Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Fundadores e empreendedores do Brasil se unem para criar práticas de conscientização contra o COVID-19

Publicado

em

Inspirados no movimento #StoptheSpread, já são mais de 600 empreendedores apoiando a causa

Em tempos de pandemia, inúmeras empresas estão se unindo para criar ações de conscientização. Inspirados pelo movimento #StoptheSpread, que reúne mais de 400 CEOs e investidores dos Estados Unidos que se comprometeram a ajudar no combate à pandemia causada pelo novo coronavírus, os empreendedores Luciano Tavares, CEO da gestora digital de investimentos Magnetis, Gabriel Benarrós, CEO da plataforma de entretenimento Ingresse, e a Endeavor, organização liderada por Camila Junqueira para apoiar o empreendedorismo encabeçaram uma iniciativa similar no Brasil.

Por meio de um termo público de compromisso, eles estão convidando líderes e empreendedores das empresas nacionais a assinarem um documento que atesta o comprometimento com o combate à pandemia. Para as empresas, foram definidas quatro diretrizes: Adotar imediatamente o trabalho remoto para todos os funcionários, sempre que possível, incluindo líderes; Fazer tudo o que pudermos para apoiar a força de trabalho na linha de frente, socorristas e profissionais de saúde; Apoiar fornecedores e prestadores de serviço autônomos, que não podem trabalhar remotamente, pagando por seus serviços, mesmo que eles sejam prestados depois; Sugerir aos funcionários que parem de realizar ou de participar de eventos públicos sociais não obrigatórios de qualquer tamanho.

“Nós adaptamos as ações para a realidade brasileira e estamos convidando toda a liderança do país a aderir”, explica Gabriel Benarrós, que batizou o movimento de #fiqueemcasa. “O objetivo é fazer uma grande força-tarefa para agir imediatamente e, assim, diminuir o alastramento da contaminação, contribuindo para que o sistema de saúde dê conta de quem realmente precisa”, completa. Conforme também destaca Luciano Tavares, é preciso agir agora para fazer a diferença, pensando na responsabilidade com a sociedade e com os colaboradores. “Como líderes, estamos em uma posição única para dar força a esse movimento. Reconhecemos que são escolhas difíceis e que terão impacto significativo, mas acreditamos que são necessárias agora”, reforça.

Na Magnetis, por exemplo, a cultura do trabalho remoto faz parte DNA da empresa, que já tinha cerca de 30% do time trabalhando integralmente remoto. Diante da pandemia de coronavírus, a fintech decidiu adotar como medida preventiva o home office para todos os funcionários, desde o dia 13/3. À princípio, esse formato será mantido até dia 30 de março, e poderá ser prorrogado, caso necessário. Para engajar seus colaboradores, a empresa também desenvolveu algumas ações internas para o bem estar da equipe. “Adiantamos o pagamento do benefício de alimentação, e às sextas sortearemos grupos de oito pessoas para um happy hour remoto. Além disso, criamos canais para compartilhar dicas de bem estar, produtividade no trabalho, e iniciativas culturais para esse período de isolamento social”, conta o Tavares.

Do ponto de vista pessoal, a campanha também estabeleceu premissas. Três delas são bem parecidas às definidas para o campo profissional: o suporte ao pessoal da linha de frente e da área de saúde; apoio às pessoas que não podem trabalhar remotamente e profissionais autônomos; e evitar locais públicos. As outras três passam pela adoção de medidas de higiene e prevenção recomendadas pelo Ministério da Saúde; não estocar produtos, comprando apenas o necessário para não faltar insumos para outras pessoas; e tratar uns aos outros de forma gentil e com empatia nesse período de crise. “Quanto mais cedo nos comprometermos, menor será a disseminação. E quanto menor a disseminação, mais rápido e eficiente será o combate”, diz Benarrós.

Até o momento, a campanha brasileira já conta com mais de 620 adesões, de nomes como Marcelo Marques, CEO da Mobly; Vinicius Roveda, CEO da Conta Azul; Diego Gomes, CEO da Rock Content; Eric Santos, CEO da Resultados Digitais; Marcelo Blay, da Minuto Seguros; Romero Rodrigues, sócio-diretor da Redpoint eventures e do Buscapé; Brian Requarth, chairman do Grupo ZAP; Florian Hagenbuch, CEO da Loft; e Ana Fontes, CEO da RME – Rede Mulher Empreendedora.

Para fazer parte do compromisso em combate ao coronavírus, basta acessar o link .

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Magalu lança campanha de Dia dos Namorados em formato de novela mexicana

Publicado

em

O Magalu lançou a sua nova campanha para o Dia dos Namorados, intitulada “Presente Sem Drama”. Criada pela agência Ogilvy Brasil, a produção mostra que no Magalu não há erro na hora de escolher o presente para o seu par. Inspirado nas novelas mexicanas e com roteiro baseado nas famosas D.R. (discussões de relacionamento), o material apresenta quatro episódios que prometem emoção e diversão, mostrando a diversidade de sortimento que existe na companhia.

“Apostamos na construção de uma campanha totalmente elaborada para as redes sociais, com a linguagem da internet e alinhada às tendências do TikTok e reels, com forte potencial para engajamento”, diz Silvia Machado, CMO do Magalu. Esta ação também terá uma novidade no formato de reverberação, um desafio lançado para criadores de conteúdo através do formato TTCC (TikTok Creative Challenge), que vai permitir que mesmo os criadores que não foram contratados diretamente para as gravações originais da webnovela, possam ter também a oportunidade de criarem suas novelinhas de maneira orgânica e serem remunerados pelo conteúdo.

Quem nunca exagerou em uma D.R. com o parceiro? Quando se trata de presente na principal data dos casais, o 12 de junho, essa situação pode se tornar ainda pior. Por isso, o Magalu é o destino certo para comprar o presente ideal, evitar o drama e ter um final feliz neste Dia dos Namorados. Para contar essa história, foram convidados os influenciadores Reeh Augusto, Yasmin Castilho, Leonardo Bagarolo e Rafa Cesar. O formato de web novela foi escolhido justamente pela popularidade entre diferentes audiências, especialmente no TikTok. A proposta nasceu a partir de um insight coletado pelo time de redes sociais do Magalu, com base em pesquisas e social listening realizados a partir de plataformas parceiras como Sprinklr e Winnin Insights.

“Foi muito gostoso trabalhar nessa campanha do Magalu, eles trouxeram uma equipe em casa e uma produtora que faz um trabalho mais profissional. A gente adora o audiovisual, então, para gente foi muito satisfatório transformar nossa casa num set de filmagem. O Magalu já é parceiro de longa data, e quanto mais a gente trabalha com marca que dá liberdade para gente coproduzir, melhor, porque nós temos o nosso público e conhecemos a nossa audiência, e a marca escolhe a gente por isso, né, para se encaixar também nas pessoas que a gente atinge”, destaca Léo Bagarolo, Influenciador.

“No resumo, vamos dramatizar o momento de presentear no estilo de uma novela, com dublagens, DRs e mostrar como tudo se resolve com o presente certo do Magalu. Essa ‘novela’ será protagonizada em parceria com criadores de conteúdo, utilizando formatos nativos das redes sociais e referências a memes do cotidiano, garantindo uma conexão divertida e autêntica com o público. Essa é uma campanha que traz a voz da marca priorizando o conteúdo de entretenimento, uma estratégia eficiente na construção da consideração do Magalu como destino de compra para a data”, afirma Cristian Santoro, diretor-executivo de criação da Ogilvy Brasil.

Continue lendo

Empresa

Propagandas em painéis de LED estão substituindo os outdoors em papel e até virando atração turística em São Paulo

Publicado

em

As cidades mais modernas do mundo utilizam painéis de LED em suas ruas e avenidas, o que torna os ambientes mais iluminados, modernos e até mesmo os transforma em pontos turísticos.

Na movimentada capital paulista, os painéis de LED são uma atração à parte. Ao percorrer as movimentadas ruas da cidade, é impossível não notar a presença marcante desses luminosos, que se espalham pela paisagem urbana, oferecendo uma exibição moderna e dinâmica que certamente chama a atenção. Além disso, eles ocupam o lugar dos antigos outdoors estáticos, que costumavam poluir visualmente as ruas, proporcionando agora uma experiência visual mais agradável e contemporânea.

“Os outdoors estáticos foram barrados na capital paulista pela Lei Cidade Limpa, que pretende transformar São Paulo, reduzindo a poluição visual e abrindo espaço para a adoção dos modernos outdoors digitais”, lembra Danniel Xavier, CEO da LED Expert, startup especializada no segmento de painéis de LED em alta resolução.

O especialista recorda que essa mudança não só trouxe uma nova estética para o ambiente urbano, mas também abriu portas para formas mais dinâmicas e interativas de publicidade ao ar livre. Os DOOH (Digital Out of Home) não apenas captam a atenção das pessoas de maneira eficaz, mas também permitem que as marcas se comuniquem de maneira criativa e impactante, conectando-se melhor com o público-alvo em um mundo cada vez mais digitalizado.

“A DOOH alcança as pessoas em locais de grande circulação e visibilidade, onde o público está ativo e receptivo a mensagens publicitárias, como ruas, avenidas, praças, parques e até estabelecimentos comerciais, como shoppings e lojas. Dessa forma, empresas aproveitam para promover seus produtos, novidades e serviços, já que a tecnologia oferece uma abordagem visual limpa, dinâmica, moderna, conectada e rentável”, explica.

Continue lendo