Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Disney+ chega a 100 milhões de assinantes em quase um ano e meio

Publicado

em

Conforme anunciado pelo presidente-executivo da Walt Disney, Bob Chapek, na reunião anual de acionistas da empresa. O serviço de streaming da Disney, o Disney+, ultrapassou mais de 100 milhões de assinantes no mundo.

Em seguida, Chapek anunciou que a Disney espera reabrir seus parques temáticos da Califórnia no final de abril. Por fim, o executivo anunciou que Viúva Negra ainda deve ser lançada em maio.

A expressiva marca de 100 milhões de assinantes, foi atingida apenas 16 meses após o lançamento da plataforma. Desse modo, a empresa mostra o enorme potencial que universos como Marvel e Star Wars, possuem para séries originais como “The Mandalorian” e “WandaVision”

De a pandemia fez com que o consumo de streaming tivesse um grande salto no último ano. Contudo, as plataformas de streaming ganharam diversas estreias do cinema.

Nesse sentido, temos como exemplo o live-action de “Mulan” e “Raya”. Além disso, a empresa pretende explorar ainda mais o universo de Star Wars, logo após sucesso de O Mandaloriano, a série animada The Bad Batch também deve agradas os fãs da saga.

“Estabelecemos uma meta de mais de 100 novos títulos por ano, e isso inclui a Disney Animation, Disney Live Action, Marvel, Star Wars e National Geographic. Nosso negócio direto ao consumidor é a principal prioridade da empresa, e nosso robusto pipeline de conteúdo continuará a alimentar seu crescimento.” Concluiu Chapek.

Portanto, ao alcançar 100 milhões de assinantes com seu streaming, a Disney diminui a distância para seus concorrentes. Bem como Netflix (204 milhões) e Amazon Prime Video (mais de 150 milhões).

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Empresa

Empresas utilizam IA para aprimorar engajamento do consumidor, aponta estudo

Publicado

em

Quando o assunto é engajamento dos clientes por meio da inteligência artificial, empresas da América Latina continuam a se concentrar nos chatbots e na capacidade que a inteligência tem para ajudar a fornecer interações profundamente contextuais e personalizadas em momentos críticos da jornada de compra. Esse é um dos achados do estudo global AI For Business, lançado esta semana pela consultoria Tata Consultancy Services (TCS). De acordo com a pesquisa, 48% dos empresários utilizam a IA para obter maior engajamento com iniciativas de marketing; 43% utilizam para mais engajamento com o suporte de pós-vendas; e 33% utilizam para oferecer interações mais diretas com os produtos e serviços.

A TCS entrevistou cerca de 1.300 CEOs e outros executivos seniores em 12 setores e 24 países, incluindo entrevistados do México, Brasil, Colômbia e Chile. Cerca de metade das empresas tinha entre US$ 1 bilhão e US$ 5 bilhões em receita anual e a outra metade mais de US$ 5 bilhões.

Para mais informações o estudo global, clique aqui.

Continue lendo

Empresa

TIM, em parceria com a Eletromidia, apresentam uma experiência ao ar livre gratuita e imersiva

Publicado

em

No ano em que celebra seus 40 anos, o Rock in Rio proporcionará aos fãs uma imersão em sua história por meio de uma experiência inédita, inovadora e divertida. O festival apresenta o Rock in History, o primeiro museu interativo a céu aberto do mundo, em projeto desenvolvido com a TIM e contando com parceria da Eletromidia e implementação da Context, empresa de tecnologia criativa do Grupo Dreamers.

A iniciativa não apenas celebra o legado do Rock in Rio, mas também a cidade que o acolhe, o Rio de Janeiro, transportando os usuários para um universo mágico de uma “cidade aumentada”. Comemorando os 40 anos, 40 histórias estarão em pontos digitais e interativos espalhados pelo Rio de Janeiro, oferecendo cinco formatos de conteúdos imersivos, elevando a experiência dos fãs a um patamar único. Eles poderão encontrar objetos em 3D de proporções gigantescas, informações e curiosidades emocionantes, portais virtuais que os transportarão para novos universos digitais, filtros encantadores, áudios exclusivos e cenários virtuais ideais para capturar fotos incríveis. Ao englobar toda a Cidade Maravilhosa na ação, esta será a primeira vez no mundo que um festival cria uma experiência de realidade aumentada de tamanha dimensão.

No Rock in History, as experiências que foram lançadas contarão com as imagens virtuais das hashtags instagramáveis #Acreditar, #Sonhar, #Juntos, #Paz, da edição de 2022, serão encontradas no Porto Maravilha; Na Barra e em Copacabana, o público vai visualizar uma foto interativa do pórtico que estava na entrada da Cidade do Rock de 1985; já no Aterro do Flamengo, estará a representação do cinema cenográfico da Rota 85, com um conteúdo em vídeo sobre a história do festival; fogos de artifício tocando a música-tema do festival estarão na Praia de Copacabana; e, na Lagoa Rodrigo de Freitas, terá uma interação com holofotes digitais que representam o título do Rock in Rio de ser o primeiro festival a iluminar a plateia.

Por se tratar de um projeto robusto de tecnologia, o Rock in History conta com a força fundamental do 5G para que a experiência seja um sucesso. A TIM, operadora no 5G é a aliada dessa ação e trará experiências diferenciadas para os participantes, principalmente para aqueles que forem clientes.

“Estamos orgulhosos de – nesse nosso segundo ano de patrocínio ao Rock in Rio – permitir a celebração da história do festival por meio de todas as experiências surpreendentes que a tecnologia pode entregar. Só a operadora líder em 5G desenvolveria um projeto tão inovador como o Rock in History, que emociona ao reviver os 40 anos desse grande evento com ativações imersivas em vídeo, som e imagem”, comenta Camila Ribeiro, diretora de comunicação e marca da TIM. A executiva destaca o envolvimento dos clientes e demais consumidores brasileiros: “vamos convidar as pessoas para conhecer ou relembrar a história do maior festival de entretenimento do mundo de uma forma nunca antesvista, juntando música, tecnologia e emoção.”

Continue lendo