Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

CASE: Waze e Fox Film do Brasil se unem para divulgar filme “O Poderoso Chefinho”

Publicado

em

A Fox Film do Brasil lançou o filme junto aos Wazers – usuários do aplicativo – e divulgou os cinemas onde o longa estava em exibição. Segundo pesquisa realizada pelo Waze, o cinema é o principal motivo dos usuários irem aos shoppings – as compras ficam em segundo lugar, seguidas pelos restaurantes/lanchonetes.

A comunicação aconteceu no Rio de Janeiro e em São Paulo e com dois formatos:
– Os Pins do Waze marcaram todos os shoppings onde o filme estava sendo exibido. E, sempre que uma busca pelo shopping era feita, a comunicação do filme era exibida aos usuários do aplicativo.
– Através de Zero-Speed Takeovers, anúncios que aparecem quando o carro está parado e servem como outdoors digitais. O tom mandão do personagem-título do filme foi a inspiração para criar peças de acordo com as segmentações contextualizadas com o caminho do motorista Por exemplo, a mensagem “Vá logo pra casa, Pestinha” aparecia para os motoristas que estavam no caminho de casa, e a mensagem “Você não sai do shopping sem ver meu filme antes” era mostrada para os usuários que estavam em centros de compras.

“O Poderoso Chefinho” também marcou a estreia do “Lembre-me”, um botão call-to-action do Zero-Speed Takeovers, para lançamentos de filme. Antes do lançamento, o motorista que era impactado pela mídia e pressionava o botão entrava em uma lista. Esses usuário receberam um aviso via push no dia em que o filme entrou em cartaz. Essa função serviu como um lembrete para os fãs do filme, ajudando a alavancar a bilheteria logo no primeiro final de semana de exibição.

A estratégia de divulgação contou com três fases. Confira os resultados:
Durante o pré-lançamento, a campanha alcançou mais de 1,2 milhões de pessoas em apenas quatro dias. Nesse espaço de tempo, a campanha entregou 2,5 milhões de impressões de anúncios e gerou 15 mil engajamentos.
No dia do lançamento, 12 mil notificações (pushes de avisos) foram enviados para os usuários que apertaram o botão “Lembre-me”, proporcionando um reengajamento com o público do filme.

Quando o filme já estava no cinema, os pins marcaram os locais de exibição e a campanha atingiu mais de 2 milhões de pessoas, entregando 25 milhões de impressões de anúncios, e 46 mil navegações para cinemas e shoppings que estavam exibindo o filme.

Os números de “O Poderoso Chefinho” mostram a força do Waze como uma mídia relevante para o segmento de entretenimento. Com publicidade nativa e geolocalizada, o aplicativo é uma das principais plataforma de comunicação com os consumidores em trânsito e tem em sua carteira de clientes a seguradora Sulamérica, Ipiranga e McDonald’s.

Continue lendo

Digital

Rocky.Monks é o mais novo parceiro da JustForYou

Publicado

em

A agência digital full service Rocky.Monks, em mais uma movimentação de mercado, fecha uma nova parceria com a JustForYou, maior marca de personalização de produtos de hair care da América Latina. Com início neste ano, a parceria visa aumentar os resultados em mídias pagas, expandindo a marca  e ajudando na divulgação das novidades da empresa.

“Nosso time de Mídias Pagas já está a todo vapor. Para nós, é de suma importância parcerias com grandes empresas como é o caso da JustForYou, e tenho certeza de que, com um bom trabalho do nosso time, vamos atingir ótimos resultados para que essa parceria dure por muitos anos”, explica Daniela Gebara, sócia fundadora e diretora comercial da Rocky.Monks.

A JustForYou é mais um grande cliente como Telhanorte e Loungerie, que também compõem a carteira de mais de 80 clientes da Rocky.Monks. Além disso, em 2021, a agência foi reconhecida como uma das melhores agências de comunicação para se trabalhar pelo GPTW.

Continue lendo

Digital

Monetização de dados é componente importante da Transformação Digital que movimentará US$ 2,3 trilhões até 2032

Publicado

em

O conceito Data Driven e a consequente monetização desses dados cresce exponencialmente e cada vez mais deve fazer parte dos negócios em todos os níveis. O mercado de transformação digital vai movimentar US$ 2,3 trilhões até 2032, com crescimento médio de 14,2% ao ano, de acordo com o relatório Market Research Report da Fact.MR. Apenas este ano, a expectativa é de que o segmento atinja US$ 621 bilhões. A consultoria Forrester avalia que as empresas que são Data Driven estão crescendo 30% ao ano.

O consultor Caio Cunha, presidente da WSI Master Brasil e membro do Global WSI Internet Consultancy Advisory Board, afirma que o novo modelo significa sobrevivência no mercado. “Ser Data Driven hoje é um diferencial competitivo. Muitos dos concorrentes já adotam e os que não adotarem vão sair do mercado. Cada vez mais os clientes querem ações mais inteligentes”, sentencia o consultor.

Cunha explica que a empresa que é Data Driven usa uma base de dados estruturada, com informações concretas para a tomada de decisões, apoiada em ferramentas de Business Inteligence, inteligência de negócios na tradução. O sistema usa grande quantidade de dados de maneira rápida, segura e eficiente.

“Monetizar esses dados passou a ser interessante. Essas tecnologias podem ser usadas para reduzir custos com automação de tarefas, aumentar receitas identificando e servindo melhor os clientes, atrair mais clientes com engajamento reduzindo esforços, ser mais pessoal e melhorar qualidade dos serviços sem aumentar a equipe”, afirma o consultor.

Continue lendo