Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Como vender à distância em tempos de quarentena?

Publicado

em

Especialista em marketing de incentivo e relacionamento apresenta 5 pontos que toda marca e indústria devem seguir para manter as vendas saudáveis em tempos de pandemia e garantir um PDV bem executado

Em meio à queda de produtividade e desaceleração da economia, com comércio geral e shoppings fechados, as empresas e indústrias enfrentam o desafio de manter o processo de vendas minimante saudável, com vendedores remotos e acostumando-se à nova rotina de trabalho. Ter um PDV bem executado ajuda, e muito, a destacar o produto na selva de concorrentes e, consequentemente, a vender.

Neste cenário, na área de trade marketing, vendas industriais e distribuição, alguns pontos são importantes para uma marca manter um processo de vendas adequado. De acordo com Pedro Bannura, presidente da agência Digi, uma das maiores e mais importantes na área de marketing de incentivo e relacionamento, são eles:

1. Positivação – Ter PDVs vendendo seu produto

2. Mix – Ter mais de uma categoria de produto no PDV

3. Planograma correto – Posicionamento estratégico das embalagens para facilitar a venda

4. Ponto extra dentro do PDV – É aquele lugar estratégico que salta aos olhos do consumidor

5. Material de merchandising

A tecnologia é outra ferramenta de destaque em tempos de trabalho remoto dos vendedores. É fundamental que as indústrias ofereçam recursos tecnológicos para garantir a venda e a execução, mesmo à distância, para que os “homens do front” ajudem a manter os mercados abastecidos, evitando uma crise de falta de mercadorias principalmente itens básicos de alimentação e higiene.

Na prática, as campanhas nesse cenário devem olhar para a capacitação desse profissional – através de aplicativos e sites é possível transmitir vídeos de treinamento, criar salas para transmissão online onde o vendedor possa oferecer seu produto e tirar o pedido sem sair de casa.

A execução pode ser feita pelo ponto de venda. Os vendedores, assim como os profissionais da saúde, estão se expondo para garantir que todos tenham o que comer e não falte nada nesse momento. Então a indústria pode negociar com eles a exibição dos produtos pelo envio de fotos ou transmissão de vídeos.

“Para manter a ordem no PDV sem a presença do promotor e do vendedor das indústrias, e evitar prateleiras vazias e produtos fora do lugar, podemos incentivar o trade a executar corretamente seus pontos de venda, mesmo à distância”, destaca Pedro Bannura, presidente da Digi, agência especializada em marketing de incentivo e relacionamento que atende marcas como Coca-Cola Brasil, TIM, Burger King, Vigor, Cargill, Samsung, entre outras.

Sobre a Digi

Há mais de 20 anos a agência Digi investe em soluções inovadoras em programas de incentivo e relacionamento para grandes marcas como Coca-Cola Brasil, TIM, Burger King, Vigor, Cargill, Samsung, entre outras. Presidida por Pedro Bannura e Cristiano Miano, consolidou-se como uma das principais agências do segmento no Brasil, sendo a única agência brasileira a ganhar o prêmio Circle of Excellence, do IMA – Incentive Marketing Association, em Chicago, em 2019.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Digital

Facebook incentiva marcas a trazer mais diversidade na publicidade

Publicado

em

Facebook lançou nesta semana uma campanha inédita que tem o objetivo de estimular empresas a incluir mais representatividade e reforçar protagonismos diversos em suas campanhas. O filme é narrado pela bailarina negra brasileira Ingrid Silva e reforça que trazer mais diversidade para a propaganda não é apenas bom para todos, mas bom também para os negócios.

“Essa campanha é mais um passo de um movimento amplo que iniciamos há alguns anos junto à indústria. Em 2018 lançamos o Ads for Equality, com recursos e ferramentas práticas para ajudar marcas a inserir mais representatividade em suas campanhas. Ampliamos essa conversa com a série documental Facebook Latam Season esse ano, além de criar uma nova categoria de Diversidade e Inclusão no Effie Awards, na América Latina. É nossa responsabilidade seguir estimulando essa reflexão com os atores do mercado para juntos provocarmos uma mudança intencional”, afirma a diretora de Marketing de Negócios do Facebook para América Latina, Debora Nitta.

De acordo com dados de uma pesquisa realizada pelo Facebook IQ em toda a América Latina, 76% dos brasileiros entrevistados dizem que as propagandas não representam a diversidade da população. E 49% diz que prefere consumir de empresas que de fato valorizam o tema.

A campanha, produzida pelas agências Mooc e Remix, é composta por um filme manifesto de 60″ e peças mais curtas de 15″, que vão reforçar conceitos sobre representatividade, além das diversas ferramentas disponíveis para as marcas no site do Ads for Equality. A versão em português do filme manifesto foi narrada por Ingrid Silva, uma bailarina negra brasileira que hoje faz parte da companhia Dance Theater of Harlem em Nova York e fez história ao estampar a capa da edição brasileira da revista Vogue.

Além dos filmes, todo o site do Ads for Equality foi reformulado e ganhou ainda mais conteúdo, com pesquisas sobre diversidade e inclusão e novos cases de marcas que já implementaram mais representatividade em suas campanhas e obtiveram resultados positivos.

Ainda como parte da campanha, a rede social convidou artistas de grupos sub-representados para criar stickers para o Instagram e o Facebook, que ilustram desde pessoas com deficiência até padrões de beleza diversos e a comunidade negra. Além de divulgar o trabalho dos artistas latino-americanos envolvidos no projeto, a ideia é convidar o público a usar e divulgar os stickers em suas histórias do dia a dia.

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Digital

Häagen-Dazs aposta em ações digitais com micro influenciadores

Publicado

em

Alguns hábitos que surgiram durante o período de isolamento social permanecem nos dias atuais, como o aumento do consumo de produtos de indulgência, impulsionado pela priorização de encontros com pessoas do mesmo ciclo de convívio e momentos compartilhados em família. Diante desse cenário, Häagen-Dazs, marca mundialmente conhecida por seus sorvetes premium, reforça seu posicionamento no mercado brasileiro ao apresentar a campanha #HaagenAgora, com ações digitais pautadas no desejo por novas experiências, inesquecíveis e saborosas.

A marca reuniu um time de seis micro influenciadores e traçou conteúdos focados no pilar lifestyle e ocasiões de consumo. Nomes como Carolle Lauriano, Jennifer Elisa, Aline Nicomédio, Gabi Cecon, Amanda Magalhães e Reis Rodrigues fazem parte do squad contratado pela empresa. “Queremos consolidar ainda mais Häagen-Dazs dentro do mercado digital e a estratégia de trabalhar com micro influenciadores vem nos ajudando com essa meta. Além disso, a ideia é explorar a versatilidade do nosso produto e mostrar as diversas oportunidades de consumo, como exemplo as ocasiões de ‘merecimento pessoal’ ou momentos em família”, afirma André Maciel, analista de marketing da Häagen-Dazs.

Häagen-Dazs segue a tendência do marketing de influência, visando o mercado de micro e nano influenciadores, que oferecem grande valor às marcas devido à proximidade com as comunidades. A campanha tem veiculação no perfil oficial da marca no Instagram, e fica disponível até maio de 2022.

Continue lendo