Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Instituto Center Norte apoia movimento #FamíliaApoiaFamília

Publicado

em

Ação tem como propósito ajudar mais de 3.300 famílias em situação de vulnerabilidade social na zona norte de São Paulo

O Instituto Center Norte, organização sem fins lucrativos criada pela Cidade Center Norte, se uniu ao movimento #FamíliaApoiaFamília para ajudar cinco projetos sociais que prestam assistência a pessoas em situação de vulnerabilidade social na zona norte da capital paulista. O objetivo da campanha é arrecadar cerca de R$ 1,3 milhão para beneficiar, de acordo com as ONGs, mais de 3.300 famílias.

As doações em dinheiro, feitas por empresas e pessoas físicas, por meio da plataforma #FamíliaApoiaFamília (https://benfeitoria.com/canal/familias), serão revertidas em alimentos, produtos de higiene e limpeza, vestuário e outros artigos essenciais para o dia a dia, com o propósito de proteger e amparar aqueles que mais necessitam durante a crise provocada pelo novo coronavírus. A ação deve, ainda, gerar renda aos fornecedores locais, uma vez que os itens serão comprados diretamente dos comerciantes da região.

De acordo com Daniela Pavan, gerente de sustentabilidade da Cidade Center Norte, foram selecionadas ONGs já atendidas pelo Instituto Center Norte. Segundo ela, cada organização apresentou seu projeto, considerando a necessidade de apoio pelo período de um a três meses. “Nosso intuito é unir empresários e pessoas que possam contribuir para apoiar as comunidades com maior vulnerabilidade que, em momentos como esse, têm acesso ainda mais restrito a itens básicos de alimentação e higiene, por exemplo. É o nosso papel atuar com responsabilidade social e agora, mais do que nunca, é hora de unir forças pelo bem comum no combate desta pandemia”, diz Daniela.

Os projetos apoiados são:

  • Cresce – Instituto Espaço Vida: a missão da ONG é garantir atendimento aos moradores das comunidades Zaki Narchi e do Flamengo, além de abrigos da ZN de São Paulo. Ao todo serão 568 famílias, por meio do acesso à alimentação básica e itens de higiene;
  • Instituto Edificando: a ONG necessita de auxílio para levar cestas de alimentos não perecíveis e kits com produtos de higiene e limpeza para 250 famílias vulneráveis que residem nas comunidades do distrito Tremembé;
  • PAC – Projeto Amigo das Crianças: o projeto atua para manter as comunidades protegidas, especialmente durante a quarentena, além de garantir o mínimo necessário para o bem-estar das pessoas que moram nas comunidades do Cantagalo, Vila Zatt, Vila Mirante e Paquetá. A ONG atende mais de 1.000 famílias.
  • Solid Rock Brasil: atende 550 famílias nos bairros Vila Maria e Parque Novo Mundo e conta com as seguintes frentes de atuação: um Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes (SAICA), dois Centros para Crianças e Adolescentes (CCA) e um Centro de Desenvolvimento Social e Produtivo para Adolescentes, Jovens e Adultos (CEDESP). A ONG, que ajuda pessoas em situação de extrema pobreza, garante pelo menos duas refeições por dia a todos os atendidos;

§ Instituto Resgatando Vidas: ONG acelerada pelo Gerando Falcões, que tem o objetivo de atender, no mínimo, 1.000 famílias de comunidades carentes da Vila Nova Cachoeirinha e garantir que tenham acesso à alimentação e produtos de higiene.

O Instituto Center Norte tem atuado, também, em outras frentes para apoiar as comunidades da região neste período de isolamento. “Compramos mais de 300 cestas básicas para famílias do Cingapura Zaki Narchi e da comunidade da Vila Nova Cachoeirinha. Além disso, estamos arrecadando, há algumas semanas, doações de nossos colaboradores e lojistas. São roupas, alimentos não perecíveis e outros itens essenciais, que estão sendo destinados às pessoas de baixa renda”, comenta Daniela.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

GMD assina campanha para a Roku

Publicado

em

A GMD acaba de assinar mais uma campanha de marketing  da Roku, plataforma de streaming para TV líder nos Estados Unidos em horas de consumo, segundo a Hypothesis Group. A nova campanha conta com mais de 40 peças publicitárias.

Com o objetivo de ampliar o awareness da Roku no país e estimular as vendas de produtos nos meses de maio e junho, a campanha criada pela GMD complementa outras iniciativas da empresa. Para isso, foram criados dezenas de vídeos em diferentes formatos e tamanhos, direcionados aos fãs de streaming que têm por hábito consumir conteúdos como filmes, séries, jogos de futebol, música, entre outros. 

Para desenvolver a campanha, a GMD contou com um time de 13 profissionais e levou cerca de um mês entre planejamento e produção. Lucas Patrício, CEO da GMD, acredita que os excelentes resultados conquistados no ano passado, quando fizeram o primeiro trabalho para a Roku, foram determinantes para a realização da nova campanha.

“A GMD tem bastante sinergia com os mercados do entretenimento e tecnologia, não só pelo histórico da agência no segmento, mas porque todos aqui são consumidores. Entendemos rapidamente a mensagem que a Roku queria transmitir e os resultados do ano passado foram bastante positivos. Esperamos repetir o sucesso de alcance, engajamento e conversão nessa nova campanha”, comenta.

Ficha técnica:

Gerente de Projetos: Barbara Toscano

Analista de Projetos: Thais Queiroz

Especialista de mídia: Gilmar Pereira

Diretor e roteirista: Vina Aguiar

Editor: Rafael Balão

Diretores de arte: Bruno Ribeiro e Lucas Coimbra

Analista de Conteúdo: Diogo Carvalho

Continue lendo

Empresa

Waze convida usuários a corrigirem a pronúncia de vias públicas

Publicado

em

Waze, a plataforma que conecta comunidades dentro e fora das estradas, lança uma nova campanha comunitária para melhorar e atualizar a pronúncia de ruas, avenidas e rotas em português. A ativação faz parte do trabalho de desenvolvimento da operação de conversão de texto em voz dos engenheiros da empresa, que visa tornar uma das suas vozes padrão – a Alessandra, que reproduz o nome das ruas e avenidas – mais fluente e compreensível para os usuários do aplicativo.

A partir do dia 15 de maio e até dia 31/05, os usuários do Waze poderão ajudar a aprimorar a experiência de navegação para si e para outras pessoas ao relatar a pronúncia incorreta de nomes de ruas e rotas em todo o país. Por meio desse formulário, o feedback será enviado aos engenheiros e desenvolvedores da empresa e ajudará a atualizar e melhorar a experiência de navegação para milhões de motoristas do Brasil. A iniciativa já foi realizada em Israel, país onde o aplicativo nasceu e o resultado foi bastante satisfatório, em duas semanas de campanha foram feitos 200% mais ajustes do que em um ano. Os usuários agora têm uma pronúncia em hebraico muito mais clara e fluída.

O Waze adiciona recursos úteis regularmente, atualizar o desenvolvimento de texto para fala é outra melhoria projetada para aperfeiçoar a experiência do uso em português do Brasil.

Continue lendo