Conecte-se com a LIVE MARKETING

Agências

5 pontos de transformação para garantir a sobrevivência dos eventos no pós-pandemia

Publicado

em

A pandemia da Covid-19 é um catalisador das inovações e quebras de paradigmas, que vêm impactando o mercado de eventos e comunicação corporativa rapidamente. Eventos, feiras, encontros de vendas, convenções e treinamentos recebem milhões de reais em investimento com um sentido único: unir e dar pertencimento a times e colegas, periodicamente.

Para o especialista em marketing de incentivo e relacionamento Pedro Bannura, o retorno pós-pandemia não deve substituir 100% dos encontros presenciais, mas promete potencializar o uso da tecnologia e dos recentes novos hábitos digitais adquiridos para mudar a forma, os custos e, certamente, melhorar o aproveitamento dos recursos.

Pedro Bannura é presidente da agência Digi, uma das maiores e mais importantes na área de marketing de incentivo e relacionamento e que atende empresas importantes como Coca-Cola, Burger King, Vigor, Samsung, TIM, Cargill, entre outras.

“Chegou a hora das empresas se prepararem tecnologicamente para essa grande mudança. Com a Covid-19 não sabemos por quanto tempo teremos que manter o isolamento, e é provável que tenhamos que viver em ondas de isolamento social por um longo prazo”, explica Pedro Bannura, presidente da Agência Digi.

Segundo o especialista, por conta deste novo cenário, reuniões de trabalho com equipes em cidades diferentes, convenções de vendas de grandes times espalhados geograficamente pelo país e treinamentos, entre outros tipos de eventos, deverão atentar para 5 pontos fundamentais:

1. As empresas precisarão se profissionalizar e acabar com a “gambiarra” digital. É necessário ter bons parceiros e fornecedores, capazes de prover soluções modernas e inteligentes, e avançar para o uso de inteligência artificial, que ainda é muito incipiente.

2. Pequenos eventos de comunicação com público interno serão substituídos por transmissões via livestream. Com isso as empresas atingirão mais colaboradores com um custo muito menor.

3. Surge a oportunidade de tornar a participação presencial como um reconhecimento e premiação para alguns colaboradores. Comitês presenciais podem ser criados para reunir funcionários que estão com maior conveniência ou relevância para os eventos e interagir com encontros online.

4. Após o final do isolamento social, uma mudança drástica na forma de comunicação deve ocorrer. Viagens a trabalho devem diminuir significativamente sendo substituídas por vídeo-chamadas.

5. Com o consumidor “forçado” a migrar para o digital, comércios eletrônicos, vendas e relacionamento on-line sairão fortalecidos e ganharão um espaço muito além do físico.

Exemplos corporativos

Algumas empresas já estão utilizando estes recursos, de quebra de paradigmas e busca por soluções de menor custo para conectar as forças de venda gigantescas espalhadas pelo Brasil.

A TIM, por exemplo, já investe em um programa via livestream, com frequência mensal, que mantém todo o time das mais de 500 lojas alinhado com os lançamentos de ofertas, novidades da empresa, cultura, e direcionamento das áreas de marketing e comercial.

Já a multinacional de alimentos Cargill resolveu migrar o encontro dos distribuidores, que antes era um evento caro e restrito apenas à presença dos gerentes por conta da logística de transporte aéreo, hotel e atividades de entretenimento, para um evento transmitido pela internet, em formato de programa de televisão. A transmissão ao vivo via YouTube teve interação e participação de mais 1000 pessoas da força de vendas dos distribuidores.

“Com estes novos formatos, o ganho de alcance é muito maior, os custos são muito menores e o resultado é, sem sombra de dúvida, muito mais produtivo. É um caminho sem volta que foi acelerado com a pandemia da Covid-19”, analisa Pedro Bannura.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Agências

V3A lança a GTG, empresa de games e eSports

Publicado

em

V3A lança a GTG, empresa de games e eSports

Atenta ao franco crescimento da indústria de games e eSports, no Brasil e exterior, a V3A anuncia a criação da GTG, nova empresa que passa a ser responsável pelos projetos de games e eSports da companhia e tem como sócio o investidor Kevin Tang, diretor da Câmara de Comércio Brasil China. A GTG, fruto da sigla de Good To Game, já nasce com um portfólio de projetos proprietários de alto impacto, como o Prêmio eSports Brasil, em sociedade com a Player 1, e o WESG Latam, a maior competição multiplataforma de eSports da América Latina. Dalmo Castello Filho é o CEO da nova empresa, que faz parte do pilar de Ventures (projetos proprietários) comandada por Victor Vocos, co-CEO da V3A.

Além dos projetos já existentes, a GTG terá uma divisão pronta para atender marcas que desejam se conectar ao mundo gamer através de ativações, eventos, conteúdo e projetos taylor made.

Victor Vocos fala sobre o que a criação da GTG representa para o mercado e a V3A.  “Para aproveitar as oportunidades que o mercado de games oferece, não basta entender o mercado, você tem que fazer parte dele.  A GTG é uma empresa gamer, com uma equipe gamer, que conhece o ecossistema e cria os elos mais autênticos entre as marcas e a comunidade. A GTG é uma empresa B2G ‘Business to Gamer’ , conectando marcas ao mundo gamer através das nossas plataformas proprietárias e também, como agência, inovando com os nossos clientes.

Continue lendo

Agências

SRCOM, uma das principais agências de live marketing do mercado brasileiro, é a responsável por criar e produzir espetáculo inédito em Dubai

Publicado

em

SRCOM, uma das principais agências de live marketing do mercado brasileiro, é a responsável por criar e produzir espetáculo inédito em Dubai

Emocionar em vários lugares do Brasil e do mundo é uma especialidade da SRCOMA agência de live marketing, responsável por grandes criações e produções com visibilidade internacional como as Cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, Casas Brasil em Londres, Beijing, e Sidney, 14 edições do Réveillon de Copacabana, o maior do mundo, dentre outros projetos, vai levar toda a força e potencial do Estado de São Paulo para a EXPO Dubai 2020, primeira expo do Oriente Médio. A SRCOM, de Sheila Roza (CEO), Abel Gomes (VP Criativo) e Paulo Cesar Ferreira (VP Executivo), ganhou a concorrência para criar e produzir o pavilhão do Estado de São Paulo, que acontece entre 24 e 31 de outubro.

Com a participação de 192 países, o grande hub em Dubai estima receber mais de 25 milhões de visitantes durante seis meses. No pavilhão do Brasil, de 24 a 31 de outubro, os visitantes vão viver São Paulo, numa day trip do que é o estado, sua gente, suas cores, seus sons e seus sabores. O público será conectado a São Paulo através dos hábitos, costumes, da cultura e das pessoas que o constroem todos os dias.  A realização  e promoção  do evento é do Governo de São Paulo e da INVEST-SP.

“Levaremos junto à SRCOM o mais robusto projeto para o pavilhão do Brasil na Expo Dubai. Uma experiência que mistura entretenimento, negócios e economia criativa, sob um conceito arrebatador: São Paulo é do tamanho do mundo! Vamos mostrar a força do estado mais potente do Brasil, com uma participação única, do tamanho de Sao Paulo.” comenta, Gustavo Diniz Junqueira, Presidente da INVEST-SP.

A SRCOM criou e desenvolveu um espetáculo com a força de São Paulo, que será mostrado em uma estrutura multi conteúdos, instalada sob o espelho d’agua do pavilhão do Brasil. Um mix de nomes da arte e cultura que movem a economia criativa do Estado. No line up, a São Paulo Cia. de Dança, uma das mais importantes do país, dirigida por Ines Bogea, a Orquestra Brasil Jazz Sinfônica sob o comando do maestro, compositor e produtor musical Ruriá Duprat, a moda da UMA, assinada pela estilista Raquel Davidowicz, os conteúdos criados pelo Studio Curva, além de artistas plásticos como Chivitz e Minhau, com curadoria de Baixo Ribeiro. E mais as participações de Simoninha, Fabiana Cozza e a pickup do DJ Nuts. O futebol e a Fórmula 1 estarão representados por conteúdos do Museu do Futebol e do Grande Premio do Brasil F1. Mais de 120 profissionais serão levados do Brasil, misturando talentos, tendencias e estilos. Vai ser inesquecível!

“Cada visitante verá uma experiência diferente, A vivência será coletiva mas o olhar e a sensação serão individuais, únicos. Vamos voltar a emocionar, tocar os corações. Agora, mais do que nunca, precisamos de diversão, cultura, música e energia positiva”, comenta Abel Gomes, VP de criação da SRCOM.

O projeto promove também estreita conexão entre marcas e convidados, gerando significativo impacto para o público final. Raízen, Sebrae, Guaraná Antartica, Sadia, Sabesp, Natural One são as confirmadas, até o momento.

A semana de São Paulo na Expo Dubai contará ainda com outras variadas atrações. Patrocinadores, apoiadores e parceiros vão ativar suas marcas através de experiências em um mercado instalado no interior do pavilhão. Muito conteúdo e grandes possibilidades de negócios. A energia da indústria de São Paulo para o mundo!

Continue lendo