Conecte-se com a LIVE MARKETING

Agências

V3A é a primeira agência de live marketing a fazer evento na Antártica

Publicado

em

Empresa é responsável pela inauguração da base brasileira Estação Comandante Ferraz

O ano mal começou e a V3A já está fazendo história. Será a primeira agência de live marketing do mundo a fincar sua bandeira no continente gelado, para a inauguração da nova base brasileira na Antártica, a Estação Comandante Ferraz. O Diretor Alexandre Moreira e o Diretor Executivo Marcos Jochimek enfrentaram a turbulenta travessia da passagem de Drake, considerado o mar mais perigoso do mundo, e estão encarando temperaturas e sensação térmica muito baixas para garantir o atendimento e uma experiência inesquecível para os 100 convidados que participarão do evento, que será realizado no dia 14 de janeiro. “Não há dúvidas de que estamos falando do maior desafio da história da empresa”, garante Jochimek.

Não é difícil imaginar que a logística e as condições climáticas foram os principais obstáculos a serem vencidos, além de terem inserido o evento em uma matriz de risco bem complexa. Por isso, o planejamento foi fundamental para que tudo desse certo, tendo começado em julho de 2019. Contribuiu também a vasta experiência da V3A em eventos oficiais, muitos deles (mais de 20) com a presença de presidentes da República, o que impõe à agência alguns protocolos e know how bem específicos. Os eventos dos submarinos Riachuelo e Humaitá foram operações bem sucedidas que serviram de parâmetro para a aventura gelada.

Não é difícil imaginar que a logística e as condições climáticas foram os principais obstáculos a serem vencidos, além de terem inserido o evento em uma matriz de risco bem complexa. Por isso, o planejamento foi fundamental para que tudo desse certo, tendo começado em julho de 2019. Contribuiu também a vasta experiência da V3A em eventos oficiais, muitos deles (mais de 20) com a presença de presidentes da República, o que impõe à agência alguns protocolos e know how bem específicos. Os eventos de lançamento dos submarinos Riachuelo e Humaitá, realizados nos anos de 2018 e 2019, para a Marinha do Brasil e ICN (Itaguai Construções Navais), foram operações bem sucedidas que serviram de parâmetro para a aventura gelada.
“Apresentamos a proposta no meio do ano passado. A Marinha foi bem receptiva, mas o desafio era gigante. Fizemos visita técnica em outubro e no mês seguinte já começamos a enviar o material, que foi nos navios Ary Rongel e Maximiano, da Marinha do Brasil, e nos Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira. Ainda capacitamos os oficiais que trabalham na base para montagem do evento, já que não teríamos como levar nossa equipe”, explica o explica o Diretor, Alexandre Moreira.
Em meados de dezembro a V3A estava de volta à Antártica para dar início à montagem do evento, que será realizado tanto na área externa quanto dentro da nova estação, que fica entre o mar e as montanhas geladas da Ilha Rei George. A geografia local e a ciência foram fontes de inspiração para a criação do cenário: o público ficará dentro de dois domos vazados cujas estruturas têm forma de moléculas de gelo – um outro, menor, estará no palco. As coberturas serão feitas por lonas transparentes. O verde, amarelo e o branco dão o tom da presença do país. Tudo feito em estruturas modulares, com o objetivo de simplificar o transporte, a montagem e a desmontagem, além de realizar o menor impacto ambiental possível.
Os painéis de LED possuem especificações para enfrentar baixas temperaturas e não comprometer o evento. O sistema de som também foi montado seguindo os mesmos parâmetros. Por sinal, para evitar problemas de última hora, também foram montadas estruturas dentro da estação recém construída pela empresa chinesa Ceiec. A nova base substituirá o Módulo Antártico Emergencial (MAE) e possui 17 laboratórios, além de ter capacidade para hospedar 64 pessoas. A estação ainda gera 30% de sua energia através de placas solares e uma mini usina eólica.

Não é difícil imaginar que a logística e as condições climáticas foram os principais obstáculos a serem vencidos, além de terem inserido o evento em uma matriz de risco bem complexa. Por isso, o planejamento foi fundamental para que tudo desse certo, tendo começado em julho de 2019. Contribuiu também a vasta experiência da V3A em eventos oficiais, muitos deles (mais de 20) com a presença de presidentes da República, o que impõe à agência alguns protocolos e know how bem específicos. Os eventos dos submarinos Riachuelo e Humaitá foram operações bem sucedidas que serviram de parâmetro para a aventura gelada.

“Apresentamos a proposta no meio do ano passado. A Marinha foi bem receptiva, mas o desafio era gigante. Fizemos visita técnica em outubro e no mês seguinte já começamos a enviar o material, que foi nos navios Ary Rongel e Maximiano, da Marinha do Brasil, e nos Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira. Ainda capacitamos os oficiais que trabalham na base para montagem do evento, já que não teríamos como levar nossa equipe”, explica o sócio-diretor executivo, Marcos Jochimek.

Em meados de dezembro a V3A estava de volta à Antártica para dar início à montagem do evento, que será realizado tanto na área externa quanto dentro da nova estação, que fica entre o mar e as montanhas geladas da Ilha Rei George. A geografia local e a ciência foram fontes de inspiração para a criação do cenário: o público ficará dentro de dois domos vazados cujas estruturas têm forma de moléculas de gelo – um outro, menor, estará no palco. As coberturas serão feitas por lonas transparentes. O verde, amarelo e o branco dão o tom da presença do país. Tudo feito em estruturas modulares, com o objetivo de simplificar o transporte, a montagem e a desmontagem, além de realizar o menor impacto ambiental possível.

