Conecte-se com a LIVE MARKETING

Agências

Grupo Talkability® consolida lideranças da Bullet no Brasil e lança The Story Shop® nos EUA

Publicado

em

A Bullet vem atuando não apenas como uma agência de live marketing, mas como uma agência de solução em comunicação e negócios no Brasil e ganha capilaridade com a nova agência do grupo com atuação nos Estados Unidos

O Grupo TALKABILITY®, liderado pelo sócio-fundador e CEO Fernando Figueiredo, consolida o processo societário e de lideranças da Bullet, iniciado em março de 2017, e lança a The Story Shop®, sua primeira agência em Miami, nos Estados Unidos.

Além da sócia e (CFO) chief financial officer Adriana Ribeiro, entram para o quadro societário o (CSO) chief strategy officer Aldo Pini e o CBO chief business officer Eduardo Andrade. Outra novidade na Bullet é a chegada do COO Iron Neto.

Aldo Pini chegou para liderar a grande mudança de produto da Bullet. Com passagem pela Bullet e visão estratégica diferenciada, era o nome chave na África até final de 2018, atuou como diretor geral de planejamento e atendeu marcas da Ambev e Vivo. A mudança no modelo de negócio trouxe outro grande talento para a sociedade, o Eduardo Andrade, que atuava na Bullet como diretor Geral de Negócios.

“Espaço é fundamental para novos talentos brilharem e este movimento é proposital. A agência não pode estar centralizada num único comando. Aldo é um profissional completo que não só entende da estratégia, mas do negócio dos clientes. Ele veio para liderar a grande mudança de produto da Bullet. Já o Eduardo Andrade é um dos homens de desenvolvimento de negócio mais completo que eu conheço. Vejo nele eu há 20 anos. Um cara que pensa muito no cliente e traz soluções não só o job.”, afirma Feof.

Faltava uma peça para completar o time e subir a régua de entrega criativa, de produção e operacional. “Foi aí que com o alinhamento do Universo apareceu o Iron Neto, ex-sócio da Tudo, o Iron é namoro antigo, mas dessa vez deu certo. Talento é o melhor combustível para a vida eterna de uma agência”, completa.

Com as alterações no quadro societário e na operação, a Bullet vem mostrando para o mercado que seu modelo de negócio vem mudando. A agência viveu nos últimos dois anos uma das mais profundas mudanças de sua história, envolvendo talentos, sociedade e, principalmente, produto, construindo cases com soluções que vão muito além do evento ou da promoção, promovendo marcas no digital, novos formatos de mídia e criação de produtos, num modelo pouco convencional. Apostando no marketing de dados, foi uma das pioneiras a aplicar Inteligência Artificial e Business Inteligence. Um bom exemplo disso é a sua plataforma promocional YouIn, que hoje possui mais de 1.8 MM de “promo lovers” que são ativados em qualquer iniciativa promocional da agência.

“Promovemos engajamento. E criamos TALKABILITY®, palavra que nos dá o tom há mais de 10 anos, o nome da nossa holding e marca registrada. Somos uma agência de ideias. De soluções.”

Nos últimos 140 dias, a Bullet realizou campanhas integradas que geraram Talkability®, on e off: o lançamento da nova camisa do Palmeiras para a Puma, a campanha digital de Stella Artois para o dia das mães, coletes vibratórios da Skol para incluir deficientes auditivos no Carnaval, a campanha Digital dos Haters para lançar a Puro Malte da Skol, o lançamento de Omo numa plataforma digital com influencers. Já para a Comgás foi realizado o lançamento da terceira campanha full evoluindo o conceito Encanei, criando um amplo plano de mídia de divulgação, on e off. E ainda, como uma das maiores autorizadoras de promoção do mercado, a agência está com diversas iniciativas na rua, como a Promoção de Camil que foi trending topic no Twitter.

“A Bullet voltou a atingir os índices de 70% de conversão em negócios. Entramos em clientes que nunca havíamos entrado como C&A, Facebook, Electrolux, Puma, Natura, Nestlé e Itaú. E ainda voltamos para clientes que fizeram história na Bullet como Unilever, Ford e Ambev.”

