Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Crescimento acelerado faz a Amazon ser coroada como a Marca Global Mais Valiosa do TOP 100 do BrandZ 2019

Publicado

em

• Marcas de “ecossistema”, aquelas que se conectam ao consumidor em diferentes pontos de contato como Google e Amazon, conquistam o público ao mesmo tempo que categorias tradicionais desmoronam

• Marcas de tecnologia de consumo ultrapassam USD$1 trilhão em valor de marca

• Cresce a demanda por práticas de “marketing consciente” à medida que a voz do consumidor se fortalece em um mundo orientado à ética

Com poucos sinais de desaceleração no crescimento, a Amazon tornou-se a marca mais valiosa do mundo de acordo com o ranking BrandZ das 100 Marcas Globais Mais Valiosas de 2019, lançado hoje pela WPP e Kantar na Bolsa de Valores de Nova York.

As aquisições inteligentes que levaram a novos fluxos de receita, excelente prestação de serviços ao cliente e capacidade de se manter à frente de seus concorrentes, oferecendo um ecossistema diversificado de produtos e serviços, permitiram que a Amazon acelerasse continuamente o crescimento do valor da sua marca.

As empresas de tecnologia lideraram o Top 100 do BrandZ desde o seu primeiro ranking global em 2006, quando a Microsoft assumiu o primeiro lugar. Com um crescimento de 52% no valor da marca em relação ao ano anterior, chegando a US$315,5 bilhões, a Amazon está à frente da Apple (USD$309,5 bilhões) e Google (USD$309,0 bilhões), ambas com um aumento de 3% e 2%, respectivamente, para acabar com o domínio de 12 anos dos gigantes da tecnologia.

No Top 10, o Facebook permaneceu no número 6, enquanto, pela primeira vez, o Alibaba superou a Tencent e se tornou a marca chinesa mais valiosa, subindo dois lugares para o 7º e crescendo mais de 16% para USD$131,2 bilhões. A Tencent caiu três posições para a oitava posição, um decrescimento de 27%, para USD$130,9 bilhões em relação ao ano anterior, no que o BrandZ atribui a um mundo mais volátil. Um no qual as marcas precisam antecipar continuamente as necessidades mutáveis e expectativas do consumidor.

Enquanto outras plataformas de mídia social enfrentam desafios em termos de confiança e desejo, o Instagram (44º lugar, USD$28,2 bilhões), agora com mais de 1 bilhão de usuários em todo o mundo, se destacou como o maior crescimento (47 pontos e 95% em valor). “A reputação é o ativo mais valioso de uma empresa, e, sendo forte, protege o negócio em épocas de crise”, afirma Eduardo Tomiya, diretor da Kantar Brasil. A Lululemon, empresa de roupas esportivas inspiradas pela ioga, foi a segunda mais rápida em escalada, com um incremento de 77% em relação ao ano anterior, chegando a USD$6,92 bilhões.

Outras que subiram ao topo, como Netflix (+65%, nº34, USD$ 34,3 bilhões), Amazon (+52%, USD$315,5 bilhões) e Uber(+51%, no.53, USD$24,2 bilhões) refletem a rápida mudança tecnológica na qual os consumidores estão colocando mais valor em experiências de marca mais ricas.

David Roth, CEO da The Store WPP EMEA e Ásia e presidente do BrandZ, afirma: “O crescimento do valor das 100 maiores marcas deste ano para uma alta histórica prova o poder de investir em marcas para oferecer um valor superior ao acionista. Por trás desse crescimento, está o sucesso de um novo fenômeno de construção de uma ‘marca ecossistema’. Estamos vendo uma mudança de marcas de produtos e serviços individuais para uma nova era de ecossistemas altamente disruptivos. As marcas precisam entender o valor que esse tipo de modelo pode criar e abraçar essa abordagem para ter sucesso no futuro.”

BrandZ Top 10 das Marcas Globais Mais Valiosas

Rank 2019MarcaCategoriaValor da marca 2019 (bilhões)VariaçãoRank 2018
1AmazonVarejo315.50552%3
2AppleTecnologia309.5273%2
3GoogleTecnologia309.0002%1
4MicrosoftTecnologia251.24425%4
5VisaPagamentos177.91822%7
6FacebookTecnologia158.968-2%6
7AlibabaVarejo131.24616%9
8TencentTecnologia130.862-27%5
9McDonald’sFast Food130.3683%8
10AT&TProvedor de Telecom108.3752%10

Apesar da incerteza econômica em torno das tarifas comerciais dos EUA e da China, um total de USD$328 bilhões foi adicionado ao ranking BrandZ Global no último ano, dando-lhe um valor de marca combinado de USD$4,7 trilhões – o equivalente ao PIB combinado da Espanha, Coreia e Rússia.

