Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

Samba Tech realiza estudo e aponta que 26% dos produtores de vídeos ganham dinheiro com conteúdo

Publicado

em

Chamada de InsightSamba, pesquisa tem como objetivo entender como pessoas e empresas produzem e distribuem seus vídeos na internet

A Samba Tech, empresa de distribuição de vídeos online na América Latina, lança estudo chamado InsightSamba e aponta que 26% dos produtores de vídeos ganham dinheiro com conteúdo. Objetivo da pesquisa é entender como pessoas e empresas produzem e distribuem seus vídeos na internet.

Durante 13 dias, a Samba Tech ouviu a opinião de duas mil pessoas de diferentes faixas etárias, que responderam voluntariamente a um questionário com 24 perguntas, todas relacionadas ao universo dos vídeos online. Entre os participantes estão profissionais e amadores na produção de conteúdo em vídeos de todas as regiões do País. O grupo foi composto, majoritariamente, pelas pessoas que declararam ter entre 25 e 34, o que correspondeu a 45,2% de toda a amostra. Logo atrás estão aquelas que têm entre 19 e 24 anos, ocupando uma parcela de 23,8% da amostra total.

Os participantes foram divididos em dois conjuntos, os que produzem vídeos – 48,7%, e os que não produzem – 86,3. Todos os produtores de vídeos também foram divididos em grupos, aqueles que se consideram amadores – 83,3%, e os que se avaliam como profissionais – 16,7%.

“Decidimos realizar esse levantamento para mostrar para as pessoas que o mercado de vídeos online se tornou um verdadeiro oceano azul para quem tem boas ideias e conteúdo de qualidade. Em um mundo que está totalmente conectado, podemos perceber que a produção de conteúdo independente cresce a cada dia e, acredite ou não, há espaço para todo mundo, para aqueles que se consideram amadores e também para os que já são profissionais“, comenta Pedro Filizzola, CMO da Samba Tech.

Durante o estudo, também foi observado que a produção de vídeos é algo relativamente novo. 66,9% dos participantes declararam produzir vídeos há menos de dois anos, sendo que destes, 44,1% começaram há menos de um ano. As porcentagens que correspondem aos produtores mais antigos no mercado, ou seja, que produzem vídeos há três ou mais de cinco anos são 20,3% e 12,7%, respectivamente. O levantamento também aponta que 49,1% dos profissionais passaram a investir em produção de vídeos como uma atividade paralela ao trabalho. Apenas 23,3% dos participantes declararam utilizar a ferramenta como um hobby.

Também foi observado que 73,2% dos produtores de vídeos não têm essa prática como uma fonte de renda. O formato de monetização de vídeos mais utilizado pelos produtores de conteúdo foi o de venda de conteúdo, na internet, que correspondeu a 17,4% dos participantes do estudo.

“Ao final deste levantamento, concluímos que o número de pessoas, tanto profissionais quanto amadoras, que têm interesse em investir em vídeos online como fonte de renda cresce a cada dia. Portanto, é preciso que essas pessoas tenham acesso a ferramentas que auxiliem e facilitem este processo”, finaliza Filizzola.

Continue lendo

Universo Live

Ativação com o ‘Esquadrão Neutrogena da proteção’ continua sua jornada durante o Carnaval levando protetor solar aos foliões

Publicado

em

Dando continuidade à campanha No Ritmo do Verão, Neutrogena assume mais uma vez o protagonismo de aliada para a proteção e a hidratação da pele, desta vez em uma das festas mais populares do Brasil.

Após o sucesso no Primavera Sound e nas praias do litoral paulista no final de 2023, a marca embarca para uma nova missão durante o Carnaval. Com o mote “Para pular o carnaval não dá para pular a proteção”, Neutrogena distribuirá cerca de 350 litros de protetor solar, proporcionando segurança e diversão nos principais blocos das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Olinda e Recife. A marca também irá distribuir sampling dos protetores no credenciamento do Camarote n°1 da Sapucaí.

Toda a estratégia faz parte da jornada Neutrogena durante o verão, que teve sua estreia no Primavera Sound. A Campanha reforça o compromisso da marca com a saúde e o cuidado com as pessoas em primeiro lugar ao proporcionar proteção solar em um evento com altas temperaturas. A ação inédita distribuiu aproximadamente 500 litros de protetores solares ao público do festival que também pode usufruir de um stand exclusivo com local para descanso, bebedouro e ativações especiais, além de conhecer em primeira mão o lançamento da música “Maresia By Neutrogena” – parceria inédita de Marina Sena e Rachel Reis.

“Nosso objetivo é manter uma linha perene ao levar informação à população sobre a importância de se proteger contra o sol, mas sempre de uma forma leve e divertida. A ação com nossos mochileiros tem sido focada em locais com grande concentração de pessoas exatamente para que todos criem essa associação com a saúde e o bem-estar. Neutrogena está onde eles estão, seja em um festival ao ar livre, na praia, nas férias ou no Carnaval”, explica Camila Carvalho, gerente de marketing da categoria de proteção solar de Kenvue Brasil.

Continue lendo

Universo Live

Rexona e JCDecaux levam fanfarra ao metrô de São Paulo

Publicado

em

Nos dias de Carnaval, de 10 a 13 de fevereiro, a partir das 9h, uma banda de fanfarra acompanhará os foliões dentro dos trens, no percurso entre as estações Fradique Coutinho e República, no metrô de São Paulo. A ação é iniciativa da Rexona e JCDecaux, com criação assinada pela agência Energy BBDO, e faz parte da campanha “Bota pra ferver”, que destaca a paixão do brasileiro pelo Carnaval e a importância do desodorante neste período, garantindo mais proteção e confiança para os foliões.

No mesmo período, a campanha contará com um lounge com pontos instagramáveis, com distribuição de brindes, como leques, bucket hat, tirantes com cores, além de jatos de desodorante, na estação Fradique Coutinho – local de grande movimentação para os principais blocos da capital paulista.

Paralelamente às ativações na Linha Amarela, a parceria entre a Rexona e a JCDecaux ainda envolve entregas de mídia Out Of Home (OOH) nas rotas por onde circularão mais pessoas em São Paulo (SP) e em Salvador (BA), com criativos que simulam interações para garantir 100% do share através de formatos diferenciados. É o caso de trens e espaços personalizados, o Icônico da Sé e Mega Led Circular da Luz, que são orbiculares, e o Videowall da Consolação, que “acompanha” o público que sobe ou desce pela escada rolante da estação.

“Estamos 100% focados na jornada do consumidor. Usamos o OOH e a mídia programática como uma grande fortaleza para comunicar com assertividade e impactar de maneira inovadora os trajetos e momentos de lazer do público-alvo dos nossos parceiros”, afirma João Binda, diretor comercial geral da JCDecaux.

Continue lendo