Conecte-se com a LIVE MARKETING

Sem categoria

7 pontos que indicam que sua empresa precisa de um projeto de Branding

Publicado

em

A gestão da marca está completamente ligada à percepção de valor perante o consumidor. Porém este é um caminho que começa com o projeto de Branding. Uma trajetória que começa com uma profunda revisão interna de propósito e valores e resulta na ampliação da confiança e credibilidade da marca no mercado. Para ajudar a entender os benefícios deste trabalho que atrai mais clientes ao negócio, a equipe da Aurora Branding – empresa curitibana especializada em posicionamento de marcas – elaborou uma lista com 7 pontos que indicam que uma organização necessita de um projeto de branding.

 

1. Cada indivíduo da empresa caminha para um lado diferente?

· Os colaboradores, sejam analistas, coordenadores, gerentes e até diretores, não sabem qual direção seja a correta para seguir. E, a partir disso, cada um segue para um direcionamento que acredita ser o certo, com as convicções pessoais e não por meio da filosofia e identidade da empresa.

 

2. Os projetos da empresa não alcançam os resultados desejados

· A empresa investe em marketing, desenvolvimento de produtos e serviços e tenta inovar, mas não atinge a percepção desejada de sua marca. A imagem da marca, mesmo com investimentos e ações, continua aquém da verdade da empresa e a proposta de valor com percepção de pouca relevância.

 

3. Seus clientes não percebem o valor da sua marca, forçando a competição por preço.

· Ter o preço mais baixo de determinada categoria deve ser uma estratégia. E não uma falta de estratégia. O branding traz clareza para a percepção de relevância da empresa, tornando seus produtos e serviços com maior valores para seus clientes.

 

4. O posicionamento da empresa não está definido

· Toda marca tem um posicionamento. Se a empresa não construir por meio de um branding sólido, o consumidor tira suas próprias conclusões, posicionando a marca de acordo com suas experiência pessoal ou opinião de terceiros. Na maioria dos casos, significa um problema para a imagem da empresa.

 

5. A marca sofre de uma crise de identidade

· O branding visa alinhar a percepção da identidade da empresa (quem ela é, para que existe, como pensa e age) para todos os públicos. Traz à tona as forças e diferenciais da empresa, tornando sua personalidade clara e com mais força para conexões mais fortes entre a marca e as pessoas.

 

6. Os diferenciais em relação à concorrência não estão definidos

· Uma das premissas do trabalho de branding é a diferenciação. Nos tempos atuais, onde o consumidor tem um excesso de oferta, ser melhor não basta. É preciso ser diferente, ter uma proposta de valor única e uma identidade própria e autêntica.

 

7. Investimentos em propaganda e/ou marketing não estão dando resultado

· Isso pode estar ocorrendo porque a identidade da empresa não está bem definida, comprometendo o direcionamento dos negócios. Talvez seja mais interessante otimizar os investimentos de marketing, investindo num projeto de branding para redefinir a direção a seguir e objetivos que se deseja alcançar. Com os resultados, os investimentos em comunicação tornam-se muito mais assertivos e, com isso, obter resultados melhores com menor esforço e aplicação correta de recursos.

Continue lendo

Sem categoria

Itaquá Garden Shopping sorteia viagens em campanha de Natal

Publicado

em

Ação vai premiar consumidores do mall com três viagens de cruzeiro marítimo com um acompanhante e presenteá-los com uma caneca exclusiva

‘O Melhor é Agora’ neste Natal no Itaquá Garden Shopping! É com este tema que o centro de compras convida todos a compartilhar neste mês os sonhos e anseios abrindo suas portas para uma imersão de experiências. A campanha natalina segue no shopping de Itaquaquecetuba até o dia 30 dezembro e dará a oportunidade do consumidor concorrer a três viagens de cruzeiro marítimo com um acompanhante e ainda ser presenteado com uma caneca exclusiva.

Reunindo alguns dos principais desejos de final de ano, a campanha ‘O Melhor é Agora’ promete atrair ainda mais visitantes no Garden, é o que afirma o superintendente do Itaquá Garden Shopping, Alexandre Botelho. “Preparamos uma campanha toda inspirada para nossos consumidores a aproveitarem o momento natalino da melhor forma: encontrando o presente perfeito. Além disso, o visitante poderá encontrar diversos produtos em promoção”, comenta Botelho.

A campanha é realizada no Itaquá Garden Shopping até o dia 30 de dezembro de 2018 e válido para compras no valor de R$ 250. A ação é uma parceria do Itaquá Garden Shopping com a CVC.

Vale lembrar que os visitantes também poderão encontrar no shopping de Itaquaquecetuba diversas lojas com produtos em promoção. “É a oportunidade que o visitante do Garden tem de escolher o presente ideal para seus entes queridos com preços mais acessíveis”, completa Botelho.

A campanha
A cada R$ 250 em compras realizadas durante o período da campanha, o cliente recebe um cupom para participar do sorteio do ‘Grande Prêmio’ – três viagens de cruzeiro marítimo com direito a um acompanhante. A ação é uma parceria do Itaquá Garden Shopping com uma das maiores agências de turismo do País, a CVC.
O sorteio do grande prêmio acontecerá no dia 6 de janeiro de 2019, sendo permitido realizar trocas de cupons até o dia 30 de dezembro de 2018 ou enquanto durar o estoque. Serão distribuídos 2 mil brindes, sendo o limite de um brinde por CPF. O regulamento completo da promoção está disponível no site oficial do Itaquá Garden Shopping (www.itaquagardenshopping.com.br) ou no balcão do shopping.
Natal no Garden
O Itaquá Garden Shopping tem encantado a todos com a temática ‘Pet’ de Natal, uma decoração totalmente dedicada aos bichinhos. A iniciativa é realizada em parceria com a Organização Não Governamental (ONG) Gaari – Grupo de Apoio aos Animais de Rua de Itaquá e conta com ações semanais que envolvem adoção, vacinação, doação de ração e show de agility.
O Papai Noel vai permanecer no Garden até o dia 24 de dezembro, em local próximo a Entrada 1. Até o dia 30 de novembro, ele estará recebendo os visitantes para fotos nos seguintes horários: de segunda a sexta-feira, das 14 às 22 horas; aos sábados, das 12h30 às 22 horas; e aos domingos e feriados, das 12h30 às 21 horas. Entre os dias 1º e 23 de dezembro, os horários serão alterados: de segunda à quinta, das 14 às 22 horas; sextas e sábados, das 12 às 22 horas; e domingos e feriados, das 12 às 21 horas. Já na véspera de Natal (24 de dezembro), o horário será das 11 às 14 horas.
Continue lendo

