Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Marketing digital: o diferencial dos novos negócios

Publicado

em

Marketing digital: o diferencial dos novos negócios
O mercado digital não pode mais ser ignorado pelas empresas, já que os hábitos de consumo e de trabalho vêm mudando de forma acelerada, especialmente desde que a pandemia teve início. De acordo com um levantamento feito pela rede internacional de franquias de marketing digital WSI, com base em dados do SMO Survey, eMarketer e análises internacionais sobre tendências mundiais, o mercado digital deve continuar em crescimento, neste e nos próximos anos. Isso porque, de acordo com pesquisa da eMarketer, 64% das empresas realizaram eventos ou reuniões virtuais em 2020 e 56% pretendem incorporar a modalidade ainda em 2021.

No Brasil, o cenário não é diferente. O mesmo estudo aponta que estamos na lista dos dez países com maior média de vendas on-line em 2020. Já o relatório Webshoppers, da Ebit|Nielsen, assinalou um crescimento de 23% no número de brasileiros que passaram a comprar pela internet no ano passado. “A pandemia acelerou a expansão do e-commerce e hoje ele é um produto essencial. Grandes empresas alavancaram as vendas de forma assustadora, apesar da crise, porque olham para o digital como o caminho para o crescimento dos negócios”, afirma Caio Cunha, presidente da WSI Master Brasil, co-fundador da WSI Consultoria e membro do Global WSI Internet Consultancy Advisory Board.

Ferramentas de otimização e de análise de resultados, atualmente utilizadas por agências especializadas em marketing digital, são grandes aliadas dos negócios. Mas, segundo o executivo, em um mercado tão competitivo, os novos empreendedores devem ter em mente quais são seus objetivos para que possam ir ao encontro daquilo que os consumidores esperam deles. “Eles precisam saber onde o público-alvo está navegando, quais são as suas dores e necessidades. Marketing digital não é só propaganda, afinal. É se comunicar, tirar dúvidas, responder perguntas e resolver as dores desse público”, afirma.

Ainda segundo Cunha, as oportunidades no digital são muitas, mas quando pesquisam sobre um determinado produto ou serviço na internet, os consumidores buscam principalmente informação de qualidade. Os novos negócios, portanto, precisam estar atentos a essa tendência. “É preciso levar ao público-alvo um conteúdo que vai agregar valor, que vai apresentar uma solução. Assim, quando esse consumidor tomar uma decisão, vai lembrar da marca porque conheceu, avaliou e conversou com a empresa antes. Para ter retorno nesse universo, é preciso tomar as ações corretas”, completa o executivo.
Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Digital

Novo sistema de Inteligência Artificial reconhece imagens no PDV e gera economia

Publicado

em

Novas tecnologias vêm ganhando espaço nos pontos de venda, gerando agilidade, economia e conforto para os varejistas. E o uso de Inteligência Artificial é um forte aliado para avaliar o posicionamento e sortimento dos produtos nos PDVs usando redes neurais para reconhecimento de imagens.

A Digi, uma das mais relevantes empresas de marketing de incentivo e relacionamento do país, desenvolveu um sistema que utiliza a tecnologia de redes neurais para efetuar a leitura de milhares de imagens do PDV e gerar indicadores de acordo com os objetivos definidos pelas empresas de alimentos e bebidas, ou de outros setores, que podem estar relacionados a estoque, share, planograma, sortimento e preço. O resultado é devolvido em tempo real para as equipes de venda.

São leituras digitais que analisam variáveis como a exposição dos produtos, ruptura, invasão nas gôndolas, monitoramento da concorrência, sortimento e mix, entre outras, que além da agilidade e eficiência, praticamente zeram as fraudes. A nova tecnologia já está sendo testada por grandes empresas do setor de alimentos e bebidas no Brasil.

Esse produto Digi está sendo apresentado na APAS Show 2022, a maior feira de alimentos e bebidas da América Latina, que nesta 36ª edição, entre os dias 16 e 19 de maio, conta com o novo conceito “Além de Alimentos”.  Com isso, a feira passa a oferecer tudo de mais relevante para o setor, desde alimentos e bebidas, até tecnologia e inovação, passando por logística, finanças, infraestrutura, equipamentos e muito mais.

“Leituras de milhares de fotografias enviadas pelas equipes de merchandising até hoje são interpretadas por recursos humanos, ou seja, pessoas, que passam o dia analisando e classificando o material recebido. Um trabalho gigantesco e demorado, principalmente, para uma grande companhia que possui muitos produtos com distribuição nacional e diversos canais. Fica caro, passível de erro e gera pouco engajamento nas campanhas de incentivo para os times de venda, pois o retorno da avaliação demora”, analisa Marina Morato, diretora de Business Strategy da Digi.

Continue lendo

Digital

Hagens anuncia chegada do CPQD e Uniodonto

Publicado

em

A Hagens, casa de gente criativa e focada no desenvolvimento de projetos de transformação digital, inovação e marketing baseados em tecnologia e ciência de dados, anunciou a chegada de dois novos clientes ao portfólio. A agência está em plena expansão e agora passa a contar com as contas do CPQD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações), uma das maiores instituições do setor da América Latina, e da Uniodonto, maior rede de atendimento em planos odontológicos do mundo.

Para o CPQD, a Hagens irá atender todas as frentes de comunicação, tanto no B2B e B2C, atuando no site e redes sociais, com foco na performance, trabalhando a imagem da empresa com produção de conteúdo técnico.

Já para a Uniodonto, a Hagens irá fazer uma comunicação integrada, on e off-line, tanto no B2B (para empresas e planos empresariais), como no B2C, para reforçar a tradição da marca. Além disso, também trabalhará com a Dental, loja física de produtos da cooperativa para dentistas, focando no digital.

“Assumir contas de duas marcas de tanta credibilidade é uma responsabilidade que traz consigo um grande desafio. Nossa missão será manter a postura de entregar um trabalho de excelência, pois nossos pilares em tecnologia e em comunicação se completam, oferecendo uma imersão única no mercado. Assim, podemos trabalhar todas as nossas expertises em um nível mais desafiador e relevante, pois CPQD e Uniodonto elevam ainda mais nosso posicionamento neste mercado”, celebra Clauber Scarparo, sócio e cofundador da Hagens.

Continue lendo