Feof continua ativo como CEO da Bullet e Business Development, desenvolvendo os negócios da agência, dividindo seu tempo na ponte aérea a cada duas semanas entre a operação brasileira e a The Story Shop®, agência multicultural que acaba de lançar em Winwood, Miami, dentro de uma galeria de arte. “A agência faz digital, eventos, campanhas, promo e social. Mas mais do que isso, cria ideias para o mercado Americano, conectando o processo bem definido da América com a flexibilidade e criatividade Latina.”, diz Feof.

A agência já nasceu realizando projetos para Facebook, Riverside, Bauducco, Spotify e David/Budwiser e atua em sociedade com a Altermark, a maior agência de OOH do mercado Latino, de Alexandre Cardoso e Emilio Medina, e a Concept ID, agência de eventos e life style de Marcelo Goulart, que entre outros projetos desenvolve o Miami Open para o Itaú.

“A The Story Shop é a Bullet® nos EUA. E a Bullet é a The Story Shop® no Brasil.”, finaliza.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Agências

um.a e Pearson Educacional lançam no Brasil a versão ACELERA do programa MDI – Mestre Diversidade Inclusiva

Publicado

em

No universo das empresas, a diversidade em seus diversos desdobramentos – étnica, social, religiosa, cultural, etária, de gênero e orientação sexual – tem se constituído como um poderoso valor corporativo para melhorar o clima organizacional, potencializar talentos, provocar inovação e, assim, alavancar os resultados dos negócios.

 

Os números demonstram essa potencialidade. Um relatório da consultoria McKinsey apontou que empresas que apostam em diversidade de gênero têm probabilidade 15% maior de ter lucratividade do que seus concorrentes. O percentual sobe para 35% quando se inclui a diversidade étnica e cultural. E quando falamos de inovação os números mostram que, ao abraçar as diferenças, uma empresa multiplica em 70% suas chances de ir além e evoluir.

 

Apesar das perspectivas favoráveis, promover a diversidade nas empresas está longe de ser tarefa fácil. Embora 94% das 500 maiores do país já tenham um programa de diversidade, as iniciativas utilizadas atualmente, por mais relevantes que sejam, não têm se mostrado eficientes para sensibilizar ou engajar colaboradores. O fato de elas se mostrarem simpáticas à causa não basta para transformar a realidade.

 

É partindo desse cenário que a um.a, em parceria com a Pearson, aproveitando o 9º Fórum online | Inclusão da Diversidade, promovido pela ABRH-SP, de 19 a 21 de outubro de 2021, lança o programa MDI EAD Corp. (Mestre Diversidade Inclusiva on-line). Trata-se de um formato reduzido do Programa MDI, lançado em 2019, cujo objetivo é acelerar a atitude e a ação das pessoas em prol da diversidade e da inclusão.

 

O programa tem foco no mundo corporativo e oferecerá a empresas de todos os portes e segmentos a possibilidade de usar as lentes da diversidade e da inclusão para enxergar a realidade diversa em que elas estão inseridas. A partir dessa visão clara, será possível criar processos vencedores para atrair e incluir as diferenças no ambiente de trabalho e na estratégia dos negócios.

 

“As empresas são um retrato da sociedade. O que aprendemos na vida manifestamos no ambiente de trabalho. O contrário também é verdadeiro. As empresas têm um grande poder de transformação social. Quando capacitamos um profissional no mundo corporativo, logo percebemos os benefícios desse treinamento em todas as conexões sociais que ele frequenta. Se pensarmos bem, as empresas, com seus treinamentos, workshops, congressos e tantos outros eventos que compartilham conhecimento, representam as maiores educadoras de adultos e compõem a maior universidade do planeta”, afirma Ronaldo Ferreira, sócio-fundador do programa.

 

Por isso, é extremamente importante que as empresas se transformem em lugares seguros, para que seus colaboradores possam exercer o direito humano de ser quem eles são. Este é o papel do MDI: despertar a consciência das organizações, respeitando e celebrando as diferenças, para que os colaboradores das empresas de todo o país foquem seus esforços e gastem suas energias em ajudar na construção de um futuro melhor para todos. A Diversidade é o futuro porque tem o poder de potencializar talentos e otimizar recursos.

Com uma carga horária obrigatória de 7 horas, o MDI EAD Corp. está dividido em quatro módulos (Introdução, Cultura Corporativa, Grupos de Identidade e Atitude Inclusiva), criados pela Pearson com a mais moderna metodologia de ensino de adultos. O MDI EAD Corp. traz, ainda, cerca de 6 horas de conteúdo extra, para que os participantes possam escolher e, de maneira opcional, se aprofundar nos temas de maior interesse.

 

A versão ACELERA do Programa MDI atua a partir da atitude dos colaboradores e colaboradoras das empresas. É a partir de cada pessoa que o Programa provoca a criação de uma cultura mais diversa e inclusiva no mundo corporativo.  O MDI mostra que o ser humano é plural, não singular. Que todos ganhamos com a inclusão das diferenças porque a diversidade é vida real. Por isso, independente de fazer parte dos grupos minorizados, somos partes do processo.

 

O Programa de Capacitação Mestre Diversidade Inclusiva alerta, principalmente a liderança das corporações, de que só é possível surfar nos bons frutos da diversidade se ela estiver presente no dia a dia das empresas. A partir dessa consciência, as pessoas são encorajadas a saírem de suas bolhas. São conectadas e provocadas por diferentes realidades, sendo motivadas de forma mais humanizada a incluir criando mais oportunidades e eliminado privilégios. Tudo isso usando boas práticas, observadas em outras empresas do mercado.

 

Segundo a Pearson, o objetivo de acelerar o processo de capacitação do programa é o de conseguir mais espaço na concorrida agenda dos gestores das organizações. Com uma carga horária reduzida – mas com acesso livre a vários conteúdos de interesse dos participantes –, a gigante de educação espera ampliar ainda mais a rede de apoio de empresas mais diversas e inclusivas, que estão abrindo caminho e fazendo a diferença no mercado.

 

Saiba mais sobre o programa de capacitação MDI acessando www.goMDI.com.br. Durante o 9º Fórum | Inclusão da Diversidade, o programa será ofertado com um bônus desconto de R$ 150,00 por participante/aluno.

 

Continue lendo

Agências

V3A lança a GTG, empresa de games e eSports

Publicado

em

V3A lança a GTG, empresa de games e eSports

Atenta ao franco crescimento da indústria de games e eSports, no Brasil e exterior, a V3A anuncia a criação da GTG, nova empresa que passa a ser responsável pelos projetos de games e eSports da companhia e tem como sócio o investidor Kevin Tang, diretor da Câmara de Comércio Brasil China. A GTG, fruto da sigla de Good To Game, já nasce com um portfólio de projetos proprietários de alto impacto, como o Prêmio eSports Brasil, em sociedade com a Player 1, e o WESG Latam, a maior competição multiplataforma de eSports da América Latina. Dalmo Castello Filho é o CEO da nova empresa, que faz parte do pilar de Ventures (projetos proprietários) comandada por Victor Vocos, co-CEO da V3A.

Além dos projetos já existentes, a GTG terá uma divisão pronta para atender marcas que desejam se conectar ao mundo gamer através de ativações, eventos, conteúdo e projetos taylor made.

Victor Vocos fala sobre o que a criação da GTG representa para o mercado e a V3A.  “Para aproveitar as oportunidades que o mercado de games oferece, não basta entender o mercado, você tem que fazer parte dele.  A GTG é uma empresa gamer, com uma equipe gamer, que conhece o ecossistema e cria os elos mais autênticos entre as marcas e a comunidade. A GTG é uma empresa B2G ‘Business to Gamer’ , conectando marcas ao mundo gamer através das nossas plataformas proprietárias e também, como agência, inovando com os nossos clientes.

Continue lendo