Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

A reinvenção da experiência entre marcas e fãs por meio do esporte

Publicado

em

O grande desafio de organizadores e empresas que apoiam os principais eventos esportivos do Brasil é, sem dúvida, o de se reinventar em meio a pandemia do século e, consequentemente, a impossibilidade da realização de várias competições calendarizadas para o ano de 2020. Se para os organizadores a realidade é um verdadeiro baque na viabilidade dos negócios, para os patrocinadores oficiais, a situação também é crítica. Isso porque ela representa um distanciamento entre marcas e fãs. Este relacionamento que, no mundo dos esportes, pulsa emoção e saudosismo. 

A justificativa é simples: o branding no esporte depende de experiências que vão além de ações comerciais. Ele visa aproximar-se do público de forma a entender sua verdadeira paixão e alcançá-lo. Neste sentido, procuramos entender o que os motiva e entregamos uma solução que expresse a força deste sentimento. É uma jornada de experiência que busca conectar momentos marcantes entre o corporativo e as pessoas. Dentro desse contexto, como, então, atrair a atenção das pessoas que, por enquanto, não podem sentir a emoção de pilotar um modelo inovador nas pistas ou torcer de perto em uma corrida entre carros velozes? Como proporcionar os efeitos do famoso ronco do motor, o arrepio da arrancada ou a emoção da bandeirada na linha de chegada? Sem contar da possibilidade de tocar e ver, sem a barreira da telinha, tecnologias tão avançadas ali, bem perto.

A resposta, assim como em quase todas as esferas da sociedade neste período, está na tecnologia. A Stock Car, uma das principais competições do automobilismo mundial, inspirada na manutenção dos fanáticos pela velocidade, desenvolveu o primeiro campeonato virtual, que simula as principais pistas do Brasil por meio de uma plataforma de games, a Automobilista2. Essas etapas on-line, que se iniciaram com uma corrida de teste realizada em 1º de julho, demonstram a capacidade de empresas e marcas inovarem também na experiência com os fãs do esporte a motor.

A estratégia suscita a ideia do investimento nos jogos eletrônicos, como meio de amplificar experiências simuladas virtualmente e que, de alguma forma, se aproximam do real. As pessoas podem assistir aos pilotos favoritos sem sair de casa e provar a mesma emoção. É uma extensão mais próxima do que é vivido nas pistas e contribui, ainda mais, para trazer o público mais jovem para perto da modalidade – uma carência sem precedentes para a categoria nos dias atuais.

O esporte sempre foi um celeiro de inovações, que impulsionaram a evolução dos carros que hoje andam pelas ruas. Exemplos não faltam. Só para citar um bem prático: a suspensão inteligente foi laboratório em corridas na década de 1990. Hoje, item básico na fabricação de veículos, o que os tornou ainda mais seguros. O automobilismo sempre foi parceiro inspirador de inovações para as montadoras, desde aprimoramentos no motor e na aerodinâmica, tecnologias aplicadas a melhoria de performance etc.

Pela primeira vez no Brasil, a Toyota GAZOO Racing estreia como patrocinadora e participante da principal categoria do automobilismo brasileiro: a Stock Car. Esta é a receita que determina a essência da divisão esportiva da marca: o sentimento de ir até o limite para fazer cada vez melhor. No futuro, pretendemos expandir o apoio a outros eventos ligados ao automobilismo. Seja por meio das competições ou com os produtos customizados e acessórios para carros, queremos fazer parte de momentos inesquecíveis na memória dos fãs do esporte.

E, cá entre nós, existem inúmeras oportunidades para esse público e um vácuo a ser preenchido pelas empresas, com patrocínio e iniciativas de fomento que vão ajudar a popularizar o esporte no País. E, com os patrocínios, chegarão mais investimentos em infraestrutura, pilotos e, porque não novos eventos, virtuais ou presenciais. A discussão vai nos ajudar a construir um futuro mais inclusivo, com pessoas de diferentes perfis e faixas etárias compartilhando a mesma paixão pela direção. Afinal, o futebol sempre será preferência nacional. Mas os carros ocupam aquele lugar cativo entre os amantes dos esportes.

*Vladimir Centurião é diretor de Operação de Vendas, Pós-Venda e Marketing da Toyota e representante da divisão esportiva Gazoo Racing no Brasil.

Matéria publicada no portal de notícias ADNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Universo Live

Empresas apostam em gamificação para treinar vendedores e aumentar vendas durante a Black Friday

Publicado

em

A Black Friday se consolidou no Brasil como uma das datas mais importantes para o comércio e ano após ano vem batendo recordes de vendas. Somente no e-commerce, a expectativa é de que o faturamento alcance cerca de R$ 10 bilhões neste ano, de acordo com levantamento realizado pela Ebit-Nielsen. Buscando oferecer uma experiência melhor para os consumidores, a capacitação dos vendedores tem se tornado o foco de atenção das empresas para a edição de 2021, tendo a gamificação como um dos produtos mais procurados.

De acordo com pesquisa realizada pela Play2sell – plataforma que une capacitação e incentivo de vendedores por meio de games – 94,1% das empresas brasileiras acreditam que treinamentos gamificados são fundamentais para engajar, aumentar a performance e estimular a equipe de vendas e estão dispostas a apostar na modalidade.

Além disso, 71,9% dos gestores de vendas acreditam que o modelo tradicional de treinamento, com livros e apostilas, é ultrapassado e pouco eficiente, segundo o estudo. “Esse tipo de treinamento, baseado em um modelo educacional utilizado no século passado, hoje não estimula e pouco engaja o profissional. É por isso que as empresas estão cada vez mais buscando modelos de capacitação mais interativos e dinâmicos, que transmitam a mensagem com mais assertividade e estejam à altura de atender a necessidade de clientes informados e com maior grau de exigência”, explica Felipe dos Santos, CEO e fundador da Play2sell.

“A estratégia de incorporar a gamificação em treinamentos para profissionais de venda beneficia todo um ecossistema pelo fato de ser um excelente método para engajá-los e capacitá-los e, com isso, melhorar a experiência de compra como um todo. Ou seja, ela impacta positivamente tanto no desenvolvimento dos profissionais de venda, como nos resultados das empresas”, acrescenta o empreendedor.

Nos últimos anos, a gamificação se fortaleceu no mundo corporativo e foi além do entretenimento e diversão. “Treinamentos gamificados é o caminho mais didático e de fácil compreensão para transformar comportamentos e despertar características da vida humana no ambiente de trabalho, com competitividade e cooperação”, comenta Felipe.

Continue lendo

Universo Live

ELOOH nasce líder e integra as maiores empresas de OOH do Brasil

Publicado

em

Fruto da união da Sinergy, empresa líder em mobiliário urbano no Sul, e a Favretto, uma referência em painéis no mercado nacional, a ELOOH inicia operação como uma potência regional no segmento de mídia exterior. A empresa assume sua posição entre as maiores do país e tem meta de ultrapassar 50% de share nos mercados locais, ampliando em 40% a sua presença no mercado nacional, em dois anos.

Com sede em São Paulo, a ELOOH conta com portfólio multiplataforma e é a única do país com ativos digitais de mídia exterior nos três estados do Sul. Possui inventário composto por mais de 5 mil faces, totalizando cerca de 100 mil² de espaços publicitários, que geram acima de 150 milhões de impactos potenciais por semana.

A nova empresa será liderada pelos sócios Eduardo Ferreira, presidente-fundador da Sinergy, e Janete e Juracy Favretto, sócios da Favretto, que formam o conselho, e a publicitária Luciana Schwartz, que assume como CEO da operação. Juntas, Favretto e Sinergy possuem uma carteira de clientes com centenas de anunciantes, entre grandes marcas globais, nacionais e regionais.

O empresário Eduardo Ferreira explica que a ELOOH se tornou possível graças às sinergias das duas empresas, que detêm profundo conhecimento da alma das ruas, acumulado ao longo de mais de 40 anos de atuação em OOH, somado aos constantes investimentos em inovação e com desenvolvimento de ativos exclusivos.

“O resultado dessa nossa união oferece ao mercado um inventário imbatível em termos de possibilidades para os potenciais clientes. Além da maior cobertura nos três estados, vamos contar com o talento estratégico da Luciana Schwartz e equipe que, em parceria com os nossos clientes, vão buscar as melhores práticas e soluções de mídia, conectando marcas com a audiência desejada, na hora certa”, comenta o empresário.

Os sócios Janete e Juracy Favretto acrescentam que as duas empresas são comprometidas com metas de sustentabilidade – reciclagem, redução de emissão de carbono e o respeito à diversidades, estão entre as prioridades – e com o embelezamento dos espaços públicos nas cidades, com arquitetura e paisagismo.

“Uma honra e um grande desafio integrar o time Elooh, fruto da união de duas empresas referências em mídia exterior no Sul, em um momento tão importante para o segmento de OOH que, além de ter se consolidado junto ao digital como o maior meio de consumo de mídia do país, está em plena expansão com digitalização de ativos e geração de dados para potencializar ainda mais seu impacto no dia a dia das marcas”, acrescenta Luciana Schwartz.

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo