Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

COVID-19 levou a uma queda de US$ 22 bilhões nas vendas fora do lar, revela estudo global da Kantar

Publicado

em

As vendas de FMCG (bens de consumo massivo) para consumo em casa atingiram 10% globalmente em 2020; no entanto, nos setores de snacks e bebidas não alcoólicas dentro (In Home) e fora do lar (Out Of Home – OOH) o cenário foi diferente, aponta novo estudo da Kantar. Em comparação com 2019, as vendas OOH diminuíram em oito dos nove mercados analisados, com exceção da Indonésia, em uma queda da ordem de US$ 22 bilhões (-26%), enquanto as internas aumentaram U$ 8 bilhões (+8%). E em seis deles – Espanha, Grã-Bretanha, China, Tailândia, França e Brasil – também foi registrada uma queda nas vendas combinadas de dentro e fora de casa.

 

No Brasil, o gasto Fora do Lar caiu 16% em comparação a 2019, enquanto o Dentro do Lar teve desempenho 12% maior do que em 2019.

No final de 2020, nos países incluídos na análise, as vendas de bebidas OOH caíram mais de 30%, enquanto as vendas em casa aumentaram apenas 6%, o que significa que as vendas totais caíram 14%. Os lanches consumidos fora do lar também sofreram declínio nas vendas OOH (18%), mas aumentaram as vendas internas (8%). A categoria de bebidas foi a mais atingida durante o primeiro período de bloqueio (segundo trimestre de 2020) e, embora nenhum dos setores tenha se recuperado totalmente no último ano, o desempenho foi melhor para snacks no terceiro trimestre. Ao mesmo tempo, as vendas internas aceleraram para um crescimento de dois dígitos tanto no segundo quanto no quarto trimestre.

 

Algumas categorias específicas dentro de bebidas – refrigerantes e cafés – que tinham a maior dependência de OOH, sofreram o declínio mais significativo do consumo dentro e fora do lar, de -16% e -22%, respectivamente. No extremo oposto, dentro de snacks, temos chocolate e snacks salgados, as duas categorias com a menor dependência de OOH para as vendas gerais, e ambas mantendo um crescimento de 4% e 5%, respectivamente.

 

Juntamente com a dependência das vendas OOH, mesmo que todas as ocasiões OOH mudem para bebidas In Home, a categoria bebida sempre sofrerá mais, uma vez que o custo médio da bebida é € 1,20 fora do lar versus € 0,20 dentro do lar, o que significa que um cliente precisa desfrutar uma bebida seis vezes em casa para contribuir com o mesmo valor que pagaria fora de casa.

 

Vendas de hotéis, restaurantes e cafeterias caem US$ 15 bilhões

 

Quando consideramos as vendas OOH, temos quatro canais distintos: dois dos quais são OOH puro – HoReCa (Hotéis, Restaurantes e Cafeterias) e Impulso (quiosques, lojas de doces, postos de gasolina, carro móvel, food truck, vendedores ambulantes e máquinas de venda automática) e dois que reproduzem In-and-Out – Canal moderno (hipermercados, supermercados, lojas de conveniência e self-service) e Canal Tradicional (Lojas de comida tradicional, não self-service).

 

60% dos gastos OOH vêm dos canais OOH puros (41% para HoReCa e 19% para Impulso), e esses dois foram os mais atingidos pela pandemia, devido às restrições de bloqueio entre os países ao longo de 2020. As vendas caíram 36 % em HoReCa e 24% em Impulso, significando que sua decadência foi responsável por 85% da perda de US$ 22 bilhões em vendas OOH, sendo que HoReCa contribuiu com a maior parte disso.

 

O impacto e o declínio de HoReCa significam que o canal perdeu participação em quase todos os lugares e caiu para 41% em 2020, ante 48% em 2019.

 

O canal Impulso é o mais importante para Brasil e registrou um declínio de 17% em valor, enquanto HoReCa teve queda de 22%, Canal Moderno de 6% e Tradicional de 12%, também em comparação a 2019.

