Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Olimpíadas: Rejeição dos jogos cresce entre os japoneses

Publicado

em

Em meio ao aumento de casos de Corona vírus no Japão, uma pesquisa revelou que 80% dos japoneses são contra a realização das Olimpíadas nesse período. Os especialistas dizem que o país vive uma quarta onda da Covid-19 e mais de 40 províncias estão em estado de emergência até o dia 31 de maio, incluindo a cidade sede dos jogos, Tóquio.

Os dados foram divulgados pelo jornal japonês Asahi e revelam apenas 14% das pessoas que responderam à pesquisa são a favor de que os jogos mantenham a data de início, prevista para 23 de julho. Do restante, 40% apoiam o adiamento mais uma vez e outros 43% acreditam que as Olimpíadas deveriam ser canceladas.

Apesar de os responsáveis pela organização da competição afirmarem que a realização dos jogos é possível de maneira segura, bem como as autoridades de Tóquio e o primeiro ministro japonês Yoshihide Suga, mais de 70% dos consultados mantém a posição de que as Olimpíadas trarão riscos à população.

Protestos contra as Olimpíadas

Em carta aberta divulgada no dia 14 de maio, a Associação de Praticantes Médicos de Tóquio, pediu às autoridades que a competição fosse cancelada. “Solicitamos veementemente que as autoridades convençam o COI (Comitê Olímpico Internacional) de que realizar as Olimpíadas é difícil e obtenham sua decisão de cancelar os Jogos.”

Além disso, um abaixo-assinado pela internet também pedia que os jogos não ocorressem. A petição foi criada no início de maio, pelo site Change.org e em dois dias, já acumulava mais de 200 mil assinaturas. “A disseminação de novas infecções por coronavírus não parou, não apenas em Tóquio, mas também em várias partes do Japão e ao redor do mundo até hoje”, declarou Kenji Utsunomiya, o criador do protesto.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Empresa

A Moça da Nestlé ganha vida em versão humanizada

Publicado

em

A Moça, que já faz parte da vida dos brasileiros há mais de um século, estampando as latas de Leite Moça e sendo grande aliada na criação dos doces momentos, agora vai interagir com o mundo real. A Nestlé acaba de lançar a versão humanizada da personagem que chega com o propósito de se conectar ainda mais com o público em todo ecossistema da marca, ajudando os consumidores no repertório culinário e reforçando a importância da relação da marca principalmente com as mulheres, sendo também uma embaixadora do empreendedorismo doce.

Mais do que uma nova forma de aproximação com o consumidor, a humanização da Moça faz parte de uma estratégia mais ampla. “Dar vida a Moça tem como objetivo evoluir a conexão com os consumidores, que inclusive deram o seu nome, sendo uma parceira no dia a dia, trazendo soluções e inspiração. Afinal são 100 anos de história, aprendendo junto com as mulheres brasileiras”,comenta Keila Broedel, executiva de marketing de culinários na Nestlé.

A Moça evoluiu com o passar dos anos e ganhou múltiplas versões desde seu lançamento em 1921 e agora o público poderá conhecer mais sobre a história, a personalidade e os valores da moça mais doce do Brasil, que faz as sobremesas darem certo. Com a humanização, a Moça vai se empoderar das suas mídias sociais para se aproximar do público e ser a porta voz digital da marca.

Para o seu desenvolvimento, a Nestlé escolheu como parceira a Vetor Zero, empresa com mais de 35 anos de experiência em animação 3D, que transformou a figura da marca, na personagem moderna de estética ultrarrealista com figurino contemporâneo, e ainda inspirado no original, utilizando para criação e modelagem da personagem a ferramenta MetaHumans, que permite a criação e personalização de modelos humanos hiper-realistas a partir de uma biblioteca de assets. Além de fazer uso da animação, com a captura de movimentos corporais e faciais de uma mulher real para trazer ainda mais realismo ao filme.

Continue lendo

Empresa

Agosto inclusivo na Vivenda do Camarão

Publicado

em

Até 31 de agosto, Vivenda do Camarão, a maior rede de restaurantes especializada em frutos do mar do Brasil, apoia a instituição Amigos do Bem, dando continuidade a uma parceria que foi iniciada em 2019, com o objetivo de ajudar a transformar as vidas de pessoas em vulnerabilidade social no sertão nordestino.

“A causa integra nossa estratégia e cultura da marca, pois entendemos a importância dessa ação de responsabilidade social”, observa Diego Perri, sócio-diretor da Vivenda do Camarão.

Para participar da ação basta comprar a TAG personalizada “Camarão Camarada do Bem” pelo valor unitário de R$ 2,00, em uma das lojas Vivenda do Camarão em território nacional. Inclusive, o nome do cliente será escrito na TAG que será fixada em um cantinho estratégico por um atendente, em cada loja, configurando um mural pelo bem social.

O valor líquido arrecado ao longo da ação será revertido para Amigos do Bem.

Continue lendo