Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Novos recursos do 5G exigirão preparo por parte das empresas

Publicado

em

O 5G já é uma realidade e, apesar da previsão de chegada no Brasil ser apenas para meados de 2022, as empresas já devem começar a se preparar para este avanço tecnológico. Segundo Bruno Moreira, diretor da eKyte — plataforma de gestão de marketing digital — todo grande avanço na telecomunicação carrega consigo uma transformação cultural, que acarreta também novas formas de consumo.

 

A quinta geração de dados móveis trará novas possibilidades de estratégias para o marketing digital, uma vez que irá aumentar a velocidade e diminuir a latência da conexão de internet. “Quando o 4G chegou aqui, em 2008, foi possível a viabilização de aplicativos como Uber, WhatsApp e até mesmo de redes sociais como Facebook e Instagram”, explica. “Com o avanço desta tecnologia, será possível baixar vídeos e filmes em menos de três segundos, sem falar na revolução que vai acontecer com a  internet das coisas e os gadgets vestíveis, como os smartwatches, por exemplo”, afirma Moreira, comentando como todo esse horizonte pode afetar o futuro do marketing digital.

 

Entretanto, o especialista acredita que o cenário do marketing digital nas empresas ainda é muito imaturo para receber as novidades do 5G. O investimento neste segmento é pequeno se comparado com outros mercados e ainda há muito caminho a percorrer para que as possibilidades trazidas pelo avanço tecnológico sejam de fato aproveitadas.

 

O momento é ideal para que empresas e profissionais se adequem e obtenham proveito máximo dos recursos que estarão disponíveis a partir de 2022. Para Moreira, a pandemia de Covid-19 no mundo trouxe ainda mais pessoas ao digital e, por isso, o investimento na área irá aumentar consideravelmente “Marcas irão se esforçar para estarem presentes a todo momento, aumentando ainda mais a concorrência por espaço, buscando aparecer em mais canais e com maior frequência”, diz.

 

O conteúdo exibido também deverá contar com maior planejamento, pois os meios serão ainda mais complexos e as possibilidades, inúmeras. Conteúdos de realidade aumentada e realidade virtual ganharão espaço, sendo ainda mais eficientes em um mundo que sofre as consequências de uma pandemia: estratégias online permitirão que clientes experimentem roupas virtualmente, além de explorarem lojas sem sair de casa.

 

Atualmente, já encontramos campanhas com realidade virtual, como é o exemplo do desfile que a C&A realizou dentro do Big Brother Brasil. Entretanto, com o 5G, a latência ficará abaixo de um milissegundo, o que fará com que a realidade aumentada e virtual processem imagens mais rapidamente do que o cérebro humano, tornando a experiência mais real. “Será possível criar uma experiência divertida e inovadora, colocando um cliente dentro de um jogo ou um ambiente. Será possível, por exemplo, participar de uma festa no BBB sem estar lá”, explica.

 

A nova ferramenta trará um grande impacto nas formas de comunicação, permitindo conexões instantâneas, o que mudará o relacionamento entre pessoas e marcas. Mas para que a experiência do usuário se torne, de fato, um sucesso, será necessária uma boa gestão de conteúdos. A quinta geração resolverá a questão da velocidade para captação de dados, permitindo aprimorar a experiência do cliente e a obtenção de resultados das empresas, mas dependerá das pessoas saber exatamente o que fazer com as informações colhidas.

 

A velocidade de coleta de dados irá permitir que as ferramentas de inteligência artificial fiquem mais sábias e rápidas por meio de um machine learning mais eficiente, o que faz com que as estratégias de marketing possam ser mais personalizadas e preditivas. “Será comum entrar numa loja e os vendedores estarem munidos de informações de consumo e de comportamento para poderem criar uma experiência de compra personalizada”, explica o especialista.

 

Desta forma, quanto mais possibilidades aparecerem no marketing digital, mais necessária será uma boa gestão de conteúdos. Planejar, medir, aproveitar o máximo o investimento para se fazer mais com menos. A empresa que entende a clientela de hoje e que conhece as ferramentas existentes atualmente estará mais preparada para este novo cenário, uma vez que muitas ainda estão em fase inicial no marketing digital. “Há companhias que ainda não fazem captação de dados, não aproveitam as informações geradas, não unificam os dados”, aponta Moreira. “Marcas e profissionais de marketing que já investem e estão em uma fase mais madura de estratégia irão, facilmente,  assumir a liderança”, finaliza.

Continue lendo

Empresa

A Moça da Nestlé ganha vida em versão humanizada

Publicado

em

A Moça, que já faz parte da vida dos brasileiros há mais de um século, estampando as latas de Leite Moça e sendo grande aliada na criação dos doces momentos, agora vai interagir com o mundo real. A Nestlé acaba de lançar a versão humanizada da personagem que chega com o propósito de se conectar ainda mais com o público em todo ecossistema da marca, ajudando os consumidores no repertório culinário e reforçando a importância da relação da marca principalmente com as mulheres, sendo também uma embaixadora do empreendedorismo doce.

Mais do que uma nova forma de aproximação com o consumidor, a humanização da Moça faz parte de uma estratégia mais ampla. “Dar vida a Moça tem como objetivo evoluir a conexão com os consumidores, que inclusive deram o seu nome, sendo uma parceira no dia a dia, trazendo soluções e inspiração. Afinal são 100 anos de história, aprendendo junto com as mulheres brasileiras”,comenta Keila Broedel, executiva de marketing de culinários na Nestlé.

A Moça evoluiu com o passar dos anos e ganhou múltiplas versões desde seu lançamento em 1921 e agora o público poderá conhecer mais sobre a história, a personalidade e os valores da moça mais doce do Brasil, que faz as sobremesas darem certo. Com a humanização, a Moça vai se empoderar das suas mídias sociais para se aproximar do público e ser a porta voz digital da marca.

Para o seu desenvolvimento, a Nestlé escolheu como parceira a Vetor Zero, empresa com mais de 35 anos de experiência em animação 3D, que transformou a figura da marca, na personagem moderna de estética ultrarrealista com figurino contemporâneo, e ainda inspirado no original, utilizando para criação e modelagem da personagem a ferramenta MetaHumans, que permite a criação e personalização de modelos humanos hiper-realistas a partir de uma biblioteca de assets. Além de fazer uso da animação, com a captura de movimentos corporais e faciais de uma mulher real para trazer ainda mais realismo ao filme.

Continue lendo

Empresa

Agosto inclusivo na Vivenda do Camarão

Publicado

em

Até 31 de agosto, Vivenda do Camarão, a maior rede de restaurantes especializada em frutos do mar do Brasil, apoia a instituição Amigos do Bem, dando continuidade a uma parceria que foi iniciada em 2019, com o objetivo de ajudar a transformar as vidas de pessoas em vulnerabilidade social no sertão nordestino.

“A causa integra nossa estratégia e cultura da marca, pois entendemos a importância dessa ação de responsabilidade social”, observa Diego Perri, sócio-diretor da Vivenda do Camarão.

Para participar da ação basta comprar a TAG personalizada “Camarão Camarada do Bem” pelo valor unitário de R$ 2,00, em uma das lojas Vivenda do Camarão em território nacional. Inclusive, o nome do cliente será escrito na TAG que será fixada em um cantinho estratégico por um atendente, em cada loja, configurando um mural pelo bem social.

O valor líquido arrecado ao longo da ação será revertido para Amigos do Bem.

Continue lendo