Conecte-se com a LIVE MARKETING

Gente

Twitch tem nova liderança na área de Ad Sales no Brasil

Publicado

em

Phil Chaves é o atual head de vendas para a Twitch no Brasil e tem como meta desenvolver o pool de negócios da companhia localmente. Baseado em São Paulo, Phil e seu time serão responsáveis por apresentar e impulsionar a Twitch comercialmente, trazendo marcas e projetos para a plataforma que ajudarão na entrega de objetivos atuais e futuros.

Milhões de criadores realizam streamings ao vivo de suas sessões de gameplays – assim como de música, esportes e outras atividades – na Twitch diariamente. Streamers atraem um grande número de seguidores e os mais populares participam dos programas de Parceiros e Afiliados que a plataforma oferece. Estes programas permitem que criadores monetizem conteúdos com anúncios, inscrições pagas, patrocínios e endorsements, colocando as marcas na intersecção da cultura gamer e mainstream.O Brasil vivencia um boom na audiência de jogos desde 2017 – algo que não deve diminuir tão cedo, atingindo 96 milhões de jogadores ativos até 2022. Como resultado direto, a Twitch tem percebido um aumento sem precedentes no Brasil em 2020. Entre Janeiro e Agosto de 2020, o número de espectadores no País cresceu 98%.

Outra tendência interessante é que mais e mais pessoas estão entrando na frente das câmeras este ano. Nos primeiros seis meses de 2020, o Brasil viu um aumento de 163% em streamers únicos por dia. Alguns dos que chegaram ao topo incluem YoDa, Gaules, Skipnho e Alanzoka.

Mesmo conhecida como uma plataforma para gamers, a Twitch no Brasil identificou um aumento significativo em audiência de outros tipos de conteúdo. Música, por exemplo, cresceu 309% entre março e junho, enquanto a categoria Just Chatting, onde streamers populares de todo o mundo compartilham ideias e interagem com seus seguidores, 84%. Essas categorias permitem aos criadores compartilhar sua criatividade com os seguidores, além de dar oportunidade aos músicos de conexão com os fãs sem eventos presenciais. A popularidade da Twitch levou à parcerias com o SoundCloud e o Live Nation para ajudar os artistas a continuar gerando receita.

Com a audiência brasileira da Twitch crescendo consideravelmente e a próxima geração de consoles chegando, nunca existiu melhor momento para anunciantes ativarem sua marca na Twitch. E Phil Chaves tem como desafio ajudar as empresas no Brasil a navegar com excelência no espaço interativo. Vindo da Uber, liderou práticas comerciais B2B na América Latina, incluindo o Brasil, e teve papéis de liderança de vendas no Instagram, Facebook e Google.”A Twitch é o futuro do entretenimento. Quero aumentar a presença e a inovação na região. Mais de 1,5 milhão de pessoas no mundo todo estão na Twitch a qualquer momento e o Brasil é parte importante disso. Parte do meu desafio é traduzir este entusiasmo global em crescimento contínuo no Brasil com a comunidade próspera de streaming,” disse Phil.

Phil está inserido no universo da tecnologia há mais de 20 anos. A maior parte da sua carreira tem sido dedicada ao lado comercial, ajudando companhias altamente inovadoras que atuaram de forma disruptiva e mudaram indústrias inteiras. Com seu comando, Phil irá expandir e solidificar operações no Brasil para fortalecer a presença da Twitch neste mercado de rápido crescimento.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Gente

Isobar avança no compromisso de comunicar para a sociedade real

Publicado

em

Ao criar, em parceria com um amigo, o projeto pessoal The Hiretone Palette, a paleta de cores das contratações no mercado publicitário, Victor Emeka tinha claro o seu propósito profissional: reverter a ausência de lideranças pretas na indústria da comunicação. Ele agora integra o time de criativos da Isobar , que se comprometeu a ter a diversidade como valor inegociável desde o ano passado.

Victor Emeka (ex-Soko, Ampfy e Publicis) assumiu a posição de Head de Visuais Conectados, tendo como pares Carol Rosa, Head de Contexto e Fala, e Vinicius Chagas, Head de Design de Conversas. Nascido na Bahia, filho de mãe brasileira e pai nigeriano, Emeka vai imprimir sua visão, fundamentada em arte e design, na comunicação e direção de arte dos clientes da agência. Seu papel será o de encontrar a maneira mais relevante de construir diálogos das marcas com clientes, por meio de imagens conectadas com o contexto e fala e o design de conversas. Victor é também vocalista da banda de heavy metal Hibria.

“Falar sobre conexões visuais é falar sobre imersão em contexto. É entender diretamente os significados de signos que acompanham verdades sociais reais, culturais e comportamentais. O papel essencial de um formato de negócio transformador é ter a visão de que experiências, bagagens e vivências diferentes são a base principal de mudanças reais de negócios e de parâmetros de assertividade em comunicação”, comenta Victor Emeka, Head de Visuais Conectados da Isobar.

