Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

Design centrado no cliente para a concepção de produtos

Publicado

em

Cada um de nós constrói sua percepção da realidade baseado nas experiências e aprendizados que tem ao longo da vida. Tudo o que nos torna únicos, do joelho ralado a entregar nosso primeiro projeto, tudo conta. E a soma dessas experiências faz com que sejamos quem somos. Portanto, não é de se estranhar que seja muito difícil projetar e gerenciar produtos ao longo de todo o nosso ciclo de vida, tomando como base experiências que almejamos que nossos clientes tenham, a fim de “garantir” de bons resultados. Certamente, não podemos projetar exatamente as experiências que desejamos que nossos clientes tenham ao utilizar nossos produtos, mas podemos usar os gatilhos que podem ser acionados para esse fim. E o caminho mais adequado para isso é uma abordagem centrada no consumidor.

Para isso, as pesquisas tradicionais não são tão úteis, pois conhecer alguém leva algum tempo. É preciso entender o contexto no qual aquilo que você oferta é procurado, que soluções agregam para o cliente e quais são as principais dificuldades de uso e entendimento, sem mencionar a manutenção do relacionamento (e não estou me referindo ao pós-vendas).

Por isso, é fundamental maximizar o conhecimento que seu time de Produtos tem do seu cliente, consumindo-a como principal insumo para mudar a orientação da empresa, seus produtos e serviços. O conceito, também conhecido como CX – Customer Experience, tem uma relação interessante com outro termo conhecido: User Experience (UX). Enquanto um está voltado exclusivamente ao uso do produto em si, o outro tem orientação mais global. Gosto de ver ambos não como definições absolutas de uma disciplina que se estuda em um MBA, mas sim como uma filosofia a ser disseminada e consolidada: a empresa deve estar totalmente voltada ao cliente!

Empresas que trabalham com bens de consumo, como Apple e Tesla Motors; ou de serviços, como Amazon e Marriot International, investem na visão de produto centrado no cliente. E isso as conduziu a um caminho de excelência na experiência do consumidor. Pude constatar a eficácia desse tipo de processo ao participar como pesquisador de uma longa pesquisa conduzida globalmente, realizada para captar as expectativas e necessidades de clientes dentro do seu contexto de experiência ao redor do mundo, considerando aspectos como idioma e cultura. Não se tratava apenas de traduzir os termos de produtos e serviços em uma outra língua, mas de entender como a linguagem, por mais similar que fosse, refletem aspectos muito distintos de como as pessoas se relacionam com a marca e quais são os vetores que constroem suas experiências. Observar cada cultura, cada estrutura linguística e, principalmente, ouvir os clientes nesse estudo, foi uma das experiências mais ricas que pude ter como pesquisador – e que, ao final do projeto, demonstraram bons resultados.

Portanto, é preciso trazer o consumidor para o centro do desenvolvimento de produtos. Isso coloca o entendimento de que, uma vez que a empresa esteja focada totalmente no cliente, todos os pontos de contato estarão consequentemente voltados à mesma direção: projetar gatilhos que permitam construir uma boa experiência.

Há muitas coisas às quais devemos estar atentos ao criarmos produtos e ofertas. Vamos descobrindo, à medida que passamos a atender mais clientes, que precisamos ocupar-nos com as rotinas diárias para manter a produção atualizada e garantir a excelência. Podemos até falar com os clientes e entendê-los no começo do projeto, mas fica mais complexo dialogar com todos quando crescemos. Porém, não estar atento à importância de manter a visão de CX viva dentro da empresa pode ser um erro fatal.

Justamente por isso, é fundamental ter profissionais orientados a desempenhar a missão de olhar constantemente para o cliente, entender como ele utiliza seus produtos e serviços e seus principais pontos de dor. É preciso promover e priorizar mudanças que viabilizem sua satisfação a médio e longo prazo, garantindo a manutenção de crescimento do produto na perspectiva dos consumidores e gerando insumos para a criação de novas ofertas.

Esses profissionais devem ter como principal missão instaurar um processo de cocriação com os seus clientes e consumidores, trazendo-os para o centro do desenvolvimento do produto. Transmitir essa visão permitirá que os processos, decisões e ações sejam em favor do único responsável pela razão da sua empresa existir: o cliente!

* Fábio Palamedi é Head de Produtos do Pagar.me, Doutorando e Mestre pela UMESP.

Continue lendo

Universo Live

Red Bull Racing promove corrida entre carro de F1 e avião de ponta-cabeça

Publicado

em

Red Bull Racing promove corrida entre carro de F1 e avião de ponta-cabeça

Imagine uma corrida em linha reta entre um carro de Fórmula 1 e um avião. Para deixar mais emocionante, a aeronave fará o percurso de ponta-cabeça e a pouquíssimos metros do solo. Na sua opinião, quem venceria? O que poderia parecer impossível se tornou real em solo europeu. De modo inédito, a Red Bull Racing Honda desafiou o piloto-acrobático Martin Sonka, campeão mundial do Red Bull Air Race, para um sprint jamais visto. Sob o comando do ex-piloto David Coulthard, o público pode desbravar essa aventura de carona com o escocês pelo novo vídeo “From Castle to Castle”, disponível gratuitamente na Red Bull TV por meio do link https://win.gs/3iFykR2 .

Lançado nesta terça-feira (15), a produção promove uma viagem pelos castelos da República Tcheca e da Eslováquia e coloca o carro de Fórmula 1, modelo RB7, para acelerar em superfícies de paralelepípedo, asfalto e terra batida. O grande confronto final de velocidade foi uma corrida no campo de aviação de Poprad, na Eslováquia. Enquanto Coulthard pisava fundo no RB7, o tcheco Martin Sonka escolheu uma rota alternativa: virou o seu avião Extra 300 SR de ponta-cabeça e, a poucos metros acima do carro, os motoristas ficaram quase olho no olho durante todo o tempo.

“Nós temos uma visão muito limitada dentro dos nossos cockpits e, para voar a um nível tão baixo e invertido, tenho mais ou menos de olhar para frente para poder controlar a altura do avião. O piloto (David) também tem de olhar para frente, contudo, devido aos apoios de cabeça e pescoço que os pilotos de F1 utilizam, ele não consegue olhar para cima. Resolvemos esse problema colocando um pequeno espelho na frente dele para que pudesse me ver e olhar adiante. Foi incrível voar nessa formação, além disso, sou um grande fã de Fórmula 1. Então, ver o carro tão perto da cabine do meu avião foi algo realmente especial”, afirma Sonka.

“Tudo é real. Quando a aeronave está a apenas alguns metros acima do RB7 e de cabeça para baixo, isso é real, essa é a habilidade de Martin. Ele é um profissional de excelência. Eu realmente gosto de ter a oportunidade de pilotar o carro de Fórmula 1 em diferentes países e, aqui na República Tcheca e na Eslováquia, estamos em ruas de paralelepípedos, pistas empoeiradas e algumas belas paisagens com montanhas ao fundo. ‘From Castle to Castle’ tem sido uma jornada de descoberta para mim, além de mostrar o que um carro de Fórmula 1 pode fazer fora da pista”, completa David.

Continue lendo

Universo Live

Agência MoodCom assina ativação da Cachaça 51 na live com a dupla Zé Neto e Cristiano

Publicado

em

Agência MoodCom assina ativação da Cachaça 51 na live com a dupla Zé Neto e Cristiano
A dupla queridinha do sertanejo realizou uma nova live com direito a sucessos autorais e de outros cantores no repertório.
O palco paradisíaco do show, instalado no Hot Beach Resort, em Olímpia, no interior de São Paulo, recebeu mais de 5 horas de evento, com presença de diversas atrações que impressionaram os espectadores.
Com o pé na areia e clima de descontração, os cantores conduziram, com maestria e muita animação, sucessos de diferentes décadas e de diferentes estilos musicais. Com participação especial de Luisa e Maurílio e da dupla consagrada no sertanejo César Menotti e Fabiano, a live trouxe à tona sucessos atuais e de outras décadas, animando o povo com as vozes marcantes dos cantores. Sucessos como ˜Bebida na ferida˜, ˜Derreter a aliança˜ e ˜Como um anjo˜ estavam entre os sucessos tocados.
A pegada eclética, com músicas antigas e modernas, românticas e agitadas levou os espectadores à loucura e os comentários, em tempo real, não pararam por um minuto. A live manteve-se lotada e agitada até o fim, animando o dia de 2.5 milhões de pessoas que acompanharam o evento pelo canal oficial da dupla no YouTube. Outras presenças ilustres incluíram a presença do prefeito e vice-prefeito da cidade de Olímpio, além da apresentação do comediante Murilo Couto.
A Cachaça 51 patrocinou o evento e a ativação da marca foi um projeto assinado pela agência MoodCom, expondo os produtos da Cia, trazendo a interação dos cantores com a marca, produtos, com as promotoras e com o kit especial que foi vendido que foi vendido pelo ecommerce da empresa através de QR Code exibido durante a live.
Continue lendo