Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

Publicado

em

Episódios serão exibidos semanalmente no YouTube e trazem a cozinha temperada com boas histórias sobre os ingredientes do Brasil

Em tempos em que o boom da gastronomia tem invadido as listas de conteúdos mais consumidos em todo o mundo, a Ajinomoto® Food Service e a agência Netza desenvolveram uma estratégia inédita para se aproximar do público, utilizando conteúdo baseado na diretriz da marca, que é ser parceira dos profissionais da gastronomia levando serviço e informação.

Na noite de terça-feira (7), foi anunciada a websérie “Aromas da Terra”, uma boa notícia para profissionais de cozinha, estudantes de cursos de gastronomia e amantes da culinária em geral. O projeto, com conteúdo criativo e relevante, vai além do ato de cozinhar, destacando a importância dos ingredientes e colocando o pequeno produtor como protagonista nos bastidores de produção que compõem cardápios de grandes nomes da gastronomia brasileira. A novidade foi revelada no Balaio, restaurante recém-inaugurado em São Paulo pelo chef Rodrigo Oliveira, que participará de dois episódios da série.

Apresentada pelo chef Marcelo Malta e com direção e roteiro de Joaquim Lino, a nova série será exibida semanalmente no canal Aromas da Terra, no YouTube, e terá 20 episódios em sua primeira temporada. A ideia do canal foi pensada pela agência a partir das oportunidades que o branded content traz para as marcas no ambiente digital. A plataforma ganhou força e ampliou o alcance do projeto em outras frentes, com ativações offline, nos pontos de venda e com os públicos da Ajinomoto® Food Service.

“O projeto possui uma proposta moderna e revela curiosidades sobre a origem de diversos ingredientes típicos do Brasil, reforçando sua autenticidade e importância para a gastronomia mundial”, afirma Eduardo Bonelli, gerente de marketing da Ajinomoto® Food Service. “Nossa principal missão é de contribuir com iniciativas que promovam o empreendedorismo, a qualidade de vida e o constante crescimento da economia. A websérie Aromas da Terra está diretamente ligada a esses objetivos e ainda estimula a troca de conhecimento entre profissionais do ramo”.

A agência aposta em sua nova área, o Netza Content Lab, que tem investido cada vez mais no tráfego dedicado ao consumo de vídeos online, que chegará a 80% em 2019, segundo a pesquisa da Cisco. Além disso, 42 % da população brasileira tem o hábito de ver vídeos na internet, sendo que 82 milhões o fazem no YouTube. Esse percentual já supera a audiência da TV por assinatura, que é de 37%. Websérie é o formato de conteúdo com maior facilidade de consumo, isso faz com que o os temas possam ser consumidos em diversas situações do dia a dia, proporcionando mais reconhecimento de marca e lealdade de seu público.

“Montamos um time experiente para a produção desse conteúdo, unindo a expertise que a Netza já possui em ativações de marca on e offline. E nasceu um projeto grandioso, com conteúdo original, autêntico e apaixonante. Estamos muito satisfeitos com os primeiros resultados e felizes com a confiança da Ajinomoto em nosso trabalho 360 graus”, explica Fernando Ribeiro dos Santos, sócio-diretor da agência.

Websérie Aromas da Terra: com a participação especial de renomados chefs como Rodrigo Oliveira, Eudes Assis, Ivan Ralston, Marcelo Bastos, entre outros, e dos produtores Patrick Assumpção (da Fazenda Coruputuba), David Ralitera (da Fazenda Santa Adelaide Orgânicos), Wilma Spinosa (do Vingare Spinosa), Felipe Januzzi (do Gim Virga) e muito mais, os programas trazem conteúdos exclusivos sobre a origem, o cultivo, papel social e econômico e as curiosidades histórico-culturais dos alimentos que chegam às cozinhas mais interessantes do país. E para mostrar essa dimensão cultural e afetiva dos alimentos, a websérie apresenta também alguns desses ingredientes especiais e suas técnicas de produção, como o vinagre de caju, a farinha de milho artesanal, o gim com receita brasileira, pesca artesã, fazendas de mexilhões e de orgânicos etc. Além dos episódios, o canal apresentará ainda pílulas semanais de conteúdo inédito, que trarão bastidores das gravações no quadro “Diário de Bordo”, receitas exclusivas no “Tá na Mesa”, curiosidades de cada prato preparado pelos chefs no “Menu de Histórias”, além de depoimentos dos chefs convidados contando mais sobre sua trajetória no quadro “Quem é o Chef”. A websérie “Aromas da Terra” será publicada toda terça-feira no www.aromasdaterrabrasil.com.br .

