Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Vendas Online crescem 12% no primeiro semestre, segundo pesquisa

Publicado

em

“Bico virtual” ajuda a impulsionar o setor e se torna uma alternativa para brasileiros escaparem do desemprego

O comércio eletrônico registrou um crescimento de 12% nas vendas online no primeiro semestre de 2019, segundo levantamento realizado pela Ebit/Nilsen. Somente nos últimos seis meses, o faturamento do setor chegou a 26,4 bilhões de reais. De acordo com o relatório, mais de 5,3 milhões de pessoas fizeram compras online pela primeira vez nos últimos seis meses, alavancando os dados do setor.

O aumento gradativo do comércio eletrônico também está atrelado a uma nova tendência chamada “bico virtual” que fez muitos brasileiros procurarem alternativas para sair da crise, devido ao desemprego no País que registrou mais de 13 milhões de desempregados somente no primeiro trimestre do ano, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Atualmente, o Brasil possui mais de 930 mil e-commerces, sendo que 88,8% são de pequeno porte e mais de 44% não possuem funcionários, segundo pesquisa do PayPal.

Para João Paulo Gonçalves, especialista em tecnologia e CEO da Lista Mais – plataforma de busca de pequenas empresas e profissionais liberais locais, que oferece o serviço de criação de loja virtual – vender pela internet se tornou uma alternativa para as pessoas fugirem do desemprego e realizarem o sonho de abrir o próprio negócio. “Ter uma loja virtual tem muitas vantagens, como a redução de despesas de investimento em infraestrutura, como aluguel, além de grande potencial de divulgação no ambiente digital”, comenta.

A empresa já oferecia serviços como criação de anúncios patrocinados na plataforma, desenvolvimento de websites e elaboração de vídeos institucionais, mas passou a criar lojas virtuais no início de 2019, após notar a alta demanda dos serviços por seus clientes. “Atendemos micro, pequenas e médias empresas, que não queriam apenas divulgar seus produtos na internet, mas também comercializá-los”, conta Gonçalves. O custo para o desenvolvimento de uma loja virtual pela Lista Mais é a partir de 249 reais.

A Lista Mais recebe mais de 30 milhões de visitas anualmente de pessoas que estão em busca de algum produto ou serviço. “O comportamento do consumidor mudou, hoje em dia as pessoas compram mais pela internet por causa da comodidade dos serviços oferecidos e preços mais atrativos”, comenta Gonçalves. Atualmente, a empresa conta com mais de 3 mil clientes e uma base de 3 milhões de empresas cadastradas. Com os novos serviços, a empresa prevê crescer 20% no próximo ano.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Digital

Digi é finalista do prêmio internacional IMA Summit Awards 2022

Publicado

em

O IMA Summit Awards 2022 anunciou os finalistas da principal premiação dos Estados Unidos no setor de marketing de incentivo e relacionamento, que avalia campanhas de agências do mundo todo. A Digi, uma das principais agências de Marketing de Incentivo e Relacionamento do país e três anos consecutivos vencedora do Circle of Excellence Awards (a premiação anual do IMA – Incentive Marketing Association), recebeu duas indicações.

Na categoria Excelência em Incentivo de Vendas, a campanha de lançamento de Coca-Cola sem Açúcar é uma das finalistas. A ação para o Halloween de Fanta entrou no shortlist da categoria Excelência em Merchandising em Programa de Incentivo.

A premiação é organizada pelo IMA (Incentive Marketing Association ou Associação de Marketing de Incentivo) desde 2015, para celebrar a excelência no setor de Incentivo, Recompensa e Reconhecimento em todo mundo.

A Digi compete com campanhas feitas para empresas como Intel, Lexus, IBM e Vodafone, por agências europeias e norte-americanas. Os vencedores do IMA Summit Awards 2022 serão conhecidos durante cerimônia de premiação em Utha, nos Estados Unidos, no dia 12 de julho.

Para a campanha de lançamento da nova Coca-Cola sem Açúcar no Brasil, a Digi criou um programa de incentivo para os times de vendas e merchandising dos produtores da marca, baseado em um novo aplicativo, similar ao Instagram. O app criado pela Digi permitia postagens de fotos e vídeos dos vendedores, os primeiros a experimentarem o novo sabor, antes mesmo dos consumidores. Foram mais de 2 mil postagens, 30 mil likes e 5 mil comentários, além de milhares de prêmios exclusivos Coca-Cola.

Já para engajar a força de vendas dos fabricantes de Fanta e garantir positivação e presença da marca em milhares de PDVs em todo Brasil, a Digi criou, em outubro de 2021, uma ação de trade marketing e ativação com o tema Halloween, que envolveu 3.500 colaboradores. Os times de merchandising “vestiram” com as cores de Fanta e a temática assustadora de Halloween as áreas de exposição de produtos, participaram com suas dancinhas no TikTok e ganharam milhares de prêmios. A campanha também recebeu mais de 5 mil fotos dos times de vendas de 470 cidades brasileiras.

“É com grande alegria e orgulho que recebemos essas duas indicações em um prêmio internacional tão importante do mercado de marketing de incentivo mundial, promovido pelo IMA, a principal associação do setor. É o quarto ano consecutivo de indicação da Digi, provando que estamos cada vez mais concentrados em desenvolver ações inovadoras e disruptivas para nossos clientes, sempre parceiros, investindo em pessoas e infraestrutura para crescer com qualidade e de maneira sustentável”, declara Pedro Bannura, presidente da Agência Digi.

Continue lendo

Digital

Orla carioca na onda das Blockchains

Publicado

em

A orla carioca vai contar com uma novidade digital: a entrada no mundo dos Fan Tokens. A Orla Rio, em parceria com a DaX, empresa de tecnologia que utiliza blockchain para gerar experiências e negócios, vai lançar, em julho, um projeto inédito e phygital (combinação do mundo digital com o físico) do primeiro quiosque no mundo financiado por fan tokens.

A iniciativa vai permitir que o público adquira tokens pela internet que renderão experiências extras e únicas no quiosque escolhido, como uma espécie de clube de benefícios exclusivos para seus sócios. O local escolhido para o piloto do projeto ainda está sendo definido pela concessionária, mas ficará nas praias de Ipanema ou Leblon e ficará pronto já para o próximo verão, garante João Marcello Barreto presidente da Orla Rio.

Continue lendo