Conecte-se com a LIVE MARKETING

Eventos

O grande espetáculo de quadrilhas e comida tropeira: vem aí o ‘Arraial Arte na Rua 2018’

Publicado

em

Em segunda edição realizada em Guarulhos, iniciativa da Globo conta com mais de 400 artistas

A expectativa dos brasileiros para o mês de junho tem nome e sobrenome, e nem é a Copa do Mundo. Capazes de unir as pessoas em torno de uma mesa com curau, pamonha, café torrado e quentão, com o som de uma viola tocando ao fundo ou uma quadrilha se apresentando, as festas juninas são esperadas no país todo. E a Globo, para valorizar a cultura popular brasileira, promove mais uma edição do ‘Arraial Arte na Rua’, nos dias 23 e 24 deste mês, no Bosque Maia, em Guarulhos, onde mais de 400 artistas e 150 pessoas envolvidas na produção da festa apresentam o que há de mais tradicional nessa celebração.

Para quem está acostumado com o formato tradicional de quadrilha, o ‘Arraial Arte na Rua’ pode surpreender com uma nova visão sobre essa arte. O movimento quadrilheiro vem ganhando força no Sudeste do país, com grupos que se dedicam a montar grandes shows misturando teatro, música, folclore, humor e dança. “Essas quadrilhas são levadas muito a sério, os grupos fazem ensaios durante todo o ano para participar das competições que acontecem Brasil afora. Uma iniciativa como esta da Globo, valoriza ainda mais esse movimento e as múltiplas identidades dos arraiais do Brasil”, comemora Diego Dionísio, presidente da Comissão Paulista de Folclore e curador da atividade.

Além do espaço da arena de shows, a festa terá um quê de roça com o espaço ‘Café, prosa e viola’, lugar onde o público poderá sentir o cheiro do café passado no fogão à lenha, beliscar um bolinho de chuva e ouvir as modas de viola apresentadas na roda formada por violeiros e repentistas de Guarulhos, Carapicuíba e Cotia. É a oportunidade perfeita para dar uma pausa na correria, bater um papo e resgatar tudo o que há de bom na cultura caipira.

A diversidade da culinária caipira também estará bem representada no ‘Arraial’. Distribuídos em 15 ranchos, produtores de 18 cidades do estado de São Paulo apresentam pratos que vão além das iguarias de milho e doces típicos: bolinho caipira, rojão, vaca atolada, feijão tropeiro, “comida do lobisomem”, frango com polenta, tutu de feijão e tantos outros ingredientes que traduzem a riqueza da culinária tropeira.

“O movimento que a Globo faz com o ‘Arte na Rua’ é reunir essa produção de cultura popular e levar para perto das pessoas, para o lugar onde elas estão, e, com isso, promover a diversidade da nossa cultura”, explica Alexandre Mutran, gerente de Comunicação Regional da Globo em São Paulo.

Arte na Rua’ é uma iniciativa da Globo, que desde 2014, valoriza o espaço público como o maior e mais democrático de todos os palcos. O ‘Arraial Arte na Rua’ conta com o apoio da Prefeitura de Guarulhos.

ARRAIAL ARTE NA RUA

Datas: 23 e 24 de junho

Horário: 9h às 21h

Local: Bosque Maia – Av. Paulo Faccini, s/n – Centro, Guarulhos

Entrada gratuita | Classificação etária livre

Programação sujeita a alteração

Mais informações: sp.globo.com

PROGRAMAÇÃO

SÁBADO | 23 DE JUNHO

Arena Principal

11h – Rafa e os Forrozeiros

12h – Quadrilha Asa Branca

14h – Quadrilha Caipiras Alegres

15h30 – Quadrilha Andy & Angel

16h40 – Favoritos da Catira

18h30 – Cirandas de São João – Trupé Cia de Artes

20h – Quadrilha Tia Valdelice

10h às 21h – Brincadeiras juninas – Cia Los Xerebas

Espaço Café, Prosa e Viola

A partir das 9h – Vera Bianca e Guaru

A partir das 14h – Grupo de Viola Sarabaquê

DOMINGO | 24 DE JUNHO

Arena Principal

11h – Orquestra Coração da Viola

12h – Rafa e os Forrozeiros

12h30 – Quadrilha Tia Chalico

14h – Quadrilha Porto do Ribeira

15h30 – Quadrilha Bonecões de Caçapava

16h – Cirandas de São João – Trupé Cia de Artes

17h30 – Quadrilha Bonecões de Caçapava

19h – Quadrilha Corte Francesa

20h – Grande baile de encerramento

10h às 21h – Brincadeiras juninas – Cia Los Xerebas

Espaço Café, Prosa e Viola

A partir das 9h – Seu Oliveira, Cururu e Viola

A partir das 14h – Repentistas Urbanos

Ranchos típicos:

Cruzeiro: bolos e bolinho caipira, quentão e biscoito de polvilho frito.

