Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Banco do Brasil lança campanha de soluções digitais assinada pela WMcCann

Publicado

em

A comunicação traz a discussão sobre o que é fato ou fake, em primeiro trabalho da agência para a marca

Com uma ampla comunicação embalada por um dos temas mais discutidos da atualidade, as fake news, o Banco do Brasil estreia sua primeira campanha assinada pela WMcCann, que conquistou a conta em outubro deste ano. A empresa aborda o assunto para mostrar o que de fato e de fake existe na percepção do público em relação à marca, seus produtos e soluções digitais. Com lançamento em 11/11, a campanha “Fato ou Fake” conta com ampla presença na plataforma digital, tendo toda a fase de teaser concentrada nas redes sociais. Além disso, o trabalho também terá material para TV, mídia impressa e OOH.

O desenvolvimento da comunicação foi traçado tendo como base o posicionamento do BB: uma empresa brasileira inovadora, que conecta as pessoas às suas realizações. A partir dessa premissa e tendo no radar as fakes news como um dos grandes problemas que atingem, hoje, o mundo, a criação usou o assunto como fio condutor dos roteiros para mostrar o que de fato e de fake há sobre as soluções digitais do banco.

Nas peças, a realidade de quem é cliente, de quem conhece de fato o banco, de quem usa e sabe as vantagens que o BB oferece é contraposta a percepções equivocadas que não representam a variedade, praticidade, inovação e eficiência das soluções digitais de que a instituição dispõe, deixando claro que é um “banco de fatos”. A comunicação recorreu a um tom mais moderno, dando o protagonismo que exige uma empresa como o Banco do Brasil.

A escolha das fake news como mote alinha-se perfeitamente à necessidade de um mercado que tem a confiança entre os seus principais atributos. Os dois filmes iniciais de lançamento seguem uma sequência explorando esse tema em relação aos serviços de banco, e mais especificamente ao do Banco do Brasil. O primeiro discute o que é fato ou fake quando questiona: “Os celulares vão substituir as agências?”, “O dinheiro vai deixar de existir?”, “Um banco é melhor só porque nasceu digital?”. A outra peça é mais reveladora a respeito das soluções digitais e avalia sobre o que é ou não real quanto as funcionalidades do app do banco no mercado e o quanto ele é fácil e ágil para abrir uma conta.

Em um segundo momento, outros três filmes em estilo testemunhal são ainda mais pontuais sobre o que o BB oferece. As cenas se intercalam indagando se todo mundo conhece o Banco do Brasil, se o que se ouve sobre a empresa é verdadeiro ou não, se o seu app é o mais bem avaliado, se é possível abrir uma conta em minutos pelo aplicativo, se há atendimento nas redes sociais, entre outras questões que vão sendo respondidas, até o convite final para que o público abra sua conta no banco e comprove que, de fato, ele apresenta as melhores soluções digitais.

Para assistir aos filmes, acesse:

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Digital

Estudo aponta que a presença de negros na publicidade digital não aumenta no Dia da Consciência Negra

Publicado

em

A mais recente pesquisa do Elifegroup e da agência SA365 indica que o Dia da Consciência Negra não tem impacto significativo na presença de negros e pardos na publicidade digital. A análise é um recorte do estudo anual sobre “Diversidade na Comunicação de Marcas em Redes Sociais”, em que foi identificado que a presença de pessoas negras e pardas aumentou apenas 4% em 2020 quando comparado ao ano anterior.

Mesmo durante o mês de novembro, marcado pelo dia da consciência negra, a participação de pessoas pretas e pardas nas publicações de marcas não aumenta e é inferior a meses anteriores, como em abril – com 95 publicações – e maio – com 98 de posts registrados -. Estes números, associado à análise de conteúdo das publicações no período, indicam que não há impacto significativo ou publicações específicas para marcar a data na publicidade digital.

Continue lendo

Digital

Dicas de marketing digital para você aplicar na Black Friday

Publicado

em

Falta pouco para a Black Friday 2021, após a longa crise causada pela pandemia do novo coronavírus. O evento, que acontece no próximo dia 26, deve ser um pouco diferente este ano, por conta das mudanças no padrão de consumo das pessoas, que foi bastante alterado durante a pandemia. Sobretudo por conta do isolamento social, as compras online ganharam ainda mais força no último ano e fortaleceram os canais de compras digitais, como os e-commerces.

Pensando nisso, o Rafael Guandalini, CMO da Hardcore Digital, listou seis dicas de marketing digital para aplicar na Black Friday.

Confira abaixo:

1) Faça Bem As Contas Antes De Dar  Descontos

Não entre na “pilha” do momento e saia oferecendo descontos aleatórios que no fim te tragam prejuízos na operação. Mais importante do que vender muito, é sair com saldo positivo.

2) Ofereça algo para quem já é seu cliente e já te conhece

Este é um ótimo público para a Black Friday, porque eles já conhecem, você consegue impacta-los sem precisar investir, e eles só precisam de uma boa oferta para comprar seu produto ou contratar seu serviço.

3) não pense apenas em baixar o preço

Ao invés de pensar no caminho mais fácil, que é baixar o preço, seja criativo. Pense em oferecer kits de soluções ou dê como brinde para seus clientes um produto ou serviço que eles possam conhecer, por exemplo. Assim você faz uma ação especial na Black Friday que vai te render frutos no médio e longo prazo.

4) Utilize as redes sociais para divulgar bem suas ações

Aqueça sua audiência, crie uma antecipação do que vai rolar de especial utilizando suas redes sociais, em especial o Instagram. Isso vai gerar desejo nas pessoas desde cedo e fazer com que elas reservem uma verba do que elas vão gastar na data.

5) Crie uma lista de pessoas interessadas em participar da sua Black Friday

Divulgue as suas ações especiais de Black Friday e peça que as pessoas se cadastrem na sua lista de e-mails para serem avisadas de quando as vendas vão ser iniciadas. Isso fará com que você fique com estes contatos das pessoas para outras ações no futuro, além de evitar que sua campanha caia no esquecimento dos clientes.

6) Utilize o gatilho mental da escassez na hora de divulgar suas ofertas

Além de oferecer uma condição especial, pense também em limitar o número de produtos ou serviços que você irá oferecer na data. Ao comunicar um número limitado, e avisar as pessoas de que as coisas estão se esgotando, a tendência é que o público fique mais propenso a agir mais rapidamente.

Continue lendo