Conecte-se com a LIVE MARKETING

Agências

Bloco de corporativo de carnaval da Agência Tudo será animado pela Banda EVA em 2018

Publicado

em

Criado por brincadeiras de funcionários da agência de live marketing, ‘Vem Ni Mim Que Eu Tô Com Tudo’ se tornou ferramenta de relacionamento da empresa com colaboradores, clientes, comunidade e patrocinadores

A Tudo, agência de publicidade especializada em live marketing e que tem em seu DNA expressiva atuação em festas de rua em todo o Brasil, lança a programação deste ano de seu bloco corporativo, o ‘Vem Ni Mim Que Eu Tô Com Tudo’. Fundado há quatro anos, ele é o único bloco criado por uma agência de publicidade na capital paulista e uma das raras agremiações das folias do Momo no país idealizadas por uma empresa como uma ferramenta de relacionamento de seus colaboradores com a comunidade e também com clientes e potenciais clientes. Com a Banda EVA como sua principal atração em 2018, o evento acontecerá no dia 1º de fevereiro a partir das 19 horas na sede da Tudo, que fica à Rua Canadá, 301 – Jardim América, na capital paulista, se caracterizando como o Grito do Carnaval 2018 de São Paulo.

O bloco ‘Vem Ni Mim Que Eu Tô Com Tudo’ foi criado nas dependências da agência, fruto de brincadeiras entre funcionários. Era o ano de 2014, quando começava a ser promovida uma reordenação do Carnaval de Rua pela Prefeitura de São Paulo. A agremiação, que antes seguia um mini trio elétrico, ganhou adesão dos sócios e do alto escalão da agência, profissionalizando-se e passando a integrar a programação oficial da festa da cidade. Hoje o bloco se configura como uma forte plataforma de relacionamento da Tudo com funcionários, clientes, ex-colaboradores, fornecedores, com a comunidade local, com concorrentes e com o poder público, servindo também como iniciativa de marketing para anunciantes.

Mauricio Magalhães, sócio e presidente da Tudo, define, no âmbito organizacional, que o bloco virou ferramenta para promover a integração entre todos os funcionários, diminuindo as barreiras que possam distanciar diferentes níveis hierárquicos. Também sintoniza os colaboradores com a missão maior da Tudo, que é a produção de eventos. “O desfile requer planejamento anual, que envolve criação, estratégia, produção e trabalho em equipe”, explica o publicitário.

“O Bloquinho ‘Vem Ni Mim Que Eu Tô Com Tudo’ cativa a equipe, amigos, clientes e prospects da agência pela nossa capacidade criativa na entrega de um evento com resultados”, conta Iron Neto, sócio e head de negócios e produção da Tudo. Ele conta que além da Banda Eva, o desfile deste ano também terá como atrações marchinhas tradicionais interpretadas pelo cantor Vini Cohen e um line especial do DJ Chapeleiro. Sem fins lucrativos, o bloco conta com venda de ingressos, que dão direito a camisas temáticas e open bar.

Ao longo dos anos, a fidelidade do público e a organização do bloco tem atraído o interesse de marcas como Skol, Amstel, Bacardi, Red Bull e sorvetes Green, que já se associaram ao evento. As contrapartidas aos parceiros abrangem exposição das logomarcas em camisetas, banners, copos, pulseiras etc, bem como em todo o conteúdo do bloco nas redes sociais. “O que começou como uma brincadeira entre funcionários acabou se transformando em uma ferramenta para experiências de marcas que reverbera no mercado. Apenas no Facebook, o bloquinho já impactou mais de 1 milhão de pessoas”, revela Neto. “O evento deixou de ser uma happy hour e se transformou em um projeto com equipe dedicada, reuniões com o poder público, assessoria de imprensa e jurídica”, finaliza o publicitário.

Folia no DNA

A presença da Tudo na folia acontece desde muito antes da retomada do Carnaval de rua em São Paulo e está associada à história das folias carnavalescas no Brasil e do surgimento do seu ícone, o trio elétrico. Presidente da agência, o baiano Mauricio Magalhães, é um dos 13 amigos do Colégio Marista, de Salvador, que resolveram colocar nas ruas o Bloco Eva. O carnaval da cidade, na década de 1970, dava os primeiros passos para a profissionalização e, sem perceber, os amigos estavam surfando uma onda de oportunidades.

O Eva foi criado em 1977 como um grêmio estudantil, depois se tornou bloco carnavalesco, em 1980, e também virou banda a partir de 1993, acumulando quatro gerações de fãs. Ao longo de 38 Carnavais, Magalhães ajudou a projetar a carreira de artistas baianos que se tornaram ícones da música nacional, como Felipe Pezzoni, atual vocalista do Eva, Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Carlinhos Brown, Ricardo Chaves, Durval Lelys, Emanuelle Araújo e Saulo.

Além de sócio da Banda Eva e da Agência Tudo, Mauricio Magalhães é fundador do Festival de Verão de Salvador, quando trabalhava para a Rede Bahia de Comunicação, atualmente considerado um dos principais eventos da música brasileira no país, que já atraiu mais de 100 mil pessoas a uma única noite de shows. Também atuou no projeto de comercialização do Carnaval de Rua de Salvador.

Continue lendo

Agências

Renase assina convenção de 70 anos da Bauducco

Publicado

em

A Renase Eventos, que tem mais de 30 anos de história na produção, organização e logística de eventos corporativos, assinou a convenção da Bauducco, que celebrou os 70 anos da empresa e apresentou as novidades para os próximos meses no que tange as campanhas de marketing e vendas. O evento fechou o Novotel Itu Golf & Resort e trouxe como destaques:

– plenária super moderna com mais de 40m de painel de LED, inclusive aéreos, além da cenografia;

– foyer para recepção e credenciamento dos convidados totalmente customizado;

– corners instagramáveis, abusando das gigantografias;

– personalização completa do resort com a marca Bauducco, com destaque para a área externa e varanda dos apartamentos;

– logística de transporte aéreo e terrestre para reunir, com toda a segurança e conforto, toda diretoria, gerência, departamentos de vendas & marketing, além dos distribuidores de todo o Brasil.

“Desde 2016 realizamos as convenções da Bauducco, mas essa, com certeza, teve um gostinho especial”, afirma Rodrigo Stocco, CEO da Renase. Além dos convidados para a convenção, a agência ainda realizou um encontro paralelo para os franqueados da Casa Bauducco. “O jeito Bauducco de ser foi destaque em meio a toda inovação, tecnologia e ativações que realizamos”, completou Stocco. Entre montagem, realização e desmontagem, foram sete dias de produção, que envolveu cerca de 80 colaboradores diretos e indiretos.

Adriane Galisteu, atriz e apresentadora, foi a mestre de cerimônias da convecção, que também contou com palestra de Lars Grael, duas vezes medalhista Olímpico e que trouxe a motivação e superação como temas centrais para a plenária do evento. Para Camila Lizi Benelli, da Bauducco, contar com a expertise e resiliência do time Renase foi fundamental para o sucesso do evento. “Deixamos Itu com o sorriso de dever cumprido no rosto e com os melhores feedbacks de nossos convidados. Realizar um evento tão importante e complexo como essa convenção implica na total integração e confiança com nossos parceiros”, destacou a cliente.

Continue lendo

Agências

Bullet aposta em startups

Publicado

em

A Bullet, agência de comunicação e engajamento comandada por Fernando Figueiredo, cria modelo destinado exclusivamente para atender startups de tecnologia, como foodtechs, edtechs, fashiontechs, entre outras, com o objetivo de oferecer um custo de marketing sustentável para o estágio em que essas empresas se encontram: é o “Bullet 4 Equity”, uma mistura de prestação de serviço que envolve não só recursos internos da agência, como criação, planejamento, canais e produção, como parcerias com fundos de investimento e consultoria de gestão com board members plugados num modelo de clube.

O serviço é prestado em troca de uma remuneração mínima, mais equity, da empresa e todos os envolvidos nesta consultoria de marketing participam desse clube de gestão.

A Bullet acredita que branding e estratégias de geração de leads e conversão são fundamentais para empresas que precisam provar sua tese. “A agência vem sendo procurada por empresas que estão em estágio inicial e que apresentam um enorme potencial de desenvolvimento”, explica Fernando Figueiredo, CEO da Bullet.

A ideia desse modelo é apoiar empresas que crescem e ganham mercado, mas que ainda não possuem uma verba de marketing estruturada para contratar players ou investir em mídia na medida que precisam.

Com a alta demanda de projetos de startups durante a pandemia, a agência percebeu que poderia trabalhar com esses clientes e entregar mais do que comunicação. “É sobre ajudar as empresas a crescerem por meio de estratégias de marketing, criação de leads, distribuição, vendas, novos canais e oportunidades. Se acreditarmos que podemos agregar valor com nosso trabalho, podemos apostar mais no futuro do que cobrar no presente. Esse mercado tem potencial de crescimento vertical por envolver indústrias não só de comunicação. Além disso, no State, espaço de inovação onde a Bullet montou sua operação, estamos cercados de startups e empresas com foco em inovação. Estamos constantemente ouvindo essa demanda por parte das empresas e demos uma resposta a isso”, finaliza Figueiredo.

Continue lendo