Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Amazon é campeã de desempenho nas redes sociais durante a Black Friday brasileira

Publicado

em

Pesquisa desenvolvida pela DCODE mostra que gigante do e-commerce foi a mais eficiente na data promocional

Mais uma conquista para a Amazon no Brasil. Mesmo não tendo a maior presença, a companhia norte-americana de comércio eletrônico fundada por Jeff Bezos foi a marca com melhor desempenho nas redes sociais brasileiras durante a Black Friday. O levantamento foi feito pela consultoria DCODE, empresa de Live Research e Consulting, entre 23 e 25 de novembro. Neste período, a Black Friday é mais ativa, com maior concentração de esforços de comunicação e promoção das marcas.

A Amazon teve a maior pontuação no Social Health Model (SHM) (8,04%), seguida de Mercado Livre (7,49%), Ponto Frio (7,44%) e Submarino (7,34%) (tabela completa abaixo). O SHM é um modelo de avaliação e monitoramento da performance das marcas no universo das redes sociais, concebido pela DCODE e que vem sendo utilizado com sucesso pelas marcas em 2018. Nos estudos específicos para os clientes da DCODE, os índices em geral são ponderados conforme o desafio estratégico da marca em questão. Todos os índices são percentuais calculados com base no total agregado das citações para as 60 marcas selecionadas.

A base de informações analisadas provem das citações no Facebook, Twitter e Instagram; comentários de portais e blogs; e reportagens da imprensa que são compartilhadas nas redes sociais.

Foram analisados três pilares: Estatura, que indica o tamanho da marca, ou seja, a capacidade de gerar conversas, independente dos conteúdos; Mobilização, que mostra o percentual dos conteúdos das conversas que refletem as movimentações no sentido da compra, experimentação ou consideração; e Estima, que destaca o quanto a marca é desejada e o consumidor se sente atraído por ela.

“No ranking consolidado, a marca com melhor desempenho é a Amazon. A combinação de Estatura, Mobilização e Estima dela é a mais consistente entre todas analisadas”, destaca Cesar Ortiz, sócio-diretor da DCODE.

“É importante deixar claro que o modelo não capta diretamente os volumes de vendas durante o período da Black Friday, mas, sim, a capacidade das marcas em gerar atividade e interesse nas redes, seja de maneira ativa ou espontânea”, explica Rafael Camanho, sócio-diretor da DCODE.

Confira as dez marcas com melhor desempenho geral no SHM durante a Black Friday na tabela abaixo:

(*Todos os índices são percentuais calculados com base no total agregado das citações para as 60 marcas selecionadas)

De acordo com Rafael Camanho, é interessante notar que nesse ranking de 10 marcas, 4 são de empresas focadas em e-commerce. “Pode ser uma demonstração de que, por serem nativas digitais, elas utilizam melhor as redes sociais não apenas como canal, mas com maior equilíbrio entre os 3 pilares nesse período de Black Friday”, destaca Camanho.

Metodologia

Para este estudo, foram utilizados 2 filtros para selecionar 60 marcas em 12 categorias (aplicativos, cervejas, cosméticos, e-commerce, esporte, fast food, moda, montadoras, operadoras, refrigerantes, tecnologia e varejo).

O primeiro filtro é o volume de buscas das marcas no Google em 2018 (para cada categoria, foram selecionadas as mais buscadas). O segundo filtro é um número mínimo de citações na base durante o período, para poder eliminar as marcas que não são ativas nesse meio.

Estatura

Outros recortes do estudo foram definidos. No ranking Top 10 das marcas por Estatura (que indica o tamanho da marca, ou seja, a capacidade de gerar conversas, independente dos conteúdos), as empresas mais citadas na Black Friday nas redes sociais foram:

 

“iFood foi a marca com maior Estatura nas redes sociais. Uma explicação para o fenômeno é que as pessoas tendem a compartilhar rapidamente os descontos do aplicativo visto que há limites por restaurante. Além disso, a própria rede de restaurantes compartilhou a marca para avisar os descontos que estavam ocorrendo no aplicativo. Nike e Adidas aparecem em seguida, principalmente em função do grande número de compartilhamentos de promoções que envolveram as marcas”, analisa Rafael Camanho.

Mobilização

No top 10 de Mobilização, as marcas com mais citações de intenção de compra na Black Friday nas redes sociais foram:

 “O ranking de Mobilização é dominado por empresas de e-commerce e varejo. Isso mostra um padrão onde a determinação do local de compra ou da promoção é natural nas conversas do período Black Friday. A marca mais citada nesse quesito foi o Mercado Livre que hoje, além de vender produtos de pessoa física, é um marketplace para marcas de diversas categorias. Um hub do e-commerce. Em seguida aparece Ponto Frio, que é uma marca mais ligada ao varejo físico, mas que também vem trabalhando forte seu e-commerce”, comenta Cesar Ortiz.

Estima

No ranking por Estima, as marcas com mais citações de atração e adoração na Black Friday nas redes sociais foram:

“As 3 primeiras marcas em Estima são marcas de cosméticos. Uma categoria onde a as conversas passam naturalmente por expressões ligadas à estima como verbalização do uso, com termos como ‘Adorei’, ‘Amo’ etc”, diz Camanho.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Mondial apresenta a primeira campanha de cudados pessoais com Juliette

Publicado

em

Cuidar da beleza sem sair de casa, com praticidade e qualidade no resultado final, é um comportamento que ganha cada vez mais adeptos. Neste cenário, vem a busca por produtos que auxiliam os processos e facilitam a rotina de cuidados com o cabelo e o corpo. As escovas secadoras, alisadoras e rotativas, secadores de cabelo, pranchas alisadoras, modeladores de cachos e depiladores elétricos conquistaram um público cativo e se tornaram itens obrigatórios em muitas residências.

Com mais de 60 produtos neste segmento, a Mondial Eletrodomésticos lança uma nova campanha publicitária que traz Juliette, head de inovação para a linha de cuidados pessoais da empresa, destacando a versatilidade, a qualidade, o design e os benefícios que os produtos entregam. Para Giovanni Cardoso, cofundador da Mondial, a empresa sempre esteve ao lado dos consumidores promovendo facilidades nas tarefas diárias. “Essa campanha é parte de uma grande estratégia que visa dar ainda mais visibilidade à Mondial, firmando-a como empresa parceira e presente em todos os momentos. Escolhemos a Juliette pois entendemos que sua aproximação com o público se assemelha, e muito, com a relação que construímos com os nossos seus consumidores”, completa Giovanni.

Além de evidenciar o amplo portfólio, Juliette também reafirma o slogan da “Escolha Inteligente” destacado por Rodrigo Hilbert, embaixador da marca desde 2019, com um toque especial. Para a head de inovação do segmento, a Mondial é “a escolha inteligente, e do coração!”, demostrando que a marca que sempre presou pela melhor relação custo-benefício em seus produtos, também cria vínculo emocional com os consumidores. Oficialmente lançada em 25 de abril, a campanha vem sendo exibida em diferentes players de comunicação — canais de TV abertos e fechados, rádio, digital, pontos de venda físicos e nos sites (e-commerce).

O desenvolvimento foi feito pela Repense, com a coordenação da equipe de marketing da própria Mondial e gravada pela Other Filmes. Alexandre Ravagnani, Diretor-Executivo de Criação da Repense, afirma que “A estratégia da campanha alinha a personalidade múltipla e de sucesso da Juliette com o portfólio completo de produtos da linha de Cuidados Pessoais. Este é o primeiro passo de uma parceria, que coloca no mesmo plano e de forma integrada, como a Mondial se posiciona, juntamente com a funcionalidade e qualidade de seus produtos com o perfil da Juliette e o estilo de vida dos consumidores da marca”.

Continue lendo

Empresa

Leega lança solução de inteligência de dados voltada para a área de marketing das empresas

Publicado

em

A Leega, empresa brasileira de consultoria e outsourcing especialista em soluções de Data Analytics, Data Science e Cloud, acaba de lançar uma solução exclusiva de inteligência de dados para otimizar processos e ações de marketing. A soluçãoMarketing Analytics by Leega combina a arquitetura Cloud, engenharia de dados e machine learning com o objetivo de agregar inteligência a diferentes etapas da jornada de compra do consumidor, possibilitando a construção de uma régua de relacionamento personalizada de acordo com o perfil e ciclo de vida do usuário. Além disso, o uso da ciência de dados permite o aperfeiçoamento de processos e a tomada de decisões mais ágeis e efetivas, impulsionando os resultados de empresas de diferentes portes e áreas de atuação.

Para desenvolver a solução, a Leega considerou, inicialmente, três pilares: identificar os principais desafios do marketing nos diferentes estágios da jornada de compra (atração, conversão, venda e fidelização); mapear os ambientes de tecnologia, ou seja, as ferramentas e parceiros disponíveis, e, por fim, identificar as principais métricas e indicadores utilizados pelas áreas de marketing – como LTV, Vendas, CAC e Churn –  e as maiores necessidades de inteligência – como a clusterização e a recomendação de ofertas.

“Durante seis meses, uma equipe multidisciplinar da Leega realizou diversos testes e pesquisas relacionados ao uso de inteligência de dados para a área de marketing das empresas a fim de pontuar os principais desafios dos profissionais deste setor e construir modelos de inteligência artificial que potencializam a integração, coleta, análise e predição dos dados da empresa. A partir dessa análise cuidadosa, desenvolvemos uma solução que leva em conta as maiores necessidades de inteligência, como conhecer profundamente o cliente, predizer seu comportamento de compra e oferecer uma mensagem aderente e de acordo com seu perfil, aprofundando o relacionamento com a empresa, além de estratégias de campanhas, processos e ferramentas de marketing.  Em outras palavras, fizemos um raio-x ou um diagnóstico amplo do departamento de marketing das organizações para encontrar a melhor solução em inteligência de dados”, explica Ivan Vemado, head of Data Science and Analytics da Leega.

Continue lendo