Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Na contramão da crise, negócios B2B registram alto crescimento

Publicado

em

Na contramão da crise, negócios B2B registram alto crescimento

Conheça os negócios B2B (Business to Business) e os motivos que levaram ao alto crescimento do modelo de negócio na pandemia

Com o avanço da tecnologia, muitos setores da economia sofreram transformações e as mudanças mercadológicas estão acontecendo de modo vertiginoso, influenciando diretamente o mercado virtual. Um dos setores que sentiu os impactos da mudança foi o e-commerce B2B, que está no centro inovador do varejo online.

Isso mostra a importância do negócio estar atento às alterações do segmento virtual, para fazer com que as estratégias comerciais consigam acompanhar as necessidades que se apresentam a todo momentoEssas transformações são percebidas desde que a modalidade de e-commerce surgiu, especialmente porque o segmento cresce exponencialmente.

A realização de negócios online também entre empresas, atendimento online de profissionais liberais e consultores, aliados à influência do marketplace motivou grande parte dos usuários de serviços e consumidores do varejo a entrarem de vez na era digital.

Até mesmo bancos tradicionais migraram seu formato de negócio para o online após o avanço das startups que permitem que o cliente faça todas as transações bancárias em seus aplicativos sem a necessidade ir a uma agência carregando um calhamaço de documentos, assinando muitos papéis e se deslocar até o local para realizar suas transações financeiras.

Nesse contexto, os consumidores estão cada vez mais presentes no mercado digital. As pequenas e micro empresas também estão descobrindo a importância dessa mudança de paradigma, favorecendo o aumento da expansão do e-commerce B2B.

A empresa BigCommerce fez um levantamento onde apresentou uma amostragem de 500 empresas demonstrando que 80% das empresas já trabalham com pedidos e pagamentos no formato online. Isso é uma prova concreta de que os negócios online são a bola da vez e representam uma questão de sobrevivência para pequenos, médios e grandes negócios.

O que todos descobriram é que utilizar o e-commerce B2B representa muita facilidade porque permite que o cliente tenha à sua disposição vários fatores antes de bater o martelo e concluir seu negócio.

O que é B2B

O termo B2B é originário da expressão Business to Business, que representa negócio para negócio, ou seja, transação comercial entre empresas. Um negócio B2B pode ser uma indústria, consultoria, revendedora, distribuidora e outros formatos que permitem que uma empresa tenha como cliente outras empresas.

Uma pesquisa realizada pela Forrester Research, apontou que as transações B2B no comércio eletrônico, nos Estados Unidos, registraram o movimento de US$ 1,1 trilhão em 2019. Se analisados sob uma perspectiva global, as transações conseguiram alcançar a surpreendente cifra de US$ 12,1 trilhões.

No ano passado as empresas B2B cresceram na contramão da crise causada pela pandemia da Covid-19 e o isolamento social, o que fez muitos negócios e consumidores migrarem para o comércio eletrônico foi o isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Isso porque com a dificuldade de seguir realizando os atendimentos presenciais através das visitas dos representantes comerciais, muitas empresas precisaram rever suas estratégias e constataram que o e-commerce se apresentava como uma alternativa viável.

Organização x clientes

Muitos profissionais que atuam no formato online descobriram outra necessidade: a organização do tempo para conseguir trabalhar com mais tranquilidade e conseguir manter a agenda de clientes sempre equilibrada. Muitos aplicativos ajudam os profissionais nesse processo de organização, como é o caso do Booksy, que tem como objetivo facilitar a vida de empresários no mercado digital.

De acordo com os usuários, o aplicativo ajuda a economizar tempo e dinheiro e com isso, manter a agenda livre para os clientes 24 horas do dia. Também foi constatado por quem utiliza o Booksy, que o fato de usar o app ajuda a fidelizar os clientes e elimina a necessidade de estar sempre fazendo uso do telefone para realizar negócios ou fazer pós-vendas.

Como funciona

funcionamento do Booksy atende as necessidades do usuário em todos os sentidos. O app continua disponível para os clientes mesmo depois de encerrar o seu horário de funcionamento.

Ele também atua como uma excelente ferramenta de marketing porque consegue aumentar as reservas, garantindo estabilidade na base de clientes. Neste quesito, o Booksy ajuda a fidelizar os clientes leais e prospectos com a possibilidade de envio de mensagens por e-mail, sms e mídias sociais.

