Conecte-se com a LIVE MARKETING

Eventos

Amazonia Live plantará mais de 3 milhões de árvores na Amazônia e convoca público a abraçar a causa e ajudar a ultrapassar a nova marca de 4 milhões

Publicado

em

Show inédito com apresentação de Plácido Domingo, Orquestra Amazônia Filarmônica com o Coral do Amazonas e participação de Ivete Sangalo impulsiona campanha de doações. Artistas, parceiros e fãs são envolvidos para que número de árvores plantadas ultrapasse a marca de 4 milhões

A organização do Rock in Rio lança oficialmente no Brasil o Amazonia Live – Projeto Socioambiental do Rock in Rio para todas as edições, nacionais e internacionais, do festival até 2019 que tem como objetivo chamar atenção para a urgência do engajamento no combate às alterações climáticas —, com um show de Plácido Domingo, Orquestra Amazônia Filarmônica com Coral do Amazonas, participação de Ivete Sangalo, Plácido Domingo Jr (filho do tenor), o tenor Saulo Laucas e o guitarrista Andreas Kisser. O evento será todo montado em um palco flutuante montado no Rio Negro, em Manaus (AM), das mesmas dimensões do Palco Mundo do Rock in Rio. Na mesma ocasião será lançada a campanha de mobilização que incentiva a população a abraçar a causa, sob o mote “Mais do que Ãrvores, Vamos Plantar Esperança”. O encontro contará com imprensa, artistas, formadores de opinião e parceiros. O show poderá ser acompanhado pelo mundo inteiro, com live streaming pela internet e em todo o Brasil pela transmissão do canal Multishow.

Hoje, o festival está plantando 1 milhão de árvores, o Banco Mundial agregou ao projeto outro milhão, a Universidade Estácio de Sá garantiu o plantio de 100 mil árvores e o leilão de guitarras realizado na edição do evento em Lisboa 2016 conquistou o valor equivalente ao plantio de 40 mil unidades. Além deste número, a Conservação Internacional (CI-Brasil) acaba de anunciar o engajamento na causa e o plantio de mais 800.000 árvores. Com isso, o Rock in Rio e seus parceiros garantem já o plantio de mais de 2,9 milhões de árvores e amplia sua meta para 4 milhões com a convocação da população para aderir à causa até a edição de 2019. Além destes parceiros, a iniciativa conta ainda com o Itaú, Manaus Luz, Manaus Ambiental e Gol.

No evento, realizado em Manaus, sob a condução da Orquestra Amazonas Filarmônica e o Coral do Amazonas, Andreas Kisser será responsável pela abertura, seguido pelo tenor autista Saulo Laucas, que subirá ao palco em um emocionante momento, que reforçará o poder de transformação da música, para apresentar Canto dela Terra. Ivete Sangalo, cantará Circulo da Vida e, ao lado de Plácido Domingo, a convite do tenor, interpretará Aquarela do Brasil. Plácido fará um espetáculo, com convidados, nunca visto com mais de 80 minutos. O evento encerra ao som de Garota de Ipanema e em seguida, Andreas Kisser finaliza com a música tema do Rock in Rio.

“Pela primeira vez estamos adotando globalmente uma mesma causa que será promovida em todos os países onde o Rock in Rio está e se estenderá por várias edições do evento. Com esta ação, vamos chamar a atenção do mundo inteiro para um problema urgente e mostrar que é possível plantar, sobretudo, esperança. Para se ter uma ideia da importância disso, segundo dados do ISA, uma floresta com 3 milhões de árvores transpira a cada dia cerca de 48 milhões de litros de água. Outro dado importante e que merece a nossa atenção é que a Amazônia tem 20% de toda a água doce do planeta e isso não pode se perder. Já conseguimos quase 3 milhões de árvores. Agora, falta você fazer sua parte”, convoca Roberto Medina, presidente do Rock in Rio.

“A CI-Brasil contribuirá com a restauração de pelo menos 800.000 de árvores na Amazônia, como parte da sua estratégia de reflorestamento na região e iniciativas como o Amazonia Live do Rock in Rio são eficazes para que o Brasil cumpra o objetivo de restaurar os 12 milhões de hectares assumidos no Acordo de Paris das Nações Unidas”, destaca Rodrigo Medeiros, vice-presidente da CI-Brasil.

 

Continue lendo

Eventos

CEOs de grandes marcas e palestrantes internacionais discutem tendências da economia digital

Publicado

em

A 13ª edição do Digitalks Expo volta ao modelo presencial e acontece nos dias 24 e 25 de agosto no São Paulo Expo, na capital paulista. Serão mais de 144 horas de conteúdo, 350 palestrantes e expectativa de público superior a 6 mil pessoas. Considerado o maior evento de negócios da economia digital e tecnologia, o Digitalks Expo trará palestras e painéis sobre empreendedorismo, indústria, 5G, Metaverso, e-commerce, marketing, mercado financeiro, inovações na área da saúde, entre outros.

Estão confirmados CEOs e CMOs de grande marcas, tais como Fiamma Zarife, diretora-geral do Twitter Brasil; Tânia Cosentino, CEO da Microsoft Brasil; Daniel Mazini, presidente da Amazon no Brasil; Paulo Nigro, CEO do Hospital Sírio-Libanês; Felipe Rizzo, CEO da WeWork no Brasil; André França, presidente da WMcCann; Patrícia Santos, CEO e fundadora da EmpregueAfro; Tijana Jankovic, CEO da Rappi Brasil; Dindi Coelho, líder do time de Creative Lab do TikTok; Briza Bueno, diretora Américas do AliExpress; Fernanda Schmid, CMO do Mercado Livre;; Thaís Azevedo, CMO do Zé Delivery; Marcelo Trevisani, CMO da IBM; Rodrigo Gouveia, CEO no Inter Shop; e Rodrigo Vicentini, CEO da NBA Brasil.

Cinco eventos simultâneos ajudam a compor os 12 auditórios do Digitalks Expo 2022 – Innovation Experience by Wiztartup, Business Trends, Health Summit by MKM Biotech, Blockmaster Fórum e Fintech View.

Continue lendo

Eventos

Kira, plataforma de Intimus, realiza o ‘Hack das Minas’

Publicado

em

Com formato inédito, Kira, plataforma de engajamento de Intimus – marca de cuidados femininos da Kimberly-Clark Brasil –, promoveu uma competição organizada em parceria com o Centro Universitário FIAP, o “Hackathon– Kira Hack das Minas”. O evento foi realizado no Metaverso criando um universo virtual compartilhado e hiper-realista, que permitiu às competidoras interagirem entre si e serem analisadas pelos jurados.

O “Hackathon – Kira Hack das Minas” contou com 755 inscritas de todo o Brasil, de 18 a 70 anos, que atuam ou estudam nas áreas de tecnologia, produto, negócios e marketing, entre outras. Após a seleção, 60 delas passaram a compor os times que participaram da competição. Além de incentivar o progresso feminino de meninas e mulheres que atuam no universo da tecnologia e dos negócios, o campeonato teve como objetivo desenvolver soluções inovadoras e criativas para a plataforma Kira, com ideias de como ampliar a conexão e manter as usuárias da geração Z ainda mais engajadas na plataforma.

As participantes receberam mentorias e assistiram a palestras nas salas criadas no Metaverso para colocarem em prática o desenvolvimento dos projetos. Foram seis dias imersivos, durante os meses de junho e julho, para criação das ideias do Hackathon – Kira Hack das Minas, projeto que contou com a parceria e organização do Centro Universitário FIAP, instituição brasileira de ensino superior com foco em tecnologia da informação e gestão empresarial.

Continue lendo