Os painéis de LED possuem especificações para enfrentar baixas temperaturas e não comprometer o evento. O sistema de som também foi montado seguindo os mesmos parâmetros. Por sinal, para evitar problemas de última hora, também foram montadas estruturas dentro da estação recém construída pela empresa chinesa Ceiec. A nova base, que substitui a estrutura parcialmente destruída por um incêndio, em 2012, possui 17 laboratórios, contra os 5 anteriores, e tem capacidade de hospedar 64 pessoas. O local ainda gera 30% de sua energia através de placas solares e uma mini usina eólica.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Agências

Obra com elemento surpresa do artista visual Cusco Rebel é destaque no e-commerce da Dionisio.Ag

Publicado

em

Cusco Rebel é o artista escolhido para participar do lançamento da nova obra da Dionisio Store, o e-commerce da Dionisio.Ag, no mês de maio. Voltada para colecionadores e amantes de arte que buscam por obras exclusivas com investimento acessível, a plataforma oferece tiragens limitadas aos consumidores.

“A obra é um encontro entre duas potentes vertentes da arte: a serigrafia, uma técnica mais antiga; e o que temos de mais hypado no mercado hoje: os NFTs. Eu gosto de fazer caveiras porque reforça a questão da igualdade, pois quando morrermos, todos seremos caveiras, o que acaba abrindo janelas para reflexões sobre o que entendemos e não entendemos sobre o fim” afirma Cusco, parceiro da agência e sócio e had de criação do LabOf, hub de inovação com mindset nontraditional.

Em tiragem limitada, a obra é feita em placa de madeira MDF, medindo 20cm x 28cm. A impressão será feita através de serigrafia e o cliente saberá a cor da sua obra somente ao receber o produto. Além da versão física, todos que adquirirem essa edição exclusiva também receberão uma NFT para alojar dentro da sua MetaMask.  O valor do investimento é de R$850,00 por unidade.

Com o amadurecimento do mercado artístico por causa da pandemia, a agência também está se adaptando ao novo cenário com o boom das NFTs e das artes digitais para expandir sua atuação no mercado de arte brasileiro.

“Cusco é um artista fantástico que somos fãs de longa data. É um imenso prazer para nós lançar esta obra exclusiva tanto no formato físico quanto em NFT, que é uma tendência que veio para ficar. Estamos extremamente felizes com o projeto e termos o Cusco com a gente aqui é mais um passo super importante que a Dionisio Store dá em sua (ainda) curta história”, afirma Victor Barros, sócio da Dionisio.Ag.

O formato escolhido para a disponibilização das obras são os “drops”, como são conhecidos os lançamentos exclusivamente sob demanda apresentados através de uma contagem regressiva. Assim, cada obra ficará disponível apenas por um período pré-determinado no site, com o objetivo de aumentar o caráter de exclusividade de cada peça.

Continue lendo

Agências

DreamONE conquista conta da Editora Melhoramentos

Publicado

em

A DreamONE, agência de marketing integrado com foco na geração de resultados para os negócios de seus clientes, anuncia a chegada da Editora Melhoramentos em seu portfólio de contas. O grande objetivo da parceria é alavancar ainda mais a presença e alcance nas plataformas digitais da companhia. Ativa no mercado há mais de um século, a empresa é responsável pela edição de livros para toda a família: infanto juvenil, jovem, adulto, pais e, também, educadores.

A estratégia de comunicação, elaborada pela DreamONE para a Editora Melhoramentos, contempla ações de marketing e publicidade, com foco na área digital. “Pretendemos trabalhar de forma criativa o posicionamento da marca nas mídias digitais com ações de marketing de conteúdo, inicialmente nos perfis do Instagram e Facebook. Além disso, vamos explorar os públicos que consomem conteúdo em outras redes sociais, como o Twitter e TikTok”, afirma Ricardo Tarza, sócio e diretor de inovação e criatividade da DreamONE.

O executivo explica ainda que a agência será responsável por outras frentes como o marketing de performance com foco em superação de metas e demais indicadores sobre as ativações. “Mensalmente, prevemos a criação de campanhas de relacionamento com os livreiros, ações digitais com monitoramento de KPI’s, sempre contando com o auxílio de dashboards em tempo real para mensuração do desempenho das atividades. Também vamos efetuar a criação e adaptação de artes e conceitos para campanhas offline”, finaliza Tarza.

Com mais de 100 anos de experiência, a Editora Melhoramentos iniciou suas atividades com a produção de papel e ao longo de sua trajetória, expandiu seus negócios para o mercado editorial, se tornando uma das referências do segmento no país. Com a publicação de livros que marcaram gerações de leitores, atualmente a empresa conta com projetos importantes na literatura brasileira com o lançamento de livros para todos os públicos atendidos pela editora.

A chegada da Editora Melhoramentos faz parte do objetivo da DreamONE de expandir seu portfólio em 2022. Além dela, contas de outros setores foram conquistadas pela agência em 2022, como a Certsys, consultoria de tecnologia focada na transformação digital de empresas, Rede Santa Catarina, instituição filantrópica responsável pela administração de 11 hospitais entre as regiões Sul e Sudeste, e a Husqvarna, empresa sueca que oferece uma linha completa de ferramentas para construção civil. Elas se juntam a empresas como Microsoft Brasil, Duratex, ABB e Serveng.

Continue lendo