O app atua como facilitador no gerenciamento e na edição de agendamentos para calendários individuais e para a empresa no geral. Ainda é possível manter os detalhes mais relevantes do cliente ao alcance do usuário. Tudo isso porque os perfis de cliente são personalizáveis, armazenando informações importantes como histórico de reservas, não comparecimento e lembretes de agendamentos em um único lugar.

O gerenciamento da empresa também faz parte do aplicativo Booksy, porque nele é possível ver a receita do negócio cadastrado dando apenas um clique. Também é possível gerar relatórios de vendas e comissões, além de fazer o gerenciamento de funcionários e estoque. Em resumo, o uso de aplicativos para organizar o tempo e a agenda de clientes é fundamental para o crescimento do negócio

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Heinz lança campanha inspirada em “Deadpool & Wolverine”, da Marvel Studios

Publicado

em

Na preparação para o lançamento de “Deadpool e Wolverine” da Marvel Studios, nos cinemas em 25 de julho, os fãs notaram algo especial nos trajes vermelhos e amarelos, marca registrada dos super-heróis – eles se parecem muito com outra dupla icônica: Ketchup e Mostarda Heinz que anunciou o lançamento de produtos colecionáveis de edição limitada nos EUA, que permitem aos fãs ter embalagens de ketchup e mostarda personalizados e parecidos com Deadpool e Wolverine.

“Depois de ver a conversa nas redes sociais destacando as semelhanças entre nossas duas duplas icônicas – Deadpool & Wolverine e Ketchup & Mostarda Heinz – sabíamos que tínhamos que nos unir ao filme”, disse Lizzy Goodman, gerente de comunicações de marca Heinz na The Kraft Heinz Company. “Depois que fizemos essa conexão – não podíamos “desver” –  pois essas semelhanças vão além da cor. Todo mundo tem um favorito, mas, na verdade, eles ficam melhores juntos, as duas duplas desempenham papéis principais em um verão épico.”

A campanha faz parte de uma collab entre Heinz e Deadpool & Wolverine da Marvel Studios. Inspirada na verdade que os fãs não podem deixar de ver – a semelhança entre as duas duplas icônicas – a campanha é lançada com um curta-metragem com narração personalizada do próprio Deadpool, Ryan Reynolds. O filme começa como um novo spot para “Deadpool e Wolverine”, mas rapidamente se transforma em um anúncio para os icônicos Ketchup e Mostarda Heinz. Em seu estilo clássico de quebrar a quarta parede, Reynolds (como Deadpool) chega à chocante constatação de que ele e Wolverine se parecem exatamente com garrafas de Ketchup e Mostarda da marca.

Continue lendo

Empresa

Uso da blockchain no varejo está estimulando a competitividade do segmento marketeiro

Publicado

em

A competitividade do mercado de varejo está cada vez mais acirrada, com isso, equipes de marketing, inovação e comercialização têm enfrentado, diariamente, grandes desafios para cativar o consumidor, o qual passou a ser mais exigente em suas escolhas. Desta forma, a personalização do atendimento se tornou uma prioridade para o varejo, principalmente para e-commerces, que passaram a investir em tecnologias diferenciadas para se adaptar aos mais diversos consumidores, como o uso da Blockchain.

A tecnologia Blockchain já não é mais novidade, mas seu uso ficou muito conhecido no segmento financeiro, de logística e segurança. Para o varejo, a ferramenta já é bastante implementada na segurança de dados e informações, transações, tal como rastreabilidade e otimização de logísticas e produção, entre outros. Entretanto, o uso tem tomado novos rumos, ainda pouco explorados no mercado e, desta vez, voltado para equipes de marketing, CX e inovação, que passaram a trazer benefícios do cruzamento de dados da Blockchain para o atendimento direto ao cliente, como personalização e co-criação.

“Com o uso da Blockchain, ficou mais fácil para o consumidor participar do processo criativo da marca e se conectar com aquelas que ele mais se identifica. Através dela, as lojas passam a registrar de forma transparente todas as contribuições, criando um histórico confiável, e podendo distribuir recompensas para contribuições, gerando engajamento, conexão, feedbacks mais assertivos e permitindo ajustes mais rápidos e interativos”, explica André Carneiro, CEO da BBChain.

Continue lendo