Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

“Haters pro Bem”: Projeto da Purple Cow transformar ódio em ajuda

Publicado

em

A pandemia da Covid-19 levou a muitos da população brasileira a um estado de vulnerabilidade, pensando nisso a ONU-Habitat, ISERPurple Cow Ame Digital juntaram-se para levar ajuda às cidades brasileiras. A ação, lançada na terça-feira (05), foi iniciada por dez grandes complexos de favelas do Rio de Janeiro (Cidade de Deus, Rocinha, Complexo do Alemão, Penha, Jacarezinho, Lins, Vila Kennedy, Chapadão, Pedreira e Maré).
 
Os impactos da pandemia são maiores na população que vive em assentamentos informais e favelas em todo o mundo. No Brasil, atualmente cerca de 11 milhões de pessoas residem em assentamentos informais e 7.225 milhões de habitações apresentam déficit de, pelo menos, um tipo de serviço de infraestrutura. A Covid-19 pode fazer com que muitos territórios demorem anos para se recuperar, se medidas de apoio especiais não forem fornecidas a essa população.

Diante dessa realidade, a agência Purple Cow criou o movimento “Haters Pro Bem” para ajudar o ONU-Habitat, Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos, a arrecadar fundos com o objetivo de proporcionar segurança, saúde, moradia, alimentação, além de geração de renda, e garantir condições básicas de higiene e prevenção à Covid-19. A campanha, cujo mote é “Cuide da vida de quem precisa”, foi desenvolvida também em parceria com o ISER (Instituto de Estudos da Religião) e tem o apoio do super app Ame Digital e das produtoras Canja Audio Culture(som), SlingShot (digital) e Lampião Filmes (imagem). 

O movimento visa incentivar celebridades e influenciadores atacados por haters na internet a transformar o ódio em uma campanha de doações, respondendo os comentários ofensivos com a URL http://cuidedavidadequemprecisa.com.br/. Acessando o site da campanha, as pessoas poderão fazer doações por meio da Ame Digital, acompanhar a meta de arrecadações e conhecer mais sobre as dez comunidades que serão inicialmente beneficiadas. O conteúdo do portal foi produzido e gravado em parceria com film makers e fotógrafos residentes nessas favelas. 

Haverá também um perfil no Instagram (@hatersprobem), cuja proposta é uma interação com haters por meio da seguinte mensagem: “Gosta de cuidar da vida dos outros? cuidedavidadequemprecisa.com.br”.

 
“Mais do que levantar recursos para ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade, via a estrutura operacional da ONU e do ISER, o projeto quer jogar holofotes na situação de quem vive nas favelas do Rio de Janeiro, principalmente nesse delicado momento de pandemia. Buscamos provocar uma reflexão sobre a energia que muitos haters gastam cuidando da vida de outras pessoas. Queremos engajar o maior número possível de influenciadores, fazendo com que eles e elas compartilhem a URL em resposta aos seus haters, amplificando o alcance do projeto. Com uma simples URL estamos buscando provocar reflexões, enquanto motivamos doac oes para ajudar quem está precisando de ajuda”, analisa Cassio Filho, CCO da Purple Cow.

Segundo Rayne Ferretti Moraes, Oficial Nacional do ONU-Habitat para o Brasil, ficou claro que “a Covid-19 afetou e transformou a vida das pessoas em todo o mundo, entretanto, vemos que a capacidade de resposta de cada pessoa depende do local onde mora, do gênero e da raça. Pretendemos, com essa iniciativa em parceria com o ISER, a Purple Cow e a Ame, preparar mecanismos que intensifiquem a capacidade de resposta e de acesso a meios de proteção e recuperação de quem mais precisa ”. 

“Converter a energia do ódio supérfluo na internet em ações de consciência coletiva pode ser a ferramenta adequada para aprofundar a ideia de que essas comunidades são parte da cidade e não devem ser deixadas para trás em momento algum, seja de crise, seja em tempos normais”, complementa Rayne.

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Cachaça envelhecida por duas décadas é lançada com diamante incrustado na garrafa

Publicado

em

Foi no ano de 1824 que a família Weber deixou Hunsrück, na Alemanha, para se fixar na região sul do país, nas florestas das encostas da Serra Gaúcha, hoje conhecida como Ivoti. Inicialmente, o lucro da família era obtido através do plantio da batata inglesa para a produção de uma bebida chamada ‘schnaps’. Apenas em 1848, com o plantio de cana-de-açúcar, e seguindo tradições históricas, tem início a elaboração de cachaça com o objetivo de consumo. O início comercial da Destilaria H. Weber dá-se apenas um século depois do primeiro destilado elaborado, em 1948.

Com o tempo, o processo foi se modernizando e o negócio acabou passando de pai para filhos, fazendo com que a destilaria fosse inovando ano após ano e ganhando cada vez mais espaço e credibilidade no mercado. Foi então que, no ano de 2001, justamente na virada do milênio, que a terceira geração da família Weber criou a marca Weber Haus, um marco no mercado das cachaças artesanais e que transformou a destilaria que até então atendia apenas o mercado regional (Ivoti, Dois Irmãos e Novo Hamburgo), em uma empresa de rótulos sofisticados, sabores únicos e receitas elaboradas.

