Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Com software nativo, Aeroscan leva inovação ao mercado de segurança com monitoramento por drones automatizados

Publicado

em

Apesar do momento instável que estamos vivendo em diversos setores, o mercado de monitoramento com drones no Brasil se manteve aquecido, além do esperado, encontrando ainda novas oportunidades de atuação e crescimento.

Até setembro de 2020, a ANAC, órgão responsável pelo setor de aviação no Brasil, registrou o crescimento de 150% de cadastramento de drones em relação a 2017, alcançando o número de 77 mil equipamentos registrados, sendo 28 mil cadastrados para uso profissional, gerando empregos e impulsionando a economia. Porém, estima-se que o número total de drones no Brasil seja muito maior, isto é, uma boa parte está funcionando de forma irregular.

Os drones se tornaram ferramentas estratégicas para coletar dados de forma precisa, produtiva e inteligente, independente da área de aplicação. A Aeroscan, empresa que atua no mercado com drones automatizados para segurança, vigilância e inspeção, sentiu “na pele” o crescimento do setor profissional em diversas frentes: condomínios residenciais e empresariais, indústrias, centros logísticos, portos, entre outros.

Há um ano e meio, os sócios Marco Forjaz e Marcelo Musselli Filho, começaram a trabalhar no desenvolvimento de um software próprio para automatização de drones. O resultado é uma solução que permite que o drone, ou inteligência artificial, reconheça formas e sobrevoe regiões inalcançáveis por um vigia pedestre, como água e mata, por exemplo, contando ainda com recursos como câmera de zoom e térmica.

“Nossa solução é totalmente voltada ao mercado de segurança perimetral, desenvolvemos nosso software para atender a demanda de diversos setores, levando inovação e facilidades ao processo de monitoramento com uma plataforma 100% segura”, comenta Marco Forjaz, cofundador e diretor de novos negócios da Aeroscan.

A busca pela ronda automatizada teve crescimento significativo em condomínios residenciais, principalmente no campo e praia devido ao aumento do número de famílias que, durante a pandemia, optaram por se mudar das capitais. Em um condomínio de alto padrão no interior de SP, a solução da Aeroscan atua na intercepção de ladrões que invadiam pela represa, além da pesca ilegal que foi coibida e eliminar as rondas que antes eram realizadas por um motociclista.

Sendo a primeira empresa com selo Drone Compliance LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), em dezembro de 2020, a Aeroscan abriu 10% do seu valor empresarial via Eqseed, principal plataforma de venture capital online do Brasil, em que obteve sucesso recorde na captação. Em apenas 3 dias alcançou a meta de R$850 mil com 60 investidores que compraram as ações com base no plano financeiro da Aeroscan para 2021.

Para o sócio-fundador da EqSeed, Brian Begnoche, o setor de drones tem atraído muito o interesse dos investidores. “Essa tecnologia vem sendo alavancada cada vez mais nos setores. Os drones capacitam cortes significativos nos custos, fazendo com que as empresas possam gerar muito mais valor com muito menos despesa. Cabe perfeitamente com o perfil inovador das startups, que conseguem pegar fatias significativas de grandes mercados utilizando tecnologia inovadora,” pontua.

Com o investimento, os sócios irão investir na contratação de equipe para desenvolvimento e melhoria da plataforma, além de investir em marketing, produtos e aumentar o escopo da solução.

“Entendemos que essa equação deve viabilizar uma receita bruta de R$1,5 milhão em 12 meses. Não é uma meta fácil, mas creio que há demanda e agora teremos fôlego para ocupar esse gap. Com isso, pretendemos aumentar nosso faturamento mensal em 85% até o final de 2021”, finaliza Forjaz.

Segundo o site Futuriste, a Federal Aviation Administration – FAA, órgão responsável pelo setor de aviação dos Estados Unidos, correspondente ao que é a ANAC no Brasil, publicou um relatório em que antecipa o que deve acontecer no setor nas próximas duas décadas, chamando atenção ao mercado de drones para uso profissional. Com crescimento muito mais rápido do esperado, o setor pode triplicar até 2023.

Cases e vantagens de uma ronda automatizada

Após um minucioso estudo de viabilidade no perímetro, os benefícios de uma ronda automatizada são muitos, entre eles reforçar a segurança e ampliar o monitoramento, além de elaborar uma análise de risco, ajudar no planejamento, imagens em tempo real e diminuir a exposição física. Através do controle de uma frota de drones a partir de uma central remota, é possível fazer o gerenciamento de múltiplas missões, com apoio de profissionais especialistas no comando dos equipamentos para qualquer situação em que a intervenção humana seja necessária.

A plataforma oferece a possibilidade de integração com as maiores centrais de monitoramento e outros softwares do mercado de segurança, como VMS, minas eletrônicas e radares. Ou seja, para quem já possui estes sistemas, a inserção do drone não traz qualquer transtorno. Pelo contrário, agrega ainda mais no sistema de segurança.

Atendendo clientes como BASF; Cushman&Wakefield; Hines Brasil Empreendimentos; Grupo Souza Lima; Grupo G4S; Haras e diversos condomínios, a Aeroscan coleciona alguns cases. Na Cushman&Wakefield, além da segurança perimetral, também passaram a utilizar a solução para detectar aglomeração, uso de máscara e respeito a normas de segurança.

Outro case na ronda automatizada para uma indústria que produz fertilizantes no sul do Brasil e escoa a produção por navio em que a solução inibiu a venda ilegal de mercadorias a tripulantes do navio, coibiu a invasão perimetral a 2,5km do porto, passou a identificar focos de queimadas precocemente, além de rapidez na identificação de vazamento de óleo.

https://www.aeroscan.com.br/

https://www.instagram.com/aero.scan/

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Netflix lança sua própria versão do TikTok, saiba mais!

Publicado

em

De

Na última quarta-feira, 3, a Netflix anunciou uma nova função semelhante ao TikTok. Porém, por enquanto a função estará disponível somente para iOS

Antes de mais nada, a Netflix anunciou uma nova função para o aplicativo, chamada “Fast Laughs”. O novo recurso é semelhante ao TikTok, em que o usuário assiste a vídeos curtos de diferentes gêneros.

Por sua vez, a nova função irá apresentar uma série de clipes na vertical, no formato de feed de reprodução. No qual, os conteúdos de comédia da plataforma protagonizarão o conteúdo exibido.

Nesse sentido serão oferecidos até 100 materiais, selecionados por meio de curadoria da própria companhia. Além disso, de acordo com a empresa, será possível compartilhar o conteúdo com amigos que sejam assinantes do serviço e também utilizem iPhones.

Dentre os conteúdos com presença confirmada na nova função, estão stand-ups, como Baby Cobra e Jerry Seinfeld: 23 Hours to Kill,. Bem como programas de TV, como Big Mouth e Eu Nunca.

egundo a Netflix, com o novo recurso, os usuários poderão conhecer conteúdos de seu interesse com base em sua lista. Visto que, os trechos de 15 segundos a mais de 45, serão selecionados a partir da atual experiência do usuário.

Além disso, o usuário poderá compartilhar os vídeos em redes sociais como WhatsApp, Snapchat, Twitter e iMessage. Ainda de acordo com a empresa, através do botão “LOL”, o usuário poderá reagir de forma positiva ao vídeo.

Países que receberam a nova função da Netflix

A princípio, somente Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Austrália receberão o novo recurso, assim como países em que o inglês é a língua nativa. Porém, futuramente o restante dos países também irão receber a função.

Vale ressaltar que, perfis infantis não contarão com acesso ao Fast Laughs, ainda que o público possa filtrar o conteúdo com base nas configurações de classificação indicativa.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Empresa

Jüssi cria casa digital em nova ação para Philips

Publicado

em

De

Jüssi, empresa de marketing digital e tecnologia, acaba de criar Casa Philips, seu mais novo projeto desenvolvido para a Philips do Brasil. A iniciativa desenvolvida pela agência, busca potencializar a geração de conteúdo dentro dos canais da marca (Instagram e YouTube), promovendo seus mais diversos produtos.

“A Casa Philips é uma nova iniciativa multicategoria que laçamos neste início do ano, com o foco no verão. A utilização do espaço de uma casa é justamente para reforçar a mensagem de que a Philips sempre esteve na casa dos consumidores brasileiros e, desta vez, é a marca quem abre as portas de sua própria casa para recebê-los. Neste ambiente completamente digital, o público terá acesso à conteúdos sobre a utilização dos produtos Philips, Philips Walita e Philips Avent e, ainda, aos principais lançamentos das marcas”, explica Adrilles Carvalho, CMO de Personal Health da Philips do Brasil.

Adaptada ao cenário atual, o universo digital – no formato de landing page – a estratégia possibilitará à marca manter suas portas sempre abertas para todos. Os conteúdos produzidos na Casa Philips estarão divididos em quatro cômodos, sendo eles cozinha, quintal, banheiro e lavanderia, ressaltando os diferenciais dos itens da empresa. Na lavanderia, por exemplo, o Ferro de Roupas Steam Iron Easy Speed (RI1747) de Philips Walita estará inserido dentro do contexto “dicas para passar roupa rapidinho durante as férias. Já o Mixer Hand Blender RI2622/40, da mesma marca, fará parte de uma conversa sobre receitas de smoothies, como o sabor de manga com gengibre e hortelã, preparado na cozinha. Nesse primeiro momento, as narrativas estarão em torno do verão.

“Buscamos trazer identificação e memória afetiva por parte dos clientes da Philips do Brasil, fazendo uso de uma casa para reunir toda a produção de conteúdo, nesse primeiro momento num contexto verão. E como guia para o desenvolvimento deste projeto, seguiremos a premissa: a Philips sempre entrou em sua casa. Agora, é a sua vez de entrar na nossa”, explica Mariana Luchesi, gerente de conteúdo da Jüssi. A profissional ainda reforça que “a Philips, como uma marca de tradição, quer estar presente na casa das pessoas, reforçando uma relação de proximidade e confiança. E este projeto reafirma esse compromisso”.

Para gerar tráfego e engajar o público, a estratégia de mídia busca ampliar o alcance da empresa dentro das redes sociais, gerando conhecimento dos produtos e fortalecendo a lembrança da marca. A iniciativa contará com veiculação no Google, YouTube, Facebook, Instagram e Taboola, e direcionamento para a landing page oficial da Casa Philips. Ao todo, foram produzidos 15 filmes de 30 segundos para este projeto, em parceria com a Produtora Bufalos. Todas as regras e diretrizes dos órgãos oficiais para o período de quarentena e distanciamento social foram respeitados, assim como a integridade dos parceiros e colaboradores envolvidos no projeto.

 

 

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Empresa

Marca de Alimentos Preparados da Friboi expande portfólio

Publicado

em

De

A Anglo, marca de alimentos preparados da Friboi, acaba de lançar quatro sabores exclusivos de carne mista: alho, bacon, picanha e pimenta. Os novos produtos incorporam o portfólio da empresa, que também conta com carne bovina em conserva, feijoada, feijões, almôndegas, fiambre e salsichas (tradicional e ao molho).

 

A Anglo tem forte atuação no Norte do país, onde pode ser encontrada nos principais pontos de venda nos sete estados da região, tanto nas redes varejistas e de atacado quanto pequenos estabelecimentos comerciais. Seus produtos são reconhecidos por atributos como qualidade, praticidade, conveniência, sustentabilidade e acessibilidade para todos os consumidores.

Continue lendo

Tendências