Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

DAZN media: Novas oportunidades para marcas se comunicarem com fãs de esporte

Publicado

em

O DAZN Group, antiga Perform Group, que passou por um realinhamento de marca, anunciou hoje que a DAZN Media é a nova entidade responsável por parcerias de mídia globais. Anteriormente, ela era chamada de Perform Media.

A DAZN Media coordena todas as oportunidades comerciais globais e locais para o DAZN, serviço de transmissão ao vivo e sob demanda de esportes, já disponível na Espanha, Itália, Alemanha, Áustria, Suíça, Japão, Estados Unidos e Canadá. A plataforma chegará em breve ao Brasil.

A criação da DAZN Media segue o realinhamento do DAZN Group para combinar seus produtos e inventário, que se traduzem em pacotes inovativos e líderes de mercado para anunciantes. A DAZN Media já está trabalhando globalmente com um grupo seleto de clientes – incluindo VW, Tipico, bwin e Krombacher – para veicular a publicidade no DAZN.

James Rushton, Chief Revenue Officer do DAZN Group, faz questão de destacar o momento da empresa. “Este é outro momento essencial para o DAZN, à medida que mobilizamos a força combinada de nossas marcas, produtos, conteúdo editorial e de vídeo. Tudo isso somado a insights baseados em dados, para prover uma maneira inovadora de anunciantes se associarem aos esportes e fãs, a nível local e global. Estamos trabalhando em tudo, desde formatos exclusivos até conteúdo patrocinado e publicidades, que agregam valor às marca. Isso nos permite continuar a investir em conteúdo premium e nas mais recentes tecnologias, que levam os fãs para mais perto do esporte que eles adoram, e por um preço acessível”, afirma.

DAZN PLAYER

Como parte da iniciativa, a DAZN Media aposta também em um inovador hub de estratégia chamado de DAZN+, que agrega os direitos de transmissão do DAZN com propriedades próprias fora da plataforma; incluindo o site Goal.com, o DAZN Player (antigo ePlayer), redes sociais, influenciadores, talentos e ativações físicas.

O DAZN+ oferece às marcas uma solução verdadeiramente única, focada em dados e conteúdo, para atingir e engajar a audiência.

Vale destacar que o player de vídeos de esporte sob demanda, ePlayer, passa a se chamar agora DAZN Player.

O DAZN Player atinge milhões de fãs localmente, oferecendo conteúdo esportivo premium do DAZN – detentor de direitos –, além de produção de conteúdo própria e de agências de conteúdo globais. A rede de distribuição do player já contempla grandes sites esportivos no mercado brasileiro, entre eles Lance, Terra, MSN, ClicRBS e Superesportes.

MUDANDO A FORMA DE VER ESPORTES

Stefano D’Anna, vice-presidente executivo da DAZN Media, destaca que “o DAZN decidiu mudar a forma como o mundo vê o esporte”. “Agora, sentimos que estamos em condições de mudar a forma como as marcas se envolvem com os fãs de esportes. Com a introdução de publicidade na plataforma OTT do DAZN, estamos oferecendo às marcas o impacto da TV, complementado pela segmentação e insights do digital. Adicionando o DAZN+, podemos alcançar os fãs em qualquer plataforma com comunicações personalizadas relevantes e envolventes”, acrescenta D’Anna.

Para Lucca Rossini, Head of Brand Parnerships do DAZN no Brasil, a combinação entre DAZN e DAZN+ oferecerá experiências únicas para marcas se conectarem com os fãs de esportes. “Importaremos nosso approach global para o mercado brasileiro, oferecendo oportunidades únicas e customizadas para as marcas realizarem campanhas em um formato 360, ou seja, ao vivo, durante o evento (DAZN), e off-platform (DAZN+). Estamos muito empolgados em levar esta iniciativa adiante para um mercado que tem muito potencial”, afirma.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

PlayStation anuncia parceria com Discord

Publicado

em

PlayStation anunciou, nesta segunda-feira (3), investimento no Discord como maneira de construir uma relação com o popular serviço de conversa online.

Jim Ryan, presidente e CEO da PlayStation, anunciou a parceria por meio de publicação no site oficial. Por enquanto, não foram divulgados detalhes a respeito dessa relação. A Sony diz que fez um investimento na Série H do Discord e que a PlayStation entrou em contato com os fundadores da plataforma, Jason Citron e Stan Vishnevskiy, com o objetivo de reunir amigos e comunidade.

