Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

Agência Plug e APAE lançam o movimento Junho Lilás

Publicado

em

A agência Plug, em parceria com a APAE DE SÃO PAULO lançou em 06 de junho a campanha Junho Lilás para celebrar o Dia Nacional do Teste de Pezinho. Criado para mostrar aos futuros pais e familiares a importância do exame o movimento terá edições anuais.

Trazido ao Brasil em 1976 pela APAE DE SÃO PAULO o teste é realizado a partir da coleta de gotinhas de sangue do calcanhar do bebê. O exame é fundamental na prevenção da Deficiência Intelectual e na melhoria da qualidade de vida das crianças.

O teste do pezinho básico é obrigatório e gratuito em todo o país. Identifica, no Estado de São Paulo, as seguintes doenças: Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Fibrose Cística, Anemia Falciforme e demais Hemoglobinopatias, Hiperplasia Adrenal Congênita e Deficiência de Biotinidase.

A APAE DE SÃO PAULO acredita que a prevenção é a melhor forma de cuidar da saúde do bebê e, por isso, oferece, além do Teste do Pezinho Básico, o MAIS e o SUPER, que juntos identificam até 48 doenças. Em 2016, também foi incorporada a triagem para Imunodeficiências Combinadas Graves (SCID) e Agamaglobulinemia (AGAMA), doenças genéticas do sistema de defesa, somando 50 doenças.

O exame básico é oferecido na rede pública de saúde e também em instituições particulares. “Conscientizar sobre a importância de realizá-lo é um esforço que encampamos como meta dessa campanha”, explica Daniel Santander, diretor de criação da Agência Plug.

Para que isso seja possível o Teste do Pezinho deve ser feito entre as primeiras 48 horas e o 5º dia de vida do bebê. “Por isso é essencial entender a importância do exame e mostrar aos futuros pais e familiares que esta é uma etapa fundamental na prevenção de algumas doenças que podem causar deficiência intelectual e seqüelas para a vida da criança”, acrescenta Santander.

A Plug orientou toda a estratégia da campanha para que o Teste do Pezinho seja entendido facilmente como os movimentos ligados ao câncer de mama e de próstata. O principal eixo da ação é passar a mensagem de que o exame é o primeiro passo para definir um futuro saudável para os bebês.

Isa Dias Degaspari, gerente de Desenvolvimento Institucional da APAE SÃO PAULO conta que a ideia é criar um impacto permanente. “Queremos que a campanha tenha poder de viralização para disseminar o conhecimento. O principal é mostrar para as famílias que realizar o teste é etapa fundamental para um crescimento saudável”, explica.

“Desde o começo a intenção foi criar algo maior que uma ação tradicional. Uma boa campanha pode ser lembrada por meses. Mas um movimento com um propósito tão digno pode ser seguido para sempre”, enfatiza Daniel Santander, fundador da agência – www.agenciaplug.com.br

Composta por veiculações em mídia impressa e online, redes sociais, spots em rádio e mobiliário urbano, a campanha Junho Lilás contará ainda com um filme com a participação de Thiago Abravanel e da Palavra Cantada. As atrizes Naiume Gondoni e Karina Bacchi, e a cantora Maria Cecília (da dupla Maria Cecília e Rodolfo) são mamães que abraçaram a causa e participam da ação.

Além disso, Dra Ana Escobar – médica pediatra consultora do programa Bem Estar na TV Globo – e embaixadora oficial da área da saúde na APAE – tem apoiado a iniciativa. Recentemente a médica liderou com a Dra. Flavia Piazzon, consultora científica da APAE DE SÃO PAULO um encontro com as influenciadoras digitais do segmento maternidade Mamãe Paulista, Maternidade Colorida, Petit Nino, Mamãe Tri Legal e Naiumi Goldoni para contar sobre o Movimento Junho Lilás. Além disso, outros influenciadores também participarão de uma blogagem coletiva, onde compartilharão conteúdos na semana do dia 06 de junho.

Continue lendo

Universo Live

MChecon lança nova marca e posicionamento

Publicado

em

MChecon lança nova marca e posicionamento
A MChecon, considerada uma das maiores empresas do país no ramo de cenografia e especialista em montagens de grandes eventos, acaba de lançar sua nova identidade visual e posicionamento, que passa a ser focado em soluções que entregam não apenas projetos cenográficos, estandes ou PDV, mas qualidade criativa através do design.

“O design para nós representa todo início da concepção de um projeto. De construirmos ele com todo cuidado para que cada ponto de contato seja uma experiência única e inesquecível”, explica Marcelo Checon. “Além disso, a inclusão da palavra design na nossa assinatura, reflete esse momento de crescimento e traduz o papel estratégico dos nossos serviços para os clientes. Ou seja, hoje, somos muito mais que cenografia, estandes ou PDV. Somos a solução criativa através do design”, completa.