Continue lendo

Universo Live

NovaDAX distribui criptomoedas na Stock Car

Publicado

em

A sétima etapa da temporada de 2022 da Stock Car aconteceu no Autódromo de Interlagos, em São Paulo e agitou o mundo dos criptoativos. A NovaDAX – exchange global de negociação de criptomoedas e patrocinadora oficial da Stock Car, marcou presença com uma ação de live marketing, seguindo tendências de players internacionais ao apostar no automobilismo de maneira inovadora e imersiva.

“As ações de live marketing são importantes para criar awareness da marca e produtos, ao mesmo tempo em que aproximam o público e desenvolvem uma conexão mais próxima com os clientes”, diz Aloizio Manoel, trainee marketing da NovaDAX.

Os convidados tiveram a oportunidade de interagir com uma máquina de vento com distribuição gratuita de papéis que presentam valores reais em criptomoedas, ao mesmo tempo em que recebiam informações valiosas sobre as soluções da corretora de criptoativos, que tem se destacado no mercado brasileiro.

A ação foi idealizada e produzida pela Agência Folzke, que aposta na nova economia da geração Z.

“A NovaDAX é um retrato da nova economia, da era tech em que estamos vivendo e irá se intensificar ainda mais com a geração Z. Tudo isso está em total sintonia com a missão da Folzke e nos inspira a criar soluções cada vez mais criativas e imersivas”, conclui Gabriel Folzke, diretor da agência Folzke.

Continue lendo

Universo Live

Budweiser apresenta projeto artístico que impede a demolição de quadras de basquete de rua pelo Brasil

Publicado

em

As quadras de basquete de rua fazem parte da vida das pessoas. Elas estão nos bairros, nos centros, na infância e na juventude e, por isso, acabam se tornando mais do que um lugar para se jogar basquete. Mas se por um lado a quadra é sinônimo de lazer, cultura, música e senso de comunidade, ela também é um espaço altamente visado pelo mercado imobiliário. Afinal, são 420m2 de um terreno plano que poderia dar lugar para novos estacionamentos e prédios.

Infelizmente, quando uma quadra é destruída, não se perdem apenas 420 m2, mas toda a cultura que está a sua volta e, por isso, a Budweiser, parceira da NBA e uma das porta-vozes do basquete no Brasil, decidiu agir. A marca encontrou uma brecha na Lei de Tombamento Brasileira nº 25/1937, que diz: “um lugar de interesse público com valor artístico é considerado patrimônio público e não pode ser demolido”.

Intitulada “Quadras Indestrutíveis”, a iniciativa criada pela agência Africa contempla a realização de um projeto artístico, com relevância cultural ao local, em uma quadra de rua. Com o projeto realizado, é possível entrar com um pedido de tombamento*. Para isso, a Budweiser resumiu o processo em cinco passos, descritos no site Quadras Indestrutíveis : 1) Escolha uma quadra pública de basquete; 2) Encontre um tópico relevante para a cultura local; 3) Selecione um artista; 4) Budweiser conecta o artista, a quadra e você; 5) Entre com o pedido de tombamento.

“Esse é um projeto extremamente relevante, que dá poder para as pessoas exigirem o que é delas por lei. Cada dia que passa é mais comum vermos quadras abandonadas, sem cuidado ou iluminação. As pessoas não merecem esse descaso, elas merecem cultura e lazer,” comenta André Mota, gerente de estratégia da marca Budweiser na Ambev.

O projeto piloto, realizado com sucesso em uma quadra em Natal, RN, mostrou o potencial de transformação da iniciativa. A Budweiser convidou um artista local, que criou uma arte homenageando um dos principais jogadores brasileiros de basquete, também nascido na cidade, Oscar Schmidt. Após a realização da obra, o pedido de tombamento foi feito e levado para o secretário de cultura junto ao prefeito. Hoje, a quadra já é considerada um patrimônio cultural e não pode ser demolida. Daqui em diante, ela servirá apenas para lazer, entretenimento, cultura e até como ponto turístico na cidade.

Pelo site, já foram registradas cerca de 16 quadras, que agora estão no processo para receberem um artista e serem transformadas. Na Mooca, tradicional bairro da cidade de São Paulo, SP, uma quadra acaba de ser finalizada.

Continue lendo