Além de Victor, a Isobar traz mais quatro talentos criativos: Eduardo Cirillo, Lilian Oliveira, Amanda Avena e Elis Franceschini. Edu Cirillo, Diretor de Arte e Visuais Conectados, com quase uma década de experiência em agências, como VMLY&R, AfricaDDB, w3haus, desenvolveu campanhas para clientes regionais e globais, entre eles: Google, Danone, Budweiser, Brahma, LG, Starbucks, Samsung, Santander e muitos outros.

Lilian Oliveira é redatora de Contexto e Fala, já atuou em diferentes agências digitais com clientes diversos: BFR, Bayer Consumer Health, LG, Bauducco, O Boticário, Ambev, Coral Tintas, Melitta, Mondelez, Reckitt Benckiser, Boehringer Ingelheim, Mattel. Com passagens pela Ogilvy, Suno e Santa Clara, e experiência em conteúdo, Amanda Avena é a nova coordenadora de Design de Conversas. E Elis Franceschi, ex-CP+B, Wieden+Kennedy e F.biz, vem para trabalhar com Emeka, no pilar de Visuais Conectados.

“A contratação de profissionais com base na diversidade de vivências e olhares nos ajudam a construir nosso propósito de colocar a agência como agente da sociedade, refletindo o que ela pede como linguagem. As marcas procuram cada vez mais este tipo de olhar verdadeiro na indústria, conectado ao contexto para criarem uma relevância genuína com as pessoas, seja por meio de entretenimento, educação ou até acolhimento”, define Danilo Janjacomo, VP de Criação da Isobar, que, junto à liderança da agência, vem transformando o modelo criativo, cargos e papéis, “sempre pensando nas pessoas, que são maiores e mais ricas do que qualquer função”, completa Danilo.

O compromisso da Isobar em ter pessoas que representem a sociedade atual segue avançando e Ana Leão, Managing Director da Isobar, reforça: “Estamos recrutando e reconhecendo pessoas pelo que elas são e pelas suas ambições pessoais. A maneira como nossos profissionais vivem, seus interesses e ambições são refletidos no seu trabalho. Entendemos que a agência e os clientes são plataformas para que as pessoas realizem estas ambições. Lugares com propósito atraem pessoas com propósito, pessoas dispostas a se comprometer com os objetivos traçados de forma coletiva e colaborativa. O modo verbal do nosso tempo é o gerúndio. Mais do que nunca, nada está pronto. Buscamos gente disposta a construir o caminho enquanto avançamos. Esse é o ambiente da criatividade que buscamos: um ambiente vivo, mutável, relevante e transformador”.

Continue lendo

Gente

Moringa investe em gestão de pessoas

Publicado

em

Reconhecida como agência Great Place to Work 2020, a Moringa, com sede em Brasília, anuncia nova contratação na área de Recursos Humanos fortalecendo seu compromisso em proporcionar um ambiente de trabalho sustentável, especialmente em um momento de pandemia e mudanças estruturais como o trabalho remoto. Este investimento em gestão de pessoas faz parte do movimento da agência a partir de seu novo posicionamento “Pronta para o novo mundo”, que destaca a Moringa como inovadora, transparente e cada vez mais humanizada.

Recentemente, o CEO da agência Bruno Ladeira decidiu iniciar uma reestruturação na área de RH investindo na gestão 4.0, modelo de gestão que utiliza o apoio da tecnologia na construção de equipes de alta performance, na implementação de uma cultura organizacional alinhada aos objetivos de negócio e na automação inteligente de práticas e rotinas. Bruno acredita que com esse novo modelo, o RH deixará de ser uma área burocrática e se tornará cada vez mais estratégico.

“Faz parte da nossa cultura ter a preocupação de passar confiança, respeito, equidade e imparcialidade aos nossos colaboradores, o que se comprova com o reconhecimento da Moringa ser eleita uma empresa Great Place to Work. Nada mais coerente para o momento em que vivemos oferecer especialistas competentes e com propostas complementares para dar todo apoio necessário que o nosso time precisa”, completa Bruno Ladeira, CEO da Moringa.

Para liderar a área, Fabiana Freitas chega como Head de Recursos Humanos utilizando como base o RH 4.0. Com um time composto por profissionais especializados, a área será responsável por estruturar todos os processos e práticas de gestão de pessoas, pensar em novas soluções para a atração e seleção de talentos, apoiar a agência para a transformação digital, auxiliar as lideranças nas tomadas de decisões através da análise de dados e melhorar a experiência dos nossos colaboradores.

Fabiana é formada em RH, tem MBA em inovação, empreendedorismo e estratégia competitiva e é especialista em Desenvolvimento de Carreiras. Com mais de 15 anos de experiência na área, já atuou em empresas de pequeno porte, à multinacionais de diversos segmentos, entre elas, a rede de hotéis Meliá e Grupo Dentsu atendendo as agências Isobar e NBS.

Continue lendo