E para celebrar justamente os 21 anos da Weber Haus, a marca acaba de lançar a cachaça Weber Haus Diamant 21 years old, um produto inédito, diferente de tudo o que a empresa já lançou e com sabor incomparável. Apesar de ser lançada em 2021, a história da bebida começa no ano 2000, período onde o mundo aguardava uma nova era, mudanças e revolução. Hugo Weber e seu filho Evandro Weber decidiram elaborar uma cachaça e deixar ela envelhecendo em seus melhores tonéis.

“Até então não tínhamos ideia de qual seria o nome, destino ou característica do produto, apenas sabíamos que essa seria a grande joia da destilaria”, explica Evandro Weber, diretor da destilaria. Ano após ano, pai e filho se debruçavam sobre as barricas para fazer uma criteriosa degustação individual e sempre se surpreendiam com o sabor e a evolução da bebida, resultado das características únicas dos barris de carvalho.

Foi então que em 2021, depois de duas décadas, a bebida foi retirada das caves subterrâneas das barricas antigas para ser lançada no mercado com o nome de Weber Haus Diamant 21 years old. A ideia do nome é uma alusão à pedra preciosa, que para conquistar o status de joia, precisa da intervenção do homem para ser lapidada, esculpida e trabalhada, além de conhecimento e paciência para conseguir um resultado impecável e surpreendente. “Queremos proporcionar uma experiência única que vai muito além de degustar uma cachaça, é uma imersão em um universo de sabores, cores, aromas e conhecimento”, diz Weber.

Além do sabor único, a Weber Haus Diamant 21 years old será vendida em uma edição limitada de 1.000 garrafas. E por se tratar de uma data tão especial, serão duas opções de embalagens que traduzem justamente o luxo e a nobreza do produto. A garrafa no formato de um diamante vem em um estojo de madeira espelhado. A Weber Haus Diamant 21 years old com a embalagem tradicional será vendida por R$5.948,00. Já a versão com um diamante de 3,65mm incrustado na garrafa custa R$9.948,00.

“Por ser algo totalmente diferente do que nós já fizemos na história, além de ser uma forma de comemorar os 21 anos da Weber Haus e celebrar a amizade entre pai e filho, nós queríamos que tudo nela fosse diferente e especial, por isso fizemos essa embalagem à altura da bebida”, ressalta o diretor. A garrafa número 0001 foi leiloada no dia 18 de novembro em Ivoti (RS) e arrematada pelo valor de R$66.948,00.

Envelhecida seis anos em Carvalho Francês e 15 anos em Bálsamo e com graduação alcoólica de 40%, a bebida possui características sensoriais de nozes, chocolate, tabaco, baunilha, canela, amêndoa e erva doce. “A cachaça é uma bebida que representa o Brasil, então olhar toda nossa trajetória e ver que nós fazemos parte de tudo isso é muito emocionante, e lançar a Weber Haus Diamant 21 years old é uma forma de brindarmos e agradecermos a todos os nossos clientes e colaboradores que contribuem e contribuíram para chegarmos até aqui”, finaliza o diretor.

Continue lendo

Empresa

Campanha estrelada por Marina Ruy Barbosa apresenta o cardápio completo de produtos e serviços do Banco Safra

Publicado

em

Banco Safra começou a divulgar a segunda parte da campanha Quem Sabe, Safra. Os anúncios, com a atriz Marina Ruy Barbosa, estão sendo veiculados em todas as mídias e marcam o início das comemorações de 180 anos da instituição, apresentando a ampla gama de produtos e serviços oferecidos aos clientes do Safra.

Uma das especialidades do Safra ressaltada na campanha é a área de investimentos. Além dos reconhecidos fundos geridos pela Safra Asset e da solidez dos produtos de renda fixa emitidos pelo banco, a partir da análise dos seus especialistas, o Safra conta com uma das corretoras mais tradicionais do Brasil.

A Safra Corretora traz uma plataforma de ponta para aqueles que desejam operar por conta própria e uma equipe qualificada voltada para os investidores que preferem o auxílio de um especialista.

Outro diferencial apontado na campanha são as vantagens dos cartões disponíveis no Safra, que trazem facilidades em viagens, compras e experiências no programa Safra Rewards, com uma das melhores pontuações do mercado e prêmios exclusivos.

Além de todas estas vantagens, o Banco Safra passou a oferecer em maio uma novidade para trazer mais conforto às viagens de seus clientes: o Espaço Banco Safra. Trata-se de uma Sala VIP localizada no terminal 3 do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

O Espaço Banco Safra, ambiente administrado pela GRU Airport, foi pensado para oferecer uma série de benefícios que tornam a espera pelo embarque mais agradável. Os clientes têm acesso a um buffet completo, incluindo opções Kosher, estrutura com Wi-Fi, TV a cabo, banheiros e chuveiros privativos.

A campanha, criada pela agência Talent Marcel, traz a mensagem de que o banco não abrir mão de seus valores de longa data, mas que está sempre conectado às necessidades de seu tempo, como mostra o engajamento da instituição com o sistema de Open Banking e o compromisso em adotar as práticas ESG em todas as dimensões de sua atuação.

Continue lendo