Em um dia, Cabelereiros contra Aids arrecada R$ 28 mil com o Salão Solidário 2017

6 de dezembro de 2017
Compartilhar:

A última edição do Salão Solidário, realizada no dia 29 de novembro, superou as expectativas da Divisão de Produtos Profissionais da L’Oréal, quando foram arrecadados R$ 28 mil à Sociedade Viva Cazuza, instituição que cuida de crianças portadoras do vírus HIV. Mais de 300 pessoas foram atendidas nessa ocasião na Academia da L’Oréal, no Rio de Janeiro, por um time de cabeleireiros de peso, composto por nomes como Fernando Torquatto, Rudi Werner, Brunna Fabricio, Walter Leal, Regis Vanccini, Fred Silveira, Feitosa, Jô Nascimento, César Augusto, James França, entre outros.

Próximo ao Dia Mundial de Combate à Aids, sempre celebrado em 1º de dezembro, os renomados profissionais doaram seu tempo e talento, fazendo cortes a preços especiais a homens e mulheres.

“Assim como em outras edições, toda a renda arrecadada será revertida para a Sociedade Viva Cazuza, que cuida de crianças portadoras do vírus HIV/aids e é uma instituição na qual confio e acredito”, explica Fernando Torquatto. A cada ano, a programa Cabeleireiros contra AIDS engaja mais doadores, tanto profissionais, como clientes, aumentando pouco a pouco as arrecadações. Este ano, por exemplo, a meta era arrecadar R$ 25 mil contra os R$ 19 mil coletados no ano passado.

 

Campanha do bem

O Grupo L’Oréal vem atuando na conscientização sobre a prevenção do HIV entre os cabeleireiros mediante a campanha mundial Cabeleireiros Contra Aids. O objetivo do programa é oferecer aos profissionais de beleza informações de qualidade, cientificamente comprovadas, para o entendimento prático sobre a Aids. Deste modo, eles se tornam aptos a alertar seus clientes quanto aos riscos da doença e à maneira de se proteger contra ela.

O programa de Educação Preventiva Contra a Aids começou em 2001 na África do Sul, sendo lançado mundialmente em 2005, com a assinatura, em Paris, de um acordo entre a presidência da L’Oréal Divisão de Produtos Profissionais e a UNESCO. O Brasil foi um dos primeiros países a aderir à campanha, em 2006, tendo o apoio do Ministério da Saúde, por meio do Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais. Essa escolha foi fruto do reconhecimento mundial conquistado pelo Brasil, apontado como uma das nações que desenvolve os melhores programas de tratamento e prevenção contra a Aids.

O Cabeleireiros contra Aids já chegou a quase 1,5 milhão de pessoas por meio de cursos, treinamentos, participação em feiras e ações diversas. No site www.cabeleireiroscontraaids.com.br, o profissional de beleza, seja dono do salão ou cabeleireiro, recebe gratuitamente materiais de divulgação: banners para decorar o salão, brochuras informativas para seus clientes, broches e ímãs com perguntas e respostas sobre a doença.

 

Sociedade Viva Cazuza

Fundada em 1990 em memória do cantor e compositor Cazuza, a entidade beneficente acolhe crianças e adolescentes carentes portadoras do vírus da AIDS e ajuda pacientes soropositivos. A instituição divulga ainda informações sobre HIV/AIDS e esclarece as dúvidas dos profissionais de saúde e leigos.

 

Divisão de Produtos Profissionais da L’Oréal

A Divisão de Produtos Profissionais da L’Oréal distribui seus produtos em salões de beleza no mundo inteiro. Através de seu portfólio de marcas diferenciadas, a divisão oferece produtos e serviços inovadores para atender as expectativas de todos os profissionais dos salões de beleza e seus clientes em termos de coloração, forma, finalização e tratamento para os cabelos. As marcas da divisão desenvolvem produtos com as tecnologias mais avançadas e oferecem um elevado nível de formação aos cabeleireiros, garantindo um serviço cada vez mais profissional.