Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

‘Lágrimas de alegria’ é mais uma vez o emoji mais usado

Publicado

em

Até recentemente, eu acreditava firmemente no emoji tradicional de smiley. “É fofo!” Eu costumava pensar, como felizmente o usava para indicar minha diversão gentil com tudo, desde trocadilhos a planos divertidos para o fim de semana.

Mas, aparentemente, isso foi um erro, e quando pensei que estava expressando felicidade sincera, na verdade estava enviando um emoji que é “colossalmente um insulto de todas as maneiras imagináveis”, de acordo com o The Guardian.

Parece que o resto do mundo concorda, e o “rosto ligeiramente sorridente”, para usar seu nome completo, não figura no top 10 dos emojis mais usados ​​em 2021. Na verdade, de acordo com dados do Unicode Consortium, o rosto ligeiramente sorridente não está nem entre os 20 primeiros. Está no número 28, imprensado entre “palmas” e “rosto vermelho”.

Em vez de abraçar as alegrias sutis do rosto ligeiramente sorridente, o mundo continuou seu caso de amor com “rosto com lágrimas de alegria”, um instrumento rude e contundente de um emoji que não deixa espaço para sutileza ou ambiguidade. Diz-se que está no topo desde pelo menos 2017 e, em 2021, foi responsável por mais de 5 por cento dos emojis enviados online. Ridículo.

Piadas à parte, é interessante ver a partir desses dados o quão amplamente consistente o emoji que usamos tem sido, mesmo que o mundo tenha virado de cabeça para baixo pela pandemia.

Em seu blog, o Unicode Consortium destaca que o top 10 emoji teve apenas uma mudança entre os dois anos, e mesmo assim, foi para trocar dois emoji muito semelhantes (“dois corações” com “rosto sorridente com 3 corações”).

Isso não quer dizer que não houve grandes mudanças. O emoji do bolo de aniversário disparou de 113 para 25, enquanto o balão flutuou suavemente de 139 para 48. Meu favorito pessoal, o rosto suplicante, também quebrou o top 20, subindo de 97 para 14.

Mas, surpreendentemente, o paraíso de emojis relacionados à pandemia real não vi muita mudança, como o emoji de micróbio, que mal chegou ao top 500 (há 3.663 emojis no total, caso você esteja se perguntando).

Além desse tipo de dado ser simplesmente interessante, é útil para o Consórcio Unicode entender quais emojis são mais populares para decidir quais caracteres adicionar em seguida.

A forma como os emojis são criados é um processo surpreendentemente interessante e você pode ler sobre isso neste artigo do meu colega Jay Peters (que enviou propostas para o rosto bocejando e o emoji waffle).

Ainda assim, pelo menos há esperança para nós, fãs sorridentes. O emoji teve um aumento dramático em popularidade entre 2019 e 2021, quando anteriormente estava na 50ª marca. Nesse ritmo, ainda podemos chegar aos 10 primeiros [emoji com os dedos cruzados].

Matéria traduzida de The Verge.

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Universo Live

NovaDAX distribui criptomoedas na Stock Car

Publicado

em

A sétima etapa da temporada de 2022 da Stock Car aconteceu no Autódromo de Interlagos, em São Paulo e agitou o mundo dos criptoativos. A NovaDAX – exchange global de negociação de criptomoedas e patrocinadora oficial da Stock Car, marcou presença com uma ação de live marketing, seguindo tendências de players internacionais ao apostar no automobilismo de maneira inovadora e imersiva.

“As ações de live marketing são importantes para criar awareness da marca e produtos, ao mesmo tempo em que aproximam o público e desenvolvem uma conexão mais próxima com os clientes”, diz Aloizio Manoel, trainee marketing da NovaDAX.

Os convidados tiveram a oportunidade de interagir com uma máquina de vento com distribuição gratuita de papéis que presentam valores reais em criptomoedas, ao mesmo tempo em que recebiam informações valiosas sobre as soluções da corretora de criptoativos, que tem se destacado no mercado brasileiro.

A ação foi idealizada e produzida pela Agência Folzke, que aposta na nova economia da geração Z.

“A NovaDAX é um retrato da nova economia, da era tech em que estamos vivendo e irá se intensificar ainda mais com a geração Z. Tudo isso está em total sintonia com a missão da Folzke e nos inspira a criar soluções cada vez mais criativas e imersivas”, conclui Gabriel Folzke, diretor da agência Folzke.

Continue lendo

Universo Live

Budweiser apresenta projeto artístico que impede a demolição de quadras de basquete de rua pelo Brasil

Publicado

em

As quadras de basquete de rua fazem parte da vida das pessoas. Elas estão nos bairros, nos centros, na infância e na juventude e, por isso, acabam se tornando mais do que um lugar para se jogar basquete. Mas se por um lado a quadra é sinônimo de lazer, cultura, música e senso de comunidade, ela também é um espaço altamente visado pelo mercado imobiliário. Afinal, são 420m2 de um terreno plano que poderia dar lugar para novos estacionamentos e prédios.

Infelizmente, quando uma quadra é destruída, não se perdem apenas 420 m2, mas toda a cultura que está a sua volta e, por isso, a Budweiser, parceira da NBA e uma das porta-vozes do basquete no Brasil, decidiu agir. A marca encontrou uma brecha na Lei de Tombamento Brasileira nº 25/1937, que diz: “um lugar de interesse público com valor artístico é considerado patrimônio público e não pode ser demolido”.

Intitulada “Quadras Indestrutíveis”, a iniciativa criada pela agência Africa contempla a realização de um projeto artístico, com relevância cultural ao local, em uma quadra de rua. Com o projeto realizado, é possível entrar com um pedido de tombamento*. Para isso, a Budweiser resumiu o processo em cinco passos, descritos no site Quadras Indestrutíveis : 1) Escolha uma quadra pública de basquete; 2) Encontre um tópico relevante para a cultura local; 3) Selecione um artista; 4) Budweiser conecta o artista, a quadra e você; 5) Entre com o pedido de tombamento.

“Esse é um projeto extremamente relevante, que dá poder para as pessoas exigirem o que é delas por lei. Cada dia que passa é mais comum vermos quadras abandonadas, sem cuidado ou iluminação. As pessoas não merecem esse descaso, elas merecem cultura e lazer,” comenta André Mota, gerente de estratégia da marca Budweiser na Ambev.

O projeto piloto, realizado com sucesso em uma quadra em Natal, RN, mostrou o potencial de transformação da iniciativa. A Budweiser convidou um artista local, que criou uma arte homenageando um dos principais jogadores brasileiros de basquete, também nascido na cidade, Oscar Schmidt. Após a realização da obra, o pedido de tombamento foi feito e levado para o secretário de cultura junto ao prefeito. Hoje, a quadra já é considerada um patrimônio cultural e não pode ser demolida. Daqui em diante, ela servirá apenas para lazer, entretenimento, cultura e até como ponto turístico na cidade.

Pelo site, já foram registradas cerca de 16 quadras, que agora estão no processo para receberem um artista e serem transformadas. Na Mooca, tradicional bairro da cidade de São Paulo, SP, uma quadra acaba de ser finalizada.

Continue lendo