Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

McLanche Feliz deixa de conter ingredientes artificiais

Publicado

em

McLanche Feliz deixa de conter ingredientes artificiais

Conforme anunciado pelo McDonald’s, o icônico McLanche Feliz, finalizou o processo de substituição de ingredientes artificiais

Antes de mais nada, a Arcos Dourados, responsável pela operação do McDonald’s em diversos países, anunciou a substituição de ingredientes artificiais do McLanche Feliz. A novidade vem logo após a empresa ter identificado, por meio de uma pesquisa realizada no último ano, que 45% dos pais entrevistados gostariam de oferecer a seus filhos refeições sem corantes e aromatizantes artificiais.

“Esse movimento chega para responder a um desejo de nosso consumidor. Estamos ouvindo os clientes o tempo todo e identificamos que o uso de corantes e aromatizantes naturais em nossos produtos é algo importante. Com isso em mente, trabalhamos com nossos fornecedores e equipe de qualidade para que os produtos do McLanche Feliz passassem a contar apenas com corantes e aromatizantes naturais”, explica Paulo Camargo, Presidente da Divisão Brasil da Arcos Dorados.

Plataforma de grande importância para a marca, o McLanche Feliz está em constante evolução e, em 2011 passou a contar com as Mcfritas Kids, já em 2013 a marca eliminou a comunicação com refrigerantes. Em 2014 o Danoninho chegou como opções de sobremesa e no ano seguinte os tomatinhos foram incorporados as opções de acompanhamento.

Atualmente a marca oferece combinações com menos de 600 calorias, fruto da reformulação apresentada em 2019 as combinações atendem aos Critérios Nutricionais Globais do McDonald’s, endossados ​​pela Sociedade Interamericana de Cardiologia, a Associação Brasileira de Nutrição, a Fundação Cardiológica de Argentina e a Sociedade Peruana de Nutrição.

Confira os itens disponíveis:

• Como principal, os deliciosos McFiesta, Hambúrguer ou Chicken McNuggets;

Como acompanhamento, as McFritas Kids ou Tomatinhos;

• Como bebida, Suco Del Valle 100% Uva (sem adição de açúcar) ou água mineral;

• Como sobremesa, o Danoninho (com corantes e aromatizantes naturais);

No ano passado, a empresa anunciou que completou a substituição de corantes e aromatizantes artificiais em 14 ingredientes. O processo levou mais de 2 anos e contou com a colaboração de 90 fornecedores em toda a América Latina, sendo 15 deles no Brasil.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Águia Branca lança campanha especial de São João assinada pela Hagens

Publicado

em

Esperando há dois anos para retomar as celebrações e a alegria dos tradicionais festejos, a população da região está ansiosa para promover essa catarse cultural, cheia de reencontros e oportunidades que movimentarão ainda mais o turismo e a economia dos estados que celebram a data. A campanha tem foco nos mercados do sul da Bahia e Petrolina, trabalhando por meio das peças o uso dos canais digitais da empresa como a melhor opção de compra para os clientes.

Assinada pela agência Hagens, a identidade visual da campanha traz como referência a xilogravura e a literatura de cordel, com o ônibus estilizado e ilustrações que remetem a figuras tradicionais do São João, como o sanfoneiro, um balão e a dança tradicional da quadrilha. Com tom descontraído, as peças apostam na brasilidade e têm o objetivo de celebrar com os passageiros nesse momento de retorno às festividades. Para destacar e trazer o tom alegre e festivo, o verde limão e o laranja são utilizados como pontos de destaque. A campanha contará também com um jingle especial que veiculará em rádios do Nordeste e comercial de 30” para TV, além de diversas peças e estratégias online em todos os mercados de atuação da empresa.

Continue lendo

Empresa

Marketing digital é uma das grandes apostas do Grupo Stefanini, que anuncia aquisição da Ecglobal

Publicado

em

Com um faturamento de R$ 5 bilhões em 2021 e expectativa acima de R$ 6 bilhões este ano, utilizando uma estratégia baseada em crescimento orgânico e aquisições, o Grupo Stefanini dá mais um passo para ampliar seu ecossistema de inovação composto por mais de 30 empresas. Dessa vez, o foco é complementar o portfólio de soluções do ecossistema de marketing digital, batizado de Haus, com a aquisição da Ecglobal, uma empresa brasileira, com operações no exterior – países da América Latina e Estados Unidos -, que desenvolveu uma plataforma colaborativa, com tecnologia proprietária, para criar comunidades e redes sociais. O objetivo é que marcas e consumidores se engajem, colaborem e cocriem melhores produtos e experiências, sendo os dados de propriedade das empresas.

Responsável por divulgar anualmente o Net Love Score – NLS, estudo que revela as marcas que conquistaram o Brasil, a Ecglobal busca entender a evolução das tendências comportamentais dos consumidores, a partir da combinação de social listening em comunidades, com metodologias de pesquisas quantitativas e qualitativas. Sua plataforma promove uma participação ativa na rotina das pessoas por meio da automação e inteligência de dados e consegue interagir rapidamente em torno de uma causa ou propósito, impulsionando novos negócios.

Pela rede Ecglobal, as equipes de marketing, inovação e CX/UX podem desenvolver e validar conceitos, próximas inovações, experiências, posicionamento e comunicação. Da mesma maneira, a área de pesquisa pode gerar insights estratégicos para os departamentos de marketing e branding. É um espaço onde os participantes podem ouvir e ser ouvidos, receber informações e influenciar decisões de marcas e organizações que admiram.

Para o Managing Partner da Haus, Guilherme Stefanini, a chegada da Ecglobal ao grupo reforça a estratégia de aportar cada vez tecnologia e inteligência ao marketing para trazer resultados. Ao unir expertises, as empresas ampliam a capacidade de analisar dados, geram mais inteligência, se aproximam dos clientes e criam comunidades, que podem ser segmentadas por interesses comuns, discutem alternativas para tomar decisões mais assertivas e agregar valor ao negócio.

Continue lendo