Sem categoria

Funcionários premiados por performance são mais satisfeitos com o emprego, aponta pesquisa

Publicado

em

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Ter uma equipe engajada e inovadora que traga bons resultados constantemente é o sonho de qualquer empresa. Para torná-lo realidade, é preciso que os funcionários estejam motivados e comprometidos com seu trabalho e, uma das formas de fazer isso, é estabelecer um bom programa de incentivo na organização.

De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva, em parceria com a LTM, dos trabalhadores com carteira assinada que recebem prêmios por performance,  45%  estão mais satisfeitos com seu emprego de forma geral do que aqueles que não recebem (índice de 31%).

Segundo o estudo, entre o total de entrevistados, 87% enxergam premiações em produtos e serviços como uma boa forma de as empresas valorizarem seus funcionários; e 88% dos trabalhadores concordam que campanhas de incentivo que utilizam produtos e serviços são uma boa forma de motivar os funcionários. Já 80% acreditam que programas de premiação incentivariam muito a sensação de reconhecimento, a produtividade e a melhora do ambiente de trabalho, além da satisfação geral.

“Os números da pesquisa mostram uma grande insatisfação das pessoas com o seu atual trabalho e, ao mesmo tempo, uma receptividade dessas pessoas para novas formas de reconhecimento profissional. É uma boa oportunidade para que as empresas reflitam e proponham outros tipos de premiações, para motivar e proporcionar maior satisfação entre os seus funcionários”, diz Emerson Moreira, idealizador do Guia do Incentivo e CEO da LTM.

Mais que uma demonstração de reconhecimento, a iniciativa é uma estratégia de negócio. A LTM, maior empresa de gestão de programas de fidelidade e de incentivo do País, gestora de programas de fidelização de empresas como Vivo, Shell, Santander e Cielo, apresenta o passo-a-passo para a implementação de uma campanha de incentivo:

Como implantar um programa de incentivo: para aderir aos programas de incentivo, é preciso considerar diversos aspectos. Dentre eles estão:

  • Planejamento: o incentivo ideal é diferente para cada negócio. O recomendado é que o programa de incentivo seja criado de forma personalizada. A partir da definição do objetivo, dos participantes e de suas preferências e do orçamento destinado para a ação, é possível estabelecer o que será oferecido como prêmio;
  • Legislação: o que for decidido quanto ao programa de incentivo deve estar de acordo com a legislação. Com a alteração da Reforma Trabalhista, por exemplo, as bonificações não são mais incorporadas ao salário, o que dá mais liberdade às empresas;
  • Frequência: a bonificação pode ser eventual (como um prêmio pago duas vezes ao ano) ou estruturada (paga quando os colaboradores atingem uma meta);
  • Definição dos prêmios: a melhor forma de escolher quais serão os prêmios, considerando o que foi definido no planejamento, é ouvir o que os funcionários têm a dizer, por meio de uma pesquisa interna, por exemplo. Algumas opções de prêmios são: dinheiro, eletrônicos (tablets, smartphones), eletrodomésticos (cafeteira, liquidificador, sanduicheira, entre outros), crédito combustível ou recarga de celular, pontos revertidos em produtos e viagens;
  • Funcionamento do programa: se as pessoas não entendem a mecânica da iniciativa, ela não é bem-sucedida. Por isso, não basta criar um programa de incentivo excelente se a divulgação for falha. Os envolvidos precisam saber como participar, quais são as condições para a entrega dos prêmios e as metas devem ser alcançáveis. As regras devem ser totalmente compreensíveis.

Cada campanha, um caminho: a empresa pode optar por diferentes formas de premiação e também definir como seu programa de incentivo vai funcionar. Para o time de vendas é possível estabelecer, por exemplo, metas mensais e, quando forem cumpridas, premiar o grupo com dinheiro ou smartphones. Para os funcionários da produção de uma fábrica pode-se oferecer pontos mediante sugestões de melhorias aplicadas nos processos, que podem ser trocados por produtos como viagens, ingressos de cinema ou eletrodomésticos.

Em comum está o fato de que todo programa de incentivo visa recompensar a equipe por seu desempenho ou porque ela precisa estar motivada e satisfeita com o local onde trabalha para produzir mais e melhor.

Para as empresas os ganhos com campanhas de incentivo são sempre recompensadores. Por meio dessas campanhas é possível aumentar a performance das equipes, além de identificar talentos. “Com um programa de incentivo, além do aumento da motivação, há melhoria do clima e da satisfação entre os colaboradores. Outros benefícios são a retenção de talentos e o fato da empresa se tornar mais atraente aos olhos de bons profissionais”, afirma Emerson.

Investir em uma campanha inovadora para incentivar a equipe não se trata apenas de recompensá-la por um bom desempenho, mas sim de uma estratégia inteligente de negócio para empresas que enxergam nos funcionários a chave para o seu crescimento.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Continue lendo