Conecte-se com a LIVE MARKETING

Eventos

Mirian Goldenberg é uma das palestrantes do Beleza Pura; evento é dedicado às mulheres maduras

Publicado

em

A curva da felicidade. Pesquisa conduzida em mais de 80 países, com mais de 2 milhões de pessoas descobriram um padrão constante: as pessoas mais jovens e as mais velhas são as que mais se sentem felizes. Em contrapartida, as que afirmam estar menos felizes têm entre 40 e 50 anos, indicando uma curva da felicidade em formato da letra U. “A felicidade é grande no início da vida, começa a diminuir ao longo dos anos, chegando ao ponto mais baixo em torno dos 45 anos; depois, começa a subir. As pessoas mais velhas – se tiverem saúde, estabilidade financeira e afetiva – podem se sentir tão felizes quanto as mais jovens”, afirma Mirian Goldenberg. A antropóloga e escritora será uma das palestrantes do evento Beleza Pura, que prestará uma homenagem às mulheres maduras no dia 8 de março. O evento acontecerá na Unibes Cultural, na Rua Oscar Freire, 2.500, a partir das 9 horas.

Mirian conta que também encontrou uma curva da felicidade entre as mulheres brasileiras – que são objeto de pesquisa da antropóloga há mais de 30 anos. As que têm entre 40 e 50 anos são as que se sentem mais infelizes, insatisfeitas, frustradas, deprimidas e exaustas. Elas reclamam de falta de tempo, de reconhecimento e de falta de liberdade. Algumas afirmam que falta tudo. Mais o que querem as mulheres e o que mais invejam nos homens? Com base na pesquisa Corpo, Envelhecimento e Felicidade– conduzida com 5 mil brasileiros de 18 a 96 anos – Mirian Goldenberg conta que a principal causa de inveja é a liberdade masculina. Acreditam que liberdade é a melhor rima para felicidade.

As brasileiras têm pânico de envelhecer. “Aos 40 anos esse medo é mais crítico. Elas afirmam que são mulheres invisíveis e nem, nem. Nem jovem, nem velha. Mas, eu tenho uma ótima notícia: tudo começa a melhorar depois dos 50 anos, pois a curva da felicidade começa a subir. As mulheres de mais de 60 anos, que eu pesquisei, foram categóricas em afirma que esse é o melhor momento de suas vidas; que nunca foram tão felizes. São livres e têm a liberdade de serem elas mesmas”, detalha. Ela acrescenta que essas mulheres descobriram que o tempo é o maior capital e não podem desperdiça-lo. Aprenderam a dizer não. “Elas fizeram uma faxina existencial e tiraram das vidas os vampiros emocionais”, salienta.

Na palestra Beleza e felicidade: o que querem as mulheres?, Mirian Goldenberg vai aprofundar o tema e compartilhar com os profissionais de beleza e as prateadas presentes os assuntos mais relevantes sobre as mulheres 50+.

Uma homenagem inovadora para as mulheres maduras

A geração de mulheres maduras brasileiras estará, pela primeira vez, no centro da homenagem do Dia Internacional da Mulher, em São Paulo. O eventoBeleza Pura celebrará a data com um festival no Unibes Cultural, que reunirá, das 10 horas às 20h30 horas, workshops, experiências, reality shows, oficinas, palestras e exposições sobre o universo das mulheres com mais de 50 anos. Entre os nomes confirmados, a pesquisadora Clarice Herzog; e a especialista em marketing prateado, Bete Marin. Na ocasião será divulgada a íntegra da pesquisa que mapeou o comportamento de consumo e percepção sobre produtos e serviços voltados às mulheres maduras.

A nova geração de mulheres 50+ é formada por baby boomers– nascidas entre 1945 e 1964 – que têm entre 55 e 74 anos, estimado em mais de 17,4 milhões no Brasil, segundo dados do IBGE.  Agentes de grandes transformações econômicas e sociais no mundo, as maduras estão conferindo um novo significado ao envelhecer. Ativas, ganham mais do que a média da população e gastam mais elas mesmas. De acordo com a pesquisa REDS sobre as mulheres com idade acima de 55 anos: 83% consideram a beleza importante, 59% não se sentem representadas pela comunicação das marcas de cosméticos; somente um terço são impactadas positivamente pela comunicação de cosméticos. Segundo Bete Marin, cofundadora da Hype60+ e coordenadora da pesquisa Beleza Pura 2019, a proposta de criar um evento para celebrar a beleza das mulheres maduras é uma resposta à uma sociedade que precisa enxergar o potencial dessas brasileiras.

