Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

NFT: Entenda a nova tecnologia que está modificando a maneira de valorizar arte, música e qualquer item compartilhável na internet

Publicado

em

Atualmente no ambiente digital é possível encontrar as mais diversas manifestações artísticas e culturais, desde obras de artes, até filmes independentes, performances em premiações e programas de televisão, clipes musicais e outros formatos. Porém, em sua grande maioria, os conteúdos compartilhados são cópias não autorizadas do produto original, que se tornam virais, e são disseminadas entre as mais diferentes plataformas. Com um olhar voltado para a autenticidade desses produtos, surge a NFT, tecnologia que por meio de uma assinatura digital baseada em um blockchain, permite a qualquer pessoa verificar e autenticar a propriedade de um ativo na internet. Atento às principais tendências que permeiam o universo digital, o empresário Gabriel Lima, diretor de operações e cofundador da MField, agência referência no segmento do marketing digital e de influência, explica como a novidade pode ser vantajosa para os negócios.

De acordo com o empresário, que acumula mais de 5 anos de experiência no segmento digital, as Non-Fungible Tokens (da tradução literal Tokens Não-Fungível), mais conhecidas pela abreviação NFT, assim como qualquer novidade que surge na internet parecem confusas e pouco funcionais, mas essa tecnologia promete grande eficácia em sua execução no mercado, principalmente para o negócio de empresários, marcas, empreendedores e artistas que têm seus trabalhos amplificados dentro do universo digital. “A NFT funciona por meio da aplicação de um código à arte/produto, que a legitima como original, com isso, o proprietário que detém dos direitos pode ter acesso a todas as reproduções realizadas digitalmente”, destaca Gabriel.

Dentre as principais vantagens que a aplicação da tecnologia tem para os produtos na internet, está a possibilidade de valor agregado para comercialização, uma vez que o autor da obra, independentemente de seu modelo, formato e segmento consegue autenticar a mesma como a única e original, processo que já existe no mundo das artes. Leonardo Vinci e Van Gogh, por exemplo, acrescentavam em suas obras assinaturas e outros tipos de inclusão que as categorizam como originais. “Mesmo sendo copiada e tendo réplicas sendo compartilhadas, a peça que possui a NFT é a única dada como original, por dispor de um código único e inalterável”, pontua Gabriel. “Ainda que seja possível autenticar também as cópias, cada peça terá sua NFT específica, sendo assim, o código não é duplicável, o que traz maior segurança contra falsificações”, completa.

Mesmo que recente, a NFT já começa a movimentar o mercado. No início de março, o presidente do Twitter, Jack Dorsey, vendeu seu primeiro tweet na plataforma como NFT, além dele grandes marcas como Gucci e artistas como King Of Leons já começam a aplicar essa tecnologia em seus negócios, que também é o caso da drag queen brasileira Pabllo Vittar, que em publicação misteriosa anunciou que estava trabalhando com NFT, mostrando assim que o formato está ganhando espaço de forma rápida, e a estimativa é que em breve vejamos ainda mais personalidades se utilizando da novidade, principalmente os influenciadores digitais.

Mesmo possuindo grandes atrativos que se dão como vantagens da aplicação da NFT, a tecnologia pode interferir em movimentos digitais que vem ganhando maior destaque dentre os usuários das plataformas, como por exemplo as páginas virais, que disseminam assuntos a todo momento, atingindo os mais distintos públicos e espaços, e que estão sendo fortemente utilizadas na produção de campanhas publicitárias. “Tudo ainda é novo, e o medo do desconhecido é normal, uma vez que os golpes virtuais têm crescido. Acredito que o assunto ainda será fortemente debatido, e se tornará uma das principais tendências nos próximos anos”, completa o empresário.
Continue lendo

Digital

Erick Jacquin estreia direção conceitual de nova série da Melitta

Publicado

em

O renomado chef de cozinha e apreciador de cafés brasileiros Erick Jacquin assina a direção conceitual da quarta temporada da “Hora do Café Fresquinho” da Melitta. Em seu perfil no Instagram @MelittaBrasil a marca trará para o público uma série de vídeos com diversas receitas práticas e descomplicadas, de até 15 minutos, onde os cafés e outros produtos Melitta® serão os protagonistas.

O público poderá aprender receitas exclusivas utilizando a bebida, preparadas por um time de experts: Renata Vanzetto, Carole Crema, Dalton Rangel, Estefano Zaquini, Lucas Corazza e Fabiana Karla, sob a direção conceitual de Erick Jacquin.

Criado e executado pela Ampfy, agência à frente das ações on e off-line da marca, o projeto teve início no último dia 19 de novembro e seguirá até janeiro de 2022. Toda semana, Erick Jacquin desafiará os experts a criarem receitas deliciosas, usando os produtos do portfólio da marca em seu preparo. O público poderá acompanhar preparos com cafés torrados e moídos das linhas tradicional e especial, café solúvel, cappuccinos e cápsulas. Cada participante fará duas receitas, uma salgada e outra doce. Além disso, o próprio Erick Jacquin apresentará o passo a passo de uma receita.

Os pratos vão desde uma mousse de chocolate com cappuccino, opções de entradas, risotos, carnes, até opções inusitadas, como penne ao molho béchamel de café com espinafre e mortadela gratinada, para agradar a todos os gostos e paladares.

“Iniciamos a série ‘Hora do Café Fresquinho’ no ano passado, para levar entretenimento, opções de pratos diferenciados e estimular as atividades em família. Acreditamos que o café fresquinho desperta os sentidos e permite prestar mais atenção a cada detalhe, valorizando desde os momentos mais simples da vida até uma aventura na cozinha. Evoluímos para essa quarta temporada e trouxemos nomes relevantes e consagrados da cozinha para completar nosso time e oferecer, junto com a gente, diversão e aprendizado para todos sentirem mais a vida”, diz Jonatas Rocha, diretor de marketing da Melitta®.

Ficha técnica:
Agência: Ampfy
CEO: André Chueri
CCO: Fred Siqueira
CSO: Gabriel Borges
COO: Douglas Bocalão
ECD: Dogura Kozonoe
Diretor de Criação: Maicon Pinheiro
Criação: Juliana Coelho, Matheus Rocha, Renato Picolo, Giuseppe Roman e Bárbara Santos.
Diretora de Atendimento: Barbara Gava Rodrigues
Atendimento: Mariana Andrade Menezes, Isabella Asbeck e Lucca Cattani
Head de Planejamento: Luciana Padovani
Diretor de Planejamento: Augusto Leme
Planejamento: Isabella Duarte e Juliana Padula
Head de Mídia: Sergio Brotto

Diretora de mídia: Renata Piovesan
Mídia: Douglas Martinelli, Patricia Costa, Mayara Garcia e Sther Bernardo
Conteúdo: Vanessa Brito e Jacqueline Martins
Operações: Gabriel Kuhlmann
Continue lendo

Digital

Adtech Meediaonne quer democratizar publicidade de performance e acelerar negócios de PMEs e agências

Publicado

em

Criada por um time de especialistas em publicidade digital, a adtech de inteligência de performance Meediaonne acredita no poder dos dados e da tecnologia da sua plataforma para desenvolver os negócios de pequenas e médias empresas e agências de marketing. “Cremos que a tecnologia dará mais autonomia para a criação e gestão de campanhas de performance, com custos mais baixos e maior alcance”, explica Luiz Fernando Morais, um dos fundadores e CEO da Meediaonne.

A plataforma da Meediaonne foi desenvolvida em parceria com empresas de tecnologia da Seastorm Ventures e apresenta grande capacidade de simplificação de campanhas em meios digitais, em um único lugar, com distribuição automatizada para as principais redes disponíveis. Com isso, a adtech tem como objetivo aumentar em média 50% da taxa de retorno sobre o investimento.

“A publicidade digital de alto impacto não precisa ser cara e nem exclusiva das grandes marcas. O mercado está em transição e temos evoluído para um modelo mais acessível, que beneficia, sobretudo, pequenos e médios empreendedores”, diz Morais.

De olho no mercado de publicidade e marketing de conteúdo online, o executivo explica que sua plataforma é relevante e estratégica para as agências, que desejam reduzir custos e aumentar competitividade e para as PMEs que precisam aportar inteligência em performance ao seu negócio.

A ideia do negócio é desmistificar e democratizar o processo de publicação e personalização de campanhas, oferecendo serviço simplificado com uma ferramenta potente e um serviço de atendimento personalizado. “Somos capazes de atender muitos clientes por meio da nossa metodologia inovadora, equipe de especialistas e desenvolvimento contínuo da plataforma. Queremos ajudar as pequenas e médias empresas a investirem com qualidade, escalarem o negócio de forma saudável e reduzirem os custos”, explica o executivo.

A Meediaonne iniciou as operações no começo deste ano com seis funcionários, e a meta é triplicar de tamanho até o fim de 2021. A empresa, alavancada pela Seastorm Ventures, embarca em um mercado que movimenta cerca de R$ 16 bilhões por ano. Os planos da adtech é proporcionar cada vez mais visibilidade, fluxo e autonomia aos clientes, com base em tecnologia e dados, tornando-se agente de transformação no ecossistema. “Entendemos que não há mais separação entre tecnologia e negócios e nesse sentido, queremos ajudar a alavancar novos negócios oferecendo inteligência de performance a PMEs e agências de maneira automatizada, simples, ágil e acessível”, completa.

Continue lendo