Ferraz de Vasconcelos: balas de coco caramelizada e suspiro.

Sorocaba: doces caseiros, conservas, pimentas, geleias, maçã do amor, doce de abóbora, canjica, arroz doce, frutas no chocolate.

Buri: milho, curau, pamonha, suco de milho, bolinho caipira, bolo e cuscuz.

Redenção da Serra: vaca atolada, pão com linguiça, carne na lata, tutu de feijão com calabresa, arroz, carne com batata, linguiça, polenta com molho, torresmo, couve e farofa.

Itapira: vinho, sucos e licores.

Jambeiro: feijão tropeiro, arroz carreteiro, carne de porco, calabresa, couve, feijão e caldos.

Joanópolis: comida do lobisomem (tropeira).

Jundiaí: frango, polenta e pães caseiros.

São João da Boa Vista: doces de corte.

Monteiro Lobato: arroz tropeiro, carne seca, linguiça, polenta, feijão tropeiro, torresmo, couve, toucinho, queima do alho.

Natividade da Serra: café com bolinho de chuva, bolinho caipira, lanche caipira de linguiça e comida tropeira.

Paraibuna: café caipira, bolinho de chuva, melaço e rapaduras.

Ribeirão Grande: rojão – espeto de carne suína com especiarias.

São Roque: vinhos e suco de uva, bolinho de bacalhau, queijo assado e batata portuguesa no palito.

Suzano: arroz, tutu de feijão, torresmo, linguiça, mandioca, couve, frango e farofa.

Taubaté: tutu com costelinha, torresmo, linguiça caipira, virado de abobrinha, arroz branco e bolinho caipira.

Guarulhos: galinhada.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Eventos

Dobradinha entre games e inclusão social é destaque na Campus Party Brasil 2021

Publicado

em

A Campus Party, maior experiência tecnológica do mundo, está de volta em uma versão digital planejada especialmente para atender as expectativas e interesses do público brasileiro. O evento acontecerá entre os dias 22 a 24 de julho e será totalmente gratuito. Como não poderia deixar de ser, a programação voltada para a comunidade gamer é um dos destaques. Para criar uma realidade social totalmente disruptiva, a Campus trará uma série de novidades que pretendem engajar gamers e comunidades pelo Brasil e mundo afora, por meio de transmissões ao vivo de fóruns e campeonatos em plataformas de streaming. 

Para Ronaldo Geraidine, responsável pelos games e esports da Campus Party Digital, os jogos eletrônicos são um reflexo do modus operandi de nossa sociedade. Diante desse cenário, diversas desenvolvedoras tem trabalhado intensamente para tornar os jogos cada vez mais inclusivos. “Partindo dessa realidade é nosso papel abrir espaço para movimentos legítimos que trazem causas de suma importância social. A Campus Party é e sempre será um evento que prestigia e acolhe comunidades, para os games não poderia ser diferente”, ressalta. 

Ele acredita em uma conexão cada vez mais intensa entre gamers e campuseiros. Afinal, a edição de 2021 preza por uma integração cada vez maior entre esses públicos. Para ele, o futuro dessa união está traçado. “Nosso objetivo étransformar a Campus Party num hub também para comunidades de games. Esse tipo de interconexão transcende o evento e abre possibilidades para uma série de novas ações em conjunto. Eu aposto que vamos conseguir”, projeta. 

Conheça algumas das principais atrações da Campus Party Digital Edition 2021:  

Projeto Valkirias: 

Criado pela gamer Pamela Mosquer, o projeto treina garotas que desejam melhorar nas filas ranqueadas ou se tornarem profissionais de League of Legends. Em março, as mais de 300 participantes do projeto organizaram o 1º Torneio Valkirias de PUBG Mobile para mulheres. A competição chamou atenção do público no Facebook e Youtube. E cercadas de expectativas, as Valkirias estarão nesta edição da Campus Party Digital. 

Copa Rebecca Heineman (CRH): 

O campeonato com foco no público trans promete agitar a Campus Party Digital Edition no Brasil. A CRH surgiu de uma parceria entre Transcurecer (Sher Machado) e a organização de eSports Strigi Manse. A primeira edição do campeonato, teve o apoio da Riot Games, criadora do jogo League of Legends. A transmissão foi feita através do Canal da Strigi Manse e obteve cerca de 2.600 espectadores únicos, além de 4.200 visualizações ao vivo.  

Sher Machado diz que o convite da Campus Party para realizar a segunda edição da Copa Rebecca Heineman no festival é uma oportunidade incrível. Afinal, não existe lugar melhor para chamar a atenção das organizações de eSports.  

“Queremos nos tornar cada vez mais conhecidos e fortes nos esportes eletrônicos. Dessa forma, outros membros da nossa comunidade serão alcançados e irão se juntar a nós. Tudo isso possibilitado por esse espaço saudável e de acolhimento incrível que é a Campus Party”, afirma Sher.  

