Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Mudando o jogo: a um ano das Olimpíadas de Tóquio 2020, Visa quer um “Japão sem dinheiro em espécie”

Publicado

em

Visa e seus parceiros constroem um legado digital para o Japão e ajudam a acelerar o crescimento econômico

Faltando um ano para as Olimpíadas de Tóquio 2020, a Visa (NYSE: V), Parceira Mundial de Tecnologia de Pagamento dos Jogos Olímpicos, está preparando uma série de experiências de pagamento inovadoras para atletas, visitantes e cidadãos em apoio ao imperativo “Cashless Japan” do governo japonês, que quer dobrar o total de pagamentos digitais de modo que eles cheguem a 40%[1] até 2025. As Olimpíadas de Tóquio 2020 devem ser a edição mais inovadora dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos da história, e a Visa está singularmente posicionada para ajudar a transformá-los em um catalisador para a entrega dos melhores pagamentos digitais.

“Podemos dizer que nenhum outro mercado do mundo se compara ao Japão hoje – o país é a terceira maior economia mundial e líder em muitas indústrias; porém, o dinheiro em papel ainda é o meio de pagamento predominante no comércio” – diz Stephen Karpin, diretor representante e country manager da Visa no Japão. “A Visa vê os Jogos Olímpicos como uma oportunidade para oferecer tecnologias de pagamento de última geração nas arenas, na Vila Olímpica e em todo o país-sede para realmente aprimorar a experiência dos fãs. Para Tóquio 2020, estamos planejando experiências que terão um impacto duradouro no país, seguindo a meta de ajudar a acelerar o crescimento econômico e, ao mesmo tempo, oferecer à comunidade japonesa e aos seus visitantes uma experiência que os deixará boquiabertos”.

Apoiando a jornada rumo a um ‘Cashless Japan’ 

Atualmente, só um quinto dos pagamentos realizados no Japão usa métodos digitais, contra cerca de 90% na Coreia do Sul, 60% nos EUA e 70% na China.[2] Considerando que o Japão deva receber 40 milhões[3] de visitantes no ano que vem, a Visa tem uma série de iniciativas engatilhadas para garantir as melhores experiências comerciais e de pagamento possíveis, são elas:

  • Expansão da aceitação dos pagamentos digitais: para resolver a atual predominância do dinheiro em espécie, a Visa está trabalhando de forma muito próxima com estabelecimentos comerciais dos mais variados segmentos, como restaurantes de fast-food, operadoras de transporte público e lojas de conveniência para modernizar e implantar terminais POS aptos a receber pagamentos por aproximação, estimulando a adoção de pagamentos digitais antes do início das Olimpíadas de Tóquio 2020.
  • Team Visa para um Japão sem pagamentos em dinheiro: desde 2000, a Visa apoia o Team Visa, uma seleção bem diversificada de atletas globais que competem em diferentes esportes, representando a marca dentro e fora das arenas de competição. Kanoa Igarashi, atleta do Team Visa e aspirante a um título olímpico para o Japão no surfe, um dos novos esportes olímpicos, aparece “surfando a onda cashless”, na campanha de marketing da Visa que já está em veiculação no Japão. Durante todo o ano, a Visa continuará expandindo a seleção do Team Visa, destacando aspirantes a títulos olímpicos e paralímpicos e promovendo o uso dos pagamentos digitais.
  • Construindo um ecossistema de parceiros: como líder mundial em pagamentos digitais, a Visa leva inovação aos seus 3,4 bilhões de portadores de contas por meio de um grande grupo de parceiros, como provedores de serviços financeiros, estabelecimentos comerciais, empresas de tecnologia e fintechs. Para expandir ainda mais sua rede no Japão, a Visa lançou o Visa Fintech Fastrack, programa por meio do qual as fintechs conseguem construir e entregar novas experiências de comércio digital na rede de pagamento da Visa com mais rapidez e facilidade. Além disso, a empresa se aliou recentemente à LINE Pay Corporation, operadora de serviços de carteira digital e fintech, por meio do aplicativo de mensagens LINE para incentivar a adoção de pagamentos digitais.
  • Inovações para os Jogos: patrocinadora exclusiva na categoria de tecnologia de pagamento, a Visa está singularmente posicionada para trazer tecnologias de pagamento de última geração a cada edição dos Jogos Olímpicos, quando costuma testar tecnologias que ainda não estão disponíveis comercialmente. Nos Jogos Olímpicos Rio 2016, a Visa ofereceu um anel de pagamento aos atletas do Team Visa. Nos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang 2018, a Visa colocou à venda em escala comercial vários wearables – como luvas e broches de lapela – aptos a fazer transações nos terminais de pagamento por aproximação. Para Tóquio 2020, está explorando inovações de pagamento que vão desde o uso de biometria na autenticação dos pagamentos, passando por wearables, novos aplicativos móveis e emissão digital de cartões.
  • Medindo o impacto dos viajantes e gastos internacionais dentro do Japão: segundo o estudo Global Travel Intentions (GTI) da Visa, nos últimos dois anos, o Japão superou os Estados Unidos como o destino mais popular entre os viajantes internacionais pesquisados. No período que antecede os Jogos Olímpicos, a Visa vai continuar compartilhando dados e previsões de viagem e gastos dos consumidores em tendências de turismo relacionadas às Olimpíadas, para ajudar a preparar os estabelecimentos comerciais locais para a chegada de viajantes estrangeiros.
Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Mondial apresenta a primeira campanha de cudados pessoais com Juliette

Publicado

em

Cuidar da beleza sem sair de casa, com praticidade e qualidade no resultado final, é um comportamento que ganha cada vez mais adeptos. Neste cenário, vem a busca por produtos que auxiliam os processos e facilitam a rotina de cuidados com o cabelo e o corpo. As escovas secadoras, alisadoras e rotativas, secadores de cabelo, pranchas alisadoras, modeladores de cachos e depiladores elétricos conquistaram um público cativo e se tornaram itens obrigatórios em muitas residências.

Com mais de 60 produtos neste segmento, a Mondial Eletrodomésticos lança uma nova campanha publicitária que traz Juliette, head de inovação para a linha de cuidados pessoais da empresa, destacando a versatilidade, a qualidade, o design e os benefícios que os produtos entregam. Para Giovanni Cardoso, cofundador da Mondial, a empresa sempre esteve ao lado dos consumidores promovendo facilidades nas tarefas diárias. “Essa campanha é parte de uma grande estratégia que visa dar ainda mais visibilidade à Mondial, firmando-a como empresa parceira e presente em todos os momentos. Escolhemos a Juliette pois entendemos que sua aproximação com o público se assemelha, e muito, com a relação que construímos com os nossos seus consumidores”, completa Giovanni.

Além de evidenciar o amplo portfólio, Juliette também reafirma o slogan da “Escolha Inteligente” destacado por Rodrigo Hilbert, embaixador da marca desde 2019, com um toque especial. Para a head de inovação do segmento, a Mondial é “a escolha inteligente, e do coração!”, demostrando que a marca que sempre presou pela melhor relação custo-benefício em seus produtos, também cria vínculo emocional com os consumidores. Oficialmente lançada em 25 de abril, a campanha vem sendo exibida em diferentes players de comunicação — canais de TV abertos e fechados, rádio, digital, pontos de venda físicos e nos sites (e-commerce).

O desenvolvimento foi feito pela Repense, com a coordenação da equipe de marketing da própria Mondial e gravada pela Other Filmes. Alexandre Ravagnani, Diretor-Executivo de Criação da Repense, afirma que “A estratégia da campanha alinha a personalidade múltipla e de sucesso da Juliette com o portfólio completo de produtos da linha de Cuidados Pessoais. Este é o primeiro passo de uma parceria, que coloca no mesmo plano e de forma integrada, como a Mondial se posiciona, juntamente com a funcionalidade e qualidade de seus produtos com o perfil da Juliette e o estilo de vida dos consumidores da marca”.

Continue lendo

Empresa

Leega lança solução de inteligência de dados voltada para a área de marketing das empresas

Publicado

em

A Leega, empresa brasileira de consultoria e outsourcing especialista em soluções de Data Analytics, Data Science e Cloud, acaba de lançar uma solução exclusiva de inteligência de dados para otimizar processos e ações de marketing. A soluçãoMarketing Analytics by Leega combina a arquitetura Cloud, engenharia de dados e machine learning com o objetivo de agregar inteligência a diferentes etapas da jornada de compra do consumidor, possibilitando a construção de uma régua de relacionamento personalizada de acordo com o perfil e ciclo de vida do usuário. Além disso, o uso da ciência de dados permite o aperfeiçoamento de processos e a tomada de decisões mais ágeis e efetivas, impulsionando os resultados de empresas de diferentes portes e áreas de atuação.

Para desenvolver a solução, a Leega considerou, inicialmente, três pilares: identificar os principais desafios do marketing nos diferentes estágios da jornada de compra (atração, conversão, venda e fidelização); mapear os ambientes de tecnologia, ou seja, as ferramentas e parceiros disponíveis, e, por fim, identificar as principais métricas e indicadores utilizados pelas áreas de marketing – como LTV, Vendas, CAC e Churn –  e as maiores necessidades de inteligência – como a clusterização e a recomendação de ofertas.

“Durante seis meses, uma equipe multidisciplinar da Leega realizou diversos testes e pesquisas relacionados ao uso de inteligência de dados para a área de marketing das empresas a fim de pontuar os principais desafios dos profissionais deste setor e construir modelos de inteligência artificial que potencializam a integração, coleta, análise e predição dos dados da empresa. A partir dessa análise cuidadosa, desenvolvemos uma solução que leva em conta as maiores necessidades de inteligência, como conhecer profundamente o cliente, predizer seu comportamento de compra e oferecer uma mensagem aderente e de acordo com seu perfil, aprofundando o relacionamento com a empresa, além de estratégias de campanhas, processos e ferramentas de marketing.  Em outras palavras, fizemos um raio-x ou um diagnóstico amplo do departamento de marketing das organizações para encontrar a melhor solução em inteligência de dados”, explica Ivan Vemado, head of Data Science and Analytics da Leega.

Continue lendo