Conecte-se com a LIVE MARKETING

Agências

WWF-Brasil e Loop Brands firmam parceria para gestão de contratos de licenciamento

Publicado

em

Num mundo cada vez mais consciente, no qual as pessoas estão mais atentas ao desperdício, reciclagem, reuso e consumo sustentável, o WWF-Brasil licencia seu icônico panda  – uma das marcas mais reconhecidas e queridas no mundo – com o objetivo de comunicar suas mensagens de conservação em prol do meio ambiente para um maior público possível, com produtos sustentáveis e que expressem as causas defendidas pela organização e que são endossadas pelos consumidores.

A agência escolhida para o gerenciamento da marca é a Loop Brands, já reconhecida no segmento de causas relacionadas com saúde, meio ambiente e relações sociais. A empresa será responsável pela prospecção e gerenciamento dos contratos de licenciamento de produtos que visem um mundo mais sustentável, com maior respeito à biodiversidade e menor desperdício e pegada de carbono.

Os produtos que estamparão a marca WWF no Brasil possuirão caráter educativo e de comprometimento ativo. Eles trarão mensagens de conservação como forma de expressão daqueles que se identificam com a causa ambiental. O objetivo é proporcionar às pessoas o sentimento de pertencimento e oportunidade de externar opiniões, trazendo informações novas que as estimulem a reflexão sobre o planeta e suas responsabilidades com o meio ambiente.

Para evitar a geração excessiva de lixo, toda a produção será amigável com o meio ambiente, desde a embalagem que deve gerar o mínimo possível de resíduos, incorporando materiais reciclados ou reutilizáveis até o produto em si, que deve ser inteligente, com design consistente, durável, com função e propósito, feitos de materiais sustentáveis ou alimentados por energias renováveis.

A iniciativa ocorre num momento de expansão da consciência ambiental em que boa parte dos consumidores são totalmente favoráveis ao marketing de causa, conforme sinaliza a pesquisa Ipsos 2019. Na mesma análise, 34% das pessoas disseram ter adquirido no último ano, produtos que destinaram parte do seu valor a causas sociais, culturais ou ambientais. Para Murilo Hinojosa, sócio-fundador da Loop Brands, o anúncio de licenciamento da marca chega em boa hora. “os consumidores valorizam e estão dispostos a adquirir produtos fabricados da maneira ambientalmente correta”.

Gabriela Yamaguchi, diretora de sociedade engajada do WWF-Brasil afirma que “mais que uma parceria, a ação representa um esforço de adequação às tendências de comportamento e engajamento da sociedade. Trata-se de mais uma iniciativa do WWF-Brasil para a mudança da atual trajetória de degradação do nosso planeta. A cada ano, o mundo despeja cerca de 8 milhões de toneladas de plástico nos oceanos, as paisagens naturais têm sido alteradas e muitas espécies de plantas e animais estão em risco de extinção. Precisamos mudar a forma como consumimos e nos engajar mais com a causa ambiental”, ressalta.

Continue lendo

Agências

Renase assina convenção de 70 anos da Bauducco

Publicado

em

A Renase Eventos, que tem mais de 30 anos de história na produção, organização e logística de eventos corporativos, assinou a convenção da Bauducco, que celebrou os 70 anos da empresa e apresentou as novidades para os próximos meses no que tange as campanhas de marketing e vendas. O evento fechou o Novotel Itu Golf & Resort e trouxe como destaques:

– plenária super moderna com mais de 40m de painel de LED, inclusive aéreos, além da cenografia;

– foyer para recepção e credenciamento dos convidados totalmente customizado;

– corners instagramáveis, abusando das gigantografias;

– personalização completa do resort com a marca Bauducco, com destaque para a área externa e varanda dos apartamentos;

– logística de transporte aéreo e terrestre para reunir, com toda a segurança e conforto, toda diretoria, gerência, departamentos de vendas & marketing, além dos distribuidores de todo o Brasil.

“Desde 2016 realizamos as convenções da Bauducco, mas essa, com certeza, teve um gostinho especial”, afirma Rodrigo Stocco, CEO da Renase. Além dos convidados para a convenção, a agência ainda realizou um encontro paralelo para os franqueados da Casa Bauducco. “O jeito Bauducco de ser foi destaque em meio a toda inovação, tecnologia e ativações que realizamos”, completou Stocco. Entre montagem, realização e desmontagem, foram sete dias de produção, que envolveu cerca de 80 colaboradores diretos e indiretos.

Adriane Galisteu, atriz e apresentadora, foi a mestre de cerimônias da convecção, que também contou com palestra de Lars Grael, duas vezes medalhista Olímpico e que trouxe a motivação e superação como temas centrais para a plenária do evento. Para Camila Lizi Benelli, da Bauducco, contar com a expertise e resiliência do time Renase foi fundamental para o sucesso do evento. “Deixamos Itu com o sorriso de dever cumprido no rosto e com os melhores feedbacks de nossos convidados. Realizar um evento tão importante e complexo como essa convenção implica na total integração e confiança com nossos parceiros”, destacou a cliente.

Continue lendo

Agências

Bullet aposta em startups

Publicado

em

A Bullet, agência de comunicação e engajamento comandada por Fernando Figueiredo, cria modelo destinado exclusivamente para atender startups de tecnologia, como foodtechs, edtechs, fashiontechs, entre outras, com o objetivo de oferecer um custo de marketing sustentável para o estágio em que essas empresas se encontram: é o “Bullet 4 Equity”, uma mistura de prestação de serviço que envolve não só recursos internos da agência, como criação, planejamento, canais e produção, como parcerias com fundos de investimento e consultoria de gestão com board members plugados num modelo de clube.

O serviço é prestado em troca de uma remuneração mínima, mais equity, da empresa e todos os envolvidos nesta consultoria de marketing participam desse clube de gestão.

A Bullet acredita que branding e estratégias de geração de leads e conversão são fundamentais para empresas que precisam provar sua tese. “A agência vem sendo procurada por empresas que estão em estágio inicial e que apresentam um enorme potencial de desenvolvimento”, explica Fernando Figueiredo, CEO da Bullet.

A ideia desse modelo é apoiar empresas que crescem e ganham mercado, mas que ainda não possuem uma verba de marketing estruturada para contratar players ou investir em mídia na medida que precisam.

Com a alta demanda de projetos de startups durante a pandemia, a agência percebeu que poderia trabalhar com esses clientes e entregar mais do que comunicação. “É sobre ajudar as empresas a crescerem por meio de estratégias de marketing, criação de leads, distribuição, vendas, novos canais e oportunidades. Se acreditarmos que podemos agregar valor com nosso trabalho, podemos apostar mais no futuro do que cobrar no presente. Esse mercado tem potencial de crescimento vertical por envolver indústrias não só de comunicação. Além disso, no State, espaço de inovação onde a Bullet montou sua operação, estamos cercados de startups e empresas com foco em inovação. Estamos constantemente ouvindo essa demanda por parte das empresas e demos uma resposta a isso”, finaliza Figueiredo.

Continue lendo