Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

As ações do Facebook despencam U$ 6 bilhões

Publicado

em

As ações do Facebook despencam U$ 6 bilhões

Segunda-feira não foi um bom dia para o Facebook e Mark Zuckerberg

As ações do Facebook caíram drasticamente na segunda-feira, após a entrevista explosiva com a denunciante Frances Haugen e quando suas empresas experimentaram uma interrupção prolongada do serviço.

Foi o pior desempenho da sessão para a empresa em quase um ano, com o preço das ações caindo 4,9% – a pior queda desde a queda de 5% registrada em 9 de novembro de 2020.

Para comparar, o Nasdaq Composite Index caiu apenas 2,1% nas negociações de segunda-feira. O Dow Jones Industrial Average caiu 323,54 pontos, para 34.002,92, e o S&P 500 caiu 1,3%.

A liquidação custou ao fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, cerca de US $ 6 bilhões pessoalmente, de acordo com a Bloomberg. O jovem bilionário caiu abaixo de Bill Gates como a quinta pessoa mais rica do mundo.

Após a transmissão do 60 Minutes no domingo à noite, apresentando Haugen, uma ex-cientista de dados da empresa, o dia sempre estava indo mal para o gigante da mídia social.

A Sra. Haugen alegou que o Facebook colocou o lucro à frente da segurança quando se tratou de lidar com discurso de ódio e desinformação, e chamou as ações da empresa de “traição à democracia”.

Ela alegou, ainda, que a empresa havia enganado investidores em seus processos internos em relação a essas questões.

A segunda-feira do Facebook ficou consideravelmente pior quando a indisponibilidade generalizada atingiu não apenas a plataforma principal, mas também o Instagram e o serviço de mensagens WhatsApp.

Ocorrendo aproximadamente às 12h00, e os sistemas começaram voltar ao normal às 17h30. Esses problemas – especialmente depois de durar horas – provavelmente indicam que havia um grande problema com a tecnologia que sustenta os serviços do Facebook.

Em 2019, quando sofreu sua maior paralisação, se passaram mais de 24 horas desde o início do problema até que o Facebook disse que estava resolvido.

Matéria traduzida do portal Independent escrita por Oliver O’Connell.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Empresa

Coca-Cola lança no Brasil a plataforma Coca-Cola Food Fest, combinando gastronomia e música

Publicado

em

A Coca-Cola acaba de lançar o Coca-Cola Food Fests, que são festivais que integram gastronomia e música, celebrando a conexão entre pessoas em momentos especiais. O Brasil é um lugar no mundo onde a comida carrega um significado especial e a nova plataforma da marca chega como uma forma de celebrar esse lado da cultura nacional e não há ocasião melhor para dar início a essa comemoração do que as festividades de São João.

O São João escolhido para o lançamento do Coca-Cola Food Fest será o da Bahia, exaltando o melhor da culinária regional, música ao vivo e experiências interativas. As cidades Cruz das Almas e Santo Antônio de Jesus receberão ativações especiais de Coca-Cola em seus festivais, e Santo Antônio de Jesus foi escolhida para receber a novidade da marca entre os dias 20 e 24 de junho, como uma forma da Coca-Cola celebrar e valorizar esse pedacinho da cultura nacional e gerar, também, visibilidade em um evento icônico no Brasil.

Com mais de 500 mil pessoas passando pelas cidades durante os festejos de São João, Cruz das Almas e Santo Antônio de Jesus se consolidaram como destinos procurados nesse período do ano. O Coca-Cola Food Fest chega ao Santo Antônio de Jesus misturando a magia da Coca-Cola com a culinária junina, unindo o tradicional e experiências únicas em um só lugar. A área conta com mais de 130 barraquinhas de comidas típicas do São João. A ideia principal da marca nesse espaço é servir mais que comida, proporcionando momentos especiais para todo o público que passar por lá. Além disso, a campanha reforça a importância da gastronomia local, destacando as delícias da culinária regional e celebrando a rica cultura de São João, criando um vínculo emocional profundo com os visitantes.

“A nova plataforma Coca-Cola Food Fests chega ao Brasil em um momento histórico, que é o São João no Brasil. Este lançamento reflete o compromisso da Coca-Cola em valorizar as tradições locais e proporcionar experiências únicas. O São João é uma festa rica em cultura e tradição, e queremos que todos sintam a magia desse momento ao mesmo tempo em que apresentamos essa novidade em todo mundo. É um privilégio poder unir a culinária junina, a música e momentos especiais em um só lugar, conectando pessoas e celebrando o que há de melhor no Brasil”, destaca Ted Ketterer, head de marketing da Coca-Cola Brasil.

Continue lendo

Empresa

Universal Studios impulsiona o mercado imobiliário na Flórida com novo parque

Publicado

em

A Flórida, conhecida como o “Sunshine State”, está prestes a receber um novo atrativo de peso: a Universal Studios está investindo US$ 1 bilhão na construção do Epic Universe, um novo parque temático, impulsionando a economia local e gerando oportunidades promissoras para o setor imobiliário na região. A empolgação tem seus motivos – entre eles, o fato de que o novo parque será sete vezes maior que o Magic Kingdom, da Disney.

O Epic será o terceiro parque da Universal na Flórida e trará diversas atrações inovadoras, prometendo se tornar um destino turístico imperdível para famílias e visitantes de todas as idades. A construção do parque foi anunciada em 2019, mas por conta da pandemia, teve de ser paralisada. Os trabalhos foram retomados em 2021 e a inauguração está programada para 2025.

Leandro Sobrinho é especialista em investimentos imobiliários na Flórida e sócio da Davila Finance. A empresa, com sede no estado americano, atua em gestão e investimentos e desenvolvimento de novos projetos para imóveis.

Ele destaca o potencial positivo que o novo parque trará para o mercado imobiliário da região. “A construção do parque da Universal Studios é um marco histórico para a Flórida e representa um grande impulso para a economia local. A expectativa é que a demanda por imóveis na região aumente significativamente, especialmente em áreas próximas ao novo parque temático”, comemora.

Não é para menos: a proporção verdadeiramente épica da empreitada se traduz no tamanho do terreno, com 3 milhões de metros quadrados. É o suficiente para abrigar quatro áreas temáticas, incluindo os universos de Harry Potter, Super Nintendo World e Como Treinar Seu Dragão.

Carlos Malagoni, um dos sócios-fundadores da Davila Finance, concorda que faz sentido o investimento pesado no estado. “A Flórida já é um mercado robusto, e este novo desenvolvimento promete impulsionar ainda mais a valorização dos imóveis na região. Com nossa vasta experiência em gerenciamento de diferentes classes de ativos, estamos preparados para ajudar nossos clientes a capitalizar essas oportunidades e obter retornos substanciais”, aponta.

Continue lendo