Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

Bayer doa quatro mil coleiras carrapaticidas para o projeto “Moradores de Rua e Seus Cães”

Publicado

em

Projeto de fotógrafo Eduardo Leporo leva doações para moradores de rua de São Paulo, sem se esquecer das necessidades de seus companheiros de quatro patas

A relação de moradores de rua com seus animais de estimação transcende as dificuldades que ambos passam por não possuir um abrigo próprio para descanso ou uma alimentação em quantidade suficiente para as suas necessidades diárias. O ato principal dessa relação é o companheirismo existente entre o ser humano e o animal, em situações clicadas rotineiramente pelo fotógrafo Eduardo Leporo, que também mantém carreira dedicada a ensaios fotográficos com pets para retratos de família e publicidade. Conhecido pelo seu projeto “Moradores de Rua e Seus Cães” (MRSC), Eduardo comenta sobre como essa ideia foi concebida. “Além de buscar auxílio para concretizar o projeto de clicar o relacionamento dos humanos com pets para transformar as peças em exposições ou livros especiais, percebi que não eram somente as pessoas em situação de rua que precisavam de ajuda, mas também os animais que os acompanhavam. Nesse momento, a parceria com a Saúde Animal da Bayer surgiu para a doação de cerca de quatro mil unidades de KILTIX® para proteger os cães que se encontram nessa situação”, destaca Eduardo.

Indicada para cães jovens, idosos ou fêmeas em qualquer fase da gestação e da lactação, a coleira KILTIX® da Bayer possui foco no tratamento e controle das infestações por carrapatos. Dentre seus diferenciais está a ação prolongada por até sete meses. “Percebemos que o KILTIX® era o produto ideal para essa doação, uma vez que é indicado para animais que ficam em ambientes abertos e pouco controlados contra a presença desse parasita. Além disso, como esses cães estão na rua junto de seus tutores, a marca é ideal também por ter uma longa duração, sendo, inclusive, um produto que age eficazmente em animais que possuem histórico de recorrência de carrapatos, como acontece com a maioria desses cachorros”, comenta Rafael Andrade, gerente de produtos da Saúde Animal da Bayer.

Na ação, normalmente realizada aos finais de semana em função de outros compromissos dos participantes do projeto, o próprio fotógrafo, acompanhado por sua equipe de voluntários, realiza a distribuição das unidades do produto aos moradores de rua em São Paulo, fazendo a aplicação da coleira e registrando o momento. Mas os cuidados com os tutores não são esquecidos, a cada encontro da equipe voluntária para a entrega da coleira carrapaticida e de produtos como ração e petiscos para os pets, também são distribuídas, em média, cem kits compostos por lanches, itens de higiene pessoal, roupas e calçados para os moradores de rua acompanhados, ou não, por cães.

Muito além do clique
O projeto MRSC começou em 2012, quando Eduardo Leporo resolveu sair pelas ruas de São Paulo para captar a rotina dos cães que vivem nas ruas. Lançar a luz sobre esses seres quase invisíveis e aproximá-los dos olhares apressados da cidade foi a escolha desse artista que resolveu apostar suas fichas em uma visão nada tradicional, indo além da fotografia e destacando esses seres que passam desapercebidos todos os dias. A beleza das imagens captadas traz a memória cenas comuns, mas que não são vistas com atenção no dia a dia paulistano.

E após inúmeras captações, o fotógrafo começou a divulgar o projeto em todo o País em 2015, sendo o primeiro passo a realização de seis exposições na capital paulista, seguido do lançamento de um livro que compila diversos cliques, além da apresentação de seus materiais em Lisboa, Portugal. Para 2016, está entre os planos de Eduardo uma nova edição do livro MRSC com fotos de animais de diferentes Estados brasileiros, a realização de exposições em outras cidades e a fundação do projeto social MRSC, uma iniciativa que será ainda maior que histórias e fotografias.
Confira o vídeo da última ação realizada pelo grupo MRSC, no dia 17 de julho, domingo: https://www.youtube.com/watch?v=Xu-5X2mPy4Q.

Continue lendo

Universo Live

Ativação com o ‘Esquadrão Neutrogena da proteção’ continua sua jornada durante o Carnaval levando protetor solar aos foliões

Publicado

em

Dando continuidade à campanha No Ritmo do Verão, Neutrogena assume mais uma vez o protagonismo de aliada para a proteção e a hidratação da pele, desta vez em uma das festas mais populares do Brasil.

Após o sucesso no Primavera Sound e nas praias do litoral paulista no final de 2023, a marca embarca para uma nova missão durante o Carnaval. Com o mote “Para pular o carnaval não dá para pular a proteção”, Neutrogena distribuirá cerca de 350 litros de protetor solar, proporcionando segurança e diversão nos principais blocos das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Olinda e Recife. A marca também irá distribuir sampling dos protetores no credenciamento do Camarote n°1 da Sapucaí.

Toda a estratégia faz parte da jornada Neutrogena durante o verão, que teve sua estreia no Primavera Sound. A Campanha reforça o compromisso da marca com a saúde e o cuidado com as pessoas em primeiro lugar ao proporcionar proteção solar em um evento com altas temperaturas. A ação inédita distribuiu aproximadamente 500 litros de protetores solares ao público do festival que também pode usufruir de um stand exclusivo com local para descanso, bebedouro e ativações especiais, além de conhecer em primeira mão o lançamento da música “Maresia By Neutrogena” – parceria inédita de Marina Sena e Rachel Reis.

“Nosso objetivo é manter uma linha perene ao levar informação à população sobre a importância de se proteger contra o sol, mas sempre de uma forma leve e divertida. A ação com nossos mochileiros tem sido focada em locais com grande concentração de pessoas exatamente para que todos criem essa associação com a saúde e o bem-estar. Neutrogena está onde eles estão, seja em um festival ao ar livre, na praia, nas férias ou no Carnaval”, explica Camila Carvalho, gerente de marketing da categoria de proteção solar de Kenvue Brasil.

Continue lendo

Universo Live

Rexona e JCDecaux levam fanfarra ao metrô de São Paulo

Publicado

em

Nos dias de Carnaval, de 10 a 13 de fevereiro, a partir das 9h, uma banda de fanfarra acompanhará os foliões dentro dos trens, no percurso entre as estações Fradique Coutinho e República, no metrô de São Paulo. A ação é iniciativa da Rexona e JCDecaux, com criação assinada pela agência Energy BBDO, e faz parte da campanha “Bota pra ferver”, que destaca a paixão do brasileiro pelo Carnaval e a importância do desodorante neste período, garantindo mais proteção e confiança para os foliões.

No mesmo período, a campanha contará com um lounge com pontos instagramáveis, com distribuição de brindes, como leques, bucket hat, tirantes com cores, além de jatos de desodorante, na estação Fradique Coutinho – local de grande movimentação para os principais blocos da capital paulista.

Paralelamente às ativações na Linha Amarela, a parceria entre a Rexona e a JCDecaux ainda envolve entregas de mídia Out Of Home (OOH) nas rotas por onde circularão mais pessoas em São Paulo (SP) e em Salvador (BA), com criativos que simulam interações para garantir 100% do share através de formatos diferenciados. É o caso de trens e espaços personalizados, o Icônico da Sé e Mega Led Circular da Luz, que são orbiculares, e o Videowall da Consolação, que “acompanha” o público que sobe ou desce pela escada rolante da estação.

“Estamos 100% focados na jornada do consumidor. Usamos o OOH e a mídia programática como uma grande fortaleza para comunicar com assertividade e impactar de maneira inovadora os trajetos e momentos de lazer do público-alvo dos nossos parceiros”, afirma João Binda, diretor comercial geral da JCDecaux.

Continue lendo