 

Os dados acima são baseados na análise do ano completo de 2020 em comparação a 2019, usando os painéis de compra fora de casa em nove mercados: Brasil, China, França, Grã-Bretanha, Indonésia, México, Portugal, Espanha e Tailândia. Esses painéis fornecem uma amostra contínua global e com a mais recente tecnologia disponível, em que a Kantar registra cada lanche, bebida e refeição comprada para consumo fora de casa, seja em movimento, no local de compra, no local de trabalho ou em outro lugar. Abrange dois setores de Snacks (chocolate, biscoitos, bolos, salgadinhos e sorvetes) e Bebidas Não Alcoólicas (café, refrigerantes, sucos e água engarrafada).

 

A Kantar também cobriu quatro canais distintos: HoReCa (pubs, bares, restaurantes – QSR e FSR, cadeias e independentes – cafeterias, padarias e lanchonetes), Impulso (quiosques, lojas de doces, postos de gasolina, carro móvel, food truck, vendedores ambulantes e máquinas de venda automática), Canal Moderno (Hipermercados, supermercados, lojas de conveniência e self-service) e Canal Tradicional (lojas de comida tradicional e não self-service).

 

Continue lendo

Universo Live

Tração assina ativação de Coca-Cola Marshmello pelo país

Publicado

em

A Tração Live Marketing assina a ativação da Coca-Cola Marshmello, lançamento da Coca-Cola Creations, plataforma de inovação da marca, em 42 PDVs espalhados por diversas cidades brasileiras. O novo sabor inédito, que mistura notas de morango e melancia, é uma edição limitada em parceria com o DJ Marshmello. A ação, que traz cenografia imersiva para expor a novidade, promete passar por diversas capitais, entre elas São Paulo, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre, Belo Horizonte, além de cidades do interior de São Paulo, como Campinas, Piracicaba, Olímpia, Vinhedo, Bauru, Americana e Guarulhos, até o dia 15 de setembro.

“Para esta novidade, criamos uma proposta cenográfica que, além de expor o produto, é instagramável e conversa com o universo da música, com luz de LED em movimento, representando as batidas do som. Assim, o espaço também conversa com admiradores do DJ Marshmello”, afirma a CEO da Tração, Morgana Lima.

A parceria da Tração com a FEMSA começou com as ativações de PDV da Coca-Cola Game. Em seguida, a agência foi convidada para ativar a Coca-Cola Byte (sabor Metaverso), mais um lançamento de Coca-Cola Creations pelo país. “Como resultado da excelência de nossas entregas, após finalizada a maratona de ativações de Coca Cola Byte: fomos novamente convidados para as ativações, agora de Coca-Cola Marshmello”, lembra Morgana.

A ação deve passar por diversas redes varejistas, entre elas o Grupo Pão de Açúcar e o Carrefour, nas cidades programadas.

 

Continue lendo

Universo Live

Ampro Globes Awards prorroga inscrições até dia 29 de agosto

Publicado

em

A Ampro – Associação de Marketing Promocional anuncia que as inscrições para o Ampro Globes Awards 2022, a maior premiação do Live Marketing do Brasil, foram prorrogadas até o dia 29 de agosto. O processo de inscrição de cases ficou mais fácil e rápido neste ano, basta acessar o site da premiação, cadastrar e inserir os trabalhos – tudo num único lugar. Para eventuais dúvidas, a Ampro também disponibilizou um tutorial completo: www.amproglobesawards.com.br/a-premiacao

Os valores de inscrições também estão acessíveis, com descontos para agências associadas e mais um percentual off para aquelas que participaram da edição de 2021. No regulamento, há outras mudanças que facilitaram a participação para este ano, como a flexibilidade na apresentação das pranchas, no formato e envio dos video-cases, entre outros.

Os trabalhos inscritos serão avaliados nacionalmente por júris diversos e com alta representatividade e, se aprovados, poderão também concorrer à etapa internacional da premiação, que acontece sob a organização da MAA Worldwide. Para presidir os júris, estarão Daniela Cachich, Presidente de Future Beverages na Ambev (vertical Business); Hugo Rodrigues, Chairman do McCann Worldgroup para WMcCann, Aldeiah e Craft Brasil (vertical Consumer); Fátima Pissarra, CEO Music2/Mynd (vertical Content); Raphaella Martins, Program manager do Creative X da Meta (vertical Responsible); e Adriana Salles, diretora de Planejamento e Criação da Casa 96 (vertical Trade).

Realizado há 22 anos pela entidade, o Ampro Globes Awards é a versão nacional do The Globes Awards, a maior premiação mundial do Live Marketing criado pela MAA Worldwide.

Continue lendo