Conecte-se com a LIVE MARKETING

Eventos

AMPRO Live Experience 2017 discute novas relações trabalhistas e Rio quer receber mais eventos

Publicado

em

Palestrantes demonstram otimismo em relação à atuação da Justiça do Trabalho no novo cenário

“Na minha percepção, 70% dos juizes do trabalho devem acatar as novas regras estabelecidas pela reforma tributária “, afirmou o juiz federal do trabalho Marlos Melek, em palestra durante o AMPRO Live Experience 2017, 3º Congresso Brasileiro de Live Marketing que está acontecendo nesta segunda-feira (23) no Palácio Tangará, em São Paulo. “À diferença do que foi divulgado recentemente após o congresso da Anamatra (Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho), nas conversas que tenho com colegas, sinto que a maioria vai seguir a nova lei, discordando de um ou outro ponto. ”

Membro da Comissão de Redação Final da Reforma Trabalhista, Melek é um dos convidados do bloco de discussões sobre a modernização das relações de trabalho do congresso promovido pela AMPRO (Associação de Marketing Promocional). A poucos dias da entrada em vigência da nova lei, o setor debateu sobre os impactos positivos que ela deve provocar no mercado de live marketing, um dos que tinha mais dificuldades para se encaixar no modelo da CLT (Consolidação das Leis de Trabalho).

Considerado como a ferramenta de comunicação do futuro, o Live Marketing é a atividade na qual se incluem todas as ações, campanhas ou eventos que proporcionem experiência de marca e interação com pessoas para, de forma estratégica, atingir resultados e soluções de comunicação para marcas, produtos e serviços. É o guarda-chuva no qual se inserem todas as ações, eventos e campanhas que aconteçam ao vivo. Uma degustação de um queijo no supermercado, por exemplo, é uma ação de Live Marketing. As ações que aconteceram dentro do Rock in Rio ligadas a marcas são outro exemplo.

Como trabalham quase que exclusivamente com ações pontuais, as agências de live marketing devem ser um dos setores mais beneficiados pela nova lei. Essas agências, que contratam muitos freelancers, podem agora usar o esquema de trabalho intermitente com uma segurança muito maior. O juiz Melek explicou que a empresa poderá contratar vários trabalhadores ao mesmo tempo e só chamá-los quando houver demanda. Mesmo tendo assinado a carteira, não pagará nada pelo tempo em que o trabalhador ficar parado, nem para o trabalhador nem impostos. O trabalhador, por sua vez, poderá ter vários registros na carteira ao mesmo tempo. Durante o período trabalhado, o empregado tem direito aos proporcionais de férias, 13º e FGTS.

A terceirização também foi apontada como um grande avanço para o setor que tem uma flutuação muito grande na demanda por serviços. “No entanto, é preciso ficar atento para não incorrer na ‘pejotização'”, disse Melek. “A empresa não pode pedir para que o design, a diretora de arte, o produtor se transformem em pessoa jurídica e continuar usando o trabalho desses profissionais regularmente. Isso é ‘pejotização’.”

Outro ponto de interesse para o setor é o que trata de bônus e premiações — que deixarão de ser obrigatoriamente incorporados aos salários. A Ampro teve, inclusive, papel ativo na formatação desse item, participando de várias discussões sobre o tema.

Compuseram também o painel sobre reforma trabalhistas Luiz Amaral, sócio da FAS advogados, e Marcel Cordeiro, partner-tax-labor&social security PWC – PricewaterhouseCoopers, falando sobre as oportunidades que a reforma traz para o negócio. E Luiz Alberto Teixeira, sócio-fundador do escritório Teixeira Alcantara Coelho e Alabi Advogados Associados, explicando como fica o e-Social dentro do novo modelo de relações trabalhistas.

 

Rio quer receber mais eventos

Marcelo Alves, presidente da Riotur e Rioeventos, falou ao mercado de Live Marketing sobre a marca Rio de Janeiro e as oportunidades do destino para o mercado de Eventos. O painel Rio de Janeiro a Janeiro fez parte da programação do AMPRO Live Experience – 3º Congresso Brasileiro de Live Marketing, neste dia 23 de outubro, que reuniu mais de 300 profissionais do setor em São Paulo.

O principal desafio da gestão, segundo Alves, que também comanda uma agência de Live Marketing, é fazer com que o Rio de Janeiro suba no ranking das cidades mais visitadas do mundo. “O Rio está em 92ª posição dentre as 100 cidades mais visitadas. Isto não combina conosco, não combina com o Brasil. Quando fui convidado para a Riotur, a demanda era que o Rio precisava de marketing, de Live Marketing. Não adianta uma visibilidade absurda nas olimpíadas sem um planejamento de continuidade. Tivemos a Olimpíada mais encantadora de todos os tempos. Não há país no mundo que entrega tão bem evento quanto o Brasil. Precisamos estar na vitrine positiva”, pontuou.

