Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Visa e Banco Neon lançam serviço que permite que consumidores usem a selfie para confirmar compras online

Publicado

em

Visa e Banco Neon anunciam solução de tecnologia que permite que clientes do Banco Neon, portadores de cartões Visa, autentiquem suas compras online por meio de selfie – além das opções de utilização da digital e da tradicional senha numérica. A inovação, que oferece uma experiência de pagamento segura e 100% digital, está disponível para todos os clientes do Banco Neon portadores de cartões Visa.

A autenticação de transações é normalmente requisitada pelos estabelecimentos comerciais aos emissores de meios de pagamentos eletrônicos que buscam se certificar de que aquele portador do cartão é realmente o seu titular. No mundo físico, por exemplo, é a senha para o cartão com chip. No mundo online, a solução oferecida pela Visa ao Banco Neon permite que a autenticação da transação seja realizada pela própria selfie já cadastrada, de forma simples e com segurança, no aplicativo do banco. A solução foi implementada dentro do aplicativo do Banco Neon, simplificando a experiência do usuário e evitando a necessidade de baixar apps adicionais.

No processo de abertura da conta, após o usuário enviar foto do RG ou daCNH, ele também cadastra uma senha numérica, sua digital e faz uma selfie para reconhecimento facial. O sistema de segurança e autenticação do banco confere se a selfie corresponde à foto do documento enviada. A imagem fica armazenada no banco de dados do Banco Neon de forma segura e criptografada. Em hipótese alguma, o estabelecimento comercial receberá a foto de quem está comprando.

“Sofisticação e excelência se alinham à simplicidade. Aqui, por meio da tecnologia, buscamos sempre entregar soluções eficientes sem deixar de ser simples para o cliente. Baseado nesse princípio, em parceria com a Visa, ajudamos a criar uma forma de gerar ainda mais segurança para compras online – de forma intuitiva e prática para quem está na outra ponta”, comenta Pedro Conrade, CEO do Neon.

“Na Visa, adotamos a metodologia centrada no ser humano para desenvolver tecnologias que atendam às necessidades e resolvam problemas reais do consumidor final, que está cada vez mais empoderado. A solução de autenticação por selfie foi desenvolvida em parceria com o Neon para proporcionar uma experiência ágil e segura para o consumidor realizar suas compras online com tranquilidade”, explica Percival Jatobá, vice-presidente de produtos da Visa do Brasil. “Juntamos a segurança da rede Visa, com um comportamento popular, cotidiano e divertido que é tirar uma selfie. Com isso, também ajudamos os estabelecimentos comerciais a converterem mais vendas, proporcionando mais uma forma de confirmar quem realmente está fazendo a compra online”, acrescenta o executivo.

Como funciona?
1 – Quando um estabelecimento comercial registra uma compra em seu site realizada por um cartão Neon Visa e, por alguns motivos, deseja comprovar a autenticidade do portador do cartão, envia um pedido de autenticação ao emissor do cartão, no caso o Banco Neon.

2 – A Visa processa essa solicitação e a envia ao Banco Neon, que devolve uma notificação para o celular do consumidor perguntando se ele realmente realizou aquela compra naquele valor, oferecendo ao portador a oportunidade de autenticar a transação por meio de uma selfie, senha, ou pela digital.

3 – O consumidor, por sua vez, escolhe a forma de autenticação que melhor funcionar naquele momento. Assim que a identificação for confirmada, a compra já poderá ser aprovada pelo emissor.

Caso o consumidor opte pela selfie para autenticar sua identidade, a foto deve ser tirada no mesmo momento para a confirmação da compra. O sistema do Banco Neon ainda solicita ao portador do cartão que confirme a foto com um piscar de olhos. Desta maneira, acrescenta-se uma segurança extra para confirmar realmente que o portador está presente no momento da autenticação.

Importante ressaltar que esse processo, assegurado pelo protocolo 3D Secure criado pela Visa, só acontece quando o estabelecimento comercial indica ser necessário pedir a comprovação da identidade do portador para completar a transação.

Continue lendo

Digital

Nutren® Protein reforça seu posicionamento em mega campanha digital

Publicado

em

Nutren® Protein reforça seu posicionamento em mega campanha digital

Quem tem uma rotina muito movimentada precisa de um reforço especial na nutrição para não perder o pique ao longo do dia. Combo diário de foco, força e disposição para enfrentar a correria do dia a dia, Nutren® Protein – suplemento alimentar da Nestlé voltado para jovens e adultos, reforça seu posicionamento com a campanha digital “Vencedores da Rotina”, que envolve ações com Influenciadores, Tik Tokers e Podcasts.

A campanha vai englobar três plataformas e teve seu planejamento e estratégia de ação com influenciadores desenvolvida pela BR Media Group. O conceito de “vencedores da rotina” se refere a pessoas que têm um dia a dia agitado, mas que encaixam uma atividade esportiva entre um compromisso e outro.

“Este é um movimento para unir aqueles que buscam ser mais produtivos, saudáveis e bem-dispostos. São pessoas que se dedicam e se esforçam para enfrentar os desafios diários e Nutren® Protein entra como um aliado nessa rotina movimentada”, diz a gerente de marca, Thalita Araújo.

Um exemplo de post, que já está no ar, com o Dário Costa, mostra o dia a dia corrido do cozinheiro, que se desdobra entre trabalho, cuidado com o filho e também surf nas horas vagas. O vídeo mostra todos os momentos da rotina dele, com Nutren® Protein presente em seu café da manhã. Posteriormente serão ações com Tik Tokers.

“Queremos mostrar a normalização do uso do produto de forma orgânica e verdadeira. Por isso, pensamos em uma estratégia com alguns influenciadores, tik tokers e também um podcast. Será uma estratégia multiplataformas. Na primeira fase da campanha, um grupo de tik tokers deverá reforçar de forma leve e divertida o movimento Nutren®️ Protein.”, explica Celso Ribeiro, sócio-diretor da BR Media Group.

NUTREN® Protein é um suplemento com whey protein, cafeína, 20 vitaminas e minerais além de ser zero adição de açúcares, para entregar mais foco e energia no dia-a-dia corrido. “Focamos não apenas os amantes dos esportes, como também as pessoas comuns, com rotinas agitadas mas que desejam levar uma vida mais saudável, “ enfatiza Thalita. Para isso, o produto fornece 20 gramas de proteína, na porção pronta, ou seja, na preparação de dose de 31,5g de produto pó em 180 ml de leite desnatado. Além de cafeína, que ajuda na melhora do foco e da concentração, contém também um mix de 20 vitaminas e minerais, que ajudam no metabolismo energético e na construção muscular.

Continue lendo

Digital

As mudanças em anúncios mobile após o iOS 14.5

Publicado

em

As mudanças em anúncios mobile após o iOS 14.5

As mudanças implementadas pela Apple com o iOS 14 e posteriormente com o iOS 14.5, deixaram uma grande pergunta na mente dos profissionais de marketing: como a produção de anúncios mobile será impactada e quais as principais mudanças?

Antes de tudo, vamos relembrar como era o cenário antes das mudanças com o IDFA:

Era possível entregar anúncios personalizados para segmentos específicos de usuários, com textos que conversavam com eles, como por exemplo, “sentimos sua falta” para as pessoas que fizeram uma compra em seu aplicativo, mas não o abriram por mais de 30 dias.

Você conseguia também executar duas campanhas diferentes, cada uma com o seu set de criativos e assim executar testes A-B rápidos de anúncios para ver quais estavam funcionando melhor. Por exemplo, testar 2 mensagens diferentes para ver qual gerou uma taxa mais alta de impressões para instalações.

Por último, era possível executar testes de incrementabilidade em seus anúncios e assim entender o lift de cada campanha. Por exemplo, mostrando um anúncio de serviço público (PSA) e seu anúncio para grupos separados de usuários para entender se gerou aumento incremental.

Sem o IDFA, algumas coisas em seus anúncios mudarão, ou já mudaram:

  1. A personalização de anúncios com base no histórico do usuário não será possível, ou será extremamente limitada. Por exemplo, você não poderá segmentar novamente usuários que compraram em seu aplicativo com um anúncio específico, pois a maioria das solicitações de lance não conterá IDFA.
  1. Os testes A-B de anúncios levarão mais tempo para ver e medir os resultados, pois os postbacks do SKAN não apenas contêm dados limitados, mas também possuem um atraso no seu envio. Será necessário criar campanhas independentes para cada AdSet, o que demandará um esforço bem maior da equipe de gestão.
  1. Testes de incremento terão que ser repensados. Por exemplo, você não poderá rastrear quantos usuários não viram seu anúncio teste (mas viram o anúncio controle – PSA) e  converteram, em comparação com aqueles que viram o seu anúncio teste.

Com menos granularidade de dados para rastreamento e segmentação, os profissionais de marketing precisarão se concentrar na construção de anúncios que falam a um público mais amplo para impulsionar as instalações.

Aqui estão algumas maneiras pelas quais os profissionais de marketing podem adaptar seus anúncios a um mundo pós-IDFA:

Use mensagens claras e sucintas.

Suponha que um usuário esteja vendo seu anúncio pela primeira vez, portanto, certifique-se de compartilhar sua proposta de valor em algumas palavras-chave. Também é uma boa ideia mostrar como seria sua experiência no aplicativo.

Aproveite os vídeos para contar uma história.

Os anúncios em vídeo são uma ótima maneira de envolver os consumidores e deixar uma impressão duradoura. Certifique-se de que seu anúncio em vídeo seja compatível com os formatos vertical e horizontal e adicione legendas para que o espectador possa entender o que está acontecendo sem ter que ligar o áudio.

Atualize seus feeds  para mostrar os seus produtos  mais populares.

Sem o IDFA, você não poderá mostrar os produtos mais relevantes para cada tipo de usuário, mas ainda poderá mostrar os produtos mais populares que foram comprados com frequência. Esses produtos costumam agradar aos novos usuários.

Concentre-se na construção de uma estratégia para a UA (User Acquisition).

A menos que você seja uma marca gigante com grande penetração no mercado, a maioria dos usuários que vêem seu anúncio ainda não instalou seu aplicativo. Não se preocupe em construir uma estratégia criativa que funcione tanto para UA quanto para reengajamento. Em vez disso, concentre-se na construção de anúncios para impulsionar as instalações. Por exemplo, priorize a exibição de um CTA testado e comprovado que fala a um novo usuário como “Obtenha” e “Instale”, em vez de um CTA que tenta fazer os dois, como “Comprar” ou “Navegar”.

Continue lendo