“O Beleza Puraé um projeto amplo que pretende ser uma fonte de inspiração para as mulheres maduras e para as marcas que querem, genuinamente, dialogar com elas. A proposta do evento é engajar profissionais do mundo da beleza para ensinarem e aprenderem com essa consumidora. A Hype60+ tem investido em produzir conteúdo relevante sobre essa mulher e criar formas de combater a invisibilidade – que é uma queixa permanente delas. Essa é a visão que permeia o evento e todas as ações que envolvem a iniciativa”, detalha Bete Marin, uma das idealizadoras do evento.

A curadoria do evento Beleza Purareunirá profissionais de diversas áreas – saúde, bem-estar, maquiagem, cosméticos, cabelo, moda, antropologia, marketing e trabalho – que atuam com beleza feminina e mercado de consumidores 50+. O público-alvo são as homenageadas: mulheres formadoras de opinião e influenciadoras com mais de 50 anos, além de profissionais de indústrias e serviços associados à temática.

O eventoBeleza Pura – Mulheres Madurasé uma realização da Hype60+ e conta com o apoio da Unibes Cultural, Jacques Janine, Goodessence, MaturiJob, Longevidade Expo + Fórum, Grupo COUROMODA e Hair Brasil.

PROGRAMAÇÃO

 10 HORAS | EXPERIÊNCIA

Rituais de cuidados para o rosto, mãos e pés

Das 10 horas às 18 horas, Natalie Goossens Schues e a equipe da Goodessence vão oferecer rituais de cuidados para o rosto, mãos e pés. As convidadas poderão experimentar o frescor e delicadeza dos produtos fabricados com ingredientes selecionados da mais alta qualidade, com extratos naturais e vitaminas. São produtos terapêuticos que não contêm corantes, conservantes e perfumes sintéticos.

10H30 | APRESENTAÇÃO DA PESQUISA

O poder da economia da longevidade nos setores da moda e beleza

Clarice Herzog apresenta a pesquisa inédita Beleza Pura – Mulheres Maduras 2019, que destaca as demandas do público que mais cresce no Brasil e no mundo. Conduzida pela consultoria Hype60+ em parceria com Clarice Herzog Associados, a pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de investigar, em profundidade via focus group, as demandas de beleza e moda da geração de mulheres baby boomers, nascidas após a Segunda Guerra Mundial, entre 1945 e 1964. O estudo completo revela o que pensam, os desejos de consumo e como querem ser atendidas as brasileiras com idade entre 50 e 75 anos. No Brasil, os prateados já são 30 milhões de pessoas. Os maduros brasileiros representam uma força de quase 20% do consumo, movimentando R$ 1,6 trilhão. No mundo, a economia prateada, como um todo, movimenta US$ 7,1 trilhões anuais, sendo a terceira maior atividade econômica global.

10H30 | WORKSHOP

Oficina de Visagismo 

A consultora de imagem e maquiadora Chloe Gaya irá fazer um bate-papo com as mulheres sobre a prática do visagismo. Dicas e técnicas de maquiagem e cabelo para harmonizar com o atual momento de vida da nova geração de mulheres maduras.

11 HORAS | PALESTRA

Não se pode definir a beleza. É algo que nos toca profundamente.

Palestra de Janine Goossens, sócia-fundadora da rede Jacques Janine. Na pauta do bate-papo, a trajetória de sucesso frente à companhia de beleza, que faz parte da história do mercado brasileiro; em 2018, a rede fez 60 anos. Com 81 anos, ela atendeu a clientela até mais de 70 anos, implementou no País a profissão de esteticista e a cultura do “Dia da Noiva”. Foi pioneira, também, na maquiagem social e com o marido construiu a principal cadeia nacional de salões do Brasil.

11H30 | EXPERIÊNCIA

Cores, estilos e acessórios

Rogéria Maciel e Sandra Carvalho, consultoras especializadas em imagem de mulheres 50+, irão promover uma experiência de autoconhecimento e autoestima. As participantes vão descobrir as melhores cores, legitimar o estilo pessoal, adequar os melhores acessórios para diferentes tipos físico, personalidade e momento de vida.

 14H45 | PALESTRA

Fórmulas x Necessidades: a influência dos produtos na pele e no cabelo da mulher madura

Na palestra, Rosemary Miliauskas abordará as fórmulas cosméticas, necessidades específicas e influências dos cosméticos na pele e nos cabelos da mulher madura. A química, consultora e professora vai detalhar como o comportamento e hábitos diários, os produtos ideais, os ingredientes e as formulações podem contribuir para uma pele e cabelos mais saudáveis.

 

14 HORAS | PALESTRA

Beleza e felicidade: o que querem as mulheres?

Com mais de 25 anos de experiência e pesquisas com mais de 5 mil homens e mulheres, a antropóloga e escritora Mirian Goldenberg ministrará uma palestra na qual aborda assuntos como felicidade, liberdade, diversidade, família, amizades, atividades, trabalho e relações humanas.

