Conecte-se com a LIVE MARKETING

Agências

All In at home | Experience Goes On

Publicado

em

Novos comportamentos pedem novas conexões

Um novo conceito de experiências entre marcas e consumidores vem se desenhando no mercado de eventos. Mais do que nunca, fica evidente a necessidade das empresas responsáveis pelas ações de relacionamento se adaptarem aos novos comportamentos sociais, entenderem as minúcias das relações interpessoais e, consequentemente, as novas tendências de consumo.

“O live, para nós, é todo o vasto leque de experiências que marcas podem proporcionar aos seus clientes, sempre com o intuito de gerar conexões reais e duradouras”, conta Marcio Esher, Diretor de Operações da Holding Clube.

Para Priscila Pellegrini, Diretora Geral da Samba, as múltiplas inteligências presentes nos times das agências são “a chave para a construção de valor de marca para os clientes do grupo”. Pensando nisso, foi criado o Holding Lab, um hub de inovação que reúne profissionais das agências Banco de Eventos, Samba e Storymakers, com o objetivo de identificar tendências e traçar os melhores caminhos para a realidade e contexto de cada cliente.

Após a divulgação do primeiro report, “Reinventando o live”, enviado e apresentado a clientes no mês de abril, agora é hora de mostrar ao mercado como pensamos esse novo momento, totalmente online por conta da pandemia, mas que tende a se solidificar em um modelo complementar, no qual o digital ganha visibilidade e relevância dentro das experiências ao vivo.

Para isso, o All In at home | Experience goes on será uma série de conteúdo dividido em 3 dias, com 1 convidado por episódio, pensado para conectar profissionais de diferentes áreas e trazer novas perspectivas para a forma que criamos experiências diante das atuais demandas da sociedade.

“Queremos oferecer aos nossos clientes conteúdo de qualidade e insights que ajudem tanto na relevância das marcas como a impulsionar os negócios”, explica Ju Ferraz, Diretora de Novos Negócios da Holding Clube.

Para completar, o All In at home oferecerá apoio ao projeto LeVila, plataforma desenvolvida pela Agencia Lynx, que viabiliza doações de pessoas físicas para microempreendedores nas categorias de transportes e logística, saúde e bem-estar, auto estima, educação, alimentação e cultura. A iniciativa tem o objetivo de impulsionar o trabalho de pequenos estabelecimentos e profissionais liberais que foram afetados pela crise do Coronavirus.

Agenda:

All in at home | Experiential goes on

Dias 23, 24 e 25 de junho

Das 9h às 10h

allin.holdingclube.com.br

· 23/06

COMUNIDADES DIGITAIS

Impulsionados pelo isolamento social, comportamentos digitais antes esporádicos cada vez mais se transformam em hábitos. E a conexão é um tema que não fica de fora deste movimento. A tecnologia permite que pessoas em diferentes lugares do mundo se conectem para inúmeras atividades. Apesar da distância, no mundo virtual o sentimento de união e a sensação de proximidade são muito reais. Ou seja: as comunidades digitais vieram para ficar. Por que agora você não deve ignorá-las? Qual é o papel das marcas neste cenário totalmente digital?

Com Hilaine Yaccoub

Hilaine Yaccoub é doutora e mestre em Antropologia do Consumo (UFF-RJ). Atua como palestrante e consultora, realizando estudos que promovem ligação entre o mercado consumidor, o conhecimento acadêmico e as empresas através do método de Antropologia Estratégica.

· 24/06

MARCAS E CIDADES PODEM SONHAR JUNTAS?

De um lado, temos cidades clamando por uma reconfiguração dos seus espaços, visando torná-los mais convidativos para encontros e conexões humanas. De outro, temos a necessidade dos espaços comerciais acelerarem um processo de ressignificação de suas vocações, já que o comércio virtual caminha para o mainstream. Seria essa uma oportunidade para as marcas construírem conexões genuínas com seu entorno? Qual o papel que elas podem assumir na construção deste cenário urbano pós-pandemia?

Com Raul Juste Lores

Jornalista e escritor, Raul Juste Lores foi correspondente da Folha em Washington,

Nova York e Pequim, e correspondente da Veja em Buenos Aires. Também foi editor de Mercado na Folha. Apresentou o telejornal “Jornal da Cultura”, na TV Cultura, em 2007. É bolsista da fundação Eisenhower (2012), quando estudou urbanismo e inovação digital. É autor do livro São Paulo nas alturas e atual editor-chefe da Vejinha.

· 25/06

NATUREZA PEDE PASSAGEM

A pandemia intensificou nossa necessidade de se reconectar com o entorno natural. Essa carência guiará nossa atenção para dois campos de estudos emergentes, que incorporam a natureza dentro de processos como inovação e concepção de espaços: a biomimética e o design biofílico. Nossa proposta é entender como essas duas vertentes podem impactar as experiências de consumo, da criação de novos produtos até a construção de ambientes de interação.

Com Marko Brajovic

Marko Brajovic vive no Brasil desde 2006, onde se dedica a implementar conceitos da arquitetura e design inspirados pela naturaleza (biomimética), educação experimental, criação de espaços interativos multisensoriais, direção criativa e curadoria de exposições. Fundador e Diretor Criativo do Atelier Marko Brajovic, desenvolve projeto internacionais para grandes marcas apresentados e instalados em diversas partes do mundo.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Agências

Ampla conquista a conta da Margarina Primor

Publicado

em

A Ampla – agência com sede em Recife (PE) e escritórios em Vitória (ES), Aracaju (SE) e Maceió (AL) – acaba de conquistar a conta da Margarina Primor, líder no segmento de margarinas de consumo nas regiões Norte e Nordeste. A agência cuidará de toda a comunicação e campanhas on e off-line da Margarina Primor. A marca pertence à Seara, da JBS.

“A Ampla será uma parceira estratégica da Primor na região. Vamos apoiar a marca no fortalecimento de sua liderança, além de reforçar para o consumidor a inovação e a qualidade dos produtos Seara”, explica Queiroz Filho, co-presidente da Ampla.

A Seara também possui as marcas Delícia, Doriana, Delicata, Gradina, Salada, Ricca, Cremosy e Cukin, e ocupa, atualmente, a segunda posição no mercado brasileiro de margarinas, com 35,5% de participação.
Continue lendo

Agências

WWF-Brasil e Loop Brands firmam parceria para gestão de contratos de licenciamento

Publicado

em

Num mundo cada vez mais consciente, no qual as pessoas estão mais atentas ao desperdício, reciclagem, reuso e consumo sustentável, o WWF-Brasil licencia seu icônico panda  – uma das marcas mais reconhecidas e queridas no mundo – com o objetivo de comunicar suas mensagens de conservação em prol do meio ambiente para um maior público possível, com produtos sustentáveis e que expressem as causas defendidas pela organização e que são endossadas pelos consumidores.

A agência escolhida para o gerenciamento da marca é a Loop Brands, já reconhecida no segmento de causas relacionadas com saúde, meio ambiente e relações sociais. A empresa será responsável pela prospecção e gerenciamento dos contratos de licenciamento de produtos que visem um mundo mais sustentável, com maior respeito à biodiversidade e menor desperdício e pegada de carbono.

Os produtos que estamparão a marca WWF no Brasil possuirão caráter educativo e de comprometimento ativo. Eles trarão mensagens de conservação como forma de expressão daqueles que se identificam com a causa ambiental. O objetivo é proporcionar às pessoas o sentimento de pertencimento e oportunidade de externar opiniões, trazendo informações novas que as estimulem a reflexão sobre o planeta e suas responsabilidades com o meio ambiente.

Para evitar a geração excessiva de lixo, toda a produção será amigável com o meio ambiente, desde a embalagem que deve gerar o mínimo possível de resíduos, incorporando materiais reciclados ou reutilizáveis até o produto em si, que deve ser inteligente, com design consistente, durável, com função e propósito, feitos de materiais sustentáveis ou alimentados por energias renováveis.

A iniciativa ocorre num momento de expansão da consciência ambiental em que boa parte dos consumidores são totalmente favoráveis ao marketing de causa, conforme sinaliza a pesquisa Ipsos 2019. Na mesma análise, 34% das pessoas disseram ter adquirido no último ano, produtos que destinaram parte do seu valor a causas sociais, culturais ou ambientais. Para Murilo Hinojosa, sócio-fundador da Loop Brands, o anúncio de licenciamento da marca chega em boa hora. “os consumidores valorizam e estão dispostos a adquirir produtos fabricados da maneira ambientalmente correta”.

Gabriela Yamaguchi, diretora de sociedade engajada do WWF-Brasil afirma que “mais que uma parceria, a ação representa um esforço de adequação às tendências de comportamento e engajamento da sociedade. Trata-se de mais uma iniciativa do WWF-Brasil para a mudança da atual trajetória de degradação do nosso planeta. A cada ano, o mundo despeja cerca de 8 milhões de toneladas de plástico nos oceanos, as paisagens naturais têm sido alteradas e muitas espécies de plantas e animais estão em risco de extinção. Precisamos mudar a forma como consumimos e nos engajar mais com a causa ambiental”, ressalta.

Continue lendo