologias da Marketing Cloud e da Creative Cloud para criar propagandas em tempo real em um ambiente de RV. Imagine só isso: um indivíduo usando um headset de RV no meio de Nova York, na Times Square. Conforme ele olha ao redor, os outdoors são substituídos em tempo real. A profunda capacidade de aprendizagem alimentada pelo Adobe Sensei e pelo Analytics e as capacidades de propaganda da Adobe Experience Cloud identificam no que cliente provavelmente se interessaria e acessa os ativos apropriados a partir da Creative Cloud.

Futuro do Varejo: A Microsoft HoloLens está impulsionando a capacidade de computação no mundo físico. O potencial de visualizar e sobrepor dados sobre objetos — através de comandos de voz e de gestos — faz com que as marcas possam ver como os consumidores se movem nos espaços físicos. Este projeto ilustra as oportunidades para os varejistas, mostrando como as interações do comprador com a loja podem ser capturadas e visualizadas no Adobe Analytics. Por exemplo, ao colocar sensores em seus itens, um varejista poderá ver que um produto está gerando tráfego pesado e liberar mais variações e promoções para atender a demanda do cliente.
Inteligência Artificial e Machine-Learning

Site com personalização inteligente: As experiências personalizadas na web aumentam a conversão e o engajamento da marca. Este projeto usa a tecnologia de IA do Adobe Sensei para fazer recomendações intuitivas sobre o layout e o conteúdo. Um site de viagens, por exemplo, poderia incluir aposentados no seu público-alvo. Usando os recursos do Adobe Sensei, o site pode usar o sistema de ativos digitais da marca na Adobe Experience Cloud para recomendar o layout e os ativos mais eficazes da marca.

Público-Alvo com Base na Localização Geográfica: Este projeto vai permitir que as marcas com uma presença física possam explorar tecnologias de localização e engajar os consumidores em movimento com conteúdo relevante e promoções. Usando o principal serviço da Adobe Marketing Cloud, uma cadeia de fast-food pode identificar grupos de usuários inscritos que mostram a intenção de compra através do engajamento com o aplicativo móvel da marca. Através de padrões identificados através do recurso de machine-learning do Adobe Sensei, os usuários são agrupados por localização e podem receber promoções personalizadas para levá-los ao restaurante.
Internet das Coisas

Assistente de voz de última geração: Interações com interfaces como Amazon Alexa atualmente são transacionais e anônimas, nas quais os usuários recebem informações sobre temas gerais como horários de filmes ou listas de músicas. Este projeto usa as tecnologias centrais da Adobe Experience Cloud e os APIs abertos da Amazon para criar um assistente mais inteligente e personalizado. Por exemplo, os consumidores poderão perguntar a Alexa qual o status dos pontos acumulados em uma cadeia de hotel ou milhas acumuladas em uma companhia aérea. A Alexa poderá usar os dados do perfil do cliente e das preferências dele para recomendar promoções ou atividades que aproveitem esses pontos/milhas de forma transparente e consciente, sem comprometer a privacidade.

Continue lendo

Digital

Agência3 assina projeto digital sobre sustentabilidade para DOW

Publicado

em

Diálogos Mais Sustentáveis é uma plataforma de conteúdo criada pela Agência3 para DOW, empresa líder em ciência dos materiais, com o objetivo de discutir os desafios mais críticos que envolvem a sustentabilidade na América Latina e propor ações de impacto positivo. A ideia é que seja um espaço de compartilhamento de informações e de parceria com a sociedade para a construção de um mundo mais sustentável. A Dow oferece produtos e soluções de base científica para mercados importantes como embalagens, infraestrutura e cuidados do consumidor.

A agência fornecerá conteúdo digital para reforçar a comunicação com vários públicos e dar visibilidade ao projeto, reforçando o compromisso da marca com a sustentabilidade. Entre as metas da empresa estão a redução das emissões anuais de carbono até alcançar a neutralidade em 2050, investir em tecnologia para reciclagem de plásticos e até 2035 oferecer 100% de produtos reutilizáveis ou recicláveis nas aplicações de embalagens.

“A intenção é, por meio do nosso hub de conteúdo, abrir um espaço de conversa que amplie o conhecimento para reforçar as mudanças em nome da sustentabilidade”, diz Willian Rocha, Diretor de Conexões da Agência3.

Continue lendo

Digital

Estácio é o novo cliente da Raccoon

Publicado

em

A agência de marketing digital Raccoon assume a conta da Estácio, um dos maiores players de educação superior no Brasil, com uma enorme presença nacional. Entre outras ações, o escopo de trabalho da agência envolve gestão, performance (mídias pagas, web analytics e design) e criação de conteúdo digital (conteúdo, CRM, CRO, SEO e Front End). A parceria entre as empresas teve início em dezembro de 2020.

De acordo com André Palis, sócio-fundador da Raccoon, a conta da Estácio era um desejo antigo da empresa e um enorme desafio para a equipe. “Trata-se de um projeto bastante profundo. O segmento educacional é muito concorrido, os players do setor têm uma presença forte e intensa no ambiente online, de modo que o nível de trabalho tem que ser bem elevado”, afirma.

Continue lendo

Digital

Com estratégia Reamp e soluções para aplicativo do Google e Facebook, Movida transforma app em um dos principais geradores de negócios

Publicado

em

O uso de aplicativos para serviços automotivos apresenta grande crescimento no Brasil: segundo o eMarketer, até 2019, a popularidade desse serviço entre os donos de smartphones cresceu a uma taxa de 15% por ano, desde 2017. Foi percebendo essa oportunidade que a Reamp, adquirida pelo digital partner global Jellyfish em 2020, e a Movida Aluguel de Carros, locadora de veículos que oferece soluções inovadoras em mobilidade urbana para todo tipo de necessidade, criaram um projeto de otimização de aplicativo com tecnologia Google que transformou a performance nesse canal. O projeto contou, ainda, com o estudo direcionado sobre Aumento de Conversão do Facebook, com otimização da campanha também pela rede social.

O projeto, que ganhou ainda mais visibilidade com mudanças necessárias provocadas pela pandemia de COVID-19, começou com uma análise simples: a observação de que o site concentrava todas as conversões online, enquanto o app, que oferece praticidade e rápido acesso, gerava somente visitas, não conversões. “Era uma questão de centralizar a ciência de dados em mensuração e direcionamento de campanha. Com o aplicativo otimizado para compra, restava entender como engajar o usuário e apresentar para ele a oferta oportunamente”, contou Charles Sperandio, CMO da Movida.

A solução da Reamp foi simples: centralizar a mensuração no Analytics Firebase, do Google, e enviar, por lá, notificações via push de acordo com variantes como clima, audiência mais responsiva e geografia. “A ferramenta do Firebase, nesse contexto, acaba sendo essencial para a estratégia de crescimento, centralizando as informações sobre o app em um só lugar e permitindo uma mensuração mais precisa de desempenho, possibilitando ajustar estratégias em tempo real”, comenta Gustavo Galli, Gerente de Parcerias do Google.

A aferição do valor da otimização de social, feita em parceria com o Facebook, calculou o incremento das vendas – um método conhecido como Conversion Lift. Foi possível observar que, dentro das campanhas de social, a pesquisa foi fundamental e revelou tanto a importância da campanha na rede social (responsável pelo aumento do ROAS – Retorno Sobre o Investimento Publicitário – em mais de cinco vezes), quanto da sedimentação da mensagem pelo multicanal – contribuindo, também para as compras feitas dentro do aplicativo. Em resumo, a nova estratégia da Movida no Facebook, com uma estrutura de conta mais simples e ferramentas disponíveis no próprio aplicativo, aumentou o número de pessoas interessadas em seus serviços.

Para a empresa digital, o sucesso veio de uma convergência de fatores. “Foi importante a nossa percepção do aplicativo, mas também a estratégia de centralização, organização e ativação dos dados de usuário. No fim, o que conseguimos foi contextualizar o aplicativo dentro da jornada de compra e torná-lo relevante para o usuário no contexto dele, coordenando as táticas de App+Site. Quanto à estratégia de push, só no primeiro mês de disparos, o número de reservas aumentou 17% e o número de aberturas do app cresceu 48%. É uma média de aumento de 69% em aberturas do aplicativo e 20% em reservas a cada disparo. Pensando na estratégia geral, em apenas quatro meses, a participação de investimento nas campanhas de app aumentou de 5% para 44%, enquanto as reservas passaram de 9% para 59%.”, conclui Adones Duarte, da Reamp.

Continue lendo

Tendências