“Empoderar os jogadores para que possam criar comunidades e compartilhar experiências de jogos é o coração do que fazemos”, disse Ryan. “Portanto, estamos mais do que animados por começar essa jornada com um dos serviços de comunicação mais populares do mundo.”

Discord é um serviço de comunicação online em que as pessoas podem se unir em canais criados por usuários para conversar por texto, voz ou chats de vídeo. Esses canais podem ser focados em hobbies e criados por grupos de amigos ou mesmo empresas oficiais de jogos. O Discord tem cerca de 140 milhões de usuários por mês ao redor do mundo.

A notícia da participação minoritária da PlayStation vem após relatos de que o Discord interrompeu negociações com três compradores em potencial, incluindo a Microsoft. Supostamente, a gigante da tecnologia estava pronta para oferecer US$10 bilhões pelo Discord. Ao que tudo indica essas conversas podem ser “reiniciadas no futuro”.

Matéria traduzida do IGN Brasil de Matt T.M. Kim .

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Empresa

WhatsApp Pay já está disponível no Brasil, veja como usar

Publicado

em

O serviço de pagamentos no WhatsApp, o WhatsApp Pay finalmente chegou ao Brasil.. Através desta nova função, os usuários do aplicativo podem transferir dinheiro para outras pessoas, sem taxas e com a mesma facilidade que enviam uma foto para seus contatos. Lembrando, que os pagamentos para empresas serão ativados no futuro após aprovação.

A nova função chega após colaboração com o Banco Central, com o objetivo de reduzir custos para as pessoa. Com a aprovação do Banco Central, o Facebook Pagamentos do Brasil Ltda, se tornou um iniciador de pagamentos para transferências entre pessoas físicas.

“Facilitar o envio e o recebimento de dinheiro de maneira segura não poderia ser mais importante neste momento, já que não só diminui a exposição das pessoas à pandemia, mas também as ajuda a se manterem conectadas com entes queridos, expande o acesso a serviços financeiros e possibilita que mais pessoas participem da economia digital”, afirma Matt Idema, diretor de operações do WhatsApp

Os pagamentos no WhatsApp são habilitados pelo Facebook Pay, uma forma simples e segura de efetuar pagamentos nos aplicativos do Facebook. As transferências e pagamentos são protegidos por várias camadas de segurança, como o PIN do Facebook Pay ou a biometria em dispositivos compatíveis.

Para começar a usar, as pessoas podem adicionar seu cartão de um banco parceiro, escolher uma pessoa para enviar o dinheiro e clicar para adicionar a transação. Em seguida, o destinatário verá o pagamento direto na conversa com o remetente.

Porém, as pessoas podem enviar até R$ 1.000,00 por transação e receber 20 transações por dia, com um limite de R$ 5.000,00 por mês (os bancos podem estabelecer um limite menor para transações). 

Conheça os bancos parceiros

Inicialmente, o serviço será habilitado para usuários com cartões de débito, pré-pago ou combo do Banco do Brasil, Banco Inter, Bradesco, Itaú, Mercado Pago, Next, Nubank, Sicredi e Woop Sicredi, com as bandeiras Visa e Mastercard.

“Nossos clientes poderão fazer pagamentos com a mesma facilidade com que conversam com os amigos e sem pagar nada a mais por isso. Estamos felizes em dar mais esse passo para promover acesso a serviços financeiros digitais descomplicados para todos os brasileiros.” Comentou Cristina Junqueiraco-fundadora do Nubank

Como funciona o WhatsApp Pay

Confira o passo a passo de como utilizar a nova função do mensageiro:

  • Toque no ícone de “clipe de papel” (Android) ou “+” (iPhone) e escolha a opção “Pagamento”;
  • Adicione o valor e uma mensagem opcional;
  • Toque em “Pagar” e coloque o PIN (senha) do Facebook Pay;
  • Em seguida, a transação vai aparecer como como se fosse uma mensagem na conversa do WhatsApp, e a pessoa precisa aceitar o pagamento. Depois, o dinheiro cairá na conta dela.

Porém, caso o usuário não tenha habilitado o WhatsApp Pay, uma notificação irá pedir para que a pessoa cadastre o cartão no sistema para receber a transferência. Contudo, isso precisa ser feito em até 2 dias, caso contrário o valor é reembolsado.

Vale ressaltar, que para enviar e receber pagamentos no WhatsApp, as pessoas precisam ter um número de telefone do Brasil. Somente transações dentro do país e em moeda local são autorizadas. Dessa forma, nenhuma taxa será cobrada. 

Para mais informações, acesse o site www.whatsapp.com/payments/br.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo