Conecte-se com a LIVE MARKETING

Gente

ABAP indica 7 mulheres para o Conselho de Ética do Conar

Publicado

em

A Associação Brasileira das Agências de Publicidade (ABAP) indicou mais sete mulheres como representantes da entidade no Conselho de Ética do Conar para o biênio 2020/2022. Para todas as cadeiras vagas (sete no total) foram indicadas mulheres, subindo de três para dez a presença de publicitárias sob a indicação da ABAP no colegiado.

Passam a integrar o conselho as profissionais: Priscilla Menezes, da Artplan; Luciana Rodrigues, da Grey; Carol Escorel, da Talent; Laura Esteves, da DPZ&T; Andrea Hirata, da Leo Burnett; Priscilla Ceruti, da DentsuMB; e Juliana Nascimento, da Fbiz. Adriana Pinheiro Machado (Tom Comunicação), Marlene Bregman (Leo Burnett) e Marcia Esteves (Lew’Lara TBWA) tiveram seus mandatos renovados.

Priscilla Menezes também será a primeira mulher negra a participar do Conselho de Ética. “Me sinto honrada por contribuir com a diversidade desse Conselho. É necessária e urgente a representatividade – prática e não teórica – em todos os aspectos da publicidade brasileira, começando pelos órgãos mais respeitados do mercado. Acredito que trazer mais mulheres para o Conselho de Ética é um passo importante para ajudar a valorizar novos pontos de vista e tornar a publicidade cada vez mais inclusiva, igualitária e menos estereotipada”, diz Priscilla.

As novas integrantes destacam a importância da diversidade no mercado publicitário e da leitura atenta ao contexto atual. “A publicidade influencia a sociedade e impacta diretamente a vida das pessoas. Por consequência, o Conselho de Ética torna-se ainda mais indispensável nesse cenário turbulento de ambiguidades que estamos vivendo”, diz Luciana Rodrigues. Para Laura Esteves é uma grande oportunidade e responsabilidade “zelar pela integridade e liberdade de expressão publicitária em uma época onde o senso comum anda cada vez menos comum”.

Compete ao Conselho de Ética do Conar apreciar e julgar as infrações, com total e plena garantia de direito de defesa aos responsáveis pelo anúncio. Quando comprovada a procedência de uma denúncia, é responsabilidade dos integrantes recomendar alteração ou suspensão da veiculação da peça publicitária. “É muito gratificante ser convidada a fazer parte de um grupo que, por meio de suas deliberações, norteia o nosso mercado, ainda mais em tempos tão marcados pela polarização. Ao acolher sete novas conselheiras em sua corte, o Conar dá um passo importante em direção à proporcionalidade e estimula nossa indústria a seguir na mesma direção”, comenta Juliana Nascimento

O segmento publicitário, além de ser um grande gerador de empregos direitos e indiretos e de gerar riquezas ao país, mantém conexão direta com a sociedade. Segundo Priscilla Ceruti, “a multiplicidade de olhares é o único caminho para valorizar as diferenças e respeitar pontos de vista numa sociedade verdadeiramente inclusiva”. Já Carol Escorel destaca o papel do Conar em evitar que propagandas possam ofender e enganar a qualquer pessoa. “Como podemos ter uma visão ampla sobre esses assuntos sem um olhar diverso e com diferentes perspectivas? Aumentar a diversidade é um movimento (ainda que tardio) fundamental para melhoramos nossa atuação com o mercado e com a sociedade. E me sinto muito feliz de fazer parte desse momento de renovação”, diz.

A publicitária Andrea Hirata recorda que o papel do Conar foi fundamental para que a propaganda brasileira tenha chegado ao nível de representatividade e ética reconhecido no Brasil e internacionalmente. “O Conar é uma bússola das melhores práticas na comunicação e tem desde sua criação um perfil baseado em princípios nos quais concordar e discordar faz parte de um discurso democrático, cada vez mais inclusivo e de liberdade de expressão.”

A atual composição da ABAP, iniciada em maio de 2019, tem promovido iniciativas para incluir mais publicitárias em suas atividades. A liderança da entidade conta com a vice-presidente Maria Laura Nicotero e com as diretoras Marcia Esteves, Miriam Shirley e Iara Silva Diniz. Um número recorde na entidade.

“Elevar a representatividade de publicitárias na diretoria, em comissões da ABAP e em todas as entidades do mercado é dever de todos. Acreditamos que a diversidade não só enriquece o debate da nossa atividade, como também traz novos pontos de vista na busca constante em construir um mercado forte e ético”, diz Mario D´Andrea, presidente nacional da entidade.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Gente

Stella Brant é a nova vice-presidente de marketing da Afya

Publicado

em

O grupo de Medicina e de soluções digitais para o médico do Brasil,  Afya, anuncia a mineira Stella Brant como nova vice-presidente de marketing da organização. Executiva com mais de 25 anos de experiência em empresas de bens de consumo e tecnologia, como Ambev/ABInbev, 99 e a foodtech Liv Up, Stella também é sócia e advisor da edtech Explore Aprendizagem Criativa. Em 2020 foi indicada ao Prêmio Caboré, como Profissional de Inovação, e foi destaque em ranking do Meio & Mensagem como uma das dez melhores profissionais de marketing do Brasil.

“Meu objetivo sempre foi o de ajudar a construir marcas e empresas com propósito. Por isso, me especializei na construção de estratégias baseadas em dados, cultura e comportamento das pessoas, com ênfase em inovação, liderança organizacional e resolução de problemas. Na Afya, cuja razão de ser está ancorada em pilares tão estruturantes quanto educação, saúde e tecnologia, quero trazer toda a minha experiência para ajudar a construir projetos inovadores com impacto real na carreira médica e na saúde dos brasileiros.”

A jornada da profissional de marketing e negócios teve início na multinacional AB InBev em 1996 — então ainda como Brahma. Ao longo dos anos, liderou projetos no amplo portfólio da companhia, ocupando a posição de diretora de marketing local e global. Stella também passou pela 99, liderando o marketing do grupo entre 2017 e 2020. Nos últimos dois anos, foi Chief Marketing Officer (CMO) da LivUp.

Continue lendo

Gente

BRF promove mudanças na área de marketing e inovação

Publicado

em

BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, realizou mudanças na área de marketing e inovação da empresa. O executivo Luiz Franco, que liderou por três anos a unidade de negócios BRF Ingredients, assumirá a área de Inovação e toda a estratégia das categorias e marcas da Companhia, que inclui as icônicas Sadia, Perdigão e Qualy. Marcelo Suárez, que esteve à frente da área de marcas no Brasil, passa a atuar como diretor de Trade Marketing, conectado à vice-presidência Comercial Brasil. A nova estrutura visa maior eficiência, partindo do diálogo das marcas nas mídias até a execução dos produtos nos canais de vendas, tornando as marcas da BRF cada vez mais presentes na mesa dos consumidores.

Franco tem mais de 20 anos de experiência em Marketing em bens de consumo e reúne passagens pela Pernod Ricard e por operações do Grupo GP. Há mais de 10 anos na BRF, o executivo ingressou na empresa no segmento de lácteos e margarinas, contribuiu para a reestruturação de categorias, trade e marcas, além de ter sido diretor de marketing do mercado Halal, quando ficou baseado em Dubai, garantindo o avanço da marca Sadia no momento da inauguração da unidade produtiva de Kizad, nos Emirados Árabes Unidos. Depois, assumiu a diretoria da BRF Ingredients, consolidando a operação e seus resultados com uma forte agenda de inovação.

Marcelo Suárez, que acumula mais de 20 anos de experiência em Marketing, com passagens pela Philip Morris, AmBev e Carrefour, liderou nos últimos três anos a estratégia de fortalecimento de marcas, estreitando o vínculo com o público feminino e jovens. Com os esforços do time, a Sadia atingiu o patamar de marca mais valiosa de alimentos e mais confiável do Brasil* e a preferência pelas marcas da BRF (Sadia, Qualy, Perdigão, Claybom e Deline), chegou a 46%. Na nova configuração, o executivo será responsável pela área de Trade Marketing, report direto ao vice-presidente Comercial Brasil, Manoel Martins. Em sua nova posição, o executivo liderará estratégias e inteligência de vendas, estreitando ainda mais a relação da Companhia com os clientes B2B.

Continue lendo