Embora as notícias sobre a insegurança no estado cheguem ao conhecimento do mundo, Alves garante que o Rio está preparado para receber outros muitos grandes acontecimentos. “Há um ano tínhamos 20 mil quartos e hoje temos 58 mil, 372 hotéis, prontos pra receber qualquer tipo de evento. Os nossos aeroportos estão aptos a receber um volume grandioso de turistas. Temos o nosso centro de operações, o COR, por meio do qual a cidade é administrada, controlada e vigiada por 1000 câmeras diariamente. A mobilidade urbana está preparada. Ano que vem temos grandes projetos para o Boulevard Olímpico, temos o teatro Municipal, centros de convenções, diversos lugares preparados para receber grandes eventos, Maracanã, Sambódromo, Jockey Club, Museu do Amanhã, Aqua Rio – que bate mensalmente recordes de público etc”.

Para ele, o Turismo é uma das maiores representações do Live Marketing. “O turista tem a visão, audição, o tato, o olfato e o paladar estimulados em sua viagem. É o elo direto entre o consumidor e a cidade, ao vivo, provocando experiências que os aproximem e sejam inesquecíveis, gerando venda ou valor. O Rio é Live. Nosso segmento é o que realmente vai virar esse país, é o que mais emprega e tem respostas rápidas; nossa capacidade, vontade de fazer é o que vai fazer com que o Rio saia dessa posição e esteja na que merece”, enfatizou.

O AMPRO Live Experience, organizado pela AMPRO – Associação de Marketing Promocional, aconteceu no Palácio Tangará e finaliza com a revelação dos vencedores da maior premiação do Live Marketing no Brasil, o AMPRO Globes Awards.

Continue lendo

Eventos

End to End promove maratona entre desenvolvedores

Publicado

em

A End to End, empresa que conecta o torcedor à sua paixão e é um hub de soluções e engajamento para o mercado esportivo, promoverá um Hackathon, campeonato entre programadores, voltado para desenvolver soluções tecnológicas para o esporte, visando estreitar o relacionamento entre torcedores e clubes. O evento, batizado de Le Hackathon E2E, ocorre nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro, no Lounge Centenário do Allianz Parque. As inscrições estão abertas e os profissionais podem se inscrever por meio do site https://lehackatonsports.com.br.

Ao todo, serão 28 desenvolvedores, divididos em 7 equipes com 4 profissionais em cada. Os times receberão uma solução específica para trabalharem durante a maratona. Após os três dias de competição, os profissionais serão avaliados por um grupo de seis jurados, composto por especialistas em marketing, tecnologia e esportes, que deverão votar no melhor projeto. A End to End pretende utilizar a solução dos vencedores para os seus clientes. Assim que a inovação estiver no mercado, os desenvolvedores responsáveis receberão parte do lucro.

“Nós somos uma empresa de fan engagement e, para 2024, estamos buscando desenvolver soluções baseadas em Inteligência Artificial. Esperamos que o Hackathon seja a porta de entrada para esse objetivo. É uma oportunidade que pode, inclusive, abrir caminho para contratarmos desenvolvedores para a nossa equipe”, explica Reginaldo Diniz, CEO da End to End.

A escolha da solução que cada equipe deverá desenvolver será feita por meio de uma análise das habilidades dos participantes, que definirá qual equipe tem maior aptidão para cada projeto.

Continue lendo

Eventos

Cachaça 51 marca presença no Oba Festival

Publicado

em

Como em todo bom carnaval não pode faltar música boa e muita curtição, a Cachaça 51, cachaça 100% brasileira produzida pela Cia. Müller de bebidas, confirma presença no maior festival de carnaval do estado de São Paulo, o OBA Festival. A marca leva seu portfólio para degustação e venda, além de contar com um camarote coorporativo exclusivo para o evento, garantindo boas ideias de fotos para o público.

A 16ª edição do OBA Festival acontece dos dias 10 a 13 de fevereiro, e a Cachaça 51 acompanha a folia levando boas ideias para todos os dias de festa. E o que não vai faltar é diversão, pois o festival é realizado no Mundo OBA, que conta com espaço de sobra para os foliões de plantão.

Marina Flávia da Silva, head de marketing e trade marketing de Cachaça 51 e 51 ICE, explica a estratégia por trás do patrocínio e o que poderá ser visto no evento.“Ter a presença da marca no OBA Festival é estratégico para nós. O carnaval é um dos momentos de maior consumo dos nossos produtos e conecta diretamente com o público do interior paulista e com as nossas expectativas de apresentar o nosso portfólio de boas ideias de diferentes formas.”

Em todos os eventos, a Agência PROS é a responsável pela divulgação e ativação de influenciadores, além de toda a campanha de amplificação de digital nas redes proprietárias.

 

Continue lendo