14h30 | CONCURSO

Desafio de maquiagem 

A consultora de imagem e maquiadora Chloe Gaya vai liderar a competição ao vivo de melhor maquiagem para pele madura. Participam do concurso, cinco maquiadores profissionais da rede Jacques Janine que darão dicas de maquiagem e cuidados com a pele.

14H30 | PALESTRA

A fisioterapia pélvica na saúde íntima de homens e mulheres

As médicas Mônica Lopes, especialista em fisioterapia pélvica, e Juliana Schulze Burti, especialista em fisioterapia pélvica, postura, ginástica feminina e geriatria vão esclarecer – com uma linguagem acessível –, qual é o papel da fisioterapia pélvica na saúde de homens e mulheres em diferentes fases da vida. Serão ensinados exercícios simples que podem ser feitos no cotidiano para manter a saúde da região pélvica, bem como dicas para o aprimoramento sexual.

14H30 | DEBATE

Trabalhando com Beleza & Moda após os 50 anos

A equipe da MaturiJob irá mediar o debate sobre as oportunidades de trabalho no setor de Beleza & Moda para as mulheres com 50 anos ou mais. Convidadas vão debater como as empresas do setor podem aproveitar a experiência das maduras para ampliar a divulgação das marcas, melhorar os produtos e o atendimento no ponto de venda. Um movimento de inclusão para as maduras e ganho de qualidade para as empresas.

15H30 | PALESTRA

Beleza e Moda: um raio x do mercado de beleza no Brasil e no mundo

Bete Marin, cofundadora da Hype60+ e especialista em Marketing Prateado, aborda como algumas marcas nacionais e internacionais saíram na frente e já estão atendendo as demandas das baby boomers, a geração de mulheres com idade entre 55 e 74 anos, que no Brasil somam 17,4 milhões, segundo dados do IBGE. Apresentação de cases de sucesso e exposição dos desafios para atender às exigentes consumidoras.

16H30 | WORKSHOP

O despertar feminino para o prazer

O objetivo desse workshop conduzido por Juliana Burti é promover um encontro com a essência feminina por meio de exercícios focados na saúde íntima feminina, no períneo, na sensualidade e na potencialização do prazer.Serão realizadas práticas de exercícios para reconhecer e aprender a trabalhar o períneo. Após o treinamento, as participantes serão convidadas a usar essa parte do corpo de forma integrada, desenvolvendo o autoconhecimento e também a sensualidade.

 16H30 | ENSAIO FOTOGRÁFICO

Nellie Solitrenick – fotógrafa e autora do projeto #Nascidasem55, que fotografou 447 mulheres para mostrar as diferentes formas de chegar nos 60 anos – irá realizar o ensaio fotográfico com as Embaixadoras do Beleza Pura 2019.

18H30 | DESFILE

Desfile das Grisalhas

Para reconhecer a beleza das madeixas grisalhas, o evento vai promover um desfile com as autênticas, corajosas e belas prateadas do concurso “Mundo Gris”.

PALESTRANTE

Mirian Goldenberg |Professora Titular do Departamento de Antropologia Cultural e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Mirian Goldenberg é doutora em Antropologia Social pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro. É colunista do jornal Folha de S Paulo, desde 2010.

PREÇOS

PASSE LIVRE |Debates, oficinas e exposições: R$ 50

PASSE COMPLETO |Debates, oficinas, exposições e palestras: R$ 80

GRUPO 5+ |Debates, oficinas, exposições e palestras: cinco ingressos R$ 325 (R$ 65 por pessoa)

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Eventos

Oscar 2021 promete ser histórico tanto para os fãs de cinema quanto para as marcas

Publicado

em

A maior e mais aguardada premiação do cinema mundial volta às telas da TNT em 25 de abril: a 93ª Cerimônia do Oscar. Em 2020, a premiação conquistou a liderança de toda a Pay TV com 28% mais televisores ligados que o segundo colocado¹, sendo sua maior audiência dos últimos 13 anos2.  Tendo em vista seus parceiros, a WarnerMedia desenvolveu novos pacotes de entrega para aumentar ainda mais a conexão entre público e marcas.

 Marcas no Oscar 2021

Para aprimorar a presença das marcas no Oscar 2021, a TNT fundamentou as ações em dois pilares: relevância e eficiência por meio das redes sociais e transmissão ao vivo,  além de aproveitar toda a força de cross channel dentro do portfolio do grupo. Em todos os momentos do pré, durante e pós-premiação, as marcas terão a possibilidade de levar conteúdos exclusivos e customizados a milhares de fãs.

Como case de sucesso, a Fiat se destacou na edição 2020 com um cold open em parceria com a Fernandinha. Confira:

Especialistas em cultura pop

Em um formato inédito, a TNT estreou em setembro O Esquenta TNT, programa que antecede as premiações mais importantes do ano. Apresentado sempre por grandes nomes, como por exemplo Aline Diniz, Carol Ribeiro e Tiago Abravanel, já chegou  a alcançar mais de 400 mil pessoas, sendo veiculado simultaneamente no YouTube e canal linear da TNT.

Além disso, as plataformas digitais da TNT contam com um time especialista em cinema e cultura pop para comentar cada minuto da premiação em uma live de mais de 3 horas de duração. No ano passado, a live do Oscar da TNT teve quase um milhão de visualizações.

A Jeep aproveitou muito bem toda essa audiência! Confira a ação da marca durante a live de 2020:

 Engajamento digital

A TNT dá espaço para que os patrocinadores participem dos conteúdos digitais também, isso pode acontecer de duas maneiras:

  • TAKEOVER TNT: Sempre durante as premiações, um dos talentos da TNT estará nos stories comentando direto de casa os acontecimentos relevantes da noite.
  • RADAR AWARDS: Todo mês há posts com novidades do universo pop assinados pela marca.
  • PLAYLISTS DO YOUTUBE: Mais do que assinar uma peça, os patrocinadores têm a chance de desenvolver série de conteúdos tailor-made.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Eventos

O desafio das feiras e eventos do agro frente à pandemia

Publicado

em

Os eventos representam um elo importante da cadeia de produção de alimentos. Sejam dias de campo, palestras, seminários, congressos, leilões e exposições dos mais diferentes portes, eles movimentam bilhões de reais negócios e milhões de pessoas durante todo o ano. “A importância dos eventos aparece com destaque na 7ª Pesquisa Hábitos do Produtor Rural, da Associação Brasileira de Marketing Rural (ABMRA), de 2018. Os dias de campo, as feiras e exposições agropecuárias e os leilões representam 92% e 73% dos eventos preferidos de agricultores e pecuaristas, respectivamente”, assinala Ricardo Nicodemos, vice-presidente da ABMRA.

Em tempos de pandemia, os eventos deixaram de ser realizados. Uma parcela ganhou versões virtuais, mas o agronegócio tem suas particularidades e as relações pessoais e olho no olho são muito importantes. Nesse cenário, quando voltarão os eventos presenciais?

A Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio convidou a especialista Liliane Bortoluci, da Informa, uma das maiores organizadoras de feiras e eventos do mundo, para falar como o setor de feiras e eventos está se reinventando frente à pandemia e as tendências para os próximos anos. A apresentação foi feita com exclusividade para as empresas cotistas da 8ª Pesquisa ABMRA Hábitos do Produtor Rural, cuja divulgação ocorrerá nos próximos meses.

Liliane informou as empresas de eventos do Brasil já entregaram para as autoridades governamentais protocolo para realização de feiras. O documento trata das questões básicas, como entrada nos eventos, parte interna e estandes dos expositores, corresponsabilidades da promotora, expositores e visitantes. O setor aguarda o retorno desse pleito.

“Quando o setor de eventos foi impactado pela pandemia, em março de 2020, as empresas do setor pararam totalmente. Sem dúvida, é um dos setores mais afetados pela pandemia e todos os elos do negócio estão sofrendo na carne. Por outro lado, os promotores de eventos precisaram acelerar o processo de digitalização. Nós, por exemplo, aceleramos o desenvolvimento de uma plataforma digital, com conteúdos técnicos para manter esse relacionamento entre expositores, clientes e mercado”, informa Liliane Bortoluci.

Ela explica que o evento digital tem suas vantagens. Uma dela é o maior alcance. “Quando uma feira acontece, a maior participação é do público é regional. Percebemos que no digital o alcance mudou. Quem não participava devido à distância passou a acompanhar. Isso pode ser visto com os números”, explica.

“Esperamos reativar os eventos presenciais nos próximos meses. O modelo digital mostrou que é viável em determinados casos. Há possibilidade de integração dos dois modelos no futuro”, assinala a especialista da Informa.

Além da palestra, as empresas cotistas da 8ª Pesquisa ABMRA Hábitos do Produtor Rural tiveram acesso aos atual status da pesquisa. “Nosso planejamento é apresentar os resultados para as empresas cotistas em abril. É uma excelente oportunidade para outras empresas adquirirem cotas da pesquisa e, assim, terem condições de sair à frente dos seus concorrentes. Afinal, trata-se de uma fonte rica e completa de informações, tendo como fontes os próprios produtores rurais de 15 atividades e 15 estados”, diz Ricardo Nicodemos, vice-presidente da ABMRA e coordenador da Pesquisa.

Continue lendo