Liga dos Surdos: 

A Liga dos Surdos foi formada em 2019 por André Luiz Santos, “NerdSurdo”, a partir de uma comunidade de surdos que se dedicavam a jogar League of Legends e começaram a organizar campeonatos e a disputar outras modalidades de esportes eletrônicos. A presença da Liga na segunda edição da Campus Party Digital visa incentivar maior participação de pessoas com deficiência na comunidade gamer e de eSports. 

Wakanda Streamers: 

A Wakanda Streamers nasceu em 2018, focada inicialmente em streamers pretos inseridos na comunidade gamer. Mas após inúmeros pedidos de pessoas que se identificaram com a ideia, houve uma ampliação. Hoje o grupo dá suporte à comunidade preta através de redes de apoio, com troca de experiências, orientações e prestação de serviços. Durante a Campus Party, o grupo quer, além de jogar, reunir campuseiros para debater novas iniciativas para a comunidade preta. 

Afrogames: 

Idealizado pelo empresário Ricardo Chantilly, em parceria com o AfroReggae, o projeto AfroGames foi inaugurado em maio de 2019, em Vigário Geral, no Rio de Janeiro. É o primeiro centro de treinamento em games e eSports dentro de uma favela e visa formar jogadores e profissionais da indústria dentro da comunidade. O projeto conta com vagas em três modalidades: League Of Legends, Fortnite e Programação de Jogos. A Campus Party é a plataforma ideal para apresentar o sucesso do projeto. 

Brazilians Against Time (BRAT): 

Trata-se de uma maratona de games, com jogadores voluntários e baseada em speedruns (competição que visa terminar o jogo no menor tempo possível). Objetivo da BRAT é conseguir fundos e ajudar causas humanitárias. O evento acontece desde 2016 e já teve seis edições que juntas arrecadaram mais de R$ 139 mil para diversas instituições como: AACD, APAE-SP e Médicos Sem Fronteiras.  

Campus Party Digital Edition 2021 

A segunda edição da Campus Party Digital promete trazer para o mundo virtual o mesmo sentimento de pertencimento e diversão que seus participantes têm nas edições físicas. Visa estimular a integração entre todas as comunidades e participantes.  

Além disso, a meta é superar a entrega de eventos no molde “zoom + plateia”, com um projeto omnichannel, que transmite o conteúdo em várias plataformas de streaming e redes sociais. 

O festival já tem as participações confirmadas de Maitê Lourenço (CEO e fundadora do BlackRocks Startups), Eva Lazarin (CEO e fundadora da Benkyou), Luís Justo (CEO do Rock in Rio) e Caito Maia (Fundador da Chilli Beans), entre vários outros nomes de peso. 

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Eventos

Participantes do Mobile World Conference 2021 terão viagem à Espanha permitida

Publicado

em

A GSMA – produtora do Mobile World Conference – e o Ministério do Interior do Governo da Espanha – anunciaram os detalhes de um acordo para permitir que todos os inscritos no MWC21 Barcelona – incluindo expositores, participantes, patrocinadores e parceiros – entrem na Espanha para participar do evento presencialmente.

Embora atualmente haja uma recusa de entrada na Espanha para qualquer cidadão de um país fora da União Europeia, as exceções se aplicam a grupos específicos de pessoas, incluindo “trabalhadores altamente qualificados”. A decisão do governo espanhol inclui agora os participantes do MWC21 Barcelona nesta categoria.

Considerado o evento mais influente e importante da indústria mundial de telefonia e negócios mobile, o MWC Barcelona acontecerá entre os dias 28 de Junho e 01 de Julho reunindo os principais líderes globais e marcas do setor. Em 2019, o evento reuniu mais de 100.000 pessoas de 200 diferentes países.

A GSMA compartilhará detalhes dos inscritos no MWC21 Barcelona com as autoridades espanholas para facilitar a entrada no país. Essa mudança permite a entrada dos participantes que atualmente têm a entrada negada, incluindo os do Brasil, para participar e fazer negócios durante o MWC21. Para ver o comunicado oficial da GSMA, clique aqui.

A TSB MICE confirma parceria oficial no evento, estando apta a conduzir missões comerciais e delegações do país para visitar a MWC21. “Estamos muito felizes e orgulhosos em podermos, mais uma vez, levar os executivos brasileiros para visitarem o Mobile World Conference e proporcionarmos experiências únicas para participantes de importantes empresas do mercado nacional. Ao longo dos anos, conduzimos importantes delegações à Feira – desde Cannes quando ainda era chamada de 3GSM World. Com a não realização do evento em 2020, o mercado está sedento por novidades. Este é um ano para recolocar o relacionamento dentro do Business e firmar importantes contratos.”, explica Renato Amaral, CEO da TSB.

Continue lendo