A nova marca, desenvolvida pela equipe de marketing da empresa, liderada por Rafael Mattos, apresenta uma tipologia mais sólida e compacta, com um desenho clássico e ao mesmo tempo atual. “É uma evolução da identidade anterior, mas que mantém em seu conceito a essência de uma história de compromisso, excelência e ética”, afirma Mattos.

A identidade visual marca também a nova fase da trajetória da MChecon, que passou a integrar o ecossistema da M&Co, primeira holding de infraestrutura e cenografia para eventos do Brasil ao lado da RECON Eventos, Triart, 100% Eventos e Checon Locações.
Continue lendo

Universo Live

MCI e Informa Markets lançam plataforma pioneira em metaverso para o Futurecom

Publicado

em

MCI e Informa Markets lançam plataforma pioneira em metaverso para o Futurecom

A MCI foi escolhida pela Informa Markets para desenvolver a plataforma Metaverso, a nova realidade virtual com foco em experiência imersiva, que será lançada no Futurecom Digital Week 2021, o maior evento de tecnologia, telecom e transformação digital da América Latina. Marcado para os dias 8 a 11 de novembro, o encontro, que será 100% digital, vai proporcionar a interação entre palestrantes e participantes por meio de um espaço coletivo, composto de realidade virtual, aumentada e inteligência artificial, que replica a realidade por meio de dispositivos digitais. Nele, os participantes poderão trabalhar, jogar e socializar, como se tivessem uma vida no mundo virtual, experimentando, em sua concepção completa, um conceito que se tornou a obsessão das big techs no Vale do Silício.

“Ao apresentar essa nova realidade, queremos promover uma experiência única, imersiva e exclusiva no maior evento de tecnologia, telecomunicações e transformação digital da América Latina. Certamente, seremos um dos primeiros a explorar no Brasil – de maneira estruturada – este conceito”, afirma Hermano Pinto, Diretor do Portfólio de Tecnologia e Infraestrutura da Informa Markets Brasil.

“Na MCI, já acompanhamos esse formato nos projetos globais e estamos entusiasmados por trazer o Metaverso para os eventos no Brasil. É um projeto multidisciplinar, a plataforma demandou seis meses de trabalho e envolveu profissionais de diversas áreas, como desenvolvedores de softwares, designers gráficos, profissionais de conteúdo de games, entre outros. A experiência e conhecimento no tema sem dúvidas abre ainda mais o nosso portfólio e contribui para inovação dos eventos no país”, explica Igor Tobias, Diretor Geral da MCI Brasil.

Serão quatro dias de imersão em “mundos” totalmente automatizados e conectados. Os participantes da Futurecom Digital Week vão poder protagonizar experiências dentro da plataforma, acessando o metaverso e, por meio de dispositivos em uma nuvem central, serão conectados a quatro ilhas flutuantes, onde cada uma delas terá atividades que irão remetê-los aos mundos com as temáticas de Digital Divide (cidade inclusiva), Smart City, Agro World e Industry World.

No caso da Smart City, por exemplo, o participante poderá clicar nos elementos – ônibus elétrico, patinete e drones e outros – para acessar um vídeo explicativo e obter mais informações sobre funcionalidades, benefícios, economia, entre outros aspectos tecnológicos. Já na ilha Digital Divide, por meio da cidade remota, o participante se conectará com o mundo proporcionado pela tecnologia mais moderna. E nos mundos de Agro e de Industry, a experiência levará a uma navegação para os novos dispositivos que já são realidade e os que serão adotados com a chegada do 5G e outras tecnologias do futuro.

“Nosso metaverso não é um tour virtual com imagens em 3D. O que está sendo criado para FutureCom é diferente de tudo o que está sendo feito, com um olhar focado no conceito, no trabalho artístico, no storytelling, trazendo uma visão de primeira pessoa, dando ao participante total autonomia de fazer o que quiser e ir para onde quiser. Tudo isso alinhado com tecnologia de ponta. Não será preciso baixar qualquer tipo de software para entrar no Metaverso, tudo é feito pela internet. Também não será preciso ter óculos de Realidade Aumentada ou hardware especial, qualquer um poderá usar a ferramenta”, explica Theresa Christina Oiticica Braconnot, líder de Planejamento na MCI Brasil.

A vivência acontecerá paralelamente ao congresso, que reunirá na plataforma Futurecom convidados nacionais e internacionais que debaterão em palestras, demonstrações e estudos de casos baseados em temas que envolvem 5G, Inteligência Artificial, Virtualização, Infraestrutura e Conectividade, Internet das Coisas (IoT), Blockchain, Edge Computing; Data Analytics, ISPs e Redes Neutras. Serão 64 horas de conteúdo, com 300 palestrantes e uma expectativa de mais de 10 mil participantes nos quatro dias de evento.

Continue lendo