Grande parte desse valor é derivado de marcas de tecnologia de consumo que aparecem no ranking e agora somam mais de USD$1 trilhão, como os recém-chegados Xiaomi(USD$19,8 bilhões), marca chinesa de celulares que também usa a Internet das Coisas (IoT) para conectar dispositivos inteligentes e está crescendo rapidamente em países como Rússia, Índia e Malásia; a Meituan (78º lugar, USD$18,8 bilhões), também chinesa, é vista como uma plataforma de tecnologia de consumo de categoria que oferece tudo, desde entrega de alimentos, reservas de quartos e passeios até o aluguel de bicicletas.

Enquanto isso, a Uber está aproveitando o modelo de ecossistema e expandindo para serviços de alimentação entre outros, enquanto a Haier (número 89, USD$16,3 bilhões), uma das maiores produtoras de eletrodomésticos do mundo está comprometida em co-criar uma marca de ecossistema aberto na era da internet das coisas com seus clientes e parceiros.

Doreen Wang, chefe global da Kantar para o BrandZ afirma: “O fenomenal crescimento do valor da marca da Amazon de quase USD$108 bilhões no ano passado demonstra como as marcas estão menos ancoradas em categorias e regiões individuais. As fronteiras estão se desfazendo à medida que a fluência da tecnologia permite que marcas, como Amazon, Google e Alibaba ofereçam uma gama de serviços em vários pontos de contato do consumidor. Usando sua experiência e conhecimento do consumidor, essas marcas estão entrando no setor de serviços empresariais, criando novas oportunidades para o crescimento. Modelos ecossistêmicos disruptivos estão florescendo em regiões como a Ásia, onde os consumidores estão mais acostumados com o uso constante de tecnologia e onde as marcas estão se integrando em todos os aspectos da vida cotidiana das pessoas”.

As principais tendências destacadas no estudo BrandZ Global Top 100 deste ano incluem:

• O luxo é a categoria que mais cresce (+29%), seguida pelo Varejo (+25%), impulsionada pela mudança na preferência dos clientes da geração Y e Z por canais digitais.

• As categorias de tecnologia, finanças e varejo dominam, representando mais de dois terços do valor total das marcas.

• Nove recém-chegados aparecem no Top 100, impulsionados predominantemente por marcas de tecnologia chinesas e norte-americanas com modelos de negócios disruptivos, incluindo Dell Technologies, Xbox, Haier, Meituan e Xiaomi.

• Marcas asiáticas aumentam sua presença com 15 marcas chinesas, três indianas e uma indonésia, fazendo parte do ranking de um total de 23 da região, incluindo a LIC e a Tata Consultancy Services.

• Uma nova geração de marcas surge: as marcas GenZ (criadas após 1996) estão a milhas de crescimento, adicionando mais valor ao ranking por ano de existência – quase quatro vezes mais do que as marcas criadas na era milenar de 1977 a 1995. Um total de 23 marcas GenZ aparecem no Top 100, com uma idade média de 16 anos, em comparação com 18 marcas da geração Y, com 33 anos de idade.

• Marcas sustentáveis: os proprietários de marcas estão demonstrando a importância de melhorar e reforçar a percepção do consumidor de que eles são “responsáveis” por meio de iniciativas sociais, ambientais e corporativas.

• As guerras comerciais da China e dos EUA afetaram o crescimento do ranking Top 100, que desacelerou para +7% nos últimos 12 meses. A confiança do consumidor foi atingida, uma vez que as tarifas comerciais impactaram várias categorias de marcas, com os carros, a logística e os bancos sofrendo mais

O relatório e rankings BrandZ Top 100 Most Valuable Global Brands, e muito mais informações sobre marcas para as principais regiões do mundo e 14 setores de mercado, estão disponíveis online aqui.

O relatório global, rankings, gráficos, artigos e muito mais também podem ser encontrados por meio do aplicativo BrandZ. O aplicativo BrandZ também contém os mesmos recursos e funcionalidades para todos os relatórios regionais do BrandZ e é gratuito para download no Apple IOS e em todos os dispositivos Android em www.brandz.com/mobile ou na BrandZ nas respectivas lojas de aplicativos do iTunes ou do Google Play.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Homem-Aranha na Netflix? plataforma irá exibir filmes logo após cinemas

Publicado

em

Netflix e a Sony fecharam um acordo que manterá as próximas produções da Sony Pictures na Netflix depois da exibição nos cinemas. A informação é do Wall Street Journal, que afirma que filmes como Homem-Aranha e Jumanji, chegarão rapidamente na plataforma de streaming. Por enquanto, o acordo não impede a Sony de vender direitos de streaming para outras plataformas.

De acordo com a Variety, o acordo está supostamente definido para durar cinco anos, com início em 2022. Enquanto o New York Times, informou que a Netflix pagará cerca de US $ 1 bilhão à Sony pelo negócio. Vale lembrar, que a Netflix possuía acordo para exibir filmes do Homem-Aranha, antes mesmo do lançamento do Disney+. Enquanto, desde 2006, quem possui os direitos de transmissão da Sony é o canal Starz.

Ainda segundo o Wall Street Jornal, os futuros filmes do Homem-Aranha chegarão à Netflix após suas exibições nos cinemas (não está claro se Homem-Aranha: No Way Home, de Tom Holland está incluído no negócio), junto com outros personagens da Marvel dos quais a Sony ainda detém os direitos, como Venom, de Tom Hardy.

Filmes de estúdios de produtoras da Sony, como a Columbia Pictures, também serão incluídos, como a franquia Jumanji. Além disso, a Netflix também licenciará alguns filmes mais antigos da Sony Pictures.

O relacionamento entre Netflix e Sony se fortaleceu nos últimos anos, com os estúdios concordando com os direitos de streaming para os filmes de animação da Sony, como Homem-Aranha no Aranhaverso.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Empresa

Shopping Center Norte completa 37 anos

Publicado

em

Em abril, o Center Norte completa 37 anos. Quinto shopping a inaugurar na cidade de São Paulo e o primeiro da zona norte, o Shopping da Família, como é conhecido, é um dos maiores e mais completos e diversificados centros de compras e convivência do país. Em uma área de 142 mil m², o empreendimento reúne mais de 330 lojas de variados segmentos: moda, beleza, tecnologia, esportes, gastronomia, serviços e entretenimento.

“Completar 37 anos sendo referência no segmento de shopping centers é motivo de muito orgulho. Ao longo das últimas quase quatro décadas, os desafios foram inúmeros, mas, sem dúvidas, os maiores desafios vieram nos últimos 12 meses com as restrições impostas pela pandemia. As mudanças aceleraram nossa digitalização e rapidamente nos adaptamos para que os clientes pudessem continuar contando com os nossos serviços mesmo à distância e seguindo todos os protocolos de saúde e segurança”, afirma Guilherme Marini, diretor executivo do Center Norte.

A fim de oferecer aos lojistas ainda mais agilidade e eficiência no atendimento remoto ao público, facilitando o processo de compra e venda online, o Center Norte inaugurou recentemente um hub de entregas em parceria com o Delivery Center – ecossistema que promove a multicanalidade ao integrar lojistas, marketplaces e entregadores. A central de distribuição fica em um local estratégico do Shopping, onde é feita toda a logística dos pedidos, coleta dos itens junto aos lojistas e as entregas rápidas aos clientes.

“O lançamento do hub de entregas faz parte de uma robusta estratégia que tem como objetivo acelerar a transição dos nossos lojistas para o universo digital e ampliar a experiência omnichannel para os consumidores, estabelecendo múltiplos canais de venda e contato”, reforça Marini.

Atualmente, o shopping está fechado em cumprimento à fase emergencial do Plano São Paulo, mas os clientes podem fazer as compras por telefone e WhatsApp ou através de seus aplicativos favoritos e receber em casa ou retirar no drive-thru com todos os cuidados necessários e medidas preventivas. O drive-thru está localizado em uma área reservada do estacionamento e funciona diariamente, das 8h às 20h.

O Shopping Center Norte integra a Cidade Center Norte, complexo multiuso que conta também com o Lar Center, o centro de exposições e convenções Expo Center Norte e o Novotel Center Norte.

Lojas com atendimento remoto: https://www.centernorte.com.br/lojas-do-center-norte-e-lar-center-com-atendimento-remoto/